Broadcom oferece US$ 130 bilhões para comprar a Qualcomm

broadcom-qualcomm

Enquanto a Disney tenta comprar a 21st Century Fox a Broadcom, companhia de semicondutores está prestes a chutar o balde até Júpiter: a empresa anunciou ontem (06/11) que fez uma oferta de aquisição à Qualcomm, uma das principais fabricantes de componentes para dispositivos móveis de US$ 103 bilhões, mais o compromisso de assumir sua dívida líquida que levaria a um negócio total de US$ 130 bilhões, de longe a maior negociação do mercado de tecnologia da história.

A Qualcomm não anda em uma situação muito saudável nos últimos tempos, ainda que ela esteja no meio de um processo de aquisição da NXP, outra empresa de semicondutores. O processo original da Apple contra a empresa, por conta de práticas desleais se desdobrou em um imbróglio gigantesco com a adição das parceiras da maçã Foxconn, Wistron, Compal e Pegatron todas processando-a junto com a maçã, sem falar em rolos semelhantes com a Samsung. Como resultado a Qualcomm viu seu lucro despencar violentamente, principalmente após a Apple (que é sua principal cliente) cortar o pagamento de royalties; tal ação foi um dos principais motivos para a que a Qualcomm fechasse o terceiro trimestre com uma queda de quase 90% nos lucros.

A Broadcom, que atua em diversos segmentos de tecnologia e coincidentemente é uma das principais fornecedoras de componentes da Apple, pode ter feito um julgamento de valor que a aquisição da Qualcomm pode ajudar a resolver o rolo entre as partes, bem como obviamente garantir os direitos sobre sua tecnologia de SoC e também a posse de suas inúmeras patentes, que a companhia utiliza para garantir seus contratos (alguns leoninos) com diversos fabricantes de dispositivos móveis. Ainda que hajam vários fabricantes como TSMC, Kirin, MediaTek e outros, a Qualcomm também detém contratos principalmente no fornecimento de chips de modem para celulares, o que faz com que ela seja quase que onipresente nos bolsos e bolsas dos consumidores.

Caso o processo de aquisição seja concluído o negócio será o maior do setor tecnológico, mas a tendência é que a Qualcomm a princípio não aceite a proposta por considerar o valor (wait foi it…) aquém do valor da companhia. Embora a Qualcomm possua um valor de mercado hoje de US$ 91 bilhões, ela não deverá aceitar tão facilmente e caso entenda que uma aquisição seja o melhor que lhe pode acontecer, fará com que a Broadcom seja estimulada a pagar por um valor maior. Aguardemos os próximos episódios.

Fonte: Financial Times (paywall).

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Marcogro®

    0,001% disso resolveria minha vida, do meu filho, do filho do meu…

    • Ivan

      Acho que não hein..

      • Marcogro®

        Cara posso até ter me enganado… Mas acho que dá 10 MI US$

        • Ivan

          se não errei nas contas da 1,3 milhões de dolares é uma boa grana sim, mas não resolve todos meus problemas por decadas.

          • Marcogro®

            Que isso … Meus problemas são bem menores então.
            Cara, fui ver na calculadora e tens razão… É 1MI US$. O filho do meu filho dançou.

          • Lui Spin

            Fica Então com 0,01% que resolve.

          • Marcogro®

            ‘Diboa’? Ficar, eu fico até 1% dos 0,001%… E ia rir muito.

          • Israel

            Pessoal tá ruim de conta dá 130.000.000,00 – cento e trinta milhões

          • Marcogro®

            10.3 BI =10%
            1.3 Bi =1%
            130 MI =0,1%
            13 MI =0,01%
            1.3 MI =0,001%

          • Lui Spin

            kkkk 13 mil?

            Eu queria pelo menos 130 mil dólares. Dava pra resolver minha vida hein. O resto eu conseguia trabalhando.

          • Marcogro®

            Trabalhando todo mundo consegue… Uns mais outros menos.
            Mas e “ficar com”? … “Entendeu”? Até 1.3mil, 130… kkk
            Se me deixar ficar com 10,00 aceito, porque não?

          • Felipe Silva

            1,3 milhões de dólares minimamente bem investidos resolve a vida por muitas décadas.

          • Daniel

            Penso da mesma forma

          • Torquato Pit Bull

            E eu querendo 50k pra abrir uma empresa.

          • João Ribeiro

            tamo junto, preciso da metade e ta tenso.

          • Bruno do Acre – (Etevaldo)

            Se bem aplicado…sim

          • Israel

            Realmente errei. Não trabalhei com o percentual, mas com o valor puro como se o mesmo já tivesse sido passado a escala decimal. Sendo assim, dei bom dia ao cavalo. Obrigado pela correção

          • Bruno do Acre – (Etevaldo)

            Queria te pedir um favor….Deixe a Palestina de boa blz?

          • Israel

            Nunca!

    • como consegue comentar aqui? o povo tem menos empatia aqui que no Gizmorto

      (ps: libera o perfil para eu te seguir, quero ver até que camada da deep web vc está indo)

      • Monkey

        Por isso que não saio de lá.

        • Julio Verner

          Ainda bem!

          • Monkey

            Mas vez ou outra passo aqui para ver se tá tudo em ordem

  • Aqui nós temos a CEITEC!

    • Ivan

      Uma estatal, só deve dar lucro e desenvolver bons produtos.

      • Machado Alencar

        O propósito do CEITEC não é dar lucro.
        Os dois propósitos principais do CEITEC são: 1) formar pessoal qualificado; 2) criar uma rede de empresas que consiga fornecer a matéria prima necessária para a produção de chips.

        Ambos os items são necessários para atrair qualquer outra empresa de produção de chips de alta tecnologia para o país. Sem pessoal qualificado ninguém vem e não adianta ter só o pessoal qualificado se não existe uma rede de empresas que fornece a matéria prima para produção de chips.

        • Ivan

          E que estatal da lucro ? HAUehaue

          • Felipe Silva

            Aqui no Rio Grande do Sul o Banrisul e a Sulgas tem dado um bom lucro, e usam o próprio lucro para investimentos de expansão, sem depender do caixa do governo, que a proposito está mal e quer vender as duas.

          • Ivan

            Algumas dão, mas são poucas.

        • Ivan

          Ela é uma empresa como empresa tem que dar lucro, se for pra formar pessoal qualificado seria uma universidade.

          Como diz no proprio site deles


          A CEITEC S.A. é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) que atua no segmento de semicondutores desenvolvendo soluções para identificação automática (RFID e smartcards) e para aplicações específicas (ASICs). A empresa projeta, fabrica e comercializa circuitos integrados para aplicações como identificação de animais, medicamentos, hemoderivados, pessoas e veículos, além de autenticação, gestão de inventário, controle de ativos, entre outras. Localizada em Porto Alegre, a CEITEC S.A. desempenha o papel estratégico no desenvolvimento da indústria de microeletrônica do Brasil.”

          http://www.ceitec-sa.com/empresa/SitePages/apresentacao.aspx

          Essa falacia que não é pra dar lucro é a maior falacia.

          • Machado Alencar

            Você está me dizendo que um aluno que acabou de sair da universidade é qualificado o suficiente pra trabalhar no desenvolvimento de chips? Não, não é. E digo isso porquê trabalhei lá por 8 meses.
            E como eu falei e diz no site: “desempenha o papel estratégico no desenvolvimento da indústria de microeletrônica do Brasil.”

            Alguém tem que arcar com o custo de criar uma indústria de microeletrônica no Brasil. E quem vai arcar isso? Você acha que uma empresa multi-nacional vai chegar aqui, investir milhões em uma planta industrial sendo que não temos nem fornecedores de matéria prima básica para produção de chips? E ainda por cima tendo que contratar engenheiro que acabou de terminar a graduação? Isso não existe.

            Certa vez estive em uma palestra da Xilinx e nos bastidores fizeram uma pergunta mais ou menos assim para um dos chefões: “Quando que vocês vão trazer uma planta para cá?” e a resposta foi: “Quando vocês vão conseguir me dar 1k engenheiros altamente qualificados por ano?”

          • Ivan

            Pode não ser mas aprende onde vai trabalhar como qualquer um que sai da faculdade.

            Estrategico por quê?

            Não amigo quem tem que arcar com os custos são as empresas que vão investir nisso, a população não tem que arcar com isso não.

            Sim vai investir sim, abre uma industria de materia prima e uma de produção de chips.

            Quem forma são universidades e não industrias estatais.

            O governo tem que dar incentivo, fazer o Brasil ser atrativo para empresas e não criar empresas que dão prejuiizo pra população.

  • Quanto disso será pago em ações e quanto em barras de ouro (que valem mais que dinheiro)?

    • Ivan

      vai ser pago em bitcoin

    • Marcogro®

      Ainda não sabemos.

    • Julio Verner

      Ouro não vale nada. 😛
      Código binário vale muito mais 😉

  • DiMais

    se isso não acontecer a Apple está disposta a utilizar modens da MEDIATEK (já usa Intel em alguns produtos) e pelo que consta a Qualcomm não foi convidada para participar da última rodada de testes de iProtótipos.

    • Filipe Pereira Andrade

      Resumindo Preju no setor

      • DiMais

        na verdade só para as duas companhias, a Apple que vai se ver obrigada a utilizar componentes de menor qualidade (volto a frisar: MEDIATEK) nos seus produtos e a Qualcomm reduzindo seus lucros com seu principal cliente.

        para o setor pode abrir condições mais favoráveis de negociação com a Qualcomm já que numa possível perda judicial contra a Apple dificilmente ela fecharia as portas mas se veria em posição financeira menos confortável para impor suas condições de cobrança de royalties.

        mas sabemos que a Apple bate o pé, mas também não larga o osso.. entra ano e sai ano e ela continua comprando componentes da Samsung.

        • Filipe Pereira Andrade

          Também acho difícil chegar a fechar as portas, maaas,
          Acionistas já estão dando o pé!

          • DiMais

            a empresa perde valor de mercado e fica com duas opções: ser mais generosa nas negociações para pagamento de royalties ou então acaba sendo vendida por um valor inferior ao ofertado pela Broadcom (no mundo da tecnologia isso não ocorrerá pela primeira vez, menos ainda no setor de processadores – vide ARM).

  • Julio Verner

    Esses números são uma piada. “Livre Mercado” tem dessas…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis