Resenha — Dell Inspiron 15 7000: bom desempenho, por um preço

dell-inspiron-15-7000-001

A Dell possui uma grande variedade de notebooks, para os mais diversos perfis de consumidores. A linha Latitude, por exemplo é voltada para profissionais corporativos com bala na agulha, já a linha Alienware é totalmente voltada para o Glorious PC Gamer Master Race, embora ela conte também com a linha mais “acessível” Inspiron Gaming criada para bater de frente com o Samsung Odyssey, entre outros concorrentes.

A linha Inspiron, por sua vez é mais geral, com produtos de várias faixas de preço para atender desde quem não quer gastar muito àqueles com alguns cascalhos a mais, que deseja um produto de performance um pouco melhor que a média. É nessa categoria que o Inspiron 15 7000, o qual testamos por um mês se enquadra.


Design

Primeiro vamos às especificações:

  • processador Intel Core i7–7500U, dual-core Kaby Lake com clock de 2,7 GHz (TurboBoost até 3,5 GHz) e 4 MB de cache;
  • GPU nVidia GeForce GTX 940MX, com 4 GB GDDR5;
  • 16 GB de memória RAM DDR4 (dois pentes de 8 GB em dual channel) a 2.400 MHz;
  • armazenamento: SSD primário de 128 GB e HD de 1 TB;
  • display IPS de 15,6 polegadas com resolução de 1920×1080 pixels (141 ppi);
  • webcam de 720p widescreen, com microfone embutido;
  • conexões: Wi-Fi802.11b/g/n/ac e Bluetooth 4.0;
  • portas: saída HDMI 1.4a, entrada para fone de ouvido, duas portas USB 3.0 (uma delas com PowerShare), uma USB 2.0, uma Ethernet Gigabit e leitor de cartões SD;
  • bateria de três células e 42 Wh, acompanha fonte alimentadora de 65 W (bivolt);
  • dimensões: 358 x 246 x 19 mm;
  • peso: 2 kg;
  • sistema operacional: Windows 10 Home 64 bits.

O Inspiron 15 7000 em si não é um produto novo, ele os demais produtos da nova linha foram apresentados oficialmente durante a CES 2017, e chegaram a receber alguns prêmios por algumas de suas inovações. A principal delas foi a adoção da “tela infinita”, um nome bonitinho para o design de bordas finas que permitiu os notebooks ficarem um pouco mais compactos. Isso se refletiu principalmente no peso (o aparelho em questão pesa apenas 2 kg) enquanto a performance, mesmo nos modelos de entrada foi garantida com processadores Kaby Lake, memória RAM DDR4 e GPU GeForce GTX 940MX da nVidia em todas as variações, mesmo as de entrada.

dell-inspiron-15-7000-002

A tela em si é muito boa, com 15,6 polegadas e resolução Full HD, com um bom ângulo de visão que não distorce as cores mesmo ficando de em relação a ela e a grande área útil confere uma sensação excelente de profundidade. O corpo do notebook é bem sólido, aparentemente mais resistente do que modelos Inspiron anteriores que nesse quesito nunca inspiraram muita confiança (os Latitude são em geral bem mais duráveis, porém muito mais caros) e o design em si é bem sóbrio, com cantos arredondados. Dado o tamanho reduzido e sua carcaça não muito lisa o Inspiron 15 7000 confere uma boa pegada, e é bem simples de transportar.

No quesito portas e conexões ele é bem servido: três portas USB, sendo duas 3.0 e uma delas energizada para você carregar seus gadgets, saída HDMI e plug para fone de ouvido estéreo, uma porta Ethernet Gigabit para conexões velozes dando a entender que ele é tanto indicado para o usuário final quanto para profissionais que precisam de conexões cabeadas de rede e um leitor de cartões SD, além de conexão Wi-Fi e Bluetooth 4.0.

dell-inspiron-15-7000-004

dell-inspiron-15-7000-003

No fim este é um notebook muito bem construído, que agrada visualmente e confere robustez e segurança na hora de usar.

Performance e autonomia

A Dell oferece um único modelo equipado com o i5-7200U, que é o mais barato da linha e várias configurações com o mais potente 7500U, no entanto a configuração de entrada com este processador sai da caixa rodando Ubuntu, o que pode não agradar todo mundo. O modelo que testamos é o top de linha, com 16 GB de RAM em dois pentes em dual channel e um SSD adicional de 128 GB, o responsável por armazenar o sistema e dar boot na máquina. Dessa forma o HD de 1 TB fica completamente livre para você instalar o que quiser e o notebook dá a partida rapidamente. O Windows 10 Home Edition vem com alguns bloatwares da Dell pré-instalados, mas não é nada que incomode a princípio.

O teclado retroiluminado é bastante agradável, embora na minha opinião o espaço livre nas laterais pudesse ser melhor ajustado para acomodar o teclado numérico (eu sempre prefiro modelos que o disponibilizam) mas por outro lado, esse espaçamento torna mais agradável o posicionamento das mãos. O posicionamento do touchpad, que é grande é preciso é bem adequado e no fim das contas, trabalhar e estudar com um notebook desses é uma experiência bem confortável.

dell-inspiron-15-7000-005

E quanto ao poder de fogo? Bem, embora os processadores da linha U não sejam os preferidos dos usuários que desejam performance absurda, no geral o Inspiron 15 7000 não faz feio. Ele consegue rodar programas de edição de imagem sem suar, dá conta de multitarefa e renderização sem problemas, capta áudio e vídeo de forma bastante confortável e até se arrisca a rodar alguns games em configurações elevadas, algo para o qual ele não foi projetado. Nos testes ele executou Civilization VI e GTA V com desenvoltura, porém chorou na rampa com Hellblade: Senua’s Sacrifice.

No geral rodar games em Full HD faz com que o notebook consuma mais recursos, algo que é atenuado se você derrubar a resolução dos games mais recentes para 720p. No entanto é bom estar ciente de que ele não é um notebook feito para jogar e sim para trabalho e estudos, quem quiser um para fazer tudo isso e ainda curtir sua biblioteca do Steam nas horas de lazer se sentirá melhor atendido por um produto dedicado, com GPUs mais recentes como a linha Inspiron Gaming, da própria Dell.

dell-inspiron-15-7000-006

Porém nem tudo é perfeito e um defeito precisa ser apontado. A câmera é muito boa, com resolução 720p mas devido a decisão da Dell em contar com uma tela de bordas mínimas ela acabou sendo deslocada para a parte inferior, uma posição um tanto problemática: não serão poucas as vezes em que você se verá tampando-a durante uma videoconferência pelo simples fato de permanecer digitando, mas ao que tudo indica a Dell preferiu manter uma solução já testada no Dell XPS e de qualquer forma, alguma coisa tinha que ser sacrificada em prol de um design mais fininho e elegante.

Sobre a bateria: com 42 Wh é perfeitamente possível trabalha longe da tomada por longos períodos de tempo, de cinco horas se você mantiver um perfil conservador a exigente a até seis horas e meia, mas para isso é preciso se comportar bastante. A Dell informa ser possível utilizar o Inspiron 15 7000 por até oito horas sem recarrega-lo, mas eu não consegui chegar nesses números. Rodando games ou programas pesados a performance cai para em torno de três horas ou um pouco menos, mas isso nem surpreende; é a performance padrão de produtos dessa faixa de preço e finalidade.

dell-inspiron-15-7000-007

Conclusão

Visualmente o Inspiron 15 7000 é muito bonito e atraente, e ele confere um performance decente para quem estiver disposto a gastar um pouco mais por ela. Digo isso porque os preço começam em R$ 3.578,00 na versão com i5-7200U, com 8 GB de RAM e HD de 1 TB; o modelo mais modesto equipado com o processador Intel Core i7-7500U, com 8 GB de RAM mas com Ubuntu pré-instalado sai por R$ 3.829,00, um tanto puxado se formos considerar todas as opções.

O modelo testado, com as especificações de ponta e Windows 10 Home possui preço sugerido de R$ 4.500,00, o que cria um problema: por pouca coisa a mais é possível levar para casa um Samsung Odyssey com os mesmos 16 GB de RAM e uma GPU mais nova, no caso uma GTX 1050. A linha Inspiron Gaming, que conta com a GTX 1050 Ti é bem mais cara e o design pode não agradar todo mundo, e dessa forma o que se pode dizer é: se você procura um notebook intermediário com performance mais potente que a maioria e tem dinheiro disponível, ao mesmo tempo que não deseja um modelo gamer por diversas razões o Inspiron 15 7000 é uma boa opção; para os demais, talvez investir em um modelo menos potente e realizar upgrades pontuais posteriormente pode ser uma melhor saída. Tudo depende de quanto você está disposto a gastar.


Dell Inspiron 15 7000 (2016) Product Overview

Pontos fortes:

  • bom design, relativamente leve e compacto;
  • display com ótimo ângulo de visão e com bordas reduzidas;
  • bateria aguenta o tranco, dadas suas especificações.

Pontos fracos:

  • o preço é um pouquinho puxado se comparado com concorrentes;
  • a posição da webcam não é das melhores.

Agradecimentos à Dell por gentilmente nos ceder o produto para testes.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Vin Diesel

    para aqueles que gostam de vociferar: se eu precisar eu tenho… para quando muito usar o chrome e o office pirata… paguei 1300 meu L440 com hd de 7200 o que nao faz a falta de um ssd, com 4gb de ram e paguei menos de 100 para colocar outra de 4gb… veio com o 10 pro original no bios tem até aquele lance de vpro em um i5 que se um dia quiser pode ser o i7 mais foderoso da quarta geracao… tem coisa nova que é só para jogar grana fora. com a diferença poderia comprar um video game, mas nao perco tempo dando dinheiro para essa industria.

    • Montando um de 3ª geração (ganhei um i7 3770), tá saindo tão caro quanto os novos…. RAM de qualidade DDR3 tá um absurdo (já tenho). Tentei procurar uma mobo da Gigabyte pra substituir a que queimou…. tá 900 pilas! Agora tenho de usar as memórias mais novas, pois só vem 2 slots na mobo “comprável”…

      Vou demorar mais um tempão pra fazer upgrade…

      • Vin Diesel

        mas é desktop ou laptop?

        • Desk, mas é mais comparativo de preço… e ainda vale a pena uma ou duas gerações anteriores… em termos de preço….

          • Vin Diesel

            e nao é que do nada as memoria de ddr4 dobraram de preço? comprei 16gb por 430 e agora valem quase 900 as da corsair…

    • Cavaleiro de lugar nenhum

      o Meu maior problema com notebook é pq eles estragam muito fácil (bga é o que mais dá problema), alguma dica para comprar um bom ? que dure ao menos 3 anos haha

  • João Deiró

    Tenho um Inspiron 14 7460, da mesma linha desse e não consigo, por nada nesse mundo, usar o Windows Hello. Diz que o dispositivo não é suportado. Comofas?

    • Corrigi o texto, a linha de fato não tem suporte ao Hello.

  • Zaaboo

    Minha esposa é arquiteta e está exatamente com um note desses. É uma máquina espetacular realmente leve e compacta para um note de 15″.

    Alguns dos softwares que ela usa são bem pesados. Notadamente um Avell como o que eu tenho se sairia melhor, mas por R$ 2000,00 a menos eu achei bem válido.

    Só estou apanhando com o WiFi. Não sei se é defeito na placa ou algo no driver, mas não tem funcionado direito.

    • Thiago Fortes

      Tenho um e está funcionando corretamente.

      • Zaaboo

        Eu acho que ele não está sabendo conversar com o roteador. Com mais calma eu vou ver o que está rolando.

        • E. Bicalho

          Eu vejo varias reclamações em fóruns sobre a Wi-Fi dos Dell e tenho tido muitos problema do tipo com um Inspiron 14R 5420.

          Mantenha-nos informado, por favor, se chegar em uma solução ou não.

          • ElGloriosoRangerRojo™

            Recentemente mudei minha Internet da Oi pra Net. Veio o modem “combão” deles que tem WiFi, RJ45 e cabo do telefone.

            Nem com reza brava consegui fazer meu Inspiron 5430 funcionar com ele. Ele conecta na rede, mas a taxa de transferência fica flutuando na casa dos 100kb, com muita perda de pacotes. Abro um medidor de velocidade, e o negócio mede velocidade full, como se não tivesse nenhum problema. Atualizei drivers e fiz tudo o que dá pra imaginar, sem sucesso.

            Acabou que peguei meu roteador WiFi antigo, pluguei em uma porta RJ45 do modem da Net e fiz uma segunda rede… ¯_(ツ)_/¯

          • SiouxBR

            Baixa o Sams Drivers e use o programa para achar o driver correto pro teu note. Tive esse mesmo problema e o Sams instalou uma versão atualizada pelo fabricante do chipset e nunca mais tive problemas com o wifi

          • E. Bicalho

            Comprei um Mini Adaptador Receptor Usb Wi-fi “…e nunca mais tive problemas com o wifi;” 😀

            Mas obrigado pela dica, darei uma olhada! Tomara que seja melhor que o Drive Booster.

          • SiouxBR

            No meu caso eu havia testado com o Drive Booster também. A vantagem do Sams é que eles conseguem drivers para o chipset específico. Vários conhecidos meus para os quais indiquei essa solução resolveram os problemas com o Sams…

    • Vin Diesel

      Aproveitar o que o rapaz falou ai e perguntar, que não ofende, o que é software pesado? aquele que vc precisa de mais hd como os games? software que tem 50 gigas? ou é os chupadores de ram tipo chrome?

      • Zaaboo

        Hahaha. Certo, ficou vago. No caso são os abusadores de RAM e da Placa de Video. Mais precisamente é o Promob, que ela usa para desenhar móveis planejados.

        Não me pergunte por que, mas não roda bem em computadores que não tenham pelo menos uma 920m e 8 Gb de RAM. Olhando para o programa funcionando não faz muito sentido, mas como eu disse, é pesado.

        • Gertrudes, a Lhama

          A Promob tá perdendo os profissionais bons que mantinham o software funcionando bem, e não tá fazendo nada pra tentar segurar eles lá. Como eles não têm concorrentes, não se importam muito se a qualidade do software caiu/vai cair mais.

          Fonte: fui um dos que saiu de lá (mas eu não trabalhava no software Promob em si)

          • Zaaboo

            Faz sentido. Programas como o Solidworks e o Solid Edge funcionam em maquinas inferiores com muito mais desenvoltura e em termo gerais o Promob não parece entregar mais elementos de qualidade do que os outros dois.

          • Vin Diesel

            e o que é feito aqui que funciona ou tem qualidade ou valoriza seu profissional? aqui é republica das bananas.. só tem…

    • E. Bicalho

      Placa Wifi/bluetooth é o Calcanhar de Aquiles da Dell, parece ser um problema recorrente em todas as linhas.

      • 640k is enough

        Essa placa Dell é uma reedição dos terríveis sound modens do IBM Aptiva.

        Misericórdia…

    • SiouxBR

      Baixa o Sams Drivers e use o programa para achar o driver correto do teu note. Tive esse mesmo problema e o Sams instalou uma versão atualizada pelo fabricante do chipset e nunca mais tive problemas com o wifi

  • EmuManíaco

    Comprar note da atual geração é um puta tiro no pé. Sendo que os de 8a geração são bem superiores e custam basicamente o mesmo. Isso sem falar dos AMD com ryzen 5/7 pra quem quer um video onboard melhorzinho.

  • Clebson Abati Graeff

    Eu tenho um Inspiron 14 7460. É um bom notebook de um ponto de vista técnico, mas é extremamento desconfortável de usar: tem quinas afiadas naquela tampa inferior que machucam os braços dependendo da posição em que se usa o notebook. E nos dias mais quentes ele esquenta demais, fica pior ainda de usar.

    Comprei ele por que meu computador anterior, um Asus S46, quebrou. Fiquei decepcionado com a qualidade de acabamento. Comprei um Xiaomi Air Mi de 12″ para a minha esposa, muito melhor acabamento. Me arrependi de ter comprado esse Dell.

  • E. Bicalho

    Uai, estava pesquisando esses dias por essa linha e agora o Meiobit lança um review do mesmo. Cumbucagate isso ae. Haha

    A proposito, está rolando o i5, com 8GB de RAM e Win10 (Prata) por 2.6k no Sou Barato.

    http://www.soubarato.com.br/produto/131501024/notebook-dell-inspiron-i14-7460-a10s-intel-core-i5-8gb-memoria-dedicada-de-4gb-1tb-tela-full-hd-14-windows-10-prata

  • Kimzark

    Gostaria de saber se é tão difícil assim trazer para terras tupiniquins os notebooks da linha 5000 apenas com SSD. O HD hoje é o grande gargalo nos notebooks, é lento, pesado e com alto consumo de energia. Com opções de armazenamento de arquivos na nuvem e HDs externos acredito que para inúmeros usuários um SSD de 256GB ou de 500GB atende bem as demandas.

    Esses modelos estão presentes no mercado americano (desconheço se em outros) mas não estão disponíveis no Brasil (não existe nem a opção de escolha de um SSD na hora da compra). Será que o custo de um SSD torna proibitivo o lançamento destes produtos aqui?

    • SiouxBR

      O pior é que você consegue comprar SSD por preços aceitáveis por aqui. Acho que o objetivo da Dell é desencalhar o que não vende mais no USA aqui no Brasil…

  • Diego

    Peguei a mesma configuração de hardware, mas com Ubuntu de fábrica. Usei pouco ainda, pois chegou sexta passada e o tempo esta bem curto ultimamente, mas confesso que estou bem empolgado com a máquina, tende a me atender por alguns anos.

  • Realmente o preço está alto. Na Black Friday comprei o modelo testado por 3.700,00

  • Jair Chiapetti

    Comprei o i7, de 15″ com 16gb e SSD 128gb na semana do Black Friday por 3949,00 (com Ubuntu). Achei uma máquina excelente, muito rápida para o uso e leve (no peso). Para uso com softwares mais pesados, que exigem processador e memória, que é o meu caso, é uma excelente opção.

    Os pontos negativos que achei: a disposição de algumas teclas do teclado é muito ruim. Como tenho um Core 2 Duo Inspiron 1545, também da Dell, e o teclado dele é excelente, a comparação com foi inevitável. Neste novo modelo, o teclado está mais estreito, pois as teclas Home, End, PgUp e PgDn foram acopladas às teclas de movimentação, sendo necessário usar a tecla Fn para ativar suas funções. Isto ficou péssimo no uso, pois é muito comum darmos Ctrl-Home, Ctrl-End, etc, e para isso, temos que combinar com a tecla Fn. E, com este estreitamento, a tecla Enter também ficou mais estreia, tornando-se um pouco mais chato dar um Enter de modo rápido, sem errar de tecla.
    Outro ponto negativo, mas que, felizmente, não uso para nada, é a câmera no rodapé da tela. Embora eu não a use, caso a usasse, esse novo local é um tanto ruim para se transmitir vídeos, por ex.

    No mais, foi a melhor opção que encontrei, dentre algumas outras similares, de outros fabricantes, que pesquisei, muito embora, tivessem o preço um pouco menos salgado.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis