Fotografia
Fotografia
Digital Drops Blog de Brinquedo

07 razões para ter um tripé

Por em 30 de novembro de 2009
emAcessórios
Mais textos de:

Site | Twitter
  • Mackanov

    Sem falar nas oportunidades abertas na indústria de entretenimento adulto! :D

    • http://lorenti.org gilsonlorenti

      hahahahahahahahahaha, bem pensado

  • f.viana

    Gilson: Como você falou em macro, gostaria de aproveitar para, fugindo um pouco do assunto, perguntar-lhe sobre como fazer boas macros (na medida do possível) com câmeras amadoras (Tipo Sony T9). Isso deve parecer uma heresia para você e os leitores deste fórum, mas… É que estou tentando copiar umas fotos antigas, e é esse o equipamento que tenho. Então, peguei uma caixa sem tampa, forrei-a por dentro com isopor, coloquei lá duas luminárias (uma em cada canto, com lâmpada fluorescente branca de bocal, com 40W) e fiz um furo na parte de cima. Coloco as fotos sobre a mesa, ponho a caixa em cima, posiciono a câmera no furo e tiro a foto da foto. As lâmpadas ficam embutidas na luminária, assim, em regra, não dão reflexo nas fotos, pois a luz que chega até estas é a refletida pelo isopor. Tentei configurar a T9 manualmente, mas o automático se mostrou melhor (o que evidencia o quanto eu sou ruim como fotógrafo). De qualquer forma, até que o resultado dá pro gasto. Fica bem melhor que foto escaneada. Mas certamente você deve ter alguma dica. Se achar que o assunto é pobre demais poderia ao menos me dizer se há lâmpadas próprias para fotografia com um preço razoável?

    • Mackanov

      É um uso relativamente comum. O que você está fazendo não está muito longe do ideal.

      O ideal é se ter luz difusa (que você consegue rebatendo a luz no isopor, por exemplo), manter as fontes de luz fora da família de ângulos (para evitar reflexos), usar o ajuste de zoom que dê o mínimo de distorção (você pode testar isso tirando fotos de um sujeito com linhas regulares, como uma parede de tijolos por exemplo) e manter a câmera completamente paralela à foto que você deseja reproduzir. Dependendo do tamanho da foto, não é necessário o macro propriamente dito.

      Quanto a ficar melhor que foto escaneada, acho complicado, especialmente se o scanner for de boa qualidade.

    • http://lorenti.org gilsonlorenti

      fora o que o Mackanov está dizendo também é necessário ter cuidado com o White Balance. Talvez a foto no modo manual esteja ficando pior por conta desses pequenos ajustes, mas seria bom a gente poder ver um exemplo do que está acontecendo para poder opinar.

      • Mackanov

        Pra ser sincero, acho que às vezes é até melhor deixar o White Balance no automático, especialmente se a foto em questão tiver sido capturada em filme em condições ruins de iluminação, de forma que a câmera “corrija” o erro do filme. Resultados podem variar com a câmera, claro.

  • f.viana

    Valeu, Gilson e Mackanov! Ganhei o dia ao saber que não estava fazendo bobagem. Sobre os exemplos, mando assim que puder (estou no trabalho). E sobre o uso de uma lâmpada mais específica, isso é possível?

    • Mackanov

      Favoreça luz incandescente, pois a reprodução de cores fica melhor. Melhor que isso, só flash mesmo, mas teriam que ser 2 cruzados – o da direita iluminando para a esquerda e vice-versa (para ter cobertura uniforme) e não pode ser o da própria câmera pois aí a fonte de luz estará dentro da família de ângulos e causará reflexo.

  • f.viana

    Como vocês foram muito gentis comigo, já fiquei abusado. Então, comentando a observação do Mackanov (“Quanto a ficar melhor que foto escaneada, acho complicado, especialmente se o scanner for de boa qualidade.”), devo dizer que ele tem razão. Experimentei scannear uma foto numa multifuncional simples do trabalho e, apesar de mostrar cores meio lavadas, a imagem ficou mais nítida e o tamanho do arquivo ficou bem pequeno. Mas é um saco scanear fotos. Por isso gostaria de melhorar meu dispositivo maluco. Já vi que tenho que aumentar a caixa, pois está havendo uma pequena interferência das luminárias. Se tiverem paciência, coloquei quatro fotos no Picasaweb (http://picasaweb.google.com.br/francisco.viana/TesteScanner?feat=directlink), onde, apesar de baixarem a resolução para armazená-las, dá para ver as diferenças. Pareceu-me que está havendo muita luz, o que dá um aspecto esfumaçado à foto com a T9. Estou usando duas lâmpadas fluorescentes pequenas, tipo espiralada, de rosca, equivalente a 40w (na verdade, 9W). Assim, acho que vou arrumar uma caixa maior e colocar duas lâmpadas equivalentes a 20w.

    • Mackanov

      Sinceramente preferi a imagem escaneada. Mas se quiser melhorar a qualidade do seu dispositivo, experimente colocar as luminárias mais “abertas”, com um ângulo menos “de frente” para a foto. http://www.laurphoto.com/view/pn/family_of_angles.jpg aqui dá pra ver melhor. Se você colocar a câmera dentro da família de ângulos você vai ter reflexos, o que resulta em uma imagem “lavada”.

  • http://www.itnatal.com.br/news santiagovie

    Luz de lâmpadas fluorecentes não danifica fotos em papel fotográfico?