Super monitor gamer QLED da Samsung é o primeiro a receber certificação DisplayHDR da VESA

samsung-chg90-001

Diz o Cardoso que migrar para um monitor Ultrawide é uma experiência desconcertante, quase religiosa que rivaliza com pular do HD para o SSD: seguindo a lógica “once you go black, you never go back”, os ganhos são tamanhos que dificilmente você vai querer utilizar um hardware do formato antigo em seu ambiente de produção. Os monitores com proporção 21:9 são excelentes para trabalho, permitem dividir a tela confortavelmente e na hora da jogatina, o ambiente é ainda mais imersivo.

Agora imagine um monitor ainda mais wide, com proporção 32:9 e altíssima fidelidade de imagem que deixa qualquer Glorious PC Gamer Master Race salivando. Esse é o CHG90 da Samsung, um monstro com display QLED de 49 polegadas.

O produto foi apresentado na Gamescom 2017 e impressiona: ele conta com resolução de 3840 × 1080 pixels, display curvo e uma taxa de atualização de 144 Hz (com ajustes disponíveis para 120 e 60 Hz), além de um tempo de resposta de 1 milissegundo e o recurso FreeSync, que entrega uma melhor experiência para quem quer jogar com qualidade e precisão, eliminando a “quebra” de imagens; tais características o tornam um periférico perfeito para games, mas não só isso: ele conta com um excelente ângulo de visão de 178º e graças à tecnologia de pontos quânticos que já faz bonito nas TVs da Samsung (aguardem review daquele modelo de 65 polegadas para breve), o CHG90 possui suporte a HDR10 e uma relação de contraste de 3.000:1, com um preto muito mais vivo e uma alta fidelidade de cores, com qualidade 10 bits verdadeiro e brilho de 600 nits. Por fim, você pode utilizar duas fontes de vídeo simultaneamente através das entradas físicas

Em verdade a Samsung o planejou como um monitor voltado a exibir principalmente games como projetados pelas desenvolvedoras, com o mínimo de perdas possível.

Todas essas características levaram a VESA (Video Electronics Standards Association) a conceder ao CHG90 uma certificação inédita para monitores, a DisplayHDR 600 por ser o primeiro totalmente compatível com uma alta fidelidade de reprodução de imagens e vídeos para jogos e entretenimento, embora ele seja muito bom também para profissionais que trabalham com edição de imagem como o Gilson, por exemplo. Afinal, quanto maior a fidelidade de cores melhores as fotos ficam.

Os padrões de certificação DisplayHDR da VESA são divididos em três níveis, a saber:

  • DisplayHDR 400: qualidade de imagem true 8 bits, preto real e brilho de até 400 nits;
  • DisplayHDR 600: qualidade true 10 bits, preto real, ajuste de contraste em tempo real com regulação local e brilho de 600 nits;
  • DisplayHDR 1000: qualidade true 10 bits, preto o mais próximo possível do real, ajuste de contraste em tempo real com regulação local e brilho de 1.000 nits.

Ou seja, é um senhor monitor que entrega uma experiência única e poderosa, e agora com o peso de ser o primeiro certificado de modo a confirmar sua capacidade de reproduzir imagens próximas do real.


Samsung 49″ QLED Gaming Monitor

Se você pretende levar um para casa, saiba que terá de desembolsar uma grana violenta: o CHG90 chegou ao Brasil no fim de novembro e seu preço sugerido é de assombrosos R$ 10.999,00. Definitivamente, um luxo para poucos abastados.

Fonte: Samsung.

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Michael Loeps™

    vendo meu computador (e todos meus outros gadgets juntos), só para ficar olhando a tela de “no signal” disso.

  • Macedo

    essa resolução não está errada não? esse aspect ratio dessa resolução informada aí não é ultrawide, é 16:9 mesmo, e pelo que vi no site da fabricante a resolução vertical dele (linhas) é fullhd mesmo, portanto: 3840 X 1080, confere?

    • Alvaro Carneiro

      correto, 3840 x 1080.

      sabe como é né…

    • Tem razão, corrigido. Por algum motivo eu estava com 2160 na cabeça embora tenha lido 1080 nas specs.

  • filho do dono do mercadinho já pediu o dele, infelizmente já enjoou do iphone X… Perguntou quanto custa o galaxy note 8…

  • Luiz Augusto

    A imagem no monitor tá esticada.

  • Temos uma subdivisão aqui na produtora onde trabalha mais um editor freela.
    Ele tem um desses monitores “ultrawide”, mas não “tão wide” quanto esse… mas no dele falta espaço pro Premiere, por isso ainda fica nos meus dois monitores…

    • só para editores de video que esses monitores servem de fato e aqueles gordos tetudos que jogam jogos que tem que ver a fazendinha toda…

    • editor freela dentro da empresa? algo errado…

    • Theuer

      Mesma coisa aqui. Faz dez anos que espero um Ultra Wide wide substitua dois monitores.
      Este seria um, mas aqui na barbárie é incomparável!

  • Jefferson Viana

    Poucos uma ova , qualquer político ou parente de um pode comprar

  • Jefferson Viana

    Pena que as tentativas da Philips com tvs ultra wide não pegou

    • Leonardo

      No caso das televisões ultrawide, só adianta para filmes gravados neste formato, séries e tv são todos 16:9, portanto muitas vezes você acabava com barras laterais e espaço desperdiçado.

  • Guilherme Kowalisk

    Caraca! A Samsung está desesperada? Por qual motivo ela está COMPRANDO matérias em diversos sites de tecnologia?

  • Francis Schonarth

    Fiquei babando, não para jogar nele, mas sim para trabalhar com tudo na mesma tela. Coisa linda!

  • Alvaro Carneiro

    1.300 doletas na civilização.

    11.000 reais na Bagunça.

    nem preciso falar que é mais barato ir nos EUA comprar, pagar passagem, hotel, imposto de 60% na volta – e mesmo assim sai mais barato.

    • OverlordBR

      O problema é trazer este monstro wide na bagagem… uma “ajudinha”da turma que “manipula” as bagagens e terás cacos de vidro wide.

  • Rodrigo Primon Savazzi

    Trabalho com dois monitores, no total a resolução é 3200 x 900. Pra mim já foi uma revolução a ponto de achar praticamente insuportável quando tenho que trabalhar no notebook (que tem uma tela nada ruim de 15,4″).
    Não consigo nem imaginar o nirvana que seria usar um monstro desses todos os dias…

  • Marcos Paulo Betinardi

    Não é OLED… e tem pouca altura….

  • Guilherme

    Qual você acha que é melhor, o preto real ou o preto mais próximo possível do real?

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples