Vale mesmo a pena mudar a cor dos olhos?

Dizem que os olhos são a janela da alma…

Laguna_HeteroEye_29dez2011

Heterocromia artificial

Dr. Gregg Homer, um médico californiano com doutorado em Biologia, alega que todos temos olhos azuis e a tecnologia patenteada por ele em 2004 poderia mudar a cor dos olhos castanhos para azuis em definitivo, com a ajuda de um procedimento que utiliza lasers.

O laser serve para quebrar o pigmento melanina da parte frontal da íris: num primeiro momento, o olho castanho fica até mais escuro que o normal. Entretanto, duas a três semanas após o rápido tratamento (são vinte segundos de lasers no olho), a parte frontal da íris ganha a tão desejada cor azul em definitivo: o tecido marrom não consegue mais se regenerar…

O doutor Homer Simpson dá a tecnologia o nome de Lumineyes e é um método que vem sendo desenvolvido há dez anos na clínica que fundou, a Strōma Medical.

Antes de o procedimento ser testado com sucesso em uma dúzia de voluntários no México, até Doug Daniels, atual dono da tal clínica oftalmológica, era cético quanto ao método. E não é só ele que tem receio sobre o radical tratamento com lasers para mudança definitiva na coloração dos olhos.

No Brasil, o Conselho Federal de Medicina não vê com bons olhos tal técnica até por existirem poucas referências sobre esse tipo de procedimento na literatura médica: os oftalmologistas aqui ainda não conhecem bem todas as complicações resultantes de um processo experimental como esse, que altera tão profundamente a estrutura da íris (o tecido que sustenta os músculos da íris, o estroma, seria afetado por também possuir melanina), e o provável processo inflamatório causado por uma intervenção desse tipo numa região tão delicada do olho.

Bom, o tio Laguna acredita que a cor dos olhos azuis é uma característica recessiva herdada ante a característica genética dominante que é a de possuir olhos castanhos: as pessoas com olhos azuis possuem grande quantidade de melanina na parte posterior da íris, enquanto a parte frontal possui baixa concentração de tal pigmento que reflete a cor marrom.

Laguna_MyGreenEye_29dez2012

Olha no meu olho!

Inclusive lembro que, em 2008, cientistas da Universidade de Copenhague descobriram que todas as pessoas com olhos azuis descendem de um ancestral único, o qual sofreu uma mutação genética que afetou a cor dos olhos: até alguns milhares de anos atrás, supõe-se que todos os seres humanos tinham olhos castanhos.

Voltando à Califórnia, a Strōma Medical necessitará de mais de meio milhão de dólares para completar todos os testes e assegurar que o método Lumineyes seja aprovado nos Estados Unidos: o doutor Gregg Homer estima que em três anos o tratamento estará disponível ao público. E resgatar esse investimento todo não será tão difícil: quase três mil pacientes já mostraram interesse em passar pela mudança, cuja intervenção provavelmente custará em torno dos 5.000 dólares.

Outra alternativa que o tio Laguna acha interessante mencionar é a chamada “íris artificial”, um implante intraocular cosmético inicialmente voltado à pacientes com coloboma e albinismo, onde é colocada uma lente intraocular na frente da íris com a cor desejada: Patrícia Rodrigues, uma escritora carioca, foi matéria do Programa do Ratinho por ser a primeira brasileira a se submeter à esse tipo de cirurgia oftalmológica.

Particularmente acho que a mudança na cor dos olhos é um tipo bastante arriscado de intervenção cosmética, mas o tio Manel Laguna fala isso como alguém que já nasceu com os olhos verdes, embora meu olho direito tenha nascido com catarata e já tenha sofrido duas intervenções cirúrgicas (em 1987 e 2007)

Não desejo mal aos olhos de ninguém, só que passar por esses tipos de tratamento só por pura vaidade não é para mim. Dizem que o futuro é implantar microchips e viver a realidade aumentada direto nos olhos. Vale mesmo a pena arriscar a visão por esse tipo de coisa?

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples