Resenha — Extinct

extinct

Extinct é uma série para qual muita gente mal-acostumada com Star Trek e Game of Thrones vai torcer o nariz, pois não tem dragões, efeitos especiais caríssimos e cenários exuberantes. Só que em nenhum lugar está escrito que é preciso gastar milhões e milhões para contar uma boa história.

A série começa com um cardume de nanomáquinas reconstituindo um corpo humano em um lago, partindo do zero, usando os elementos presentes no ambiente. O sujeito já aparece até com roupa (convenhamos, é trivial) e quase se afoga. Chega na margem, é recebido por um drone que parece ter custado dezenas de dólares e o horário de almoço de um estagiário da ILM, mas não nos liguemos nisso.

O sujeito tem lembranças de quem é, mas não como foi parar ali. Logo surge outro cara no lago, e uma mulher. O drone diz que os levará a um acampamento. Eles todos se lembra da Invasão Alienígena, mas cada um lembra de um tempo diferente, para um estavam no começo, para outros bem mais adiante.

Aos poucos vamos, nós e os personagens, descobrindo o que aconteceu. O drone guarda o DNA e os padrões cerebrais de várias pessoas, e as nanomáquinas podem reconstruí-las. Estão 400 anos no futuro, a Humanidade foi extinta e a função deles é repovoar a espécie.

byutv-extinct

Três manés no deserto, é o que deu pra fazer com a verba.

Antes de chegar no acampamento são atacados por um sujeito que não é mais humano, tem um parasita alienígena brilhante na nuca. Ele é subjugado, mas como nossos heróis são bonzinhos, deixam o cara vivo.

Chegando no tal acampamento descobrem que por causa do orçamento apertado os outros humanos estão mortos. e os drones não são a inteligência por trás de tudo.

A história, escrita por Orson Scott Card, que também é produtor da série consegue avançar a cada episódio, inclusive na parte da comunicação. Os drones se comunicam com os humanos, mas não conversam com os Aliens do Bem, são considerados apenas ferramentas então a comunicação entre eles é unidirecional.

vlcsnap-error282

Não, não tem grana pra consertar a sombra do sujeito na pós, tá achando que isso aqui é Game of Thrones?

Os humanos percebem que eles também são ferramentas, mas não têm escolha a não ser colaborar.

Está bem nebuloso ainda o objetivo dos Aliens do Bem, os Aliens do Mal já sabemos que infectam humanos, muitas vezes de forma consentida, humanos também criados com as nanomáquinas mas que fugiram do acampamento. Para piorar Abraham acha um bloco de anotações, abandonado por mais de 100 anos, todo manuscrito… com sua letra.

Extinct é humilde mas é limpinha, não tem pretensões que não consegue cumprir, e se sustenta no texto. São 10 episódios nesta primeira temporada, passando no canal que você também nunca ouviu falar BYUtv. Os oito primeiros já foram liberados e estão na locadora do Paulo Coelho, os dois finais serão exibidos em conjunto dia 19 de novembro.


Extinct 4th Official Trailer: Survival

Cotação: 3/5 Jaclyn Hales, pra ninguém dizer que não capricharam na verba pra adereço de cena.

contacaoextinct

Relacionados: , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Jalper

    Nem vi, nem verei…

  • Arnoud Arnoud Rodrigues

    Uma série de ficção que se sustenta no texto e não com efeitos? Tipo uma “anti-defying gravity”? Tô dentro!

    • Thiago

      Estou assistindo essa Defying Gravity… Achei que seria pior do que está sendo até o momento… Mas não posso dizer que seja uma série com efeitos especiais de primeira linha também… achei bem fraquinhos os CGI’s até agora.

      • Rodrigo Primon Savazzi

        Prepare-se para se decepcionar com uma série que não acaba, sem dar um fim a quase nenhum arco.
        O máximo que tem é um texto do criador na internet, dizendo como ele pretendia terminar a série, se ela não fosse cancelada no meio da primeira temporada.

        • Thiago

          Agora sabendo que ela foi cancelada não vou assistir mais… Não sabia! Valeu! Odeio série sem fim

      • Arnoud Arnoud Rodrigues

        Com muito esforço assisti dois eps. As situações e as falas são abaixo da escala. Foi a menor avaliação que já fiz no Netflix.

        • Rodrigo Primon Savazzi

          Eu fui meio masoquista e vi até o fim. O elenco e a premissa original me pegaram e eu sou meio que viciado em ficção científica, especialmente se trata a exploração espacial com um pouquinho mais de realismo.
          Se eu soubesse a bomba que era, a enrolação sem sentido e os buracos absurdos no roteiro nem teria começado.

      • Defying Gravity é uma desgraça.

  • Vagner Da Silva

    Orson Scott Card e repovoar a terra… não vai ser tão divertido quanto poderia ser.

    • Dou uma e se for bom dou mais

      Não poderia senão iria estar em outra seção da locadora…

  • Douglas

    tem certeza que tem na locadora? procurei em todas as prateleiras, inclusive em locadoras de outras marcas e não achei

    • Alvaro Carneiro

      também não achei, e olha que ainda busquei em uma loja do manicômio e nada.

    • Thiago

      Tem sim… achei o pack com os 8 episódios…
      Google: Extinct serie torrent 2017

      • Douglas

        Feito! motoboy tá trazendo da locadora. Obrigado pela dica, eu tava falando TV SHOW pelo telefone e o atendente não estava entendendo.

      • Arnoud Arnoud Rodrigues

        Usei exatamente estes termos. Vou ver no final de semana.

      • Henrique Jordão

        Tem legendas mano?

        • Por enquanto só achei pro primeiro episódio. E tá bem fraquinha, cheio de erros básicos de tradução/interpretação

    • Tejobr

      Se pedir uma pipoca não ganha o filme?

    • Só consegui achar os 8 que já saíram na “Baía Pirata”

  • Rodrigo

    ta ai seus mela cueca baiapirata/torrent/18682786/Extinct.2017.S01E01-E08.WEB.x264-FS

  • Zalla

    o inicio parece destiny

    • Também achei uma pegada GRANDE de Destiny, com aqueles drones parecendo o Ghost

  • Uma pequena falha no texto Cardoso: “Eles todos se lembram da Invasão Alienígena”.

  • Daniel Bardan

    Esse rifle da primeira foto, segurado pela Regina Cazé aí, lembra uma M8-Avenger da série Mass Effect, mas uma replica do Paraguai feita de prástico beeem vagaba, além de que nem pintaram a bichinha, isso mostra o orçamento da série.

  • Meninão Bobo

    Assista The 100 bem melhor! E tem teen gostosinhas

    • Thiago

      O que me afastou todas as vezes que pensei em assistir essa série é justamente a quantidade de teens na chamada… Odeio essas séries com romances juvenis e aquele amontoado de tosquisses da juventude americanas muito bem representados na série “13 reasons why” (minha esposa assistiu e acabei vendo trechos por tabela… ah o horror! o horror!).
      É interessante então?

      • Meninão Bobo

        é divertida! Tem uma historia legal e os efeitos especiais são bons! A e tem o Desmond Brodha do Lost atuando!!!

        Não queria um GoT mas é legal sim!

      • Tejobr

        13 desisti de assistir com a minha filha. Nem conseguia me concentrar na menina boba. Só queria espancar o tropeçador boçal. O carinha tropeçava dormindo.

    • Jhonathan Vieira

      O começo dessa serie é bom, mas tem uma virada que faz o enredo crescer absurdamente e fica muito melhor, vi 3 temporadas e até agora e não penso em parar se continuar assim.

    • Rijanio

      Tentei assitir essa, mas o clima malhação espacial não me agradou!

  • Meninão Bobo

    Nosso critico by #teamredeglobonooscar ta meio fail IMDB ta dando 5,8 caracas… 3% que é nacional e muito boa tem 7,6 e GoT 9,5 a titulo de comparação.

  • Rijanio

    Boa Cardoso, parece ser ótima. Adorei assistir The Knick, sugerido por você, pena que mataram a série, tô acompanhando também ST: Discovery, osso é assistir um episódio por semana, a Netflix cria um hábito na gente e depois faz dessas!

  • Henry

    Repovoar a Terra, com 2 caras e 1 garota? Essa conta não tá fechando…

    • Tejobr

      um é procriação e outro divertimento. não necessariamente nessa ordem e conjunção.

    • Wagner Felix

      Pensei o mesmo, enredo de xvideos.

  • Vinicius Alves Gomes

    Alguem assistindo The Expance

    • Tejobr

      Assisti a primeira. Demoram tanto, que até me esqueci do que trata. rs

    • Arnoud Arnoud Rodrigues

      Assisti todos os EPs até agora. Gostei bastante. Algumas atuações fraquinhas, mas a estória é interessante e os efeitos também.

  • Gustavo Borges

    Bora comprometer com mais uma série que não tenho tempo pra ver.

  • Cardoso, foi só eu que achei que aqueles “caras maus” pareciam muito uma mistura de Goa’uld com Jaffas? Porque tem um parasita (simbionte?) no pescoço e aqueles cajados TOTALMENTE CHUPINHADOS de SG-1 XD

  • Wagner Felix

    3 pessoas pra repovoar a espécie.
    Adan, Eve e Big Rick.

    • Não seja desonesto, eles seriam só MAIS 3 para compor o assentamento humano… ou pelo menos assim é dito para eles, no início do episódio 🙂

      • Wagner Felix

        nao estrague o meu roteiro pro Xvideos.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis