Blizzard fala sobre resgatar séries Blackthorne e The Lost Vikings

blackthorne

Quando falamos na Blizzard, a maioria das pessoas logo lembra das séries StarCraft ou Warcraft e talvez seja até uma surpresa para um público mais novo saber que existia vida na desenvolvedora antes destas franquias. Pois além de existir, ela era boa e deixou saudades.

Com o estúdio tendo mostrado recentemente que está disposto a manter vivos alguns dos seus jogos mais antigos, o designer chefe Matt Morris foi questionado durante a Blizzcon 2017 sobre se eles pretendem cavar ainda mais fundo no portfólio da empresa e sua resposta foi um tanto animadora. Confira:

Eu falo bastante sobre o Balckthorne. Parte do que o Classic Games está fazendo é pegar alguns desses jogos que estão um pouco danificados e trazê-los de volta, mas existem até jogos do passado como o Lost Vikings e Rock n’ Roll Racing. Existem alguns excelentes jogos que seria ótimo reintroduzí-los de alguma maneira no mercado. Não sei se temos resposta para isso, mas conversamos bastante sobre o assunto.

Como aparentemente não existe nenhum projeto relacionado a estes jogos sendo desenvolvido, provavelmente ainda demorará um pouco até um dia vermos a volta de um Blackthorne, um The Lost Vikings ou um Rock n’ Roll Racing. Eu só fico pensando se a ideia de voltar a explorar tais séries seria com a criação de novos capítulos, porque os três jogos citados por Morris já foram disponibilizados pela empresa.

Bom, o grande problema aqui é que mesmo ressuscitar esses títulos através de remasterizações poderá ser uma tarefa bastante complicada. De acordo com o sujeito, relançar o StarCraft fez com que eles tivessem que submeter o clássico a engenharia reversa para poderem recuperar alguns arquivos e mesmo “decifrar” o código fonte foi um trabalho árduo, já que muitos profissionais que trabalharam na criação do original hoje ocupam cargos diferentes na companhia.

Já em relação a possibilidade de o Diablo II e o Warcraft III receberem o mesmo tratamento que foi dado ao StarCraft Remastered, o produtor sênior Peter Stilwell disse que isso só acontecerá depois que ambos os jogos passarem a ser considerados perfeitos. Para ele, tanto um quanto o outro ainda precisam de melhorias e no caso do RPG, por exemplo, o placar online de pontuação está repleto de hackers, o que faz com que uma remasterização perca o sentido.

Tudo isso reforça a ideia de que poucas desenvolvedoras podem ser comparadas à Blizzard quando se trata do cuidado com suas criação, afinal estamos falando de um estúdio preocupado com jogos que foram lançados há mais de 15 anos.

Fonte: PCGamer e PCGamesN.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Ivan

    The Lost Vikings é bem legal, joguei bastante no snes, espero que saia algo no molde que era no snes mesmo, 2d…

  • Paquiderme

    The Lost Vikings está no meu Top 10. Único outro jogo da Blizzard nessa lista seria o Diablo 1.
    Jogo simples e bem bolado, usava bem a mecânica para a época.

    • renan Brait

      Custava lançar diablo 1 pra android/ios?
      o mais parecido que eu achei foi o titan quest, que é bem bacana.. e bem longo… mais o D1 é sensacional d+

    • Alice Woodstock

      Adoro The Lost Vikings, tanto o 1 quanto o 2. Achei estranho a Blizzard disponibilizar apenas o 1 e ninguém se lembrar da segunda versão do jogo. Trine é um que tem a mesma ideia mas por algum motivo não tem o mesmo feeling, é um jogo bom mas não achei tão divertido quanto The Lost Vikings.

  • Blackthorne e Flashback foram jogos que, pra mim, começaram a “detalhar” a jogatina…. tinham tantos detalhes e animações mais legais (à lá Prince of Persia).

    E Lost Vikings nunca joguei…. apesar de tropeçar no cartucho em toda locadora….

    • Germano

      Curti muito Flashback que joguei no Mega Drive. Tenho a versao de 32X do Blackthorne, esperando a vez dele de ser jogado.

    • Out of This World (Another World) é o pai do Flashback, o negócio começou mesmo foi nele. Ambos no Commodore Amiga, era de cair o queixo.

      O The Lost Vikings, certamente, no Commodore Amiga, era uma obra de arte ! Animações e a trilha sonora, tudo era muito bem feito.

      • OoTW é o maior expoente nesse quesito… a animação do início é animal demais até pra hoje…

        • Maom

          Sim OoTW é ótimo, um puta jogo. Mas Flashback foi ainda melhor, mais polido, mais complexo e claro, mais novo. Rejoguei alguns anos atrás o OoTW no ipad e consegui numa boa mesmo numa tela touch. Já no Flashback acho que a jogabilidade é intensa demais para uma tela touch. Não sei se vou conseguir. Por isso estou animado com o remaster que vai sair pros consoles.

          • Emulador de 32x funciona bem?

            …meu cachorro perguntou…

          • Maom

            Não sei, não joguei em emulador. Comprei o jogo mesmo na appstore num pacote que vinha ainda Little Big Adventure, Double Dragon e outros. Paguei na época uns 10 dólares e só de ver meu filho jogando e adorando o OoTW eu pagava 3x mais. Os outros ele não curtiu. LBA tb achei ruim pra tela touch.

          • Maom

            Como é mesmo a tag pra colocar link?? Tentei 2x e ficou no limbo de aprovação do meio bit… >:(
            Obrigado e feliz dia de são valentim.
            Enquanto isso, remova os espaços:
            https: //itunes . apple . com/us/app-bundle/dotemu-classics-hits/id917612815?mt=8

          • E por quê cazzos eu acessaria a loja da Apple? Nem se eu tivesse algo deles, não faz boleto…

            *pobre feelings*

          • Maom

            Pq em matéria de tablet o deles é o melhor, e jogos grandes assim, meus dedões cobrem metade da tela em celulares. Então comprei pro meu velho ipad 1 velho de guerra q sim aguentou o tranco desses jogos, mas o LBA joguei no ipad mini 2 dos meus filhos pq no meu ipad 1 eram 2 seconds per frame.
            https://play.google.com/store/apps/developer?id=DotEmu&hl=en
            obrigado, gentil senhor, pela tag.
            ” E por quê cazzos eu acessaria a loja da Apple? Nem se eu tivesse algo deles, não faz boleto…”
            pra tirar selfies igual o pessoal faz no salão do automóvel nos estandes da Ferrari, Porsche, etc…

          • …agora, seu cartão de crédito Sir…

          • Maom
          • Não passou. Você pagou os boletos direitinho?

          • Maom

            Vou ligar por meu gerente e ver oq ta acontecendo. Tá no débito.

          • Meu papagaio mandou seu cachorro procurar por aqui http://www.gens.me/ http://segaretro.org/Kega_Fusion
            E se quiser emular de tudo procure aqui:
            http://www.retroarch.com/

          • Hamster agradece…

          • Que vai sair? Se você está falando do remake, ele foi lançado em 2013!

          • Maom

            Não sabia.

      • cloverfield

        A versão de Another World pra Snes é ótima.
        Fiquei um fim de semana inteiro jogando ele quando saiu.

        • Gesonel o Mestre dos Disfarces

          Um jogo tão difícil, que depois que a gente dominava, conseguíamos terminar em uma meia hora. bom demais. saudades do “Macrúba”!

    • OverlordBR

      E Lost Vikings nunca joguei…. apesar de tropeçar no cartucho em toda locadora….

      Tem para PC… mas é DOS. 🙂

  • Maom

    Só dar um tapa nos gráficos, nada muito absurdo, e pode disponibilizar pro switch que pelo menos meus dólares eles já terão garantido.

  • mr_rune

    Um novo jogo, sem remake. Rock n Roll Racing de preferência.

    • EmuManíaco

      nunca vai acontecer.

      • Existem vários remakes de Roll ‘n Roll Racing pra PC.

        • EmuManíaco

          nao oficiais e o unico que fez um quase sucesso foi banido da steam.

          • Ser oficial ou não é um detalhe.

          • EmuManíaco

            pra ser vendido em plataformas tem que ser oficial.

          • Só se usar o mesmo nome e conteúdo. Como falei existem vários sucessores do game pra PC, e eles estão sendo vendidos no steam. A não ser que você queira jogar com exatamente os mesmos personagens e carros.

          • EmuManíaco

            questao nao é de carros ou personagens e sim que hoje fazer um jogo com repertorio musical de bandas fica fora das lojas com pouco tempo.

    • Maom

      Não consigo visualizar alguem fazer um RnRR hoje em dia sem entupir de micro transações. Nunca ficaremos satisfeitos.

      • ricms

        principalmente para desbloquear as músicas. O que fizeram com elas no SNES me surpreende até hoje.

      • Russo

        O Olaf já chegaria custando US$39,90.

  • SomeReader

    Olha… Rock n’ Roll racing… seria bom.

    Tem aquele Motor Rock né, mas….. ……

  • Lembro que perdi um tempo jogando Lost Vikings no Game Boy Advance, mas meu flashcard resolveu dar problema na bateria.

  • Theuer

    Caceta, um dos poucos jogos que joguei na vida (fora meus eternos simuladores) foi The Lost Vikings ainda no 386.
    Era uma briga por espaço já que ele tinha o mesmo tamanho do Windows na WINCHESTER.
    Bom, neste quesito nada mudou até hoje. 🙂

    • Kvra

      pior era conseguir memoria para o jogo,era um tal de alterar os parâmetros DOS,UMB trocar o sistema pelo DrDos, o tempo bom …

  • mestre dos Magos

    Velho, eu tambéme adoro os jogos vintage. Até hoje eu jogo games da década de 80 e 90. Recentemente zerei o jogo metal gear nes 8bits. … Foi animal.. AGORA tou phantasy star 1 de mega driver.

  • mestre dos Magos

    Ótimo jogos. Época boa, onde se comprava fita pirata barato. Época das casas de jogos, de jogar até zerar… de emprestar, vender e doar fitas

  • OverlordBR

    The Lost Vikings é o jogo ideal para ter uma versão mobile… que o diga o Strange Things: the game que virou um sucesso.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis