Agora a Comissão Européia quer regular seu MP3 Player

Se a imagem que você tem da Comissão Européia é de um monte de velhos ranzinzas em cadeiras de rodas, com cobertores xadrez dando bengaladas no mordomo dizendo “não desperdice meu açúcar!”, não se culpe. Deve ser isso mesmo.

Depois de legislar de forma interminável sobre queijo, depois de se meter na vida dos usuários de computador ao ponto de decidir que seus Windows não podem tocar nativamente multimídia (não que alguém tenha comprado a versão sem o Media Player) agora resolveram legislar sobre…

Volume dos players de MP3.

Isso mesmo. Um estudo do ano passado teria revelado que 10 milhões de pessoas sofrem problemas auditivos por ouvir música alta, e a conclusão óbvia (para eles) é que os players MP3 são culpados.

Por isso estudam legislação para limitar o volume a um teto de 85 Decibéis, algo como um floco de neve caindo em uma pena de ganso em gravidade lunar. Ouvido pelo telefone. Pela Marlee Matlin.

Desde 1955, quando Chuck Berry inventou o Rock, graças a uma dica de seu primo Marvin, “especialistas” já alertam sobre esses “riscos”. Antes disso, todo novo gênero musical apreciado pela juventude foi taxado de degenerado, barulhento e danoso à audição.

Agora a história se repete, mas não considere uma grande mudança mirarem a tecnologia ao invés do gênero musical. Também não é novidade. Nos anos 70 discotecas eram antros de perdição onde a música insuportavelmente alta iria destruir a audição de uma geração. Nos anos 80 o perigo eram os “LASERS” (Dr Evil feelings) que cegariam todos os jovens incautos que se atrevessem a ir a uma danceteria.

Hoje as Raves são o foco das atenções e Origem de Todo o Mal.

O que os “senhores”a da comissão européia não percebem é que nem tudo que é novo é maligno. Nem todo mundo com menos de 30 anos é um completo imbecil, e acima de tudo nosso mundo é barulhento. E que quando eles ouviam o novo LP de Mozart, ou seja lá quem fosse o ídolo pop quando eram jovens, os pais já reclamavam do som alto.

Diante de tudo isso, posso fazer uma previsão: Em breve a Comissão Européia estipulará regras para que as crianças não assistam televisão de perto, para que não fiquem com problemas de visão.

PS: Nem tente pedir manga com leite, por lá.

Fonte: BBC

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples