Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Toren — Review

Por em 19 de maio de 2015

toren

Tendo passado por quatro longos anos de produção, recebido o apoio do governo através da Lei Rouanet e sendo claramente inspirado no espetacular ICO, Toren era um jogo que estava sendo desenvolvido pelos gaúchos da Swordtales e sobre o qual recaia uma enorme expectativa, mas após o seu lançamento para PC e PlayStation 4, infelizmente descobrimos que o produto final deixou a desejar.

Nele acompanhamos a saga da Criança da Lua, uma menina que se vê presa na torre que empresta seu nome ao título e que é vigiada por um dragão. Basicamente seu objetivo será tentar fugir do lugar, chegando ao seu topo ao passar por uma série de provações e tendo de enfrentar o assustador guardião.

continue lendo

emAnálises Computadores Destaque Games Sony

Dark Souls II: Scholar of the First Sin — Review

Por em 24 de abril de 2015

dark-souls-2-4

Certa vez Friedrich Nietzsche disse que aquilo que não nos mata, nos fortalece, mas quando o filósofo alemão elaborou tal raciocínio, ele não poderia imaginar que um dia Hidetaka Miyazaki daria vida à série Souls.

Desde o Demon’s Souls até o mais recente capítulo da franquia, o Dark Souls II: Scholar of the First Sin, será justamente a constante presença da morte que nos tornará mais poderosos, transformando em um jogo eletrônico a ideia de que só aprendemos com os erros que cometemos e com as pancadas que levamos.

continue lendo

emAnálises Computadores Destaque Games Microsoft Sony

Review — Resident Evil HD Remaster

Por em 30 de janeiro de 2015

resident-evil-hd-remaster-4

Como eu normalmente fazia após sair da escola, num certo dia de 1996 1997 resolvi passar na locadora que costumava frequentar, com a clara intenção de garimpar algo para aproveitar no meu Sega Saturn durante aquela tarde.

Após esperar alguns minutos até que a loja abrisse, o dono e meu amigo veio todo eufórico me mostrar um jogo que tinha acabado de chegar, então se eu quisesse alugá-lo, seria o primeiro a ter a oportunidade de experimentar um tal de Resident Evil.

continue lendo

emAnálises Computadores Destaque Games Microsoft Sony

Grid Autosport, uma corrida perdida na última curva

Por em 8 de julho de 2014

grid-autosports-2

Lá pela metade de 2006 um amigo me apresentou a um jogo chamado TOCA Race Driver 3 e já nas primeiras corridas que disputei percebi que estava fissurado pelo título para PlayStation 2. Anos depois acabei comprando sua versão para PC e por mais que tanto tempo tenha se passado desde o seu lançamento, ainda hoje o considero um dos mais divertidos títulos do gênero.

Desde então passei a olhar com muito carinho para as criações da Codemasters, empresa que por muito tempo considerei uma das melhores quando se tratava de jogos de corrida, mas depois de adorar o Race Driver: Grid e sofrer várias desilusões com a série DiRT, de certa forma aguardava com grande expectativa o novo capítulo da sua principal série, o Grid Autosport.

continue lendo

emAnálises Computadores Destaque Destaques Games Microsoft Sony

Valiant Hearts: The Great War – Análise

Por em 30 de junho de 2014

valiant-hearts-001

A Primeira Guerra Mundial foi o primeiro grande conflito do século 20 e um dos mais sangrentos da história da humanidade. Estima-se que cerca de 9 milhões de soldados tenham perecido durante os quatro anos do conflito, mas somados ao número de civis e incluindo o número de vítimas da gripe espanhola (cujas informações foram censuradas pelo alto-comando de ambas as frontes para manter a moral dos combatentes), hoje calcula-se que o número de casualidades pode chegar a 65 milhões de pessoas. Foi o segundo conflito de escala mundial (a Guerra dos Sete Anos envolveu boa parte do globo 160 anos antes) e simplesmente redesenhou o mapa da Europa, onde reis, imperadores, czares e governos caíram.

E é esse cenário desolador que a Ubisoft Montpellier escolher para contar uma história de amor, amizade e perseverança, contra todas as convenções do gênero dos jogos de guerra. Esse é Valiant Hearts: The Great War.

continue lendo

emAnálises Computadores Destaque Games Microsoft Sony

Usando um método matemático para descobrir a real velocidade do Sonic nos videogames

Por em 6 de junho de 2014

photo-4670

Taí uma notícia que vai deixar todo mundo ouriçado! Háááá… Ok, desculpem.

Mas agora podemos afirmar matematicamente qual é a velocidade máxima que o Sonic pode atingir nos games: 80 metros por segundo, ou 288 km/h. E isso no jogo no qual ele é mais rápido.

Nas primeiras versões ele é bem mais lento. Já explico.
continue lendo

emAnálises Cultura Gamer Estatística Games

É hora do duelo! Hearthstone: Heroes of Warcraft – Análise

Por em 25 de abril de 2014

hearthstone-000

Quando eu era moleque eu costumava acompanhar meu pai quando ele se encontrava com os amigos dele em um bar dentro de um lava-rápido (anos 80 gente, ninguém ligava pra uma criança num boteco). Uma das ocupações deles era jogar truco, e qualquer um que testemunhou ou jogou uma partida sabe a gritaria e algazarra que se forma quando alguém reverte uma jogada perdida ao sacar um zap ou mesmo marcar ponto com um blefe. Era divertido, mas não raramente alguém saia do sério e xingava Deus e o mundo.

Com os jogadores de card games isso não é muito diferente. Não importa se jogo é Magic ou Yu-Gi-Oh!, sempre vai ter um esquentadinho que não acredita que perdeu e vai xingar muito, e isso foi meio que transferido para a jogatina online. Card games com opção de chat ou fórum mantém a instituição de maldizer, o que faz meio que parte do charme. Por isso quando a Blizzard disponibilizou Hearthstone: Heroes of Warcraft, um TCG CCG baseado em seus carismáticos personagens de sua emblemática franquia uma turma torceu o nariz por um motivo: o game silencia completamente os jogadores. Não há opção de conversa seja por voz ou texto. Entretanto isso não prejudica o game, ao contrário o torna mais dinâmico e menos intimidador pois foca onde interessa: na jogabilidade e diversão.

continue lendo

emAnálises Apple e Mac Celulares Computadores Destaques Games