Digital Drops Blog de Brinquedo

Europa quer dividir o Google em ao menos duas empresas: o buscador e o resto

Por em 23 de novembro de 2014
Laguna_Google_Neutralidade_da_internet

“Google, não seja mau!” (Crédito: Ars Technica)

Vamos supor que você é coordenador do curso de computação de uma universidade federal e precisa de novos computadores da Apple usando dinheiro público, como fazer a licitação?

Uma bela saída é descrever bem detalhadamente o aparelho desejado sem dizer a marca. Em vez de “Mac Pro”, você diz na licitação que seu departamento precisa de “um PC em formato cilíndrico com processador central Intel Xeon de 3,7 GHz e dois processadores gráficos AMD FirePro W9000”.

Com sutileza semelhante, o Parlamento Europeu quer que o Google forneça parte da receita do molho especial para empresas concorrentes, um gostinho exclusivo que o buscador homônimo somente compartilha com as outras divisões de Mountain View.
continue lendo

emGoogle Mundo Estranho Telecom

Google Contributor transforma os leitores em mecenas dos sites que mais gostam

Por em 23 de novembro de 2014

lorenzo_da-vincis-demons

Assim como acontece no mundo real lá fora, quando a gente cria um projeto online, é preciso muito trabalho, tempo, paciência e muita perseverança pra ver ele dando certo, ou seja, dando retorno financeiro. Falando pessoalmente, o único modelo de negócios que funciona é uma combinação entre trabalho duro e contatos com agências de publicidade, mas existem outros relatos que envolvem outras soluções como o apoio do público, nunca porém sem o primeiro elemento da equação.

Criada para tentar agilizar este processo, enquanto rende bons lucros, a nova ferramenta Google Contributor é uma assinatura mensal com a qual o leitor que mais curte os blogs pode passar a patrocinar seu conteúdo com contribuições mensais de US$ 1, 2 ou 3, e como recompensa deixar de ver os anúncios do Google, que são trocados por um padrão de pixels com uma mensagem de agradecimento.

google_contributor

O Contributor tem uma diferença fundamental para o Patreon, uma das plataformas de crowdfunding mais populares entre os criadores de conteúdo, a respeitável chancela do Google, que literalmente entra com o “seu na reta”, ao tirar as exibições de anúncios, grande e histórica fonte de faturamento da empresa. Os criadores dos sites recebem parte do valor das contribuições, e o resto fica com o Google, é claro, que ninguém é de ferro.

Sites respeitados como Mashable, The Onion, ScienceDaily, Imgur, WikiHow e Urban Dictionary foram os primeiros escolhidos, e por enquanto a entrada no programa está restrita a sites de moradores dos Estados Unidos, o que é uma pena, mas conhecendo o Google, em breve também estará disponível para o resto dos mortais ao redor do mundo. Como algumas das coisas mais legais do Google, a entrada como contribuidor é feita por convite, e você pode se inscrever para ser colaborador. Para se inscrever como dono de um site, além de morar por lá, é preciso enviar um email.

Saiba mais sobre o Google Contributor.

emGoogle Publicidade

Míssil Pr0n Made In Índia — BrahMos

Por em 21 de novembro de 2014

wawawewa

Antes de mais nada pare de ler este post e veja este vídeo da Rafael israelense cortejando o mercado indiano de defesa. É apenas… épico.

Voltou? Ok, então continuemos. A Índia, como você sabe, não é muito boa em datilografia ou sandálias de pneus mas tem um programa espacial respeitável. Isso não vem totalmente de amor à ciência e coração puro. A tecnologia veio primariamente da área de defesa. A Índia vive em estado de guerra morna com o Paquistão desde sempre, como resultado ambos entraram em uma corrida armamentista e hoje possuem até armas nucleares, mesmo o Paquistão tendo um PIB equivalente a 1/10 do brasileiro.

Foguetes são essenciais para isso, e com a expertise adquirida a Índia foi a Marte. Antes que você critique, dê uma olhada no currículo de Werner Von Braun.
continue lendo

emCiência Hardware

Livro Poses Perfeitas: A arte de criar poses para fotógrafos

Por em 21 de novembro de 2014

poses_perfeitas_roberto_valenzuela

Pensem na situação. O indivíduo decidiu que seria fotógrafo profissional. Assim como muitos ele escolheu começar com os Books fotográficos. Afinal de contas, não é preciso ter um grande equipamento e nem estúdio. É possível fotografar as menininhas ansiosas pelo disparo do flash em qualquer jardim ou praça da cidade. No dia marcado está tudo pronto. Sua prosumer está com a bateria carregada, o seu rebatedor feito de isopor está ao seu lado, aquela sua amiga que “entende” de maquiagem já fez o serviço dela e a sua cliente/modelo está na sua frente. Tudo armado para um verdadeiro estouro fotográfico e, nesse momento, a modelo faz a pergunta fatídica: o que eu faço? Digo que é fatídica porque  o fotógrafo iniciante (em 90% dos casos) também não vai saber responder. As poses e a direção da modelo são o ponto fraco da maioria dos profissionais iniciante (e até de alguns bem experientes). Como fazer a pose perfeita?

Essa é a pergunta que o livro Poses Perfeitas: A arte de poses para fotógrafos do fotógrafo Roberto Valenzuela vai tentar responder. A obra está sendo lançada em território nacional pela iPhoto Editora que está apostando no sucesso de mais este manual de fotografia. Segundo o press release da editora “Uma boa foto não só depende apenas de uma adequada composição e iluminação. A qualidade e a construção de uma pose é determinante no sucesso de ensaios, pois ela é responsável por definir a mensagem das fotografias”. O que é prometido nesse novo livro é que ele será útil para fotógrafos em diversos níveis de atuação. Será útil tanto para fotógrafos amadores e profissionais que tenham o retrato como fonte de produção. Outro ponto é que o livro promete falar não só de books, mas também de casamentos e eventos. Essa parte é bem interessante. A grande sacada aqui não é apresentar um livro com centenas de poses para serem decoradas. Valenzuela promete mostrar uma metodologia para criar poses dependendo da situação que você se encontra. Ou seja, muito mais interessante do que um manual de poses manjadas.

O fotógrafo Roberto Valenzuela tem mais de 55 prêmios internacionais e três vezes vencedor do renomado concurso de fotografia WPPI, Roberto Valenzuela é considerado como um dos fotógrafos TOP do mundo pelo site Junebug Weddings (um dos maiores website de recursos de casamento da América). Também teve a oportunidade de ser júri de concursos de fotografia para PPA (Profesional Photographers of America), Pictage, e a competência de WPPI em Las Vegas, Nevada. Nos últimos anos, Roberto tem ministrado workshops e palestras nos principais eventos de fotografia da América e Europa.

O livro A Pose Perfeita: a arte de criar poses para fotógrafos de Roberto Valenzuela está a venda no site da iPhoto Editora e o valor do investimento é de R$ 89,90. Em breve teremos um exemplar para resenha aqui no MeioBit. Vejam abaixo o vídeo de lançamento do livro.
continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Notícias

Robôs e Katanas? Skynet aprova

Por em 21 de novembro de 2014

gundam-katana-mecha-robots-80715-1024x683

Que nós vamos ser dizimados pelas máquinas é uma certeza. Elon Musk já falou que temos no máximo 5 anos antes da Inteligência Artificial se rebelar. Detalhe: logo depois o tweet comentando isso foi apagado. Por ele ou pela Skynet?

Outros futurólogos especulam que a vida biológica é só um degrau evolucionário, que toda sociedade cria máquinas inteligentes que eventualmente superam seus criadores e tomam seu lugar, sem violência, sem rancor. O Homo sapiens não tinha raiva do Neandertal, que não tinha raiva do CroMagnon, que não tinha raiva do Australopiteco, que não tinha raiva dos dinossauros, que não tinham raiva dos proto-peixes, que não tinham raiva das amebas, que não tinham raiva dos príons, que não tinham raiva dos comentaristas de portais de notícias.
continue lendo

emDestaques Hardware Robótica

Habemos Duolingo para Windows Phone

Por em 21 de novembro de 2014

monty-python

Muito tempo atrás trabalhei com uma inglesa casada com um colombiano. Eles tiveram uma filha. Um belo dia reparei que a garotinha estava falando com a mãe em inglês, com o pai em espanhol e com uma outra mulher em português, e a criança não tinha 5 anos. Perguntei pra gringa e ela explicou que ainda rolava um tiquinho de francês, na casa deles. Essa guria tem tudo pra se dar bem na vida, conhecer mais de um idioma abre seus horizontes, aumenta sua empregabilidade e remove antolhos.

Hoje é muito mais simples aprender idiomas, há cursos semi-presenciais, cursos online e até cursos em seu celular, como o Duolingo, disponível em um monte de idiomas e ensinando outro monte de línguas, começa do basicão the e-book is on the table e vai até níveis avançados. Você define quantas lições quer fazer por dia, e o melhor de tudo, é digrátis.
continue lendo

emCelular Computação móvel Destaques Internet Software

Hacker finalmente consegue executar homebrews no 3DS

Por em 21 de novembro de 2014

new-3ds

A Nintendo de fato fez um excelente trabalho com o Nintendo 3DS no que diz respeito à segurança: após quase quatro anos de vida todas as tentativas de desbloquear o console portátil não deram em nada, pelo menos até agora.

Um hacker chamado Smealum divulgou um procedimento curioso mas que entrega o que promete: a possibilidade de carregar homebrews no 3DS.

continue lendo

emGames Nintendo Portáteis