07 razões para ter um tripé

Essa vai direto para a categoria “Dicas básicas, bobinhas, mas que valem uma boa foto”. Sempre que vou ministrar um curso eu dou uma grande importância para a questão do tripé. Sempre levo um tripé simples e um monopé para mostrar para os alunos as suas diversas usabilidades e a diferença entre cada modelo. Porém, muitos dos que se interessam por fotografia acabam não atribuindo importância para esse pequeno acessório. Pode ser que você use o tripé apenas uma vez por ano (na pior das hipóteses), mas quando precisa é sempre um caso sério e provevelmente não vai achar ninguém que empreste para você (eu pelo menos não empresto o meu).

Por isso que fiquei feliz ao ver um pequeno texto no Photography Blog trazendo uma pequena lista de 07 razões para você ter um tripé. Veja abaixo um pequeno resumo com alguns comentários de minha parte.

01 – Fotos noturnas e pôr-do-sol – sim, tripés são necessários para fotos noturnas e para o pôr-do-sol por um motivo básico. Geralmente usamos velocidades de obturador muito baixas, o que pode ocasionar uma foto com tremidos. Claro que hoje em dia as câmeras DSLR mais modernas podem alcançar uma elevada velocidade ISO e ainda manter uma imagem aceitável, mas a velha regra ainda vale. Quanto menor o ISO melhor vai ser a qualidade da imagem. No caso das longas exposições ainda é possível realizar o disparo através do temporizador para diminuir a possibilidade de tremer a imagem;

02 – Flexibilidade – um tripé não serve apenas para segurar uma câmera fotográfica. Você também pode fazer filmagens com seu tripé ou simplesmente usá-lo como suporte para um flash, rebatedor ou lâmpada, trazendo mais qualidade a sua fotografia;

03 – Fotografia macro – trabalhar com fotografia macro exige muita iluminação, mas quando isso não é possível (ou até quando é) temos que trabalhar com baixas velocidades e tentar manter a o diafragma fechado por conta da profundidade de campo. Para complicar mais a situação, o objeto a ser fotografado está muito perto da lente. Um tripé se torna uma mão na roda para ter estabilidade e produzir imagens sem problemas de foco ou falta de nitidez por conta de movimentos;

04 – Fotografia de Esportes – em esportes é necessário captar o movimento e geralmente com lentes com grandes distâncias focais. O tripé oferece a possibilidade de mover a câmera em movimento de panorâmica seguindo o objeto a ser fotografado e mantendo a estabilidade da câmera;

05 – Fotografia de Natureza – aqui se torna básico. Fotografar natureza sem tripé é como fazer algodão doce sem açúcar. Além de evitar imagens tremidas, ao fotografa natureza, existe a possibilidade de esperar por horas para uma boa foto de um animal em seu habitat natural. Nessa situação, um apoio para a câmera é muito bem vindo;

06 – Usando uma Teleobjetiva – bem, embora essa parte possa englobar todas as outras citadas até aqui, o uso de teleobjetivas com grandes distâncias focais tende a tornar o trabalho do fotógrafo complicado por conta de que qualquer movimento, por mínimo que seja, possa atrapalhar a foto. Eu já tinha ouvido de alguns fotógrafos que para poder segurar a câmera com uma teleobjetiva sem tripé é necessário usar a velocidade do obturador equivalente ao dobro da distância focal. Se está fotografando com uma 300mm, então a velocidade do obturador tem que estar em 1/600. O Photography Blog trabalha com a regra da compatibilidade entre os dois. Se for uma objetiva de 500mm, então a velocidade do obturador deve ficar em 1/500. Esse seria o mínimo para poder segurar a câmera com firmeza. Abaixo disso é necessário o uso do tripé. O equipamento fornece estabilidade e conforto para o uso desse tipo de lente;

07 – Usando a criatividade – o simples fato de a câmera estar presa em seu tripé permite que você ande pela cena a ser fotografada usando a criatividade para definir o melhor enquadramento. Fora isso, alguns tripés permitem que você capte ângulos inusitados colocando a câmera a apenas alguns centímetros do chão ou acima de sua cabeça;

Lembrem-se que existem diversos tipos de tripés e monopés a venda no Brasil. Infelizmente os mais baratos não são os melhore e mais resistentes. Acima de tudo, um tripé tem que fornecer estabilidade para sua câmera. Deve ser resistente, robusto e trazer diversas opções de ângulos ou suporte para diferentes cabeças, aumentando assim as possibilidades de uso.

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples