Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Site de atores sugere CoD no Vietnã

Por em 19 de fevereiro de 2010
emRumores
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://www.flickr.com/photos/eduardoaguiar Eduardo Aguiar

    Mané Creedance, THE DOORS FOR TEH WIN!!!! :D

  • mig_akira

    Depois de jogar o demo de Bad Company 2, voltar pra CoD é horrível! Mas essa idéia é interessante!

    • Rafael Vasconcelos

      Infelizmente tenho que concordar.

      Mas acho que Bad Company 2 não vai ter um modo parecido com Hardcore Search & Destroy, então não da pra descartar CoD por completo.

      • http://www.SpeedRuns.net Dark Fulgore

        Eu tô fritando ao EXTREMO no Bad Company 2, pena que a Demo acaba essa semana, mas já fiz Pre-Order do meu pro PS3. :D

        Eu peguei MW2 no PS3 com um amigo e joguei e achei um tanto bobo o Multiplayer, não conheço os modos de jogo, mas joguei o Deathmatch comunzão mesmo e achei tão simples (incluindo jogabilidade, mapas, recursos e etc). >_>
        Não senti a intensidade das batalhas que tem no Bad Company 2, aí logo descartei a compra do MW2 e deixei só a do Bad Company 2.

        E um CoD com essa temática pode dar certo se tiver a excitação do Single Player que os Call of Duty tem, apesar de ser um tema já bem explorado. Mas se tiver o Multiplayer tipo do Battlefield, aí já é outros 500. XD

        OFF TOPIC: Dori, você vai adquirir o Bad Company 2?

        • Rafael Vasconcelos

          Search & Destroy é o mesmo modo de Counter Strike, uma bomba, dois alvos, sem respawn.

          Hardcore é o modo de jogo mais realista, sem HUD e no máximo dois tiros matam.

          Deathmatch é uma bosta, não entendo como a maioria dos jogadores peder tempo nesse modo descerebrado.

          • http://www.SpeedRuns.net Dark Fulgore

            Nuss, esse modo é TENSO. O.O

            Deve ser sangue-no-zói total, o medo de virar a cada beco e levar um na testa e não nascer de novo. XD

            Esse modo que você citou é legal, mas eu não curtia CS pela simplicidade dos objetivos, pelo estilão Arcade do jogo, deve ter sido por isso que não curti o MW2.

            Deathmatch eu também acho patético, mas entrei lá num modo qualquer só pra ver o jogo funcionando mesmo.
            Tem muita gente e tals, mas não curto muito mapa fechadão. Cada mapa tem um ponto de climax em Deathmatch, você sempre vai ver todo mundo confrontando lá, o ruim do Deathmatch é isso é chegar lá e meter bala e se morrer, corre pra lá de novo.

            O que sinto no MW2 é que quando você está fracassando, você não tem muita opção, só tem a opção de mudar de rota, ou realmente jogar melhor. (me corrija se estiver falando besteira)

            No Bad Company 2 você tem muitos veículos, entra como piloto, passageiro, pode usar umas armas anti-aéreas, dá pra mudar totalmente o seu estilo de jogo e rota, no MW2 eu só vejo que você tem que deixar de entrar naquele beco que você morria toda hora. XD

            Mas sei lá, não sei muito de MW2, admirei MUITO o Single Player dele, mas o Multiplayer eu só não achei tão fantástico quanto achei o do Bad Company 2.

        • http://www.vidadegamer.com.br Dori Prata

          Pelo menos por enquanto não. Já estou com títulos demias para jogar.

  • Tonho da mala

    call of duty no vietnã? eu compro.

  • LoonySilva

    Cod, MoH, BF… Os caras tão re usando idéias para nova geração. O BF foi pro Vietnam. Agora o CoD vai pro Vietnam. BF foi o primeiro a usar guerra moderna, mas CoD foi o primeiro a usar cut-scenes in game como filme. Essa idéia veio de HL. O CoD por sua vez foi criado por um grupo que discordava da direção artística de MoH.

    Olha a verdade que não me interessa mais pra onde eles vão… Contanto que mudem a engine ou mecânica de CoD. Tá ultrapassada. É o CoD 2 com melhorias nos efeitos especiais.

    O sucesso de MW2 deve-se ao fato de todas as companhias terem atrasados seus títulos para 2010.

    • Rafael Vasconcelos

      Acho que a mecânica de jogo combina com as missões de um soldado.

      “O objetivo é esse, vá por aqui, cumpra a risca e não morra.”

      Soldados de verdade não tem a liberdade e “direito de escolha” que mercenários (Far Cry 2, entre outros) e criminosos (GTA) tem.

      Claro que podem colocar vocÊ como lider de esquadrão, mas ai já temos Rainbow Six e Ghost Recon.

      Por isso não vejo por que mudar a mecânica de CoD.

      • http://keaton.wordpress.com/ Keaton

        Ao menos poder escolher o modo de tiro da arma devia poder.

        Várias delas não são apenas full/semi auto. :\

        Se não me engano a M4A1 pode ser atirada como burst ou full auto. (Burst é melhor para diversas situações.)

    • Marcelo13

      Tá ultrapassada mesmo. O Cod MW2 é muito legal, mas é linear ate dizer chega, que diga aquela fase que fiquei tentando entrar no submarino e sempre morria, aquilo é praticamente um bug

      • Rafael Vasconcelos

        Mas a missão não é pra entrar no submarino, é pra ajudar a defender uma posição no alto de um prédio.

        É a mesma coisa que vocÊ querer sair de Manhattan e em prototype e levar um missil na cara que saiu não sei de onde.

        COD se passa em divessos lugares da Terra, Estados Unidos, Oriente Médio e Russia. Já imaginou ter que fazer “uma cidade onde você pode fazer o que quiser” pra cada uma dessas localidades?

        Sandbox não combina com CoD. Prefiro mil vezes que o jogo seja linear com cutscenes e storytelling empolgantes do que ter essa pseudo liberdade de “Pegue a missão, mate o alvo/pegue o objeto, retorne pra quem deu a missão” entediante e repetitiva dos jogos Sandbox.

        O que CoD poderia ter de melhor é alguma interação com cenário e momentos em que você precisa usar mais a cabeça do que os reflexos. MAs eu também não sei se puzzles combinariam com a franquia.

         

  • michaelm

    E será que é possível escolher lutar do lado do Vietnã???

  • Pingback: Activision anuncia CoD: Black Ops « Meio Bit