Google Tango? MÓR-REU!

google-tango

O Google bem que tentou fazer com que o Tango, seu projeto de visão computacional e Realidade Aumentada para smartphones emplacasse mas em quase quatro anos de história, ele só deu o ar da graça em dois dispositivos e hoje soa como uma solução ultrapassada, visto que sua principal concorrente resolveu tudo por software.

Logo, sem muita surpresa a companhia anunciou na última sexta-feira (15) o fim do suporte ao Tango, que se dará em março.

O então Project Tango chamou muita atenção quando foi revelado em 2014, pois se tratava de um conjunto de componentes especializados em captura e reconhecimento de elementos em 3D, que propiciava a criação de um mapa bastante apurado do ambiente e em consequência a aplicação de Realidade Aumentada em várias soluções.

A bem da verdade um smartphone compatível seria um Kinect de bolso, onde você poderia mapear os arredores e interagir através de seu gadget de diversas maneiras. Por exemplo, é perfeitamente possível aplicá-lo a softwares de orientação para cegos e pessoas com visão reduzida, orientando-o na rua e alertando-o de obstáculos ou guiando-o até o destino.

O problema: o Google Tango resolve tudo por hardware. Ele só é compatível com componentes específicos como uma câmera principal equipada com um sensor infravermelho de profundidade e sensores de movimento, o que elevava consideravelmente o valor final dos smartphones e por isso apenas modelos de ponta poderiam arcar com a brincadeira. Ainda assim apenas dois dispositivos foram lançados no mercado que contam com a tecnologia: o Lenovo Phab 2 Pro, que jamais fora atualizado e morreu no Android 6.0 Marshmallow e o ZenFone AR, que só verá o Android 8.0 Oreo no ano que vem se a ASUS não mudar de ideia até lá.

A Apple também ajudou a derrubar o Google Tango ao introduzir o ARKit, seu SDK de desenvolvimento de soluções para Realidade Aumentada que em absoluto não depende de hardwares especializados, e que pode rodar em uma grande gama de seus dispositivos. Agora que a plataforma saiu do beta a maçã definiu que apenas aparelhos com os SoCs Apple A9, A10 Fusion e A11 Bionic são compatíveis (a saber os iPhones 6s, 6s Plus, SE, 7, 7 Plus, 8, 8 Plus e X e os iPads Pro e “vanilla” de 2017) mas desde já são mais do que o Google tem disponível.

Dessa forma não há muito o que insistir: o suporte ao Google Tango será encerrado no dia 1º de março e todos os esforços da gigante serão voltados para a plataforma ARCore, que faz exatamente o mesmo que o ARKit que é ser compatível com uma série de componentes e fazer o trabalho pesado via software. Inicialmente apenas os dispositivos Pixel e o Galaxy S8 são compatíveis mas segundo a Samsung, tanto o S8+ quanto o Note8 receberão o suporte em breve quanto futuros smartphones de ponta da linha Galaxy já sairão da caixa prontos para utilizar o recurso.

No entanto não espere ver o ARCore em aparelhos de entrada, dadas as exigências de hardware para fazer a magia acontecer.


Made by Google — Google Pixel 2 | The Last Jedi AR Stickers

O Tango entra não só para a longa lista de aplicações e soluções a integrarem o cemitério do Google, mas também para a família de projetos fracassados do Google ATAP: vale lembrar do Project Vault, que prometia inserir um sistema de segurança completo em um cartão Micro-SD e o Project Ara, a infame ideia de lançar um smartphone modular. Bom, não se pode acertar sempre.

Fontes: Ars Technica e Extreme Tech.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • lordtux

    Concorrência é uma coisa linda, faz os caras saírem da zona de conforto e agirem.

    • Thiago

      E ainda temos que ler notícias como essa que desvalorizam o empreendedorismo alheio… Lamentável.

  • Logo, logo alguma empresa lança alguma tecnologia que faça essas coisas e o Google a compra, muda de nome e diz que foi ele que inovou.

  • Marcogro®

    O último tango… Se é que teve o primeiro, ou valeu…

  • Mais alguém aí acha tudo isso uma verdadeira bobagem? As vezes, me sinto um ET olhando pra RV e pensando “quanto tempo/recurso sendo jogado fora”.

    • gfg2

      Quando você assistir o primeiro PrOn VR tu vai mudar de ideia rapidamente.

      Eu vi com aquela adaptação tosca pra smartphone e já fiquei impressionado, imagina num dispositivo próprio.

    • Tenho um ponto de vista um pouco (bem pouco) diferente: pra mim, que trabalho com vídeo, é assombroso o tracking em tempo real em um ambiente 3D com um hardware “limitado”. Tem motion tracking que faço pra deixar algo certinho no vídeo que demora bastante tempo…
      Não que no Tango ficasse perfeito, mas o resultado instantâneo me impressionou.

      …mas que é uma merda, é…. bora enfiar óculos enormes na cara pra imersão ficar melhor…

    • Primeira vez que curti foi no 3DS, pra variar, NINTENDO extrapolando a jogabilidade ao extremo, a realidade aumentada bem utilizada e com jogos bem bolados.

      Hoje em dia, olha um app como aquele de fita métrica. Esse tipo de função é muito legal. Apontar para uma placa e ter todo o conteúdo traduzido também é muito legal.

      Fora isso, a forma que foi explorado no POKEMON GO ou esse monte de vídeo forçação de barra a lá GOOGLE GLASS que foi outra forçação que fazia em vídeo coisas impossíveis de fazer bem na realidade, daí não dá pra querer mesmo….

      Forçar a barra ninguém acredita mais… a 5 anos atrás faziam um vídeo conceito e o povo ficava maravilhado.

      • Editei esses tempos um material que havia um “novo” uso pro Google Glass…

        https://youtu.be/vglwL1tJaVE

        Só não tivemos permissão de mostrar o conteúdo dos óculos….

        • bruno torrente

          Interessante, talvez um dia se popularize nesses ambientes.

          • No ramo industrial é um uso muito legal, mas dependeria do interesse da fabricante…. se já até matou o Tango, imagine isso… talvez seja pra se livrar do estoque enorme causado pelo hype (e o ódio das outras pessoas que tinham de conviver com isso) na época….

  • Cocainum
    • “Por una cabeeeeeza…..”

      • Gardel é URUGUAIO, só pra constar….

        • Tem estátua dele lá….

          Mas é essa música que toca no filme, não é?

          • Claro, mas os argentinos se acham dono do tango e do Gardel, mas a ironia é que esse gênio é URUGUAIO 😀

          • Os argentinos acham até que são donos da opinião deles!
            Imagine, nos protestos gritando: “Aqui não é Brasil!”….. que absurdo!

          • Cocainum

            Achei ofensivo. Hermanos, gritem mais!

          • Vejo com positividade isso…. quem sabe a gente não toma tento e… e….

            …..é, não.

          • Cocainum

            Na NASA tem uma estátua do Von Braun. E o cara era nazista, hehehe.

          • Mas NÃO ERA ARGENTINO!

          • Cocainum

            Good point!

  • Wallacy

    Usei um pouco o ARkit para umas brincadeiras pessoais. Realmente a Apple mandou bem, Google está certo em ir nesse caminho.

  • Samurai

    Perdeu a chance de usar o termo Tango down! rsr

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples