Peripécias dos jogadores não surpreenderam diretor do novo Zelda

breath-of-the-wild

Foi preciso apenas poucos dias após o lançamento do The Legend of Zelda: Breath of the Wild para que começassem a pipocar diversos vídeos fascinantes na internet. Nele podíamos ver algumas pessoas realizando as mais diversas acrobacias e explorando o vasto mundo do jogo das maneiras mais incríveis possíveis.

Ao ver algumas dessas façanhas, confesso ter achado que muitas delas não haviam sido imaginadas nem pelas pessoas que desenvolveram o jogo e embora isso tenha mesmo acontecido, de acordo com o diretor Hidemaro Fujibayashi, tudo correu dentro do previsto.

Esse definitivamente foi um dos nossos objetivos. Esteve tudo totalmente dentro dos planos. Um grande tema desse jogo era que deveria haver múltiplas respostas, múltiplos métodos, múltiplas maneiras de fazer qualquer coisa. Todas as dungeons, queríamos fazê-las de maneira que os jogadores pudessem solucionar os problemas de qualquer forma que quisessem, sem que nós nem mesmo soubéssemos o que eles poderiam fazer para solucioná-los.

 

Precisava ser um ambiente onde eles poderiam fazer coisas que não pudemos prever que funcionariam. Então nos divertimos muitos assistindo os vídeos, vendo as pessoas fazendo coisas que na verdade não previmos e coisas que eram totalmente únicas. Então sim, funcionou.

E o nível de liberdade proposto pelo Breath of the Wild foi algo tão impactante, que de acordo com o produtor Eiji Aonuma ele deverá ser mantido para os próximos capítulos da franquia. Portanto, se você gostava da mecânica mais linear vista nos capítulos anteriores da franquia, é bom começar a se acostumar com a ideia de que ela provavelmente não voltará a ser utilizada.

O que fico pensando é no quão complicado deve ter sido para essas pessoas permitir que o jogo tivesse tanta liberdade, mas ao mesmo tempo continuasse interessante e oferecendo os quebra-cabeças que se tornaram marca registrada da série. E ciente de que não estou exagerando ao afirmar isso, é justamente por essa excelência no design que considero o The Legend of Zelda: Breath of the Wild como um dos melhores jogos de todos os tempos.

Fonte: IGN.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples