Digital Drops Blog de Brinquedo

Comentários são o diferencial e o tendão de Aquiles dos blogs

Por em 30 de julho de 2006
emBlog
Mais textos de:

Site
  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    Acho esse método do Digg bem interessante, só que imagino que precisaria de um conhecimento bem avançado para escrever o script, enfim, eu acho que sem comentários (por meio de bloqueio) aquele que escreve deve se achar dono da verdade, ou em alguns casos, por ter mais trabalho limpando os comentários do que qualquer outra coisa.

    Imagino que com os comentários livres dá para se saber muita coisa, discutir a notícia e aprender muito mais coisas, quantas e quantas vezes entrei em links indicados pelas pessoas que me ajudaram e muito, até CD do Windows 98 Second Edition eu consegui para re-instalar uma impressora e isso foi graças e um comentário colocado.

    Talvez, grande parte, o problema seja quem está atrás dos comentários, muitas vezes até mesmo se passando por outra pessoa, e trazendo problemas, nunca sei qual o verdadeiro motivo, falta disso ou daquilo, mas além de chatear quem tá querendo se interessar aborrece muito mais quem escreveu.

    VLW!!!

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    Um jeito fácil é permitir comentários só pra usuários cadastrados. E não deixar o cadastro liberado, somente por convites (como é o Gmail).

    Problema resolvido. E caso alguém envie um convite pra alguém com o intuito de zoar, dá pra saber quem enviou o convite e excluir a conta dos dois (convidado e quem enviou o convite).

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    então, minha gente, ,hehehe está na hora (passando!) de vocês darem um “jeitinho” no Meiobit.com. Pra mim, e para muitos outros, o site é referência quando o assunto é tecnologia e outros assuntos, mas o visual e a “navegabilidade”…
    O sistema de comentários do MeioBit é meio oligofrênico.
    Espero mudanças djá! heheh
    Abraços!

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    Uma discussão aberta pode ser levada para qualquer lado pelos seus participantes. Se não houver um moderador pode acabar se discutindo algo totalmente fora do assunto inicial que era o tema do artigo publicado, mas eu acho que isso é o grande barato de discutir. Você acha que o problema é X, mas na conversa pode se chegar a conclusão que o problema é Y.

    Um problema grave é o que você comenta sobre os comentários que pouco agregam ou simplesmente são para queimar filme do autor do artigo. Neste caso existem dois tipo de soluções que você comentou: o moderado que existe um caboclo fazendo o papel de “esse comentário pode”-“esse não pode” ou o auto-moderado que é o estilo do digg.com.

    No meu blog eu dificilmente tenho que atuar na moderação de comentários, mas se a coisa começar a ficar feia, é possível que eu feche os comentários a pessoas registradas no site. Assim não tenho o problema de comentários pseudo-anonimos (comentários que não tem endereço de email válido ou nome de autor explicito) e a discussão fica entre aqueles que realmente querem conversar sobre o determinado assunto.

    E seu 4º paragrafo diz tudo. O visitante de blogs no Brasil realmente não faz idéia de quão dificil é manter um blog pelo amor ao tema. Eles devem achar que somos todos jornalistas da Globo!

    Agora imagina! Segundo a regra do 1% que comentei no meu blog (http://www.bernabauer.com/cite-a-fonte-e-a-regra-do-1/) apenas 10 pessoas de cada 100 interagem com o conteúdo. Imagine se fossem mais? Fica complicado…

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    Acho que restringir os comentários para usuários cadastrados no seu sistema (com email válido) já ajuda bastante a reduzir esse tipo de coisa. Até porque, depois do primeiro comentário indesejado, você pode bani-lo. O chato é que muita gente deixaria de comentar porque teria que “perder tempo” se cadastrando.

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    Rogerio: estamos com uma enorme mudança em breve. Pode deixar que vamos trazer algo bem interessante para os leitores.

    Sobre moderar, concordo com o Cardoso no post logo acima do meu. A credibilidade fica em questao. Sem falar no trabalho de moderar 200 comentarios por dia + todo o spam.

    abraço
    Leo

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    Blz Leo! Estamos aguardando!

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    Ah meus amigos, já tive a triste experiencia de participar de foruns. Era de Mu Online.. debatendo temas com gente de todo lugar e idade. Já podem imaginar como era né? Foi aí que me dei conta de como tem gente ignorante nesta terra querida. De vez em quando aparecia um falando da mãe do outro.. ou aquele que batia o pé.. ‘Não! É assim e ponto final!’ Ou aqueles famosos ‘nao fede nem cheira’… o qual os comentarios nao acrescentavam em nada no seu topico.

    Concordo com os outros… o sistema Digg é interessante. Dá credibilidade a quem tem opinião relevante, a quem tem algo util para acrescentar. Puxa a atenção de novos usuários.. para os ‘peixes grandes’ heheh

    Mas, se os criadores querem comentários inteligentes, tem que dar o exemplo. Em um fórum que eu visitava, o moderador escrevia muito mal, ate com erros d gramatica. Lembrem muito disso.. fere a imagem do blog. Gosto dos textos daqui.. sempre que posso eu os leio.. continuem.. e não desanimem. Aqui tem mentes pensantes também.. mesmo sem muitos comentários.

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    O comentário é como um elo que liga o autor do texto aos seus leitores, é um elo muito fraco e que geralmente se parte para o lado errado.
    Devemos sempre ouvir as criticas em relação aos nossos textos, para que sempre possamos melhora-los, mas tem comentários que não trazem nenhum proveito (não falo proveito em relação ao autor e sim a discursão gerada) e que na minha opnião devem ser moderados para manter a ordem e a clareza do debate.
    No meu blog não precisei até agora moderar nenhum comentário (não sou famoso como vcs heheheh) e espero não faze-lo.

    abraços a todos

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    Realmente um dos maiores problemas dos blogs são os ” maus comentários ”

    Mas acho que issu muito dificilmente um dia vai ser sanado,de um jeito ou de outro sempre vai aparecer alguém pra poder quebrar a graça de uma boa discussão.Os sistemas anti-spam e digamos assim,anti-lixo,que se utilizam pelos blogs a fora não são 100% funcionais.Por exemplo,este modo de pontuação que foi citado na matéria poderia funcionar,se tantas pessoas não fossem postar absolutamente nada de útil apenas para ganhar as tais pontuações,ai alguem fala…” Não,mas só iriam ganhar pontuação aqueles comentários que fossem aprovados por moderadores. ” Ai eu digo,iria ser tanta coisa que nem os moderadores iriam dar conta de tanta matéria e comentário para analisar,exemplo dissu é o vivaolinux.Toneladas de artigos e matérias repetidas e já saturadas mandados por pessoas apenas para poderem ganhar os tão sonhados “pontos” .

    Acho que pelo menos por enquanto é tentar se acostumar e rezar para pelo bom senso dos seres humanos! hehheheeh Abraços!

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    cara… e se fizesse algo como não bloquear/censurar o comentário… mas o POST fechado com uma inscrição “MODERADO” e junto com ele uma opção para abrí-lo assim a pessoa que estiver lendo pode ter a opção de lê-lo ou não… acho que as pessoas poderiam escolher ou não se querem ler um POST assim…
    Qual a vantagem disso?
    Elas poderiam já ter uma idéia que o moderador OPTOU por dizer que o que esta escrito não tem haver com a discussão, não acrescentou nada ou então a pessoa que postou pode ter ofendido alguém.
    Bom esta ídeia talvez precisa ser amadurecida… mas taí…

    Marcio