Sobre matchmaking, patentes e marmotagens

destiny-2

O ano de 2017 foi bastante conturbado, principalmente no que diz respeito as presepadas dos estúdios em relação às microtransações e caixas de loot, e teve até analista defendendo tais práticas dizendo que “pagamos pouco pelos games”.

Uma nova maracutaia recente envolveu a Activision, e ela é tão brilhante quanto malévola: a companhia patenteou um método de manipulação intencional dos algoritmos de matchmaking, aqueles responsáveis por organizar as partidas multiplayer colocando jogadores com níveis semelhantes para se enfrentar.

A patente descreve um meio em que o algoritmo coloca um iniciante para enfrentar outro jogador mais experiente de forma intencional, de modo que o primeiro se sinta compelido a abrir a carteira e comprar os mesmos itens e armas do adversário que inevitavelmente o derrotou. Os fatores “diversão” e “justiça” seriam completamente colocados de lado, dando prioridade ao lucro puro contando com a frustração de todos os jogadores, que só conseguiriam evoluir entrando de cabeça nas microtransações.

Pois bem: agora descobriu-se (sem nenhuma surpresa, convenhamos) que a EA possui patentes similares.


YongYea — EA Wants to Get Rid of Fair Matchmaking to Focus on Player Spending & Engagement

As patentes, disponíveis aquiaqui (cuidado, PDF), descrevem métodos chamados “Ajuste de Dificuldade Dinâmico” e “Framework de Matchmaking para Engajamento Otimizado”; a segunda, similar à da Activision trata de métodos empregados nos games da EA, em que um jogador recém-chegado em títulos como Star Wars: Battlefront II, Battlefield 1 e outros seria pareado não com oponentes de igual nível, mas veteranos com uma série de itens e equipamentos adquiridos via microtransações, que conferem vantagens na hora do combate.

Após uma série de derrotas, o novo jogador concluiria que a única maneira para progredir no modo multiplayer seria adquirir os mesmos itens de seus algozes, se vendo forçado a gastar dinheiro com caixas de loot ou equipamentos vendidos diretamente.

star-wars-battlefront-ii-001

A segunda patente é similar mas bem mais abrangente, ela diz respeito à manipulação invisível do nível de dificuldade dos games. Ainda que o jogador escolha apreciar o título em modos mais fáceis, os algoritmos gradualmente aumentariam o desafio não para forçá-lo a desistir, mas para incentiva-lo a continuar insistindo e por fim, aderindo ao que a EA chama de “função objetiva” de seus games: gastar dinheiro dentro deles.

Note que essa característica não diz respeito apenas aos games online e muito menos aos mais competitivos; qualquer título da EA, de Battlefield 1 a Plants vs. Zombies estaria sujeito a um ou outro tipo de manipulação, ou ambos.

cod-wwii

Tanto a EA quanto a Activision estão trilhando caminhos bastante controversos. Tais algoritmos são voltados única e exclusivamente para arrancar o máximo de grana dos jogadores e retiram completamente o fator diversão e seus games; a clara intenção é fazer os gamers passarem raiva e gastarem dinheiro apenas para não continuar apanhando do oponente no multiplayer, ou para prosseguir no offline, porque o modo Easy “de repente” ficou difícil demais.

A EA já rodou testes e concluiu que o método pode muito bem ser adaptado para outros gêneros de games, inclusive RPGs e já existem dois grandes títulos a serem lançados que podem incorporar as novas táticas, Anthem e o futuro game baseado em Star Wars, o que se sabe será alterado para “se adequar” as políticas da companhia. Ou seja…

Procurada, a EA não comentou o assunto.

Fonte: Ars Technica.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Gustavo Andrade

    Sei que a EA (por todas as presepadas nos jogos, principalmente mobile) não é de nenhuma maneira santa mas, no caso do Battlefield 1, não vejo como esse algorítimo influenciaria em alguma coisa, já que as únicas compras disponíveis são exclusivamente estéticas, sendo todas as armas adquiridas somente por progressão no jogo.

    • Foi um exemplo, mas que pode ser aplicado a qualquer jogo.

    • Rafael F. Silva

      o algoritmo pode não influenciar as partidas, mas pode influenciar as pessoas.Joguei por um tempo Destiny 2 (umas 20 horas) e tinha pessoas com armaduras que pareciam um mestre sala e porta bandeiras de escola de samba. Pode ser apenas estética, mas alguém vai ter vontade de ter uma armadura dessas e não vai ter tempo pra conseguir. A solução: gastar mais alguns merréis além dos R$ 300 que está(va) o jogo pra conseguir as armaduras.

      E se tratando de moleques ramelentos que não sabem o valor do dinheiro dos pais, a chance de sair gastando é grande.

  • Thiago Boca

    Agora faz sentido porque nenhum Battlefront possui server browser, mesmo tendo centenas de milhares de posts relacionados a isso nos foruns da EA.

  • Carlos Cabral

    Quem ainda joga multiplayers dessas empresas só pode ser mulher de malandro. Tantas presepadas por parte delas e o povo continua jogando, como se não houvesse alternativas. Incompreensível.

    • Carmine

      Na minha opinião, segue como disse o @disqus_GX5NG45NOt:disqus mais cedo. As compras são todas estéticas e os mapas são vendidos em pacotes, logo não existe esse problema de ser pareado com alguém que comprou equipamentos melhores. Assim como (pra Activision) no Call of Duty onde as compras são de skins apenas… então, atualmente, não há nada de errado com seus multiplayers.

      Mas claro que eles usarão em outros títulos se isso resultar em mais dinheiro no bolso deles. Pura sujeira.

      • Zalla

        Assim é o smite, as compras são para estética somente…jogo e gasto sempre que aparece alguma skin que me interessa

      • Adalio Siqueira

        O que impede a empresa de botar um algoritmo que coloca os cara que gasta dinheiro com roupinha pra jogar de boa e os cara que não gasta dinheiro pra só jogar contra quem gasta E tem um nível alto no game?

  • Thiago

    Me fez lembrar o bom e velho Clash Royale… Vc começa ganhando de todo mundo e, de repente, não mais que de repente, é surra atrás de surra, enfrentando diversas vezes oponentes de níveis superiores e raramente de nível inferior, e quando ocorre, o nível inferior vem totalmente “tunado” no cash. Desisti e não jogo novamente nenhum jogo desta empresa.

    • Ivan

      tenho amigos que estão bem na frente e não gastaram grana eu travei e parei de jogar hauehau

      • Thiago

        Aí é puro investimento de tempo, porque a evolução a partir de certo estágio é bastante lenta. Você vai juntando as mirradas moedas que ganha, toma 15 surras e mata 3 para juntar baú e se mantém nesse mesmo patamar até conseguir evoluir as cartas. Estratégia é parte menor na disputa.

        • Ivan

          Vc tem que investir tempo ou dinheiro.

          • Thiago

            Não tenho ambos para esse fim, logo, não serei mais cliente da empresa. Mas eu sai e entram 100, e nesses 100, se um for daqueles que torram o salário, a empresa continua com essa política. Só me resta evitar empresas que trilhem esse caminho.

          • Ivan

            Não é questão da empresa é do tipo do jogo, é quase um pay to win, mas da pra ficar bom só demora muito tempo e tem que ter um certo nivel ve habilidade.

          • Raphael Reis

            Exatamente! Muito difícil um game mobile não possuir essa abordagem pay to win, a função objetiva é clara desde o início, só observar se o game é gratuito na Play Store.

          • Ivan

            Tem alguns jogos que as “gemas” que vc compra com dinheiro de verdade não compensa, item custa 50 gemas e dá digamos +2 de dano na sua arma que tem 30 de dano, sendo que 300 gemas custam 20 dolares.

          • Ivan

            Jogo CATS , crash arena turbo stars, recomendo é divertido, tem gemas mas praticamente não vejo muita vantagem em compra-las, os kits que vem gemas mais itens são mais vantajosos mas não dão tanta vantagem assim.

    • Ivan Falcão

      Achei que só eu estava achando isso…..

    • Felipe Braz

      Tenho jogado “C.A.T.S.” e notei a mesma coisa. Pelo menos quando eu tava jogando Legacy of the Beast aparentemente não tinha isso.

      EDIT: Ambos não são de nenhuma empresa citada na matéria, mas notei que um deles usa técnica semelhante.

      • Ivan

        qual usa tecnica semelhante? tbm jogo cats.

        • Felipe Braz

          Kra, nos jogos do campeonato até é de boa.
          Agora as lutas de gangue anda foda, to no nivel 16 com prestigio 0 e só me botam adversários com prestigio 8+ cheio de peças tunadas. Raros são os turnos que vem adversários equilibrados.

          • Ivan

            lutas de gangue são até 10 cara… até 20 é o de super maquinas, é logico que quanto mais longe mais dificil fica, reparei que se vc pagar pra trocar o adversario na luta da gangue colocam um bem mais fraco.

          • Felipe Braz

            “é logico que quanto mais longe mais dificil fica”
            Difícil é uma coisa, impossível é outra, no caso colocam sempre adversários BEM mais fortes.

            “reparei que se vc pagar pra trocar o adversario na luta da gangue colocam um bem mais fraco”
            Paga-se com cristais, que são raríssimos em caixas de loot… pra conseguir eles fácil só pagando com dinheiro real. marmotagem pra fazer o kra pagar.

          • Ivan

            é bem raro eu usar cristais, quando ta muito dificl luta de gangue eu paro, geralmente travo no 7, cristais não são tão raros assim, quando vc passa de nivel ganha bastante, eu junto bastante to com 120 e ja usei uns 60, claro que ainda tenho uns do nivel passado, sou prestigio 11

            Se quiser entrar na minha gangue.

          • Felipe Braz

            A minha gangue anda muito parada. Qual o nome da tua? Só que tem que aceitar prestígio 0 e talz.

          • Ivan

            Banania, problema é que povo entra muito rapido, tinha que me mandar msg inbox pra eu deletar e vc entrar

          • Ivan

            Instalei bluestack e instalei ele no pc, bem melhor pra jogar e pular propagandas.

    • Ademir Filho

      também parei de jogar. vicava tão ansioso com a próxima surra que deixou de ser divertido. ficou tenso

    • EmuManíaco

      ja começou errado jogando game mobile. todo castigo é pouco

    • Aquele joguete de cartas bicheira da Blizzard (que não lembro o nome e prefiro deixar assim) faz exatamente a mesma coisa: no início, você ganha e perde com, praticamente, a mesma frequência, mas depois de um tempo, é só pedrada e passa a não ganhar uma partida sequer.

  • Diego Da Silva Moreira

    Já tão exagerando no mimimi tudo é manipulado agora, que coisa chata se a pessoa tiver foco ,evolui em qualquer game sem gastar. Agora qualquer coisa é manipulação da EA, golpe e pá, menos gente bem menos.

    • Qual parte das “patentes registradas” não ficou muito clara?

      • Diego Da Silva Moreira

        Ficou claro, e a intenção é força uma ideia que toda mídia vem manipulando e colocando na cabeça de quem não sabe pensa com a proposta cabeça ( mimimi micro transações , mimimi Éa mercenária , mimimimimimimi ) por favor né .

        • Danilo

          Você prefere as microtransações nos jogos?

          Pq eu prefiro nossos jogos completos.. preço CHEIO, vem tudo! Desbloqueiar jogando tá OK, ter skins cosméticas que não afetam NADA no jogo também tão OK pra mim (mas ainda acho que se for pra ter skin cosmética, seria melhor o jogo ser de graça, igual Dota2).
          Se tiver DLC/Pac. de Expansão no futuro, e ele der um upgrade legal no jogo, topo também, The Witcher 3 deu aula de como fazer.. mas se for DLC só skin, tô fora! (Tô olhando pra você Rocket League!!).
          E se for o método EA de fazer as coisas: lançar jogos pela metade, vender a outra metade por DLC e ainda vender SKINS/ITENS/UPGRADES dentro do jogo que você acabou de comprar, prefiro ficar LONGE!!!! Ainda masi se o matchmaking for injusto de propósito (como mostram esses PDFs).

          Se isso for mimimi, que seja, vou continuar boicotando a EA até onde puder, enquanto ela continuar a fazer essas coisas conosco.

          • Ivan

            Se for item cosmetico por mim pode encher o jogo desde que não afete em nada de quem não compre.

          • Jefferson Viana

            Não deveríamos aceitar nem item cosméticos em jogos pagos, eles simplesmente tiram do jogo a personalização de personagens que já deveria vir junto.

          • Danilo

            Concordo.. mas ta bem longe do que a EA ta fazendo

        • Achamos o estagiário da EA.

    • Jefferson Viana

      Vc leu a matéria? Volta pra escola e aprende a interpretar texto, q no caso é bem explícito,

      • Diego Da Silva Moreira

        Não preciso sou formando já pai , o que eu expus foi minha ideia sobre a relação de todas as matérias citando micro transações , julgando quem a faz ou a indústria que aplica, um movimento de ideia que faz gente sem opinião , no caso você sair replicando e brigando pela causa .

        • Jefferson Viana

          O fato de vc ser formado não muda nada, leia a matéria, não é questão de opinião ou achismos , tem algoritmos específicos pra fazer vc se sentir um merda jogando pra força-lo a comprar nas microtransações, eu até lhe peço desculpas por falar volta pra escola, mas o textos é bastante claro, e essas empresas não possuem bom antecedentes.

        • Então, deixe-me ver se entendi, qualquer um que tenha uma opinião diferente da sua é uma pessoa sem opinião?
          Desculpe, mas sim é ser mercenário querer lucrar usando de artimanhas para fazer com que os jogadores se sintam forçados a gastar com o game.
          Lembrando que muitas vezes pagamos um valor elevado pelo jogo, para ainda termos que pagar por loot boxes (e estendo minha opinião a DLC’s também), se o jogo está usando de uma rotina que desfavorece os novatos forçando-os a realizar compras, sim… a empresa é mercenária, e merece sim ser boicotada.
          Eu não compro jogos em lançamento e nem no primeiro ano, é assim que boicoto as coisas com as quais não concordo na indústria dos games, e esta é minha opinião formada, simples assim.
          Se você concorda em pagar, muitas vezes, 200 reais em um título, depois pagar mais 50 em uma DLC, mais 30 em 1 ou 2 loot boxes, o problema é seu, mas ninguém é obrigado a concordar contigo, e muito menos quer dizer que a pessoa é sem opinião.

          • Diego Da Silva Moreira

            Não falei que não deve ser boicotada, sei que eles só pensam em dinheiro sei de tudo isso , mas esse Mimimia irrita tem mais de 6 meses que saem matérias , ” controle de match de partidas ” , ” EA mercenária ” e etc. Eu li essa matéria a 6 meses e pra é mimimi fica chorando pq tem micro transações não vai mudar nada, a gente não consegue mudar nada no nosso país , imagine em uma multinacional. Então chora menos é aceita que dói menos . Obs eu tbm sou a favor de skins em game é só , mas não deixo de jogar se tem box ou pack caso eu goste do jogo.

          • Ivan

            E vc acha que a reclamação é só aqui? Que temos que acertar e pronto? Com esse pensamento que nada muda mesmo cara.

          • Dedpul™

            a gente não consegue mudar nada no nosso país , imagine em uma multinacional. Então chora menos é aceita que dói menos .

            Sinto pena de gente como você, cara. Sinto pena…

          • Diego Da Silva Moreira

            Reclamar e chorar , não mudam as coisas. Avatar de anime tbm sente pena, revolucionário de blog rs.

          • Dedpul™

            Pensando bem, não sinto mais pena de você não. Se você gosta de levar bilada dessas empresas, sinta-se à vontade pra sentar na cobra delas o quanto quiser.

          • Diego Da Silva Moreira

            Não só isso Ivan deixa de consumir conteúdo no YouTube , tentar fazer uma petição , e tenta passar pra frente e etc , como já disse mil vezes chorar em blog e chingar muito no Twitter não vai mudar nada . Enquanto ao avatar de anime acho que a pena mudo de lado , eu tenho mulher e conta pra pagar não gasto com jogos , a não sei o valor de compra , e mesmo assim me divirto e consigo ser competitivo, tem que parar de chorar e tem evoluir , se não pode gastar amigon.

          • Dedpul™

            Eu não uso twitter. Quanto ao meu avatar, o que há de errado com ele? Eu simplesmente não sou obrigado e nem quero usar meu nome e imagem. Teu argumento não tem o menor fundamento. E repito: se você não vê problema em levar bilada dessas empresas de jogos, problema seu. Fique aí com seu conformismo, que elas adoram isso.

          • Meganegão

            Triste ver que Deadpool é anime….

          • Ivan

            Como muda as coisas? deixando como está e continuando comprar produto das empresas que fazem merda?

          • Bnk

            Cara… chegou em discussão como Jogo de Azar. Ta tendo discussões políticas para acabar com isso, principalmente pq foca em criança e adolescente e não fica claro q tem isso, para os adultos.
            Então tais enganado, faz diferença reclamar sim.

        • Ivan

          formado em que? Achismos?

          • Luiz

            formado em ser pai, porque colocar humanos no mundo é claramente uma atividade bem complexa, por isto que temos poucos deles

        • Meganegão

          Entendi seu ponto de vista. Porém acho a execução ilegal. Por que? Seus dados de jogo, tempo de jogo, desempenho, etc. São informações coletadas, como diz no EULA dos jogos da EA essas informações só podem ser usadas para comunicação e melhorias para o usuário. Existe um ponto muito obscuro nos dados legais que é o”aplicar as políticas da EA”, que analisando pode ser qualquer coisa. Por isso não concordo com você.

    • Adalio Siqueira

      Estamos falando de fatos. Não de argumentos.

    • Rafael F. Silva

      Sabe aquela equipamento, fase, ou personagem extra que você só consegue através de DLC ou microtransação, e que na maioria das vezes já está incluído no conteúdo do CD que você comprou??

      Antigamente tudo isso era conteúdo que você desbloqueava jogando normalmente ou completando desafios do game. Hoje esse tipo de conteúdo que estendia absurdamente o fator replay do jogo deixou de existir e você só consegue se pagar mais.

      Você acha que isso está certo? Eu não acho. O último AAA que comprei foi o dinheiro mais mal gasto de toda minha vida justamente porque a empresa transformou ele em uma slot machine.

    • Bom, os caras PATENTEARAM a manipulação, então acho que as teorias da conspiração estavam certas, afinal…

      • Diego Da Silva Moreira

        Voce ta me dizendo que patentearam a manipulação , quer dizer que a supercel, ou a Capcom não poderiam fazer isso. Patentes online só servem como referência , igual quando a mulecada acessa site porno é põe que tem 18, a EA chama atenção pelo excesso mas 89 % dos jogos tem , ou seja com DLC ou com outro tipo de coisa.

        • Errado. Estou dizendo que elas patentearam ESTAS formas de manipulação. O sistema de patente americano é uma bela bosta e aceita qualquer coisa, até uma palavra. Se a Supercel ou qualquer outra empresa utiliza de métodos de modo a explorar o jogador, como a Blizzard, basta não fazer da forma patenteada que não dá nada (também ajuda se você não publicar a forma que faz isso…).

          Agora, fiquei com uma dúvida: esses “89% dos jogos” com mutretagem baseia-se em alguma informação real ou é apenas exagero exemplificativo?

  • Deni Carson de Souza

    De mim eles não ganham “um vintém”, jogo pouco hoje em dia, mas quando compro um game, o que importa pra mim é a campanha single player. Só vejo graça nos jogos de rede no modo local, ou onde eu possa abrir o server e jogar contra amigos. Sei que não existem mais nada nesse sentido, sinto falta.

  • Eu já desconfiava da EA. Foi por isso que parei com o Fifa Ultimate Team. Sempre pegava adversários com times claramente melhores. Ou fazem nada na vida além de jogar, ou gastam dinheiro de verdade para montarem seus times.

    • Julio da Gaita ✔

      cara ainda jogo isso, semana passada até passei pra participar do FUT Champions, mas jogar 40 jogos em 3 dias é surreal, joguei 33 e ganhei 14, e uma boa porcentagem desses jogos, o resultado ja parecia pré-determinado.

    • gbitte

      Problema do Fifa é que fora isso daqui a pouco com a vontade do jogo hernadez broncador acerta mais passe que o Messi.

    • Cássio Amaral

      Parei de jogar UT porque mesmo ganhando cansei de tomar um gol aos 45 minutos do 2º tempo e a virada aos 46 minutos. Scripting descarado.

  • José Carvalho

    O estúdio que faz isso não merece menos que locadora do Paulo Coelho e aqueles cheaters chatos bagarai

  • Julio da Gaita ✔

    Opa, quem joga FIFA manja desses paranauês, Handicap e os caraio…

    Ruim mesmo, de repente você ganha 3 partidas seguidas e perde 9 em seguida. Aquele gol sem explicação aos 91’s do segundo tempo…

    • Hermano

      pior são aquelas 4 bolas na trave que vc dá em uma única partida.

  • Zalla

    Até agora o Smite está imune a isso, limitando o uso de microtransações para compra de itens estéticos..
    E olha que já gastei uma grana nesse jogo…e me recuso a jogar games do tipo pay to win…

  • César Rodrigues

    PUBG está aí pra provar que tem Indie capaz de roubar muita fatia das grandes editoras.

  • Jefferson Viana

    Que comecem os defensores do livre mercado da sacanagem defenderem isso sem pensar nem um pouquinho

    • Ivan

      Ai meu saco, quer agora que governo regule até como os jogos funcionem? não gostou? não joga a porra do jogo caraleo

      • Jefferson Viana

        Não, quero que empresas ganhem dinheiro sem me sacanear, agora sou obrigado a aceitar calado sem nem reclamar ? eu gostos dos jogos e não quero que eles mudem apenas pra além de gastar dinheiro comprando o jogo eles ainda me obriguem a comprar itens pra poder me divertir. O problema de vcs é acharem que todo e qualquer reclamação não tem razão, se alguém processar a empresa por isso vão dizer que a pessoa está exagerando,, vcs não conseguem raciocinar que se a mudança for pra pior será ruim pra todos os gamers, e que se fizermos barulho suficiente eles temeram seu publico, mas vcs preferem apenas ou o pague e aceite a super exploração ou não jogue,

        • Ivan

          Vc tem todo o direito de achar ruim com a empresa reclamar com a empresa, não comprar o jogo, pelo que vi por causa da reclamação a EA parou com loot box do star wars.

          Boicote, reclame, fale mal da empresa no twiiter, mas pedir pro governo regular até como funciona o jogo é idiotice, passa do limite do que o Estado tem que fazer, tem que deixar de ser criança mimada que se não gostou de algo sai correndo chamar o papai Estado.

          • Jefferson Viana

            O que eu estou dizendo é que muitos com seu pensamento chega ao nível de criticar quando uma pessoa se levanta contra essas praticas, pode até não ser seu caso, mas tem outros ai sim, não defendi intervenção estatal, mas sim critiquei o livre mercado da sacanagem, mas vem outros muito que acham que qualquer critica, qualquer levante é o tal mimimi que RA popularizou tanto, ta ficando de um jeito que qualquer tipo de critica vai ser respondida com “só não comprar”, que diabos de livre mercado é esse? nem livre mercado de Andrew Ryan seria assim. Pior que depois falam que o tal “povo” é bovino e nunca reclama, mas quando reclama vem os mesmo dizendo que é choradeira. Eu te pergunto, no que isso será bom pra gamers? e para o mercado?

          • Ivan

            Um dos meios de dizer que não gostou é não comprar, reclamar tbm, tem foruns, tem proprio e-mail da empresa, depende do tipo de reclamação né cara, reclamar que o governo tem que regular como é feito o sistema de entrada em uma partida online é ridiculo, mesmo.

          • Jefferson Viana

            concordo,

          • Ivan

            Lendo os comentarios só vai ver um cara bem retardado por sinal falando que não é pra reclamar.

        • Ivan

          O que tem q ver livre mercado com não processar uma empresa?

    • Marcelo Paz

      O governo deveria criar uma estatal de jogos, a BRÁSGAMES, para nos fornecer jogos éticos, honestos. Podia abrir concurso logo logo.

      • Jefferson Viana

        Como eu disse , sem pensar nem um pouquinho, quem gosta de games tem que se levantar contra esse tipo de pratica, e em ultimo caso não comprar

    • Cássio Amaral

      Até aqui num posto sobre jogos tem nego querendo defender regulação estatal, pqp.

  • Heteroman – #Bolsonaro2018

    É mais fácil os novos consoles já virem com uma abertura onde a gente encaixa o cartão de credito, ai eles só vão sugando sem a gente precisar digitar ou autorizar nada. Facilitaria muito mais nossas vidas muldanas de jogadores de um país de terceiro mundo.

    • Ivan

      só cadastrar o cartão na loja virtual e deixar rolar.

  • mr_rune

    Se você compra um jogo da EA, você é um retardado.

  • Será que a EA está se baseando em alguns RPGs e jogos multiplayer para smartphone já serem assim? Porque não é possível tudo isso vir de uma produtora só.
    A polêmica das microtransações não foi o bastante, querem mais

  • Guidao

    Como se esse tipo de manipulação não estivesse em tudo hoje em dia, principalmente publicidade. É o tipo de coisa que não se consegue derrotar. Ou você aceita, pois não há o que fazer, ou não joga mais. Mas lembrando que mesmo que não entre nessa com games você ainda estará sendo manipulado de tudo que é jeito quando assiste tv, acessa a internet…

    Meu discurso é conformista, eu sei, mas, sei lá.

  • Mariano Santos

    Por isso sempre vou dar preferência a jogos que vendem exclusivamente itens estéticos.

  • Meganegão

    É o capitalismo, quando os consumidores começarem a abandonar os jogos eles mudam isso.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples