EA anuncia fechamento da Visceral Games

dead-space

Fundada em 1998 como EA Redwood Shores, ao longo dos anos a Visceral Games foi criando alguns jogos interessantes, como o Future Cop: LAPD, The Lord of the Rings: The Return of the King, James Bond 007: Everything or Nothing e The Godfather, mas foi só em 2008 que o estúdio conseguiu conquistar uma legião de fãs e o responsável por isso foi um game chamado Dead Space.

Misturando de forma magistral ação, ficção científica e terror, ele nos colocava a bordo da nave de mineração USG Ishimura, onde passaríamos por maus bocados na pele do engenheiro Isaac Clarke. Com uma ambientação fantástica e conseguindo entregar um clima extremamente tenso, o jogo recebeu uma continuação muito boa e então veio o criticado terceiro capítulo.

Depois do Dead Space 3 a Visceral ainda trabalhou na criação do Army of Two: The Devil’s Cartel e do Battlefield Hardline, ambos não muito bem aceitos nem pelo público nem pela crítica e com o anúncio de que o estúdio teve suas atividades encerradas, podemos dizer que a terceira aventura de Isaac Clarke foi o início do fim para a desenvolvedora.

A triste notícia foi dada pela Electronic Arts em seu site, que além de afirmar que a indústria está mudando, através do seu vice-presidente, Patrick Söderlund, disse o seguinte:

O nosso estúdio Visceral estava desenvolvendo um título de ação-aventura ambientado no universo Star Wars. Em sua forma atual ele estava moldando um jogo de aventura linear, baseado na história. Ao longo do processo de desenvolvimento estivemos testando o conceito do game com jogadores, ouvindo o feedback sobre o que e como eles queriam jogar e acompanhando de perto as mudanças fundamentais do mercado. Tornou-se claro que para entregar uma experiência que os jogadores queiram voltar e aproveitar por um longo tempo, precisávamos mudar o design.

Dado o histórico da EA e a maneira como a indústria está se comportando ultimamente, com até jogos single-player recorrendo a microtransações, tudo leva a crer que o tal Star Wars que a Visceral Games estava desenvolvendo não conseguiria explorar essa tendência que tem sido tão criticada por parte do público, mas enchido os cofres das editoras.

De qualquer forma, a verdade é que os altos executivos da Electronic Arts optaram por fechar mais uma porta, fazendo com dezenas de funcionários devam ser demitidos e entre eles provavelmente estará Amy Hennig, game designer que em seu portfólio possui obras como Legacy of Kain: Soul Reaver, Jak and Daxter e Uncharted. De acordo com a empresa, eles ainda estão conversando com a profissional, mas não estranhemos caso chegue a notícia de que ela não faz mais parte do quadro de funcionários da EA.

Quanto ao Star Wars, agora ele ficará a cargo da EA Vancouver, com outros estúdios devendo ajudar na criação. Com isso o jogo não sairá durante o ano fiscal de 2019 e a empresa promete para breve uma nova janela de lançamento.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples