Apple é processada por roubar nome Animoji de app da App Store

animoji

Não é de hoje que a Apple apronta das suas quanto a uso de marcas alheias. Os próprios nomes “Iphone” e “IOS” (dessa forma mesmo, o único mérito da maçã foi a segunda letra maiúscula em vez da primeira, como no iPod) originalmente não lhes pertenciam, eram propriedade da Cisco e ela os afanou na cara dura, o que lhe rendeu um belo processinho que foi acertado por fora, com a Apple comprando as marcas por, acredita-se, um valor bem alto.

A prática normal da Apple quanto a nomes é de não ligar se um nome já foi registrado, ela se apropria indevidamente caso ele não seja original e deixa os processos legais correrem, e não é difícil que o departamento de marcas da empresa saiba quando um nome já tem dono. Mesmo assim, se ele for considerado minimamente atraente ele será surrupiado sem dó e os afetados que se virem com a justiça. É o que aconteceu agora com a monster Inc., uma pequena desenvolvedora dona da marca… Animoji.

Para quem não lembra, durante a apresentação do iPhone X a Apple revelou um novo recurso que utiliza o sistema de reconhecimento facial do smartphone para criar emojis animados, com sua voz e expressões. Embora seja uma perfumaria simples, o Animoji é um recurso que por si só será utilizado como diferencial para justificar os mil dólares que o dispositivo compra, só que o nome em si (bem óbvio, por sinal) já tinha dono e mais, trata-se um app disponível na própria lojinha da maçã para iPhone e iPad.

Na página do app nota-se que o Animoji original, cuja função é “animar mensagens de texto” existe a pelo menos três anos, visto que não é atualizado desde setembro de 2014:

animoji-app

Enrique Bonansea, o nome por trás da emonster Inc. afirma que a Apple sabia muito bem que o nome Animoji lhe pertencia não apenas por se tratar de um app, ainda que simples disponível no iOS mas porque segundo ele, empresas recentemente tentaram comprar a marca (ele juntou os pontos e concluiu que se tratavam de representantes da Apple) e ele os mandou pastar. Só que sem muita surpresa Cupertino utilizou o nome mesmo assim, esperando que o desenvolvedor invocasse o processinho (cuidado, PDF) como de fato o fez. O processo ainda menciona que a Apple, muito malandramente questionou a patente de marca de Bonansea, tentando invalidá-la de modo a tomar o nome na mão grande, o que não conseguiu fazer.

Obviamente que a pendenga entre a Apple e a emonster se resolverá fora dos tribunais, com a primeira despejando um caminhão de dinheiro em cima de Bonansea mesmo com ele dizendo que pretende forçar a maçã a abandonar a marca, afinal é um app que não é atualizado a três anos; ainda assim, não deixa de ser um papelão desnecessário.

Fonte: The Recorder (paywall) via Apple Insider.

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Básico, básico. Se nem o relógio do iPhone era design original, mas surrupiado na cara dura de um design REGISTRADO das estações de trem Europeias, não esperaria menos da Maçã 😀

    • Gesonel o Mestre dos Disfarces

      Depende da lei local. no Brasil, por exemplo, você apenas deve provar que criou algo. o registro é apenas uma formalização.

      • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

        Fala isso pro sujeito que (diz que) inventou a bina. Até onde sei ele até chegou a ganhar um processo da Vivo, se não me engano, mas receber que é bom, nada.

        • Gesonel o Mestre dos Disfarces

          Depende de cada caso. o foda de processar uma empresa grande é que ela sempre usa a estratégia de protelar o caso.

        • Renato Oliveira

          Ele faleceu essa semana. Nunca recebeu mesmo o valor da invenção dele.

          • Lui Spin

            “Morreu, aos 77 anos, o engenheiro eletrotécnico Nélio José Nicolai, inventor do Bina, sistema identificador de chamadas de telefones. O mineiro que adotou Brasília como sua casa foi sepultado nesta quinta-feira (12/11), no Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.”

            Que pena. Morreu mesmo e sem receber um centavo. Que mundo injusto.

  • João Ribeiro

    se esse cara tiver grana, torço para dar um chute da bunda da maçã e obrigar ela a usar outro nome, se n tiver, pega a grana e vai passar férias num lugar legal.

    • Roberto

      O cara vai ganhar alguns milhões e nunca mais vai precisar trabalhar na vida. Não tem porque não vender, a questão é saber o quanto é suficiente pra ele largar pra lá rs

      • Michael Loeps™

        Concordo plenamente, mas o ruim é que é esse pensamento que deixa a apple cagar e andar para direitos de propriedade.

        • Lui Spin

          Poderio financeiro.

          De dinheiro ou poder (sendo que dinheiro já é poder), que você vê a verdadeira face das pessoas.

      • João Ribeiro

        sim, mas se ele tiver grana já, seria legal ver uma empresa grande se ferrar e abaixar um pouco a bola.

        • Islan Oliveira

          Duvido muito que vá acontecer, o cara pode ser bem de vida, mas oferecendo a quantidade certa de milhões, duvido que não venda.

          • É o velho “todo mundo tem seu preço”.

          • Lui Spin

            É aquela história.

            Vc daria o seu reto por 100 dólares? Por 1 milhão de dólares? Por 10? 1 bi?

            E aí, vc não é gay, ou não chegaram ao valor necessário para isso?

            O mesmo vale para a prostituição feminina. Tem até aquela piada, e música sobre a mulher manter relações com um desconhecido por uma quantia voluptuosa em dinheiro.

          • Dinheiro nunca é demais… quanto mais, melhor.

        • Lui Spin

          Ele tem que ser MUITO bem de vida para recusar a proposta que eu imagino, deve ser na casa dos milhões. Mesmo que o cara tenha 1 bi em patrimônio, ele vai querer tirar uns 10 mi da Apple. Rico não recusa dinheiro assim não.

  • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Se ele não atualiza o APP há três anos, é sinal que ele está cag*** e andando para o APP. Pega os milhões de dólares e vai curtir a vida, investir entre outras coisas.

    • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

      Agora ele liga. Até receber a proposta milionária da Apple, pelo menos…

    • José Antonio

      E daí que não atualiza? A marca é dele?

      • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Eu estou me referindo ao fato dele não atualizar o app há 3 anos, não se a marca pertence a ele ou não (e óbvio que pertence ao próprio.)

      • Uriel Dos Santos Souza

        A maçã pode tudo e ainda passam a mão na cabeça dela.
        Triste neh

    • Lui Spin

      Ele está só fazendo charme para a Apple aumentar o valor. Não há dúvidas que ele vai aceitar os milhões e curtir a vida.

  • ochateador

    Apple não comprou a marca iOS porque a cisco ainda utiliza esse sistema operacional em seus roteadores.
    Malemá tem um licenciamento para usar o nome.

  • Alvaro Carneiro

    – “o Animoji é um recurso que por si só será utilizado como diferencial para justificar os mil dólares”

    não nao… Podem até usar isso para tentar justificar a diferença de preço entre o iphone 8 e iphone X, que não é de mil dólares.

    mas não dá para resumir as diferenças entre o iphone X e iphone 8 em apenas animoji.

    • Majin-boo

      Sério que levou isso a sério?

  • Vagner Da Silva

    grande novidade essa de roubar de apps, mas é primeira vez que vejo ela roubar nome, o padrão era o app ser limado da store e a função “misteriosamente” ser incluída no iOS

  • kenji

    Tem quem financie estas práticas. O problema é achar qualquer produto que não tenha algo assim na sua cadeia produtiva / criativa.

  • O (ex)Datilógrafo da AEB

    Apple rouba até os tweaks que lançam via cydia.

  • rbsouto

    Ele terá milhõe$ de motivo$ para vender a marca.

    • Lui Spin

      Até hoje não sei como isso se resolveu.

      A Apple pagou por fora para a Gradiente? Pois as provas que o nome, pelo menos no Brasil, pertenciam a essa marca eram robustas. Até um telefonezinho chechelento com esse nome a Gradiente lançou, como visto na sua imagem.

      • Chechelento o cazzo! Isso ai pra época era foda. Na verdade era um Nokia 7110, apelidado de Matrix por causa do filme.

  • Lui Spin

    Como muito bem explicado na matéria, a Apple usa seu poderio financeiro, além da fama, para fazer isso.

    Não é legal (nos dois sentidos da palavra, é chato, e ilegal juridicamente falando), mas são negócios.

  • Felipe Rafael

    Sorte do cara da monster.
    Eu ia ficar felizão da apple se interessar pelo nome dessa bosta de aplicativo que estava às moscas há anos.
    Se quiserem fazer um acordo pelo uso do meu nome no iPhone 18, ia ser sumpimpa.

  • Processa mais que tá pouco

  • SacoCheio

    Gradiente feelings…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis