Playboy processa blog por causa de… um link

2c90f8084ed3e5795718fe8944b6ceee

Vai soar chocante essa informação, mas não há meio termo. Tem mulher pelada na internet. Eu sei, é difícil de acreditar mas boa parte do acervo das chamadas revistas masculinas vai parar online, muitas vezes disponibilizado por gente inescrupulosa que não pensa duas vezes antes de expor a nudez dessas moças trabalhadoras e honradas.

Uma das principais vítimas desse compartilhamento de material é a Playboy, revista fundada por Hugh Hefner. Acha-se material da Playboy em qualquer canto, é só botar no Google, dizem. Sites de hospedagem de imagem então, nem se fala.

Nem se fala e preferencialmente nem se linka, pode dar problema. Foi o que aconteceu com o BoingBoing, um dos blogs mais antigos e conhecidos das interwebs.

Eles se esqueceram por um momento que são lacradores e fizeram um post linkando para uma galeria do Imgur com todas as playmates que já saíram no poster central da Playboy. Alguém na revista achou que era demais, e correu atrás. A galeria foi apagada, mas o BoingBoing recebeu uma notificação de processo!

A acusação é violação de copyright, o que faria sentido se eles hospedassem as imagens, mas apenas linkaram. O blog alega que cumpriu seu papel jornalístico reportando a existência do arquivo de imagens, e que não pode ser punido por isso.

Provavelmente a Playboy está se baseando em um caso em 2016 quando a editora que publica a Playboy na Holanda processou um site por publicar links apontando pra fotos da revista. O caso foi julgado pela União Européia, e a editora ganhou!

Se a Playboy tornar a simples divulgação de links algo passível de responsabilidade criminal, a internet corre perigo. Entre outras coisas perderemos o Google, pois ele linka pra TODOS esses conteúdos questionáveis, basta procurar por “capas da playboy(NSFW, d’oh).

Fonte: Engadget.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples