Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

Qual o custo total em Reais de carregar um iPhone durante sua vida útil? Você se surpreenderá.

Por em 4 de janeiro de 2012
emCelular Energia Hardware relacionados     
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://twitter.com/brunofontes Bruno Fontes

    O mais divertido de tudo é saber o quão otimizados os smartphones e tablets são para usar tão pouca energia para 24h de funcionamento, considerando tela, wifi, 3g, fotos etc etc

    • Luiz Felipe

      Ainda bem, pensou ter que carregar de 2 em 2 horas. Qual seria a “mobilidade” disso, seria como um carro que a cada 15 kilometros precisa de parar no posto, por ex.

      • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

        Quilômetro só possui k (minúsculo) na abreviatura… ;¬)

    • http://www.facebook.com/people/Andre-Barbosa/1312440514 André Barbosa

      Bons tempos (NOT!) aqueles do meu Motorola Elite, que tinha DUAS baterias SOBRESSALENTES que ficavam carregando A NOITE TODA pra aguentar um dia de uso pesado. Normalmente lá pelas duas da tarde eu trocava a primeira pela segunda; e se emendasse o dia de trabalho com uma night; numa sexta, por exemplo, não era impossível chegar a usar a terceira. E olha que ele não tinha tela (só um display tosco de leds), wi-fi, 3G, fotos…

      Ah, os saudosos anos 90 (NOT!!!!!!!!)!

  • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves Machado

    Isso daí claro levando em conta um aproveitamento de 100% para a recarga. Mas mesmo levando em conta uma eficiência de 50%, ainda é muito, muito barato :)

    • Ivan Nekandro

      Pelo teorema da máxima transferência de energia a máxima potência fornecida por uma fonte a uma carga é de 50% se esta carga representa um resistência de igual valor à resitênica interna da fonte. Neste caso a eficiência é de 50%, no entanto a eficiência pode ser aumentada pelo aumento da resitência da fonto porém com redução da quantidade de potência entregue.

  • Anônimo

    Os cálculos tão certos, mas o correto seria dizer que a CARGA da bateria é de 1420 mAh, e a energia necessária para carregá-la é E = q*V = 5,25 Wh (= 3600 J). Se levar em conta a eficiência do carregador e o tempo em que ele fica na tomada após a carga completa da bateria, o consumo aumenta. Mas como primeira aproximação é um bom cálculo. E ainda que o valor seja o dobro do calculado, não muda em nada a essência do argumento. Surpreendente…

  • Luiz Felipe

    Se é tão barato porque não fazem smartphones que carregam via wireless. Ok, disperdiçaria 75% da energia no ar, mas seria apenas 7,56 reais. Muito mais barato que a energia que meu cerebro gasta para lembrar de carregar o celular e o custo de perca de algo importante ocorrer e não conseguirem me contatar porque a maldita bateria acabou.

    • Junior Predador

      “Custo” em hardware, não tanto em custo mas em tamanho, com o povo querendo aparelhos cada dia mais finos fica dificil colocar mais coisas ali dentro.

  • Anônimo

    Cardoso, e quanto a humanidade economizaria se o indicador do Scroll Lock tivesse seu acendimento inverso (quase todo mundo deixa aceso)?

    Será que o Greennote e o WTF não farão uma campanha pra desligá-los e salvar o meio ambiente?

    • Luiz Felipe

      Todo mundo deixa aceso?
      Nunca percebi isso, aqui na minha terra, todo mundo deixa apagado porque “trava” o Excel.
      Quanto ao WTF (nao era outro nome?) eles gostam daqueles “ventiladores” eolicos que gastam muito dinheiro para serem mantidos, dinheiro esse ganho com a energia eletrica produzida pelo petroleo.

      • Anônimo

        Num Lock…. foi mal.

        • Luiz Felipe

          Nesse caso, e os milhares de leds nos datacenters, e todos os powers leds “inuteis”. só na minha sala tem uns 20 power leds (tenho 8 servidores), mais os “inuteis” 30 leds de um switch (nem todos ficam acesos).

  • Anônimo

    Quando comparado este valor (que é ideal, sem levar em conta o rendimento da fonte do carregador), com o gasto de energia de um desktop (não sei como é o consumo de um notebook porque não tenho), o resultado é um grande facepalm. O projeto do PC é um terror, mesmo.

    • Luiz Felipe

      Minha Radeon 5970 come 300w por hora e o pc todo com 1400w de pico, é praticamente um motor V8.
      Nem me importo com o gasto de um telefone, a unica vantagem de um telefone ser economico, é o custo de ter que carregar a bateria toda hora, é chato e atrapalha, ninguem quer precisar de carregar o telefone mais que 1 vez por dia.
      Um PC fica parado no mesmo lugar e plugado na tomada, logo não precisa ser tão eficiente. E essas fontes vagabundas que a maiora dos PC desktop usam não chegam a 50% de eficiencia.
      Talves servidores de um datacenter precisem de muita eficiencia, pois a conta de energia é na casa dos milhares de dolares, mas um simples PC desktop que gasta 30 reais não faria tanta diferença, por isso economiza-se no hardware e gasta-se mais energia.
      O meu pc gasta o mesmo que 5 PCs quando tá rodando BF3, mas a placa de video tá produzindo 4,64 teraflops e o core i7 produz 61 gigaflops, talves ela gaste 300w mas seja mais eficiente que um processador de smartphone.

      • Luiz Felipe

        1 radeon 5970 = 148480 pentiums pro, segundo dados do wikpedia, acho que é bem eficiente.

      • Anônimo

        Precisa ser mais eficiente sim. Eu não sei quanto custa teu PC em termos de energia porque não sei quanto tempo ele fica ligado por dia. Mas se fizer uma conta de uma empresa, pode considerar que cada computador fica umas 10 horas ligado por dia, e é praticamente um por funcionário.
        E provavelmente você joga teus joguinhos por volta das 8 horas da noite, que é horário de pico de consumo. Multiplique pelos milhões que jogam os mesmos joguinhos na mesma hora no Brasil, e é uma energia enorme. Pense que toda rede elétrica é dimensionada para este horário de pico. A eficientização do consumo é uma necessidade, sim.

        • Luiz Felipe

          Numa empresa eu até concordo, mas o objetivo de um PC de jogos é perfomance pura a todo custo. Claro que quando mais energia ele economizar menos calor produz e mais Mhz o processador chega, mas não dá para comparar com um celular, que o objetivo é mobilidade.
          É como ter um V8, se voce tem um carro com um V8 não se importa com o gasto de gasolina, até porque acho que ninguem iria trabalhar no dia a dia com um Mustang GT, para isso existem carros menores.

  • Hollander

    Para fazer a conta corretamente, um Cardoso equivale a 1000 watts/hora ou 1KWh.

    • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves Machado

      Opa, não é watts/hora, e sim watts.hora. 1 W = 1 J/s. 1Wh = 1 J/s * 3600 s = 3600 J

      • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

        Exacto, caro Márcio: watt-hora (Wh) é bem diferente de watt por hora (W/h). ;¬)

  • Anônimo

    Mesmo com os avisos os Nazistas aparecem. huahuahauhau
    Pra diminuir a quantidade deles vamos listar os possíveis comentários:

    “3,7V” tem que separar a grandeza da unidade .

    “uma corrente (o Laguna vai me torrar hoje) de 1420mAh.” é carga.

    “P = IV, onde P é potência em Watts, I é a corrente e V é a voltagem, temos:
    P = 1.420 * 3.7
    P = 5.25Wh.”

    E = i*V*t = (i*t)* V = q * V, onde E é energia, I é a corrente, q a carga e V é a tensão, temos:
    E = 1.420 * 3.7
    E = 5.25 Wh.

    “Segundo a Light o valor do KWh residencial na faixa entre 51 e 300KWh é de R$0.44.” é kWh

    “Para chegarmos ao valor do Wh temos que dividir por mim:” por mil e não por você.

    • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

      Ainda está errado: Wh é e sempre foi a unidade de consumo eléctrico, não energia propriamente dita.

      Consumo máximo do iPhone (kWh nunca foi unidade de potência) = tensão fornecida ao aparelho pela bateria (V) vezes a carga da bateria propriamente dita (mAh).

      Isso sem falar no vício em ponto yankee, provavelmente vindo do abuso do Google Translator ou educação matemática paupérrima: nos idiomas latinos (português é um deles e o blog é voltado a um país que utiliza tal idioma ou algo próximo), o separador decimal é a vírgula e o ponto serve para separar grupos de três algarismos seguidos.

  • http://pulse.yahoo.com/_IYA5P72YXYY6DIXXT4HIZX645Q Ruy

    É por isso que é tão constrangedor ver aquelas empresas vendendo carregadores solares para celulares e dizendo que com isso você ajuda a evitar o aquecimento global…

    • http://pulse.yahoo.com/_EHZEHWZGT3H6QYUORPER7OPKNQ Roberson

      Verdade.

  • Anônimo

    Hoje o Cardoso acordou pensando: Será que consigo fazer o Laguna ter um infarto com um único post?

    Acho que ele está se debatendo no chão até agora por causa da voltagem.

    • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

      Estou mais puto pelo K maiúsculo (isso é kelvin, quilo é k minúsculo) e os pontos yankees no lugar da vírgula como separadores decimais… =¬|

      • http://mygpl.us/peksalvo Pek

        nada sobre a “voltagem” no lugar de tensão??

        pelo menos ele escreveu corrente em vez de “amperagem” kkkkkkkkk

  • Pedro Paulo Freitas da Silva

    Bom, legal a iniciativa de pensar em mensurar quanto custa carregar um Iphone, MAS mAh É A CAPACIDADE DA BATERIA E NÃO CORRENTE DE RECARGA!!!! Esta medida serve para saber quanto de energia a bateria poderá FORNECER em 1 HORA!!!

    • Ivan Nekandro

      Você quis dizer a corrente que a bateria pode fornecer durante uma hora. mAh = quantos Coulombs a bateria armazena, se dividir por h = hora terá a corrente que fornece durante uma hora já que corrente é igual a quantidade de Coulombs por unidade de tempo que passa por uma superfície transversal ao fluxo de carga.

      Cardoso você pode até me chamar de sheldon cooper algumas vezes mas quando for escrever um post como este pelo menos dá uma revisada no livro de Física do Halliday e consulta o site do INMETRO.

      • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

        Bom lembrar que 1 Ah = 3600 quilocoulombs, ou seja, você não pode equivaler uma notação à outra directamente. =¬|

        • Ivan Nekandro

          1 A x 3600 s = 3600 coulombs = 3,6 quilocoulombs

          • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

            Putz, errei feio mesmo a conta.

            De qualquer forma, temos uma constante que impede a equivalência imediata (3.600 ou 3,6 quilo).

    • Anônimo

      Na verdade a bateria do iPhone deve ter uma capacidade de quase 30W, considerando a autonomia em tarefas onde exige máxima capacidade. Ainda assim é um bom numero.

      • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

        Watt sozinho é potência, não necessariamente eléctrica… ;¬)

        • Anônimo

          Sim, e dai? Estamos falando de baterias, não de bombas de água.

          O necessariamente é o ponto chave, para isso que existe o contexto.

          • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

            Em baterias, não temos potência (exceto talvez a calorífera): as grandezas eléctricas mais relevantes delas são a tensão (V), a corrente ([m]A) e a carga ([m]Wh).

            A potência talvez seria relevante no aparelho a ser alimentado por ela.

          • Anônimo

            Mas se uma bateria entrega 5Wh em 6h, não é o mesmo dizer que ela entregou 30W em todo o período, que por sua vez era a carga total da bateria?

          • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

            Não, a bateria possui uma carga fixa como um tanque de água: se a bateria possui 5 Wh e se descarrega totalmente em 6 h, isso quer dizer que o aparelho consumia 1,2 Wh. ;¬)

          • Anônimo

            Então devo ter entendido algo errado. Ok, retiro o que disse anteriormente então.

          • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves Machado

            Heim? Essa conta está certa, Laguna?

          • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

            Tudo o que eu coloco aqui é passível de discussão: por mim está certo até o momento em que alguém me dá um bom argumento.

            Não deveria existir a unidade watt (potência) numa discussão séria sobre consumo de energia elétrica, pois tal grandeza é medida por outra unidade, watt-hora (Wh).

          • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves Machado

            Indaguei porque não consegui fechar a matemática da coisa. Se a bateria possui 5 Wh e gasta em 6h, quer dizer que consumia 0,833 W. Não?

          • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

            HAHAHAHAHA =¬) =¬D

            Eu errei a matemática, você está certo, Márcio!

            Me preocupei tanto com conceitos e grandezas físicas que acabei deslizando nas contas…

            De qualquer forma, o consumo do iPhone seria então esses 0,833 Wh. Se ele usa eficientemente isso, aí sim poderíamos falar em 0,833 W de potência. ;¬)

  • Tiago Dantas

    Santa informação inútil batman !

    • http://contraditorium.com Carlos Cardoso

      HEIM???

      • Thiago Tietze

        Colocando virgulas em lugares estratégicos, fica até engraçado!!!

  • Anônimo

    Confesse Cardoso. Você aproveitou o caos em Fortaleza pra publicar o post sem o Laguna ver.

    PS: Seus últimos posts estão ótimos.

    • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

      É de mais de oito mil… Aquele Cardoso, mal consegui ver seus movimentos! ô.0

  • Anônimo

    Confesse Cardoso. Você aproveitou o caos em Fortaleza pra publicar o post sem o Laguna ver.

    PS: Seus últimos posts estão ótimos.

  • http://www.facebook.com/people/Rafael-Sgarbi-Barcelos/100003210291001 Rafael Sgarbi Barcelos

    Demora somente 1 hora para carregar o iPhone?

  • http://www.facebook.com/lipecorrea Felipe Correa

    Mother of God!

  • http://twitter.com/dclobato Daniel Corrêa Lobato

    Acho que a conta poderia ser mais simples, e com o mesmo efeito: o carregador é de 5W. Logo, em 1 hora ligado na tomada, ele consome 5W. Assim, se voce deixar ele ligado durante a noite de sono, serão 6h x 5W = 30Wh no pior caso (ele consome menos quando não está carregando, certo?). Se você carregar toda a noite, são 365 x 30 = 11kWh/ano. Ao final de 3 anos, 33kWh.

    Como o kWh no Rio custa R$0,44, o custo total ao final de 3 anos é de R$14,52. Acho esse custo mais realista.

    Continua sendo uma merreca, apesar de 7x mais do que foi calculado inicialmente.

    • http://contraditorium.com Carlos Cardoso

      hummmm… não. O carregador não consome sua potência máxima só pq está conectado. E assumir que a carga será sempre durante a noite, por 6h direto é no mínimo forçar a barra.

      • http://twitter.com/rodrigofante Rodrigo Fante

        aqui não fica 2 horas por dia conectado

  • rodrigo elesbao

    Me veio à mente uma leitura recente, ‘O valor do nada’, do Raj Patel, que segue esse raciocício em sentido reverso: qual o custo real pra se FAZER um iPhone? O resultado é inversamente surpreendente.

    • http://twitter.com/rbicalho Ricardo Bicalho

      Em termos de material, é muito barato. Digamos que um iPhone pesa 140 gramas. Se você calcular o valor do material, dos minerais, etc, vai chegar a centavos.

      Mas então vemos o valor agregado do hardware, dos componentes: inteligência aplicada. E o Brasil ainda se orgulha em exportar soja e carne.

      • rodrigo elesbao

        Mas aí é que tá a pegadinha, Ricardo. O que de fato REALMENTE está com preço irrisório: os iWatts ou os iPods?
        .
        O material nem sempre CUSTA barato, mas É barato, o que é diferente. E se o metal vier de algum país africano instável, miserável e corrupto demais a ponto de causar uma guerra civil por centavos/kg do minério? E o petróleo do plástico, que tem preço político e em parte justifica os trilhões injetados pelos EUA em guerras no Oriente Médio. E quem fabrica um iPod? Ching-ling-children superfaturadas? E as fábricas onde eles trabalham, qual impacto causaram? Alguém se preocupou com os pandas? E os SmartPhones obsoletos que todos os anos vão parar nas nossas gavetas rumo ao lixo eletrônico?
        .
        Tudo isso gera um custo, e como tal deve ser agregado no preço final. Ele é?
        .
        Parece conversa demagógica de bicho grilo, mas é pra se pensar: em algum ponto da cadeia produtiva, alguém PAGA isso.
        Será que são os iPoders, que usam o iPod pra xingar muito no Twitter sobre como a fome na África, a guerra civil no Seiláquistão, o Imperialismo ianque, a exploração infantil, a morte dos pandas e a falta que o Flash faz são coisas extremamente IN-DIG-NAN-TES ?

  • http://www.facebook.com/HeitorHerzog Heitor Helmer Herzog

    Eu prefiro o cafézinho kkk

  • heber amaral

    Opa!
    Error detected!

    Esqueceu de considerar o tempo de carga

    ou seja a potencia é P = 5.25W

    Se levarmos em conta 3h de carga da bateria consumo é 5.25w * 3h = 15,75Wh

  • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

    Apenas para esclarecer: o problema nem é a conta toda, cujos números estão próximos do correcto e sim as notações e horrível vício em pontuação yankee (espero que o culpado seja o Google Translator). A quem interessar possa (ninguém se importa com detalhes, né?):

    Consumo máximo do iPhone (kWh nunca foi unidade de potência) = tensão fornecida ao aparelho pela bateria (V) vezes a carga da bateria propriamente dita (mAh).

    • http://contraditorium.com Carlos Cardoso

      Calculator, não translator.

  • http://pulse.yahoo.com/_5MVRZROLIPZQVH5FWF5QM5HIOM Juan Losada

    Mais um capítulo da série: Notícias que o mundo está cagando e andando…

  • http://www.facebook.com/diogenesosilva Diógenes Silva Oliveira

    Foi exatamente o que mostrei para meus pais para eles me deixarem jogar Snake no saudoso Nokia 5125…

  • Rubem Luiz

    Pois é, o rendimento medio das fontes 5V é de mal e mal 90% no começo da carga e 30 a 50% no fim da carga (Lithium tem essa caracteristica compartilhada com varios tipos de bateria), o controlador na bateria desperdíça mais uns 10%, então é facil um carregador de iphone na tomada consumir 8W.h, levando em conta que a carga demora até 3 horas, é facil chegar em 24W a cada 2 dias (Talvez 20W por dia), uns 450 a 600W no mes, ou R$ 0,25 a 0,33 no mes (Porque R$ 0,44 é sem impostos e sem taxa de iluminação, que são proporcionais ao consumo e que todos pagam (Apesar de variar conforme o consumo e lugar, duvido que alguem que tenha um Iphone pague só R$ 0,44)), dando então R$ 3 a 4 no ano, ou R$ 9 a 12 na sua vida útil. Ainda não muda o mundo… mas o rendimento energético das coisa quase sempre DOBRA os consumos teóricos.

  • Anônimo

    Alguém falou em perdas por calor? Carregadores são muito pouco eficientes.