Grupo SoftBank pretende investir US$ 880 bilhões em empresas de tecnologia

masayoshi-son

Masayoshi Son, presidente e CEO do Grupo Softbank

O SoftBank é um dos maiores grupos de investimentos do mundo e seu presidente e CEO Masayoshi Son não tem medo de gastar, desde que isso se reverta em obviamente mais dinheiro. Em 2016 o grupo adquiriu a ARM por US$ 32 bilhões e neste ano comprou a Boston Dynamics do Google por um valor não revelado; mais recentemente ele abriu um fundo chamado Vision Fund, onde injetou ¥ 10 trilhões (cerca de US$ 88 bilhões) voltado a empresas de tecnologia. Só que segundo o executivo isso nem de longe é o bastante.

Em entrevista, o CEO do SoftBank revelou que o grupo irá “expandir a escala (de dinheiro) rapidamente” e que nos próximos dez anos investirão um montante dez vezes maior: ¥ 100 trilhões ou US$ 880 bilhões. E não, isto não é um typo.

Son diz que as fases dois, três e quatro da rodada de investimentos serão estabelecidas a cada dois ou três anos e ajustes estão sendo feitos para que o grupo de investimentos seja plenamente capaz de injetar toda essa grana no tempo hábil. Apesar de absurdo essa agilidade e valores altos é justificada, pois especula-se que cerca de um terço da fase um do Vision Fund (cerca de US$ 29,33 bilhões) já foi consumido.

O foco do Grupo SoftBank é injetar essa grana em novas empresas de tecnologia e Internet das Coisas, provavelmente para alinhá-las a sus recentes aquisições. No entanto Masayoshi Son não se tornou o homem mais rico do Japão por acaso, investir em startups com ideias promissoras que não passam de vapor não desperta seu interesse. A nova rodada de investimentos será voltada para companhias com produtos reais e operações já em funcionamento, o que significa que uma vez tendo acesso ao fundo poderão dar retorno quase que imediatamente. O executivo não deseja aportar ideias de longo prazo e sim fazer com que esses US$ 880 bilhões se multipliquem rapidamente e de forma segura.

O dinheiro obviamente não virá do bolso de Masayoshi Son, ao menos não todo: o Vision Fund contou com parceiros de grande porte, desde companhias como a Apple como o governo da Arábia Saudita, e não deverá ser diferente desta vez. O executivo não revela quem está envolvido nessa nova rodada, mas é provável que ele tenha algumas cartas na manga para convencer seus novos parceiros da mesma forma que dobrou Tim Cook e a família real saudita, afinal de dinheiro todos gostam e as condições que ele ofereceu devem ser definitivamente tentadoras. É esperar para ver.

Fonte: Nikkei Asian Review.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Vin Diesel

    Olha, não é porque eu vi Mr Robot que eu vou falar isso, mas o que tem de bi ou trilhornário que se a renda fosse distribuida, para desenvolver uma tecnologia para tudo que o ser humano precisa fazer ser feito por maquinas a gente viveria no período socializativo. Cada um ia somente fazer o que quer dessa vida. Não teria dinheiro mais no mundo.

    • EmuManíaco

      que utopia.

    • Felipe Lino

      Inocente.

    • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      KKKKjjj

    • Não acredito nisso sem diminuir a população ao menos a um terço, pra todo mundo viver bem a gente precisaria de 3 terras, ou precisaríamos ser todos mais humildes. Ou precisamos começar nossa federação galáctica.

      • Claudio Roberto Cussuol

        Ou seja: Se for pra nivelar, só seria possível nivelar por baixo.
        Todos iguais = todos igualmente pobres.

        • Socialismo!

        • Não digo pobres, mas não daria pra se preocupar em ostentar. Daria pra ter transporte publico automatizado pra todos os destinos, mas seria complicado todo mundo com um carro. Poderia acabar com a fome, mas não daria pras pessoas fazerem banquetes. Não daria pra ter ricos, mas daria pra todo mundo ser classe media. Mas a gente teria que economizar recursos que hoje são extramente esbanjados, como água por exemplo. Fora que precisaríamos que todo mundo soubesse fazer planejamento familiar.

          • Daniel

            Tudo isso ai só seria possível se o inicio fosse pelo planejamento familiar

      • Vin Diesel

        para resolver isso ai, basta o korea paertar o botão, mas sabe o que é pior? o maior pais com a maior quantidade de gente a sobreviver seria o nosso, para o nosso azar… imagina um mundo dominado por nos os brasileiros? que bosta cara…

      • Lui Spin

        Já li uma reportagem que se vivêssemos todos como os indianos, o mundo suportaria 15 bi de pessoas.

        Já se vivêssemos todos como os Americanos, suportaria acho que uns 3 bi, não lembro direito.

    • Poxa cara…. isso que é decepção com a vida…

      Sabe muito bem que o se humano é egoísta demais pra quaisquer comportamentos “socialistas”…. o capitalismo é a maneira mais “humana” de comportamento…
      Num “socialismo” à lá Wall-E, a tecnologia nem avançaria muito… não haveria o “estímulo consumista” que é necessário (civil e militar)…

      • Nem sempre o estimulo para o progresso foi o dinheiro, os Gregos antigos tinham como objetivo deixar seu nome marcado na historia, embora boa parte deles queria via glorias militares, também tivemos os filósofos, matemáticos, arquitetos, artistas. O ser humano pode deixar de ser tão egoísta, desde que tenha uma educação adequada e tenha suas necessidades básicas para atingir seu potencial atendidos.

        • Acho que não tem um botão de reset pra cultura atualmente…. não estou pensando na utopia que seria, mas numa aplicação no atual contexto atual…. que é: “Quanto mais mexe, mais fede…”

        • Ivan

          Eles faziam isso pq tinha dinheiro pra gastar com filosofos….

          • Tinham escravos pra trabalhar pra eles, enquanto filosofavam, em um futuro poderemos ter maquinas para fazer o trabalho braçal e seres humanos vão ficar com inovação , ciência e exploração e artes.

        • Jorge Dondeo

          Alguns! Eu quero mesmo é mais grana!

      • Vin Diesel

        é muito mais que isso… vc ta descrevendo 2027… eu to falando de 2077

    • Tiago Chiaveri

      Concordo em partes com o “Vin Diesel”, mas de qualquer forma estamos caminhando para este cenário e teremos uma leva gigantesca de humanos sem emprego, pois as máquinas estão fazendo todo o processo. É preciso repensar a sociedade, levando em consideração os vícios humanos, como egoísmo e hierarquia.

      • Vin Diesel

        muita coisa some ao longo de novas geracoes. roubo, idiomas simplificado por nao ter utilizacao da lingua, comportamentos… eu tenho uma historia completa na cabeça, foda que eu nao sei escrever, mas um dia vou gravar para um cara bom transformar em livro. As ideias que eu tenho de um futuro distante são passiveis de acontecer… Não é papo de louco nem de maconheiro não.

        • Tiago Chiaveri

          E a engenharia genética, vc está levando em consideração. no futuro o mais burro dos humanos será mais inteligente que Newton. Noś humanos ainda somos computadores fantásticos

          • Vin Diesel

            tudo feito ou controlado pelos robôs. e nao serao esses robôs humanoides nao.. . a nano tecnologia vai fazer a coisa acontecer sem q as pessoas percebam, muitas delas durante o sono. como prevençao de doença… o mais legal que vc vai para o outro lado do mundo para curtir la um visual uma escalada e as unicas coisas do passado serao a cultura e a gastronomia. vc vai comer uma comida feita pela maquina, muito melhor que a feita por uma pessoa comum hoje, com a caracteristica local.

          • Pedro Saisse

            Leia: O fim da Infância, Arthur C Clarke.

          • Ivan

            Inteligente acho que não, qualquer um que ve jornal pode ter mais conhecimento geral que Newton, mas quero ver alguem entender Calculo…

    • Para filosofar com o Vin Diesel só mesmo citando… Conan!
      Você já leu À Mercê dos Hiperbóreos? Se não leu, fica a dica: procure essa Graphic Novel em alguma loja de quadrinhos especializada da tua cidade porque vale a pena.
      Minha visão sobre o futuro da humanidade é a mesma do Robert E. Howard (criador de Conan, que, alias, se suicidou aos 33 anos).
      Os hiperbóreos são uma raça que evoluiu do jeito que tu pensou. Eles não tinham mais nenhum problema em conseguir alimento, viviam no luxo e no conforto, com uma medicina tão avançada que se tornaram imortais. E o resultado de todo esse avanço: decadência. Nunca menospreze a capacidade do ser humano de se auto-sabotar.

      • Dou uma e se for bom dou mais

        E nunca menospreze a capacidade do ser humano de viver numa utopia e querer foder ela toda apenas porque motivos…

      • Ramon Miranda

        Ta, blz mas não é vc, nem sua família que está se fudendo ou passando fome aqui ou em outro lugar do mundo neste momento. Que a decadência venha então pela “igualizacao” e não pela desigualdade..

        • Creio que você está misturando alhos e bugalhos. Tanto faz haver ou não desigualdade no mundo, o fato é que o ser humano, de um modo geral, tem essa tendência a auto-destruição.
          Quanto à desigualdade, claro que ela sempre vai existir. Sempre vai ter alguém passando fome, comendo cachorro de rua, sem ter nem papel higiênico para se limpar em algum canto miserável do mundo onde, geralmente, algum Governo populista ferrou tudo “em nome da igualdade”.
          Mas há progresso, sim. Em 1820, 94% da população mundial vivia na pobreza. Por volta do ano 2000, eram 52%. A expectativa de vida aumentou tanto ao ponto de governos perdulários estarem em vias de assistirem seus Sistemas Previdenciários colapsarem.
          Talvez o progresso não venha na velocidade que você quer, mas estamos avançando mesmo assim. O problema com quem quer mudar “isso que aí está” já foi apontado até pelos Beatles lá em 1960-e-bolinha:

          You say you want a revolution
          Well, you know
          We all want to change the world
          You tell me that it’s evolution
          Well, you know
          We all want to change the world

          You say you got a real solution
          Well, you know
          We’d all love to see the plan…

    • Lui Spin

      Falta de produtos, hiperinflação.

      Imagina acabar com a fome na África? Legal não. Vamos todos enviar alimentos e dinheiro para lá. Mas imagine só, que com isso, o preço dos alimentos aqui iria aumentar muito, por causa da diminuição da oferta e manutenção da demanda.

      Enfim, esse dinheiro todo nem existe em papel.

      Enfim 2, não dá para explicar isso aqui, nem paciência para isso eu tenho.

      • Ivan

        Ele quer dizer que TUDO seria automatizado, desde cultivo até produção de remedio, roupa, carro, ou seja não teria mais uma unica pessoa trabalhando, realmente seria quase um socialismo.

    • Jorge Dondeo

      “Cada um ia somente fazer o que quer dessa vida.” E se o cara quisesse só fazer dinheiro?

      • Nesse cenário ainda utópico, não existiria dinheiro, você receberia seus proventos em consumíveis, na quantidade suficiente pra sua subsistência.

        • Dou uma e se for bom dou mais

          Não, negativo, nope, porra nem fudendo… E o churrascão no fim de semana? E a rodada de pizza com os amigos do carteado? E todas aquelas questões de socialização onde o ser humano não quer subsistência e sim chamar os amigos, comer, beber… ?

        • Jorge Dondeo

          Que merda.

    • Mirai Densetsu

      O problema é que essa galera só está interessada em socializar os prejuízos. O lucro que é bom e as riquezas geradas são privadas.

      • Vin Diesel

        mas vai chegar um dia, que não terá mais dinheiro. dormir, comer e viver. quem banca? a nano tecnologia banca a produção de comida e faz chegar ate voce. e vc vive onde quiser com quem quiser. assim como no mundo de hoje quem quer fazer algo para si ou para o outro, faz por livre e espontanea vontade. artistas em geral. o restante apenas vive. vc entra em um carro autonomo, vai ate o aeroporto, escolhe o local, chegando la, o carro autonomo leva ate um hotel, todos vivem provisoriamente em hoteis construidos pela nano tecnologia. lá vc come, laq voce dorme e fica enquanto tem vontade. as pessoas circulam pelo mundo.

  • Helmut

    “…mas é provável que ele tenha algumas castas na manga”

    Por favor, não corrija isso.

  • Lui Spin

    Melhor investir em companhias sólidas e operacionais, que já dão lucros.

    Não que nem aqueles otários que investiram na OGX, que nunca tinha extraído uma gota de petróleo, e depois reclamaram que a empresa passou a valer quase nada.

    Os caras acham que investir numa empresa que está começando pode ser vantajoso, que o lucro pode ser maior, mas nem sempre é assim.

    Li uma reportagem na época, que se uma pessoa investisse 50 mil no IPO da OGX, e 50 mil na já consolidada e com ações caras Ambev, teria lucrado legal. Lógico que depois de tudo é mais fácil falar.

    Mas ser conservador, ao invés de achar que vai dar o pulo do gato sempre é bom.

    • Ivan

      Compraram sonho vendido pelo PT….

      • Rafael Rodrigues

        O maior beiço que o Eike deu foi em cima de fundos gringos. A OGX por exemplo teve praticamente zero de grana nacional. Só o fundo Mubadala enterrou quase 10 Bi de dólares ali.

        Não sem quem é mais otário: se é quem comprou “teleXfree” na bolsa ou quem vive nesse conto de fadas que até o incêndio da Califórnia é culpa do PT.

        • Lui Spin

          Mas os 10bi que a JBS pegou, foi sim do PT.

          Empresa que pré-Lula faturava 4bi por ano, passou a faturar 170bi após ser escolhida a dedo para ser “Campeã Nacional”.

          Todas as compras de outras empresas, pela JBS, foram com empréstimo do BNDES, na época do governo Lula, e quando não tinham dinheiro para pagar as parcelar do empréstimo super subsidiado, com taxas de juros ridículas, ainda o banco virou sócio da empresa.

          • Rafael Rodrigues

            Aí eu concordo, pegou grana do BNDES, que liberou o dinheiro por motivos sabe-se lá quais.

            O curioso disso é que quase dobrou esse capital desde que a JBS entrou no mercado americano e a operação acabou sendo um sucesso. Coisa rara de acontecer…

          • Lui Spin

            Joesley Batista tratava diretamente com o Guido Mantega (Então Ministro da Fazenda do governo Lula), que fazia o Luciano Coutinho (Então presidente do BNDES do governo Lula) liberar em tempo recorde os empréstimos.

        • Ivan

          Não necessariamente teve que ser dinheiro nacional, vc acha que ele ter a chave do BNDES e ter apoio do governo não atraiu investimentos? Ser uma das empresas “campeã” que o PT queria fazer não ajudou a vender?

          • Rafael Rodrigues

            Cara, vai se informar melhor. O esquema do Eike vem de muito antes do PT. A parada começa lá atrás com o pai dele.

          • Ivan

            Da uma pesquisada sobre empresas campeãs que o PT tentou implantar…


            http://g1.globo.com/economia/ascensao-e-queda-de-eike-batista/platb/

          • Rafael Rodrigues

            Agora você está desviando. Promover é uma coisa, vender é outra.

            E outra: A “grana” dele era valor de bolsa.

          • Ivan

            Sim e vc acha que cresceu tanto pq? Se fosse só ele vendendo sem ajuda do PT ele iria arrecadar tanto? Iria consegue 10 bilhões de reais do bnds? Duvido…..

          • Rafael Rodrigues

            Cara, OGX NÃO PEGOU dinheiro com o BNDES, cara. OGX emitiu papel lá fora e uma galera embarcou.

          • Ivan

            Leu algum link que passei? Nunca falei que pegou pra ogx

          • Ivan

            Vc acha que essa valorização não tem nada a ver com o apoio que o PT deu às empresas do Eike?

          • Lui Spin

            Exatamente. O grupo X pegava dinheiro de bancos comerciais, como o Bradesco e o Itaú.

            Pelo menos nisso, o Eike foi mais honesto, ou menos corrupto.

          • Ivan

            Quando um dos sites mais de esquerda criticam o Eike e o PT é pq a coisa tá feia…

            https://www.google.com.br/amp/amp.brasil247.com/pt/247/economia/108351

    • AHSOliveira

      complementando: Investidor que se preze, monta uma estratégia com portfólio, x% em empresas de seguimentos tradicionais sólidas, y% em empresas de um setor tal, z% em empresas com maior risco, porém maior possibilidade ganho.
      Um dos problemas das X do Eike, foi que houve muita atração de gente que não entendia nada de investimento, só com a promessa se subir mais 3, 4 dígitos em pouco tempo. E gente fazendo estratégia “all in” como se fosse jogo de azar, exclusivamente…

      • Rafael Rodrigues

        Eike rodou o mundo e voltou com a mala cheia. Arrumou grana em inúmeros fundos lá fora.

        O cara era um monstro no PPT.

        • Lui Spin

          Faliu uma empresa no Canadá, pelo que eu sei. Virou presidente, faliu e veio pro Brasil.

          Os únicos que ganharam dinheiro com o PPT foram ele e o Bill Gates (o tio Bill vendendo o soft pelo menos. kk)

      • Lui Spin

        Exatamente meu amigo.

        Aí vc tocou no ponto certo. O “toque de midas” do Eike atraiu gente de fora, que nunca leu nada sobre o assunto.

        Já soube de gente que vendeu o único imóvel da família para investir no IPO da OGX, e hoje processa a empresa e o Eike. Oras, tanto podia ganhar muito como perder tudo. Perdeu tudo. Absorva o prejuízo e pare de reclamar.

        • Rafael Rodrigues

          Cara, vira e mexe aparece uma “merposa” na bolsa. Como já disse aqui antes, dinheiro e inteligência não andam de braços dados.
          Tem pobre que vende a bunda para comprar telexfree. E tem rico que compra MNDL3, TOYB4, LUPA3, OGXP3…

      • Mirai Densetsu

        O mais engraçado foi ver uma famosa consultoria de investimentos insistindo que as ações da OGX dobrariam ou triplicariam de valor em curto prazo.

        • ElGloriosoRangerRojo™

          Essa mesma consultoria hoje tá com a campanha de marketing totalmente focada na “Estratégia que via pagar suas contas todo mês”…

          Tenho muita pena dos incautos.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis