Vai trocar de HD? Não esqueça do KY

tailandia

Noooooormalmente todo ano a indústria de memória inventa alguma desculpa para tentar aumentar seus preços. Qualquer terremoto em Taiwan é desculpa, se a China acordar com torcicolo, já é motivo para preverem um apocalipse high-tech e jogarem os preços para cima.

Desta vez entretanto não dá para afirmar que há um complô dos fabricantes de discos rígidos para criar uma escassez artificial e inflacionar os preços. Não é preciso muita boa-vontade para perceber, pela imagem acima de um dos distritos industriais do país, que o bicho está pegando na Tailândia.

O país está acostumado com as enxurradas trazidas pelas monções, mas este ano foram especialmente fortes. Mais de 300 mil km² foram inundados. Em alguns casos diques de 10 m de altura se romperam, como na região de Nikom Rojna, onde ficam boa parte das fábricas de HDs.

A Tailândia é o 2º maior fabricante do mundo, em 4 HDs 1 vem da Tailândia. Ou vinha, já que a Western Digital viu seu parque industrial virar parque aquático:

WD

A Toshiba relata com otimismo que fora da fábrica a água atinge 2 metros, mas dentro o chão debaixo de apenas um metro de água.

Obviamente isso vai afetar muito a produção, mas a especulação chegou antes. Até os lojistas, que ainda estão trabalhando com estoque antigo já capitalizam em cima do pânico. O ExtremeTech fez uma pesquisa e descobriu aumentos de até 168% no preço dos HDs no varejo. Veja o gráfico histórico de preço de um Caviar Green de 1TB:

caviar

Recuperar as fábricas levará meses, ao final os fabricantes voltarão a vender para um mercado já acostumado a pagar caro por HDs. Todo o processo que tornou os discos ridiculamente baratos será reiniciado. Lentamente.

Quem pode se dar bem nessa brincadeira são os SSDs. Equipamentos como o Macbook Air já abandonaram os HDs, a tendência é que os ultrabooks transformem isso em regra. Já temos SSDs de 256 GB, segundo a Lei de Moore logo teremos os de 500 GB custando o mesmo. Para 90% dos usuários 500 GB dá e sobra.

A esperança aqui é que os fabricantes forcem logo o preço dos HDs para baixo, como forma de adiar a inexorável marcha para os SSDs.

Por enquanto, fica a dica: verifique os preços, se no seu stand de confiança os HDs ainda não aumentaram de preço, compre logo mesmo que não precise muito, pois a enxurrada vai chegar ao Brasil, cedo ou tarde.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples