Apple Keynote: Problemas no Paraíso?

jobsivy

O Keynote de ontem da Apple teve duas ausências marcantes: A primeira, claro, Steve Jobs. Tim Cook fez muito bem seu trabalho e demonstra paixão, mas não é Steve. A segunda, e mais preocupante, foi Jonathan Ive.

Chefe de Design da Apple, Ive é um gênio, com uma equipe de semelhantes e com um histórico de produtos lindos e funcionais. Mais ainda, ele era “parceiro espiritual” de Jobs, compartilhando da mesma visão, da mesma busca por perfeição.

Por isso ele se tornou a pessoa mais poderosa da empresa fora Steve.

Na biografia de Jobs é dito que ele preparou o terreno para que Ive se tornasse intocável. Em suas próprias palavras, “ninguém na empresa pode me dizer o que fazer”.

A ausência de Ive inclusive do tradicional vídeo final do Keynote pode indicar que ele não é mais intocável, que um monte de gente ressentida com seu excesso de poder e liberdade está começando a flexionar os músculos.

Também pode não significar nada, pode ser que Jon não tenha se interessado em falar das mudanças mínimas de design. Talvez a Apple tenha um grau de informalidade que permita esse tipo de ausência sem significar uma conspiração palaciana. Mesmo assim, fica o registro.

Relacionados: , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Mas ele também não apareceu no vídeo do iphone 4S

  • Ailson Junior

    Engraçado você ficam prestando atenção num bocado de bobagens, talvez torcendo pela derrocada da Apple mais uma vez. Caras essa empresa passou um tempo enorme sendo ridicularizada e quase foi a falência, hoje está por cima com produtos legais e como tudo não são perfeitos, mas, são de uma beleza e praticidade incontestáveis.

    • Interpretação de texto é para os fracos.

      • Vc acabou de ver um comentário copy/paste de algum outro lugar.

        • Foi mesmo, sorry a kibada. Na próxima eu coloco o copyright. 🙂

          • Eu estava me referindo ao seu amigo para quem vc estava respondendo.

          • Não identifiquei no celular para quem era, sabe como é, tela pequena + site sem versão mobile… *cutucada* 🙂

    • Interpretação de texto é para os fracos (2)

    • Você é novo aqui, né?

      • Ele parece ser novo em qualquer lugar.

    • Redação Tapa & Beijos

      Appletard detected!

  • Edivaldo Brito

    Ou talvez ele só apareça em lançamentos que envolvam mudança de design, como do macbook air, iphone 4, ipad 2…
    O lançamento do iphone 4s e do novo ipad não teve nenhuma mudança visual, tirando o fato do ipad ter engordado…

    • Concordo contigo. Aliás, vale dar uma olhada no histórico das keynotes.

  • Vinícius Vasques

    Bem o Scott Forstall tambem não deu as caras, considerando que ele é o cara do IOs …. acho que não é motivo para preocupar – O Tim Cook mandou bem na keynote ao meu ver e podemos esperar que a Apple se torne uma companhia que valoriza seus talentos e não precisa viver da sombra de uma unica pessoa.

    • Somente se sua diretoria permanecer os membros que compactuavam com a mesma mentalidade que Steve. Mas com tandos caras gananciosos, não nego a hipótese de uma futura falência, ou sendo menos pessimista, uma tentativa de acabar com a hegemonia da Apple.

      Obs: Não sou fanboy de marcas.

  • Cardoso, acho que ele não aparece por um simples motivo: algumas das principais mudanças no design (área dele) do novo iPad não mereciam ser destacadas, afinal, o gadget ficou mais grosso e mais pesado.

  • Rola ai um amor platônico homossexual, ou estou enganado com essa demonstração de ciume.