Platinum Games pretende publicar dois novos games por conta própria em breve

bayonetta-5

A Platinum Games desenvolveu vários games criativos e divertidos nesses quase 12 anos de história; sejam títulos de ação frenéticos como a série Bayonetta ou o estranho porém genial MadWorld ou marcas de outras companhias, como NieR: Automata (Square Enix), Transformers: Devastation (Hasbro e Activision) e Metal Gear Rising: Revengeance (Konami), o estúdio ficou caracterizado pela inventividade e por não ter medo de abraçar o bizarro e incomum.

Mas há uma outra característica que todos os seus games possuem: nenhum deles foi publicado pela própria Platinum Games. Seja a SEGA, a Nintendo ou a Microsoft Studios (que lançaria o finado Scalebound), sempre houve desde 2006 uma outra empresa responsável pela parte de publicação e distribuição de seus games, fossem originais ou propriedades intelectuais de outrem. Isso levou a casos como o de Bayonetta: após a Big N ter se comprometido a dar sequência na série, e por conta disso, clamou para si a exclusividade de todos os títulos da bruxa lançados sob sua asa. É isso ou não ter mais games, e a Platinum preferiu engolir a seco.

Em entrevista à revista Game Informer, o líder do setor de desenvolvimento do estúdio Atsushi Inaba explicou que isso se dá principalmente porque a Platinum Games “não tem US$ 10 milhões em caixa para bancar por conta própria um lançamento AAA”, o que a força a buscar parcerias com os grandes players da indústria, ao mesmo tempo que não desejam abraçar o modo de publicação independente pois não desejam contar com equipes pequenas demais no desenvolvimento.

Isso posto, talvez estimulado pelo excelente resultado que a Ninja Theory teve após bancar ela mesma a distribuição de Hellblade: Senua’s Sacrifice, o executivo afirmou que a Platinum Games estuda pegar a via do meio, alocando times de no máximo 20 pessoas para trabalhar em novos títulos e que em breve eles pretendem por essa estratégia em prática, pela primeira vez publicando eles próprios duas novas IPs em que estão totalmente concentrados no momento; é preciso notar que eles nada teriam a ver com dois títulos em desenvolvimento desde 2016 em parceria com a Cygames, Lost OrderGranblue Fantasy Project Re:Link.

Em caso de sucesso a Platinum Games poderá aos poucos caminhar rumo à liberdade criativa, podendo ela própria criar e publicar seus títulos sem depender de parceiros, ao menos no que diz respeito a games menos grandiosos; já os AAA provavelmente continuarão atrelados a grandes distribuidoras por mais tempo.

Fonte: GameInformer.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples