Snapdragon 670 suportará especificações de ponta em smartphones intermediários premium

qualcomm-snapdragon-8

A Qualcomm está determinada a permitir que os smartphones intermediários de 2018 sejam tão poderosos quanto os top de linha de 2017: vazaram as primeiras especificações do Snapdragon 670, seu próximo SoC para modelos mid-high e suas capacidades são impressionantes, dando suporte a telas Quad HD, mais memória RAM e câmeras mais potentes.

O primeiro a compartilhar as informações acerca do novo chip de meio-termo da Qualcomm, destinado a suceder o Snapdragon 660 foi o blogueiro e YouTuber alemão Roland Quandt, que assim como nosso velho conhecido Evan “evleaks” Blass costuma soltar informes precisos, provavelmente por ter contatos privilegiados junto aos fabricantes. O que surpreendeu todo mundo foi a possibilidade da Qualcomm ter chutado bastante alto com um SoC voltado para aparelhos que não são premium, visto que a plataforma SDM670 trará suporte a displays com resolução Quad HD (2560 × 1440 pixels), de 4 a 6 GB de RAM LPDDR4X, 64 GB de armazenamento via memórias Flash eMMC 5.1 e câmeras de até 22,6 megapixels (principal) e 13 MP (selfie).

Em suma, há o potencial de vermos monstrinhos de bolso (não Pokémons) bastante potentes no mercado a partir de 2018 com preços convidativos. Sabe-se que ele será um hexa-core com dois núcleos Kryo 360 de alto desempenho e quatro de melhor eficiência e segundo rumores, será fabricado seguindo o novo processo de litografia de 10 nanômetros da Samsung.

Vale lembrar que o Snapdragon 670 chega para substituir o chip embarcado no suposto sucessor do BlackBerry KEYone, no Mi Note 3 e nas versões mais potentes do ZenFone 4, e suas características o posicionaram como um Snapdragon 835 de entrada; logo teremos a mesma relação entre o novo chip e o poderoso Snapdragon 845, que deverá equipar os principais Androids de ponta em 2018, como o LG G7 (contamos com isso) e versões dos Galaxies S9 e Note9; este inclusive suportará telas com resolução 4K.

Claro que é preciso ir devagar com o andor: não há garantias de que os fabricantes farão uso de tais componentes em modelos mais modestos, mesmo adotando o Snapdragon 670 e caso o façam, as chances destes smartphones acabarem chegando mais caros às lojas são grandes (acredito neste como o cenário mais provável); ainda assim é bom saber que temos a chance de ver os modelos mais modestos cada vez mais potentes, algo muito longe da performance pífia dos dispositivos mais modestos de outrora.

Relacionados: , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples