Digital Drops Blog de Brinquedo

Boa notícia: Opera roda no OLPC. Má notícia: Negroponte é um xiita

Por em 21 de dezembro de 2006
emInternet Linux Open-Source
Mais textos de:

  • http://www.newsinside.org TioSolid

    Mais sera que isso impede alguem de instalar o opera depois q tiver “isso” ae em maos?

    • http://blog.cobline.com Cobalto

      oficialmente não! depois que você arranjar um do Governo OU no mercado negro (ambos com a mesma facilidade) ele é seu, o que você instala nele (exceto vírus de computador super inteligentes que querem dominar o mundo controlando todas as bases militares americanas) é problema seu!

      efeito Cobalto | Aonde quer que você vá, lá estará você.

  • Girol

    Tá parecendo o pessoal do Lesbian, digo, Debian que comprou briga com o Firefox dizendo que iam tirar o navedador da distro pq o logo não é “livre”. (Me corrijam se eu estiver errado sobre a distro referida)

    Palhaçada…

    Informação, tecnologia devem ser usadas para o bem da humanidade. É lamentável que nem todos pensem assim e fiquem defendendo a “Guerra Santa” contra os não-livres.

    • http://[email protected] Anônimo

      Foi o Debian mesmo.

  • Hawk

    Qual o problema de se instalar o Opera ou qualquer outro SW no OLPC? tsc tsc tsc… Esse Negroponte tá parecendo alguém…

  • darkmagus

    Mas pessoal… O Nicholas realmente declarou que só iria usar software livre.
    Mas o problema não para por ai, ele foi super criticado por usar sua “placa” Wifi(mash) ou algo do tipo simplesmente porque tinha tescnologia proprietária.

    Como vocês querem que ele coloque o Opera lah???
    E sim, depois de ter a máquina, ela é sua, faça o que quiser, espero.

    • http://[email protected] Anônimo

      Sim, um bando de OpenXiitas reclamou do FIRMWARE, nao era nem de DRIVERS proprietarios. Uma peca barata, eficiente, perfeita para o projeto.

      No final, danem-se as criancas.

      E nao adianta dizer que da pra instalar depois. Ninguem vai trabalhar com DUAS instalacoes, treinar os professores em DOIS sistemas diferentes. Sem contar que o contrato de suporte nao vai cobrir programas de terceiros.

  • http://www.milfont.org cmilfont

    voces ainda levam esse projeto a sério? isso é mais utópico que anarquismo…
    no dia que esse projeto sair do papel o mundo se tornará pacifico de imediato, as armas serão abolidas, os transgressores se arrependerão, etc…

  • brubrant

    Existe Opera para Linux?

  • http://www.henriquegravina.net henrique

    Não vejo isso da forma como está disposto e interpretado aqui, por acasao o OPERA seria de gratis em todas suas funcionalidades? Eles assinariam um acordo de que nunca deixariam de produzir o browser e fornece–lo de gratis para todos os usuários do OLPC? ainda existem outros problemas como a possibilidade de a empresa falir ou ser engolida por outra, nesse caso como ficariam os OLPC?

    Na minha opinião não faz falta alguma.

    • joaoemanuel1981

      Ele é full para Linux e para Windows, claro que eles vendem também. Pessoal da Opera não fazem o navegador por dinheiro eles fazem porque gostam. Além disso a Microsoft já poderia ter engolido a Opera a muito tempo, mas não o fez e não fará se não tiver uma justificativa muito boa por parte dos diretores da Opera. Antes do Firefox pensar em abas o Opera já usava a muito tempo e para mim, mesmo sendo usuário do Firefox, o opera é ainda o melhor navegador de todos os tempos.

      • Caravana

        Desculpa joaoemanuel1981, mas o pessoal do Opera não programa por diversão.

        Eles querem tanto dinheiro quanto a Microsoft ou Mozilla.

  • http://www.dicas-l.com.br/educacao_tecnologia Jaim Balbino

    Como você é maldoso, Cardoso.

    O hardware do XO, que você proclama aos quatro ventos que é “fraquinho”, conseque rodar a última versão completa de um software e tudo o que você tem a dizer é que a OLPC é xiita?

    O Opera é um dos softwares que possui o código mais bem otimizado, mesmo porque é licenciado (vendido) para celulares e PDAs. Ele não segue o desenvolvimento dos softwares tradicionais (inclusive alguns livres) que possuem código pesado e só conseguem rodar razoavelmente bem porque as máquinas atuais são rápidas.

    O Opera é, de fato, um exemplo a ser seguido (viu, Microsoft?)

    Mas isso é outra notícia e este mérito já devia ter sido dado a muito tempo para o Opera.

    Mas, agora me diga, de onde você tirou essa declaração do Negroponte de veto ao software proprietário?

    O XO possui um cartão SD a pedido da Microsoft (ele ia ter só USB), conforme declaração do próprio Negroponte em sua última visita ao Brasil.

    Já tem XO lá em Redmond, nos laboratórios da Microsoft para eles instalarem o CE (argh!!) nele.

    Oficialmente o Negroponte e os demais cabeças do projeto nunca falaram em “vetar” qualquer participação.

    Mas convenhamos, não dá para adotar dois modelos de desenvolvimento distintos. Não dá para ser Intel e AMD ao mesmo tempo, não dá para desenvolver em software livre e aumentar os custos adquirindo licenças de soluções equivalentes.

    O modelo preferencial é o software livre, sim. As razões da escolha estão bem claras lá no wiki.laptop.org (inclusive em português). Mas outros parceiros podem implementar modelos alternativos. Não creio que você encontre em lugar algum uma declaração que corrobore o que você disse aí em cima.

    Tudo bem que você não seja simpático ao projeto da OLPC, mas não deveria deixar se cegar por isso. Presta atenção, amigo, porque a notícia é muito mais significante: significa que o XO se equivale aqueles PDAs e celulares de US$ 600″, com camera de video e acesso a internet! Mais um pouquinho de tempo e o veremos mais próximo ainda dos laptops, pelos mesmos US$ 150,00.

    Além do mais, se o Opera não está até feliz com a OLPC, porque nós temos que ficar bronquados?

    Um abraço,
    Jaime.

  • Mr Karate

    Uau, esse treco já roda o Opera?
    Está quase tão interessante quanto aquele famoso Pense Bem da estrela.
    Acho que vou querer um pro próximo natal.

    • http://www.dicas-l.com.br/educacao_tecnologia Jaim Balbino

      Engraçadinho… Na verdade ele pode rodar qualquer coisa, mas o pessoal só presta atenção nos softwares mais chamativos…

  • vdepizzol

    É bom analisar os fatos antes de falar qualquer coisa.

    O OLPC é um computador destinado para crianças. Ele deve ser analisado como um projeto educacional, não computacional. Ele usa a interface visual mais simples possível. Independente ou não do Opera ser livre, ele não possui simplicidade o suficiente para crianças que nunca encostaram o dedo em um computador.

    É muito fácil falar que Negroponte é um xiita, mas a verdade é que o OLPC serve para contribuir com a educação, não dar um computador de presente para a criança.

    “Isso quer dizer que as crianças podem ter (…) acesso a (…)email, news, bit torrent, etc, certo? Errado.”

    Só para informação, O OLPC virá já com um navegador de internet, utilizando a interface suggar — própria do sistema. Entretanto, o principal foco do sistema são os seus programas colaborativos.

    • http://danillonunes.net danillonunes

      Interface simples não pode significar idiot-proof. Se uma criança aprende o básico da informática com um navegador que conta com dois botões “faça as coisas por mim” e “me ajude”, ela enfrentará problemas ao acessar a internet em computadores “de verdade”.

      Além disso, a interface do Opera é bastante simples (não absolutamente pronta para retardados – sem querer ofender) e pode ser customizada.

  • http://meiradarocha.jor.br José Antonio Meira da Rocha

    Pra quê mais um navegador, se o equipamento já tem um?

    BTW, o XO é o laptop mais eficiente e barato que que qualquer outra opção, até agora, ao contrários do que dizem pessoas que não conhecem o projeto e não conhecem computadores.

    Ele roda a 250MHz por watt, enquanto o Classmate, por exemplo, roda a 90 MHz por watt.

    A “pequena” diferença de potência (2 watts para presumíveis 10 watts) significaria 1,6 BILHÕES de reais para o governo, em conta de luz, durante os cinco anos de vida útil dos aparelhos.

    Veja todas as contas numa googlenilha.

    José Antonio Meira da Rocha

    • http://felipecn.com/wp/ FelipeCN

      Porque?

      Simples, a tela do OLPC tem uma resolução MUITO pequena [640x480], e o Opera ajusta as páginas pra largura da tela, enquanto o Firefox deixa aquela enorme barra de rolagem…

      Veja no flickr:

      Página no FF:

      http://www.flickr.com/photos/felipecn/316372684/

      Página no Opera:

      http://www.flickr.com/photos/felipecn/316372586/

      Estão rodando no emulador do OLPC, mas não faz muita diferença em relação ao hardware real…

      • http://meiradarocha.jor.br José Antonio Meira da Rocha

        O XO tem resolução de 1200 x 900. E o Gecko engine reescalona as páginas, se forem feitas dentro dos padrões Web.

        José Antonio Meira da Rocha

    • http://danillonunes.net danillonunes

      “Pra quê mais um navegador, se o equipamento já tem um?”

      O que você responde quando um usuário de Windows + Internet Explorer diz isso?

      • http://[email protected] Anônimo

        clap clap clap

  • fabiokrutz

    Da série “Como ganhar dinheiro com open-source falando mal dele”

    Hoje em dia virou moda, analistas de sistemas que perderam o emprego por não se atualizarem e terem medo das mudanças, montarem Blogs e tentar viver com a grana do Google Adsense.
    Na época em que era fácil vender informações baratas com livros de “como usar o Internet Explorer” ou “Linux para iniciantes”, dava pra viver na boa.
    Hoje sem esforço nenhum as pessoas adquirem informações refinadas, conteúdos de valor de forma aberta, e gratuita com toda facilidade que a atualidade pode oferecer.

    Isto sem dúvida é um problema pra “quarentões” que se acham atualizados mas tem medo, muito medo do futuro.
    Abrir tópicos polêmicos em blogs é uma forma de atrair bastante leitores.Falar mal de Linux é uma ótima pedida.
    Realmente estes caras são inteligentes, não da pra tirar o mérito deles.Verdadeiros gênios, realmente são pioneiros!!! São os primeiros caras a ganhar dinheiro com open-source desta forma!!!, mesmo que seja com conteúdos no estilo molekada anti-linux de 15 anos do fórum da Baboo.

    O conteúdo é tão idiota quanto dos seus chamados “openxiitas” que pregam baboseiras sobre software livre, sem ter o menor conhecimento do assunto.

    Enquanto isso um Blog sobre Open-Sourse no Brasil como o Br-Linux ,que realmente contribui com a comunidade, alcança a (3)terceira colocação entre os 10 Blogs + populares do pais, um Blog que vive de falar mal deles talvez alcance uma (9)nona posição, o que realmente é muita coisa e repito,realmente é uma jogada inteligente.
    Mesmo com conteúdos digamos assim, “pró-burrice”.

    Agora se o conteúdo fosse mais inteligente, com críticas construtivas sobre Open-Source, não daria o mesmo ibope, realmente não falta capacidade, mas como o interesse é outro…

    http://idgnow.uol.com.br/internet/2006/12/20/idgnoticia.2006-12-19.8171917263/IDGNoticia_view?pageNumber:int=1

  • fabiokrutz

    Da série “Como ganhar dinheiro com open-source falando mal dele”

    Hoje em dia virou moda, analistas de sistemas que perderam o emprego por não se atualizarem e terem medo das mudanças, montarem Blogs e tentar viver com a grana do Google Adsense.
    Na época em que era fácil vender informações baratas com livros de “como usar o Internet Explorer” ou “Linux para iniciantes”, dava pra viver na boa.
    Hoje sem esforço nenhum as pessoas adquirem informações refinadas, conteúdos de valor de forma aberta, e gratuita com toda facilidade que a atualidade pode oferecer.

    Isto sem dúvida é um problema pra “quarentões” que se acham atualizados mas tem medo, muito medo do futuro.
    Abrir tópicos polêmicos em blogs é uma forma de atrair bastante leitores.Falar mal de Linux é uma ótima pedida.
    Realmente estes caras são inteligentes, não da pra tirar o mérito deles.Verdadeiros gênios, realmente são pioneiros!!!São os primeiros caras a ganhar dinheiro com open-source desta forma!!!, mesmo que seja com conteúdos no estilo molekada anti-linux de 15 anos do fórum da Baboo.

    O conteúdo é tão idiota quanto dos seus chamados “openxiitas” que pregam baboseiras sobre software livre, sem ter o menor conhecimento do assunto.

    Enquanto isso um Blog sobre Open-Sourse no Brasil como o Br-Linux ,que realmente contribui com a comunidade, alcança a (3)terceira colocação entre os 10 Blogs + populares do pais, um Blog que vive de falar mal deles talvez alcance uma (9)nona posição, o que realmente é muita coisa e repito,realmente é uma jogada inteligente.
    Mesmo com conteúdos digamos assim, “pró-burrice”.

    Agora se o conteúdo fosse mais inteligente, com críticas construtivas sobre Open-Source, não daria o mesmo ibope, realmente não falta capacidade, mas como o interesse é outro…