O futuro dos tablets Android pode estar no Chrome OS

chromebook-comixology

Não é novidade para ninguém que os tablets estão vendendo cada vez menos; até mesmo a Apple, ainda líder de categoria viu a linha iPad ter cada vez menos saída e se adaptou a tal cenário passando a mirar alto: o iPad Pro é sob todos os aspectos um computador, residindo a mesma faixa de preço do poderoso Microsoft Surface. Já o tablet per se foi posto de escanteio e talvez seja atualizado em 2018, podendo até sofrer um corte significativo no preço.

A situação do Android em tablets não é lá muito melhor: boa parte dos fabricantes desistiu completamente de modo a se focar na produção de smartphones, entre os que ainda resistem estão Samsung, LG, Xiaomi e lá atrás, a Lenovo. Tirando a Samsung que ainda mantém produtos de diversas faixas de preço e a Xiaomi, as demais se focam em produzir tablets para consumidores de entrada, baratos e com hardwares mais limitados; lançar gadgets de ponta deixou de ser interessante principalmente pela limitação na forma de uso, eles seriam poderosos e caros demais para atender apenas tarefas cotidianas e muito fracos para rodas apps mais pesados ou oferecer uma experiência de uso mais próxima de um laptop, até porque lhe falta um teclado.

O próprio Google entendeu isso e no fim de 2017 encerrou a produção do Pixel C, um poderoso tablet introduzido em 2015 que era caro demais para rodar apenas Android e ainda exigia a aquisição separada da capa-teclado, tendo mudado de opinião sobre como lidar com o perfil de usuários de tablets: oferecendo Chromebooks como soluções mais completas, versáteis e acessíveis.

A recente mudança do Chrome OS, que passou a rodar apps da Google Play Store foi o fator decisivo para permitir a fabricantes oferecerem opções mais flexíveis ao consumidor: a Samsung, ainda que pretenda continuar lançando os tablets das linhas Tab S (top de linha), Tab A (intermediária) e Tab E (entrada) já se prepara para introduzir em 2018 um novo Chromebook com teclado destacável, que rodará o sistema dedicado sem a presença do periférico e se tornando o primeiro tablet, por assim dizer com Chrome OS. Mesmo modelos híbridos já no mercado são leves o bastante para permitirem o uso confortável dos mesmos apenas manuseando a tela, com agora a vantagem de instalar todos os apps disponibilizados para o Android; pacote Office incluso.

Na hora de usar como um laptop o Chrome OS faz bonito, inclusive suportando processamento de apps em paralelo: este é e sempre foi um dos calcanhares de Aquiles de qualquer tablet, quando o usuário precisa fazer um uso mais profissional, mas por se tratarem de dispositivos móveis tal decisão de design nem faria sentido. Contar um um tablet acessível que na hora do aperto se converte em um laptop plenamente funcional é algo que muita gente vai querer usar, principalmente se não tiver que gastar os tubos num Surface.

Pode até ser que o Google tenha desistido por completo de investir em tablets, mas se o Chrome OS se provar verdadeiramente versátil veremos cada vez mais Chromebooks de boa performance que poderão ser confortavelmente usados como laptops plenos e tablets, o que a longo prazo pode até mesmo levar ao Android ficar relegado apenas a smartphones. O que é uma coisa boa, no fim das contas.

Fonte: Gizmodo.

Relacionados: , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Il Padrino

    Tablets durante um bom tempo foram para consumir conteúdo, não produzir. Com celulares de telas cada vez maiores parece q deixou de fazer sentido ter dois aparelhos para isso. Então agora querem associar uma nova função aos tables que os celulares ainda não tem: se tornar um laptop.

    • Torquato Pit Bull

      Acho que é o que sempre sonharam, só que ainda não encontraram a batida perfeita.

      • tuneman

        é o que ‘alguns’ sonharam…
        precisa unificar tudo? as pessoas estariam dispostas a pagar um valor alto por isso? até o momento de baratear ainda seria relevante?

        • Torquato Pit Bull

          Nesse caso o “alguns” seriam os fabricantes. Eu uso e muito tablet. Já tive com IOS e Android, talvez tenha um público pequeno de compras.

    • Manoel Jorge Ribeiro Neto

      Nem todo mundo acha falta de sentido nos tablets “puro sangue”, pois muitos acham estranhíssimo usar smartphones com telas enormes (eu sou um deles), preferindo um tablet para consumo de conteúdo. Para trabalho, um bom e velho PC (ou um laptop de fato, não um híbrido de tablet) é bem melhor. Por causa disso, tornar os tablets em laptops é um movimento ousado, pois nem todo mundo está a fim de pagar a mais por um híbrido.

      • Cortana ✔

        Sou mais o meu Surface Book 2.

      • Il Padrino

        Eu sou um deles tb. Tenho um IPad Mini. Mas… na prática o tablet nasceu para ser o “meio termo” entre notebooks e celulares. Mas como celulares deram um passo adiante incorporando mais poder de processamento e telas ligeiramente maiores, os tablets também tiveram que avançar para sobreviver. É assim que eu vejo essa tendência de modificar os sistemas operacionais, adicionar teclados, etc. Permitir algum tipo de PRODUÇÃO, não só consumo

        • CtbaBr©

          Eu acredito que quando houver um software descente, o tablet (com um bom hardware) ira “renascer”, afinal é mais pratico que carregar um laptop, porem não faz nada alem de um celular, na minha opinião, é isso que esta matando o tablet!

        • Tô com o Ipad a 4 meses, pensa num sistema operacional que não é prático e com bugs irritantes! Ele me faz sentir muita saudade do Tab S1.

          Pensar que alguém compraria um iPad Pro para trabalho!

        • Manoel Jorge Ribeiro Neto

          A questão é o custo. Não adianta um tablet que custa o mesmo que um PC/notebook, que continua sendo bem melhor para produção de conteúdo. Mais negócio ter um tablet com preço mais em conta, mas que seja bom para consumo de conteído.

      • pois muitos acham estranhíssimo usar smartphones com telas enormes (eu sou um deles)

        Você é exceção, os números de vendas do mercado mostram que a maioria tem preferido telas maiores (eu sou um deles), tanto que a própria Apple teve que se render a isso (Jobs era totalmente contra celulares maiores que 4.5″).

        • LV

          Vende menos pq tem menos opções. Que aparelhos de ponta tem menos de 140mm?

        • Ivanney Pessôa Moreira Martins

          Bom tbm sou excecao, pois acho bem desconfortavel carregar um celular tao grande, o dia inteiro, acabo me rendendo mais pela potencia do que opcao

          • Felipe Rafael

            Feliz com meu iPhone SE.

        • CtbaBr©

          Sou mais uma exceção…
          Acredito que vendam tanto porque não ha outras opções com um hardware descente.
          Acima de 4.5″ é “complicando”, porem a tela grande tem suas vantagens, ou seja, no final acabamos nos acostumando!

        • Felipe Rafael

          Jobs era ligeiro.

          Sem telas maiores, abre-se o nicho para iPads.

          Se o celular fica um coisão, para que um tablet?

        • Manoel Jorge Ribeiro Neto

          Para mim, o “limite” para tela de celular é 5.5″. Mais do que isso eu não uso. Desta forma, prefiro um tablet com tela de 9″ (ou mais), para melhor leitura de textos (principalmente em formato pdf). Existem muitas pessoas como eu por aí, e é para essas pessoas que os tablets são voltados.

    • Por esse motivo eu torcia tanto para o Windows Continnum decolar. Eu queria andar com o meu smartphone para todo lado e ao chegar no trabalho “dockar” ele e virar um desktop ou ter um aparelho no form factor de notebook, todo formado por bateria onde eu poderia ligar o smartphone e este viraria o mobile, sendo a CPU e o armazenamento. Pena que o limitador era o Windows 10 Mobile. Talvez com o Windows 10 ARM isso vire realidade.

      • nayara

        Motorola já tentou, Canonical também, MS também. Só se a Apple conseguir convencer o mercado.

        • Sergio Fagundes

          Apple é que nem aquele filme Campo dos sonhos. Se ela fizer eles virão…

        • Nilson Morais

          Já tem até uma patente da Apple registrada com algo parecido, vamos esperar pra ver.

      • Il Padrino

        Eu torço para o Windows morrer em todas suas manifestações. Mas eu queria isso tb

        • Olha, eu não sou um grande fã do SO da Microsoft, mas também não o considero a pior coisa do mundo. Melhorou bastante. Ao ponto de me fazer pensar em largar a dupla Macbook Pro + iPhone caso o Windows Continnum vingasse. Ainda estou esperando que o Windows 10 ARM consiga isso.

  • Jairo 😎🍺

    Chrome OS ou Fuchsia , ainda não sabemos.

  • 7_Fabricio

    ChromeOS é excelente, estou utilizando como computador principal.

    • major505

      para 90% dos usuários é mais que suficiente.

    • Il Padrino

      Se preocupa com as politicas de privacidade da Google?

      • 7_Fabricio

        Já assistiu o filme do Snowden?

        • tuneman

          vão te dizer que aquilo é um filme de comunista ou democrata

        • Il Padrino

          No. Ouvi falar q era bastante ruim e não arrisquei

      • Jairo 😎🍺

        Google , MS , Apple, Facebook , aonde se tem alguma privacidade?

        • Il Padrino

          Claro, mas já parou para pensar em como deve ser a política de privacidade
          (aquilo que todo mundo aperta OK mas ninguém lê) de um sistema
          operacional de uma empresa de vive de coletar informações? Deve vir com
          um key sniffer instalado de fábrica

          • Jairo 😎🍺

            Não tem bonzinho neste segmento.

          • Il Padrino

            Sabendo como o Google é, não me assustaria se descobrisse que ela não espera que a informação seja inserida em algum dos seus aplicativos na nuvem, mas já captura ela no nível do sistema operacional. Como se o sistema operacional local inteiro fosse um dos seus “serviços”

          • Ivanney Pessôa Moreira Martins

            concordo, mas a questao nao eh procurar um bonzinho, mas entre o “mal necessario” e “dar a chave para o ladrao”, desculpem-me as figuras, mas preguica de escrever.

        • Google está 10 anos luz na frente, a privacidade é a moeda de troca. Intrusão nível máximo.

      • LV

        Eu quero mais eh que ele descubra tudo de mim a ajude minha vida.
        Imagine eu discutir com minha mulher pq ela quer um lustre novo e eu acho caro, o PC escuta e dois dias depois manda uma super promoção?

        • Ivanney Pessôa Moreira Martins

          vao te mandar aquela super promocao da “metade do triplo” do preco 😛

        • Il Padrino

          Se mandar uma mulher mais em conta aí eu vi vantagem

  • Magnosama

    Surpresa é saber que ainda exite algum futuro para tablets androids,

    mesmo que medíocre…

  • Macaquinho feio do bananal

    google escolheu assim pq eles tem mais dados do usuário usando o Chrome OS, simples.

  • Davos, o lord cebolito!

    Eu estou namorando um galaxy tab a tempos, porém é tempo de vacas magras, recém formado, outras prioridades na frente, é a vida! Já tive um CCE safado com o qual fui vitima do famoso reparo camarada da Santa Efigênia e agora está aqui, com a entrada USB quebrada internamente, cujo novo reparo custa o preço pelo qual comprei o aparelho USADO na OLX, ou seja, não vale mais a pena fazer o reparo.

    Meu CCE antigo era muito utilizado aqui em casa. Deitava com a patroa na cama com o tablet em mãos e ia ver “videos engraçados” no youtube que ela simplesmente adora. As 7 polegadas dele nos trazia muito conforto e comodidade em relação ao celular. Para protegê-lo, usava uma capa preta que o fazia parecer uma bíblia, e assim eu andava pelas ruas de São Paulo, acreditem, despreocupado, pois todo mundo que me via com ele debaixo do braço ou aberto acreditava que era uma bíblia ou outro livro de capa preta qualquer que fosse, e livro ninguém quer. Poucos notavam o fio do fone saindo da parte inferior, indo de encontro a minha cabeça.

    Fica a dica pra quem usa um tablet no dia a dia: Não queira chamar a atenção. Acho a logo – ou o logotipo? – da maçã atrás do tablet um baita atrativo pra gente mal intencionada, se é que me entendem. Pra que capa da Elza? Rosa Choque? do Corinthians? É legal personalizar, mas não podemos esquecer que estamos no Brasil !

    Ainda vou pegar um tablet Sansung ou Xiaomi esse ano pra estudos e lazer, pois realmente considero tablets mais cômodos para consumo de mídia do que smartphones, e podem me chamar de antiquado.

    • EmuManíaco

      Deixar de ter o unico tablet com experiencia decente no mercado pq a maça chama atenção não da. Mesmo pq ladrão evita roubar ipad e iphone hj em dia.

      • Davos, o lord cebolito!

        Não, poxa. Eu dei um toque pra quem tem, usar algo pra disfarçar. Se estivesse num momento mais favorável, compraria sim um IPad.

        • EmuManíaco

          mas o galaxy tab não é basicamente o mesmo preço do ipad?

          • Davos, o lord cebolito!

            Cara, consigo um a R$ 350. Não estou falando do Tab A, o E já está bom.

        • Já faz alguns bons anos que roubar iphone ou ipad, ou qualquer coisa da Apple, relógio também, é roubar um peso para papel. Não sei se a bandidagem já tem a noção disso bem disseminada.

          Meu guri usa um tablet com aquelas capas que são uns volantes gigantes, tudo emborrachado, pode jogar ladeira a baixo que não quebra, heheheh.

  • Eu estou namorando o Galaxy Tab S3 faz tempo, só esperando baixar pra menos de 2k pra comprar. Tenho um smartphone Galaxy A9 com tela de 6″, mas ainda acho pequeno pra consumir revistas e textos em pdf, além de que pretendo usar a capa com teclado para utilizar como notebook na faculdade com o evernote, já que meu Dell de 15″ é pesado demais pra carregar por ae.

  • Sergio Fagundes

    Porque será que não se encontra fabricante para combos teclado+touchpad+hub usb+fonte para usar em tablets? Pra mim seria uma excelente opção para transformar aquele velho touchpad 10” num hibrido.

  • Problema básico do Tablet é o preço.
    Para ele ser bom, custa mais do que um notebook. Vide o Tab S3 que vem com uma tela 4:3 e apenas 32GB internos por quase 3k.

    O pessoal tá embarca o Android em tudo quanto é sistema, claro que removendo o gapps, isso deve ter deixado o Google bastante preocupado, afinal é um investimento caro.

    O ChromeOS é o Android sob um controle mais rigido para o Google dizer que é realmente dele. Algumas softhouses adaptaram muitos de seus programas para rodar em tablets e celulares. Já há modelos de tablets com resistencia para uso em chão de fabrica. Então não é ilógico achar que este sistema vem comendo pelas beiradas a um bom tempo.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples