Carregando o Bilhete Único pela internet

Muita gente não sabe e sofre nas filas para carregar o Bilhete Único (o paulistano, não o homônimo campineiro ou fluminense), mas ele também pode ser carregado pela internet.

É bastante simples, basta entrar na loja virtual da SPTrans e fazer um cadastro. Depois, toda vez que carregar é preciso ou digitar um número que aparece no verso do cartão (o caso do cartão “normal”) ou RG e data de nascimento (caso do cartão de estudante ou professor).

Depois, você escolhe o valor a ser carregado, que será acrescido de uma taxa de R$ 1,50 pelo serviço.

O maior incômodo é ter que digitar o código do boleto no site do banco — não há outra forma de pagamento disponível. Seria bem mais cômodo se ele desse a opção de ir diretamente para o Internet Banking, como outros sites fazem. Outro problema do boleto é que ele demora mais para que o pagamento seja verificado; ao invés de liberar os créditos na hora, existe uma espera de cerca de 12 horas entre o pedido e a liberação do valor.

E como o Bilhete Único não funciona de forma online (ainda bem!), você ainda precisa, de fato, carregar o cartão.

Máquina para carregar o Bilhete Único. Antigamente, servia apenas para o "Vale Transporte"

Para isso, basta colocar seu cartão em uma dessas máquinas “amarelinhas” que estão presentes em quase todas as estações de Metrô/trem e terminais de ônibus. Colocando o cartão, a máquina irá conectar ao sistema da SPTrans e finalmente carregar o cartão.

Comigo, todo esse processo (colocar o cartão, esperar a conexão e a recarga do cartão) nunca demorou mais que 15 segundos.

Não é a melhor opção quando você está com o cartão zerado e precisa de créditos imediatamente, mas se você costuma carregá-lo com antecedência, pode valer a pena.

Relacionados: , , , ,
  • diogosp

    Nas estações novas do metrô existem máquinas que aceitam dinheiro e também cartão de débito. Está sempre bem mais vazio. Perguntei para um monitor se iriam ampliar a rede destas máquinas ele disse: se fizer sucesso sim.
    Desde sempre a solução para mim passava por uma integração com os Bancos. Igual ao que acontece com o carregamento de celular.
    Lembrando que sempre tem uma lotérica amiga por perto.

  • http://www.dirriba.tk dirriba

    Apenas um detalhe sobre esta questão de Bilhete Único Comum e VT é TUDO A MESMA COISA!! O chip ele tem carteira virtual para ambos os tipos e para cancelar é sempre importante ter o número do verso iniciado por 59 ou se não prepare-se para uma longa jornada.

    E outra coisa se ocorrer qualquer falha na transação (tipo o crédito não caiu, o boleto não foi processado) é bom que o usuário saiba que o 156 não vai te atender e passará um contato com a loja virtual difícil, burocrático e demorado. Pois eu sei como é exatamente o suporte de pós venda.

    Qto a recarga o editor deu sorte, pois existe sempre a chance do sistema estar off-line e neste caso a recarga não ocorre. Em tempo, além dos sistemas o crédito feito neste sistema poderá ser feito também diretamente nos guinches da sptrans, dos postos de recarga e ainda via casas lotéricas. Neste caso fale que é crédito de vt que eles vão acessar o sistema e puxar o crédito.

    E mais um detalhe qdo fizer a recarga de BU ESTUDANTE por qualquer meio que seja SEMPRE MAS SEMPRE CONFIRA OS COMPROVANTES E VERIFIQUE SE FOI CARREGADO COMO CRÉDITO ESTUDANTE! Pois o cartão tem 2 carteiras virtuais uma comum (tarifa integrail) e outra estudantil (1/2 tarifa) e não é raro os casos de inserção de crédito no local errado!

    • http://felipecn.com/ FelipeCN

      @dirriba,
      Eu sei que o cartão é o mesmo, mas antigamente só valia para os VT porque nele quem paga é a empresa, o empregado só tem que “colocar a carga” no cartão.

      E tenho dado sorte por seis mesmo ;D Que é o tempo que tenho carregado assim.
      E bem, carregar nas lotéricas/posts/etc eu acho trabalhoso, muitas vezes você pega fila e na máquina é super rápido.

      E sim, vale o alerta do BU Estudante. Já aconteceu comugo :(

      • sampaoz

        @FelipeCN, so uma ocisa. a maquina AMARELA nao serve para recarregar o BILHE UNICO ESTUDANTE. pelo menos eu nunca consegui.

        existe outra tipo de maquina, as PRETAS, q servem para isso.

        • http://felipecn.com/ FelipeCN

          @sampaoz,

          Bem, eu sempre carreguei meu BU Estudante nessas máquinas amarelas. Mas de repente dei sorte :)

  • http://Keaton.wordpress.com Keaton

    Fora a parte do metro, não é essa coisa que temos em Curitiba tem trocentos anos? (A recarga do ‘cartão transporte’ é feita pela interwebs.)

    • cassiocmg

      @Keaton, Isto mesmo… Já carrego meu cartão transporte a trocentos anos aqui em Curitiba pela internet… Cada “novidade” que eu vejo por este Brasil…

      • alexey08

        @cassiocmg, a recarga pela internet não é novidade. Só não é conhecida por todos, nem é muito divulgada.

        • http://felipecn.com/ FelipeCN

          @alexey08,
          Exatamente, o serviço nem é novo, mas vi que muita gente não conhece e que valia o post. :)

          • Kalinke

            @FelipeCN, Sou mais um da gangue curitibesca que compra VT na internet!

  • racquad

    Pagar R$ 1,50 pela comodidade? A título de quê? Taxa de conveniência? Quer dizer, eu estou eliminando filas e funcionários e ainda pago por isso?

    Como disseram, cada “novidade”…

    • http://felipecn.com/ FelipeCN

      @racquad,

      Eu suponho que seja a taxa pela “emissão do boleto”. Se não me engano não podem cobrar isso, mas na vida real…

  • lucasegbraga

    Aqui em Belo Horizonte a BHTrans precisa evoluir muito nisso. Como é preferível dizer que Belo Horizonte não tem metrô, pra recarregar o cartão BHBUS é preciso ir em um dos pontos de recarga – que são três. Ou seja: tem que se locomover pra poder comprar a passagem. Algo insano e retardado

    Por sinal, tá aí algo que eu não entendo: a recarga é remota, é só levar o número do cartão, carregar e depois pegar o ônibus. Eu carreguei uma vez, e duas horas depois peguei um ônibus e meus créditos já estavam lá o.o

  • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves

    Ué? E comprar créditos pela internet não era o padrão? Pois é assim aqui no RJ: você informa quanto quer colocar de carga em cada cartão, gerar o boleto e pagar no internet Banking. Num intervalo de 2 a 3 dias o crédito fica disponível nas 3 empresas que você mais utilizou e pronto, recarrega na hora que vai usar. Nem sei se é possível comprar créditos direto num posto de atendimento da Fetransport, acho que não. E até mesmo a recarga in loco, num desses postos, parece que será eliminada (de acordo com as notícias, agora os créditos adquiridos irão para TODAS as empresas, e não apenas para as 3 que você mais utilizou)

  • http://cid-090d2fe676d367a7.spaces.live.com/ fernando

    só no brasil mesmo para você pagar R$1,50 para não gerar filas nas estações, economizar à prefeitura na transferência de valores físicos, em funcionários, e em um porre de coisas… ridiculo…

  • http://www.facebook.com/gab1davila Gabriela Davila

    em campinas já tem isso há seculos!

  • Marcílio

    Gostaria de poder descarrgar o meu cartão em conta bancária