Kodak vai alugar para você um minerador de Bitcoin

kodak-kashminer

Eu pensei que essa notícia já tinha parado dentro do racional. Quem não viu (por estar trancado em uma caverna), basta dizer que nessa semana uma empresa, que licenciou o nome Kodak para esse fim, anunciou um serviço de representação, venda e fiscalização de direitos autorais de imagens para fotógrafos. Até ai tudo bem, pois não seria o primeiro serviço a fazer isso. Mas, a novidade total é que a empresa vai criar uma nova criptomoeda para pagar esses direitos. A nova moeda vai chamar-se KocakCoin. Pode parecer estranho, mas muitos especialistas dizem que é uma ideia interessante. Embora não seja diretamente a Kodak que está envolvida nessa aventura, toda essa movimentação causou uma valorização de mais de 300% nas ações da empresa nos últimos dois dias.

Agora a coisa parece estar ultrapassando os limites do sensato. Durante a CES a Kodak (não sei ainda se é a empresa mesmo ou outra companhia que licenciou o nome) anunciou o lançamento de um minerador de Bitcoin. Isso mesmo, uma máquina que tem por único objetivo minerar a famosa criptomoeda. A empresa tem por intenção alugar a máquina e cobrar a bagatela de US$ 3.400,00 por 24 meses de uso. Durante esse tempo você também deve repassar metade do que foi minerado para a Spotlite Energy Systems da Califórnia. A máquina, chamada KashMiner, vai minerar, segundo a empresa, um total de US$ 750,00 por mês. Levando em conta esses valores, sobram US$ 375,00 por mês que vão somar US$ 9.000,00 em 24 meses. Menos o aluguel da máquina temos um lucro de US$ 5.600,00 em dois anos.

kodak-kashminer2

Tudo lindo e maravilhoso se não fossem alguns problemas. O primeiro é a variação do valor da moeda. Então é virtualmente impossível saber como estarão esses valores durante 24 meses. O segundo problema é a própria dificuldade de mineração do bitcoin que vem aumentando a cada ano. Segundo Saifedean Ammous, economista de bitcoin (profissões do futuro) a dificuldade de mineração está subindo 15% ao mês. Por conta disso, em 24 meses é quase impossível garantir essa taxa de lucratividade. E, por último, o equipamento da Kodak parece ser uma cópia do Bitmain Antminer S9 com algumas poucas melhorias. Esse equipamento está disponível para compra no mercado por US$ 2.230,00. Ou seja, mais barato do que o aluguel do equipamento da Kodak.

Onde isso vai parar? Ninguém sabe, mas a febre das criptomoedas parece não ter fim.

Fonte: Dpreview.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar
  • Inquisidor

    mal negocio .

  • Lui Spin

    “Levando em conta esses valores, sobram US$ 375,00 por mês que vão somar US$ 9.000,00 em 24 meses. Menos o aluguel da máquina temos um lucro de US$ 5.600,00 em dois anos.”

    Tá, e porque a própria empresa não minera?

    Eu imagino que ela quer dividir os custos, e o possível insucesso com os demais. Mas eu não apostaria meu dinheiro nisso.

    Se a coisa é tão boa assim e garantido, eu mesmo faria (no lugar da empresa). Nem que no início fosse pequeno, com poucas máquinas, espaço limitado, etc.

    • Essa é a razão pela qual eu nunca acreditei em “Mineração na nuvem” e outras balelas.
      Basicamente você aluga uma máquina que faz dinheiro. Mas se essa máquina realmente
      fizesse isso, o proprietário não alugaria, mas faria o dinheiro ele próprio.

      • Lui Spin

        Exato. Ele contrataria até alguns funcionários se fosse preciso.

        É igual as pirâmides, ou “marketing multi nível”. Se o negócio é tão bom, por que o foco é agregar mais vendedores, do que vender os produtos?

        Até concordo que no início seja interessante ter parceiros e tal. Mas porque depois de um tempo não abrem lojas próprias para vender diretamente, ou tenham funcionários para vender, como qualquer empresa?

        Não faz sentido, e tem trouxa que caí.

        • Macedo

          simples: é um negócio volátil com grande risco de não dar certo, MAS, pode dar certo, então vc repassa o “risco” via custo fixo para alguém, e partilha eventual resultado, pronto, o risco não é seu e consegue ainda metade do eventual lucro com risco zero, se não der certo, não perde nada, se der certo, ganha bem, se der muito certo, ganha muito…

          • Lui Spin

            Exatamente. Ótimo pra quem vende/aluga as maquininhas.

            Péssimo pra quem loca/compra elas.

        • Meganegão

          Será que não é porque quem aluga ganha em Bitcoin e paga em dólares?

    • Renato Lucena

      você quando no lado do empreendedor ou dono de alguma empresa quando você tem mais capital você sabe multiplicar melhor ele, e acaba que ele tem 24 meses para trabalhar seu capital.

  • Silvio Carlos

    Não é possível garantir rentabilidade, nem em dólares, nem em quantidades de Bitcoins (Esse último da pra fazer estimativas).
    Os pontos que você levantou, estão corretos, a taxa de dificuldade muda a cada 2016 blocos minerados, da mais ou menos 14 dias.

    A dificuldade sempre se equilibra para manter o tempo de mineração de cada bloco em 10 minutos.
    Se o poder computacional aumenta nesse período de 2016 blocos, a dificuldade aumenta, se o poder cai, a dificuldade cai.

  • Diego Berlezi Ramos

    E eu que pensava que o golpe da pirâmide era coisa de brasileiro.

    • navossoc

      Finalmente estamos exportando conhecimento! hahaha

    • O (ex)Datilógrafo da AEB

      Nunca foi, pesquise por Ponzi.

  • ricms

    não imagino daqui alguns anos a quantidade de energia que vai ser desperdiçada em função destas minerações.

    • EmuManíaco

      desperdício maior que energia elétrica em favela não existe.

      • Everton Rattay

        Pode explicar melhor?

        • EmuManíaco

          repliquei em outro comentario.

      • Cassio Eskelsen

        Não queres comparar algo que as pessoas usam para fazer comida, tomar banho, esquentar mamadeira de criança, etc com esse troço anarcomiguxo inútil de criptomoedas, né?

        * sim, eu sei que em “favelas” existem gatos de energia.

        • EmuManíaco

          Acho que vc nunca foi em uma favela na vida né? 3 ou 4 ar condicionado por casa, geladeira sempre no modo de maior consumo possivel e zero de economia de energia.

          • Macedo

            pior que já vi muita gente em fórum de bitcoin falando/se gabando de não levar em conta a eficiência e/ou consumo energético do minerador/placa de vídeo que usa porque mora em “comunidade” e não paga conta de luz, que a energia é “de graça”…….

          • Gilson Lorenti Fotografia

            mas, não tem economia por roubar energia elétrica. Ai já é um problema do poder público que não consegue controlar ou levar serviços melhores para o local. Aposto que muita gente aqui também entraria nesse nível de gasto se não pagasse energia. Já fui em evento de educação que só tinha professor da rede de ensino e neguinho deixava o ar condicionado do hotel ligado 24 horas.

          • E. Bicalho

            LOL. Quem paga essa conta? Ou é gato em alguma entidade pública e, bem, nós pagamos…

      • Lui Spin

        Um erro não justifica o outro.

  • Alvaro Carneiro

    O anúncio é:

    – “A máquina, chamada KashMiner, vai minerar, segundo a empresa, um total de US$ 750,00 por mês. Levando em conta esses valores, sobram US$ 375,00 por mês que vão somar US$ 9.000,00 em 24 meses. Menos o aluguel da máquina temos um lucro de US$ 5.600,00 em dois anos.”

    E aí quem tem cérebro operacional naturalmente pergunta:

    – Então porque a Kodak está dando o peixe? Não é mais fácil, lucrativo ela mesmo ter zilhões destas máquinas, e ficar com todo o dinheiro?

    É a grande pergunta: porque querem te dar dinheiro?

    • Lui Spin

      Sim. Alguém pode justificar que eles estão querendo dividir os riscos, ou atrair investidores e tal.

      Mas nada impede eles de começarem pequeno, e se for dando certo ir ampliando a capacidade.

      Não faz sentido alguém investir seu dinheiro nisso.

    • Lucas Duarte Martins

      Se ela obtiver todo dinheiro ” dela própria ” a moeda não terá força de mercado.

      É necessário que a mesma tenha grande rotatividade

  • Ivan

    Pq donos de shopping não abrem suas proprias lojas no lugar de alugar o espaço para outras pessoas?

    • Lui Spin

      Não faz sentido essa comparação.

      Só para resumir: No shopping há lojas dos mais variados setores. Desde venda de eletrotônicos, a venda de comida pronta, passando por lojas de roupas, etc.

      Diferente do caboclo alugar um espaço (pode começar pequeno), fazer uma infra, colocar as maquininhas lá e começar a minerar.

      As máquinas são iguais, provavelmente quem montaria isso seria alguém de TI que entende o que está fazendo, etc.

    • Maximus Gambiarra

      É seria sua pergunta?
      Porque o dono de shopping entende de alugar lojas e não de vender sapatos. Não basta ligar na tomada para que a loja funcione.

  • Germano

    Máquina de minerar otários.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples