Novo jogo do criador do Flashback é anunciado

dori_amy_01.03.11

Não deve ser segredo para ninguém por aqui a enorme admiração que tenho pelo jogo Flashback, um dos responsáveis por me fazer começar a ver os videogames como uma forma de arte e por isso não posso deixar de comentar sobre o próximo título que está sendo criado com a supervisão do game designer Paul Cuisset.

Desenvolvido pela VectorCell e com publicação garantida pela Lexis Numérique, Amy se passará no ano de 2034, quando o mundo sofre com o aquecimento global e a cidade de Silver City nos Estados Unidos é devastada por um meteoro. Lá vive Lana, que acorda após o terrível desastre e descobre que as pessoas ao seu redor se tornaram violentas após serem infectadas com um vírus e na tentativa de escapar do lugar, encontra outra jovem que dá nome ao game e que a ajudará na tarefa.

Previsto para ser lançado ainda este ano exclusivamente para o Playstation 3 através de sua rede online, os envolvidos garantem que a personagem secundária não estará ali apenas como enfeite, sendo a única a alcançar certos lugares devido ao seu tamanho e peso e além do cenário macabro, os sons e as câmeras cinematográficas ajudarão a criar o clima de terror. O game também permitirá ao jogador encará-lo da maneira que achar mais adequada, seja encarando os adversários diretamente, sendo que eles são muito mais fortes que as garotas ou nos escondendo e evitando o confronto.  Some a tudo isso uma grande variedade de inimigos com inteligência artificial capaz de se organizar em bandos, detectarem calor, sons e movimentos. Teremos ainda gráficos acima da média em se tratando de games vendidos pela PSN e quebra-cabeças desafiadores e as promessas fazem com que na teoria se trate de um ótimo game.

Particularmente gostaria que este Amy seguisse o estilo do Flashback, com visão lateral, jogabilidade simples mas viciante e um enredo espetacular, mas se o Sr. Cuisset e sua equipe conseguirem entregar algo bom e não algumas aberrações que aparecem em sua carreira, como o Shaq Fu e o Fade to Black, eu já ficarei bastante feliz.

[via Gameranx]

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Flashback é com certeza um dos Top 5 games pra Mega Drive que eu joguei. Pelo tema e conceito, esse Amy já entra na minha (enorme) lista de jogos a comprar.

  • Pena eu não ter jogado Flashback em meu Mega Drive, até porque era muito novo quando o tinha. Mas não é desculpa! Procurarei logo para emular no iPad. hahahaha E esperar que o criador faça sucesso em sua nova empreitada honrando a memórias dos fans de seu jogo mais famoso.

  • Caramba, Shaq Fu era dele!? Apesar de também achar o jogo ruim, tenho que confessar que graficamente, era até bem feito, hehehe

    Assim como o Dori Prata, também sou um grande fã de Flashback (inclusive foi procurando artigos do game que conhece o MBG). Realmente, são memoráveis estes jogos mais “artísticos”, assim como Braid mais atualmente.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja