Samsung afirma: Galaxy Note8 é o “primeiro” smartphone que filma em 4K a 60 fps; porém… [UPDATE]

galaxy-note8

UPDATE: apenas um pequeno adendo, as capacidades das baterias da linha iPhone 8 foram reveladas graças a homologações vazadas da TENAA, o órgão de telecomunicações chinês:

  • iPhone 8: 1.821 mAh, redução de 7% em relação à do iPhone 7 (1.960 mAh);
  • iPhone 8 Plus: 2.675 mAh, redução de 8% (iPhone 7 Plus, 2.900 mAh);

Nada foi mencionado sobre o iPhone X mas acredita-se que sua bateria seja a mesma do iPhone 8 Plus, logo 2.675 mAh. Conclusão: comprem powerbanks se quiserem filmar em 4K a 60 fps. Vários deles.

Segue abaixo a notícia original.


A Apple e a Samsung podem ser parceiras de negócios, mas as brigas em que elas se envolvem rendem passagens mais divertidas por uma série de razões. De disputas de patentes a dizer que uma lançou recursos antes da outra, teve de tudo. A última no entanto rendeu um belo mico para a companhia sul-coreana, que está de todo jeito tentando passar à frente dos iPhones 8, 8 Plus e iPhone X no que diz respeito às capacidades de captura de vídeo.

Na terça-feira a Apple bateu forte na tecla de que os três dispositivos são poderosos o suficiente para suportarem filmagens na resolução 4K a 60 frames por segundo, funcionalidade essa que nenhum outro dispositivo móvel possui. Todos os smartphones disponíveis hoje que filmam em 2160p o fazem na velocidade de 30 fps, principalmente porque ir além disso forçaria o gadget a trabalhar muito e drenaria a bateria facilmente. Lá atrás, quando os primeiros smartphones ofereceram a novidade era comum que eles limitassem os filmes ou avisassem o usuário a pegar leve, mas com o tempo isso foi sendo amenizado.

Eu ainda tenho minhas dúvidas quanto ao impacto na autonomia do iPhone X e seus irmãos menos descolados para filmar em 4K a 60 fps, dado o histórico de baterias mixurucas que a Apple sempre acondicionou em seus aparelhos (inclusive por decisões de design), mas é fato que os gadgets da maçã são os primeiros a oferecer o recurso. Só que a Samsung não concorda com isso: de uma forma bastante estranha ela agora promove na página oficial do Galaxy Note8 que seu atual top de linha também é capaz de fazê-lo, o que faria dele o primeiro dispositivo de facto a contar com a funcionalidade.

Só que há um pequeno problema: HOJE o Galaxy Note8 só filma em 4K a 30 fps, tal qual fora anunciado três semanas atrás; a Samsung ainda não liberou um possível update para equipara-lo aos novos iPhones e está apelando para uma marmotagem descarada, afirmando “nós lançamos primeiro” quando não é verdade. É possível que o Snapdragon 835 da Qualcomm ou o proprietário Exynos 8895 dêem conta do recado? Acredito que sim, tratam-se de dois SoCs poderosíssimos e ainda que testes preliminares indiquem que o Apple A11 Bionic produzido pela TSMC seja bem mais parrudo, não deve ser complicado para o Note8 fazer o truque.

Só que a Samsung não fez primeiro, sequer anunciou tal capacidade primeiro e a menos que libere o recurso antes da Apple começar a despachar os iPhones 8 e 8 Plus aos compradores, também não será a primeira a disponibiliza-la a seus usuários.

Fonte: Samsung.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Magnosama

    Constrangedor.

  • SacoCheio

    A Samsung tá parecendo político brasileiro, que inaugura a obra antes de ficar pronta… Banânia fazendo escola

    • É piada essa briga de primeiro… isso não faz a mínima diferença. Quero ver a Samsung ter cacife para ser revolucionária… isso nunca foi no segmento móvel.

      Quer ver o dia que ela lance algo que revolucione o mercado e a sociedade, que mude o mundo, no gabarito do Walman da Sony, do iPhone da Apple ou do Atari 2600. Enquanto isso, ela só é a primeira a colocar câmera num telefone ou relógio, fazer tela maior, a colocar biometria num celular, a entupir os devices de recursos só pra dizer que tem, sem uso funcional.

      • Thiago

        Até concordo com suas colocações… Mas falar que colocar câmera digital no telefone não revolucionou o mercado forçou a amizade. Um golpe duro contra o mercado de câmeras fotográficas de baixo custo.

        Quanto à biometria, a primeira a colocar foi a Toshiba com o seus G500 e G900 em 2007.

        • Tudo bem, eu não fiz uma pesquisa para escrever o comentário 🙂 Dei alguns exemplos gerais, independente de ser ela. A ideia é que são recursos previsíveis, aumentar potência, capacidade, tela, embutir coisas que já existem igual um canivete Suíço… a biometria foi a Toshiba, mas não trouxe impacto algum, não era funcional da época, a câmera foi todos praticamente ao mesmo tempo. Ser o primeiro é uma bobagem.

          • Thiago

            Não, cara! A primeira câmera em celular é do começo do ano 2000! Foi aos poucos, ainda assim a inovação está justamente em fazer algo que todos diziam ser desnecessário.
            É só pensar como você pensava no ano 2000 e imaginar o que você acharia se visse um celular desse, quando o ‘tcham’ do momento era ter uma Sony CyberShot com seus incríveis 2 megapixels, enquanto esse celular da samsung tinha somente 350 kilopixels (e precisava do cabo para ver as fotos tiradas).
            Ser o primeiro não é bobagem quando você dá início a algo inovador de verdade. O problema é que a Apple perdeu a mão da inovação com o fim do SJ. Ele, com sua fama conhecida de linha dura, que devia conseguir extrair as idéias que hoje sumiram da empresa, e a imagem de inovadora da Apple está cada vez mais abalada, tanto que os fãs da marca estão pensando em sair dela (minha esposa, fã árdua, já considera pegar um S8 Plus, algo impensável para ela há um ano atrás).

          • Maom

            É verdade. Vendo assim é como o primeiro iphone comparado com o que temos hj. Um celular completamente dependente de um computador com itunes, sem camera frontal, sem gps, sem flash pra fotos no escuro. A pioneira introduz, o tempo, a experiencia, o feedback do mercado e a competição da concorrência é que transformam aquela ideia embrionária num produto essencial. O iphone 2g foi um beta pro iphone 3g e o feedback dos usuários possibilitaram o iphone 3g.
            E essa de toda hora falar que a apple só copiou e não fez nada que o mercado ou o android já não tenha é uma resposta por anos de uma superioridade do iphone perante a concorrência em que os fãs repetiam isso toda hora “samsung copiou”, “lg copiou”, “nokia copiou”, etc… A vanguarda da Apple se desfez com a “abertura” do mercado e agora ficou o recalque e a vingança dos que antes eram zombados.
            Afinal era fácil inovar em cada iphone quando ela praticamente detinha o monopólio do smartphone com tela touch e a Nokia e a Samsung corriam atrás. Hj só na China tem 548 celulares sendo desenvolvidos pra semana que vem de 50 marcas diferente. Impossível só a Apple realmente pensar antes numa ideia nova.

          • Afinal era fácil inovar em cada iphone quando ela praticamente detinha o monopólio do smartphone com tela touch e a Nokia e a Samsung corriam atrás

            Em 2007?! A Apple nunca deteve o monopólio de celulares com touchscreen em 2007. Eu mesmo, em 2006 eu já tinha um aparelho da HP com touchscreen e instalação de aplicativos. Não era famoso no Brasil, mas nos EUA e Europa era bem conceituado no mercado corporativo, justamente por ser caro (inovação custa caro). Se bem me recordo, a Motorola também tinha um aparelho com Windows Mobile que mais lembrava um Palm com flip.

          • Maom

            Kkkkk sim claro… A apple não tinha o monopólio dos celulates touch graças a popularidade desses HP. Kkkk
            Cara não era 100% do mercado mas era o controle do mesmo. Na época a que mais chegou próximo foi a Nokia com uma tela sensitiva tb ao contrário das resistivas de hp e motorola. Mas a nokia nem era touch e a interface era a confusão de todos os outros do mercado. A Nokia ainda lutou depois, mas era mais caro q o iphone na época. Depois com a popularidade do android ela perdeu a chance de vez com a polarização do mercado entre ios e android.

          • Os modelos da HP não eram famosos no Brasil, mas nos EUA de cada 10 executivos, uns 4 tinham o mesmo modelo que o meu.

          • Maom

            Nos EUA de cada 10 executivos, 11 tinha blackberry.

          • Mais ou menos. A Blackberry explodiu um pouco depois. Eu tô falando de 2004/2005. Em 2006 eu troquei meu HP pela Blackberry, que é quando ela tava realmente bombando.

      • SacoCheio

        A bem da verdade, ela criou o phablet quando fez o primeiro galaxy note. Muita gente achou ridículo, mas é o padrão hoje. Além da tela OLED, que a Apple acabou de incluir no iphone.

        • DiMais

          a evolução de telas, mesmo os que não gostem dos celulares da Samsung (eu me incluo, tive e não recomendo!), todos devem admitir que foi às custas do desenvolvimento da coreana.
          telas grandes, amoled, bordas infinitas e quem sabe um dia as flexíveis são frutos (principalmente) dela e a Apple devia estar relutando muito em adotar o padrão OLED na expectativa de que algum outro fabricante atingisse a qualidade da Samsung e não ficar presa novamente a ela mas a pressão sobre o uso da tecnologia defasada ficou grande pra um produto que está comemorando 10 anos de mercado e não poderia mais esperar pra evoluir num componente primordial para celulares da era atual.

      • EmuManíaco

        Uma coisa que me incomoda bastante é o famoso “o android colocou primeiro”.
        Sinceramente? Foda-se.
        Sistemas abertos sempre tiveram novidades antecipadamente e nem por isso emplacaram.

      • a entupir os devices de recursos só pra dizer que tem, sem uso funcional

        Fale por você. Desde que a Samsung colocou NFC em seus aparelhos, eu simplesmente não consigo viver sem. Aí você vem dizer “sem uso funcional”? Só se for pra você…
        Eu uso NFC para pagamentos em máquinas da Cielo/Rede/GetNet, uso como crachá do prédio corporativo, uso como passe no ônibus do condomínio corporativo e residencial, uso como cartão pra saques nos caixas eletrônicos do Itaú (somente com biometria me limita a 1.000 reais por dia, com NFC + biometria são 3k por dia).
        Sem falar nas etiquetas NFC que tenho no escritório de casa e no trabalho, que muda o perfil do aparelho conforme a etiqueta usada.

        E quem popularizou o NFC foi a Samsung.

        • Em nenhum momento citei o NFC! Obviamente a Samsung seria uma catástrofe , se só colocasse coisas inúteis. Se fosse assim, ela nem estaria no patamar que está…. É inegável que o NFC é algo útil e ela usa bem.

          Estou falando por mim mesmo, é minha opinião pessoal, não tirei de nenhum artigo influente. Minha opinião é que no geral a Samsung coloca muita coisa inútil, não gosto das TVs da Samsung é o pior sistema smart, não gosto dos celulares/Android da Samsung, os relógios dela pra minha opinião são um desastre. Ela embute um monte de recurso inútil, até os GearVR em parceria, simplesmente com a OCULUS não deu em nada, um exemplo perfeito de inutilidade só pra vender e embutir novidade sem propósito, mal planejado, mal utilizado….

          É minha opinião da Samsung, realmente não me agrada nada dessa empresa, nem os ar condicionados deles são bons ! hahahah

          Mas com certeza, tem coisas boas, junto da inutilidade, senão eles tavam falidos mesmo. O NFC é um ótimo exemplo.

  • LV

    Quem chegar na mão do consumidor primeiro ganha.
    Se em 2010 a LG falasse que em 2020 ela lançaria um smartphone que fizesse 4k a 60fps ela seria a primeira? Claro que não

  • Rin Tezuka

    pra depois fazer o upload nas redes sociais a 360p, tremido, na vertical.

    • kkkk… bem por ai

    • radiobrasil

      quem foi o fdp q “inventou” a gravação em videos na vertical? que vontade de encher de porrada…

      • nayara

        Se a pessoa quiser visualizar apenas no celular, mal nenhum

      • para de reclamar, velho ranzinza

        Seu cellular de pobre que nao ajusta automaticamente seus videos para a vertical qd assistido em um smartphone

  • Guilherme

    Aproveitando a discussão de qualidade de câmeras…. Alguém sabe de algum app ou programa de PC que diminua a resolução de vídeos? Quero pegar uns vídeos em 4K de um drone e diminuir para HD (no máximo) para jogar no face.

    • AlexLow

      Dá para usar o HandBrake que é free.

      • Macedo

        também uso ele, recomendo

    • DumbSloth87

      Eu uso um bem fácil de usar e que até hj não deu problema, Format Factory.

    • radiobrasil

      Eu ja estou na medida do possivel fazendo registros de todos os momentos especiais da familia em 4k, mesmo sendo atualmente um PARTO copiar/fazer downscale e por aí vai.

    • Alvaro Carneiro

      é fácil: coloca o video em 4k para tocar no seu monitor/tv full hd e usa um celular para filmar em full hd a tela.

      pronto.

    • Uso Adobe Media Encoder. Se tiver GPU Nvidia, a conversão em MP4 é muito mais rápida. Ele ainda paraleliza vídeos entre CPU e GPU, se utilizar mais formatos, reduzir bitrate para minimizar tamanho de arquivo, etc…

  • Alvaro Carneiro

    – “Conclusão: comprem powerbanks se quiserem filmar em 4K a 60 fps. Vários deles.”

    Conclusão precipitada. Tudo depende do consumo do aparelho. Diferentes dispositivos fazem a mesma tarefa com consumo energético diferentes.

    Se a Apple conseguiu reduzir o consumo do aparelho, talvez a bateria dure razoavelmente bem, mesmo filmando a [email protected]

  • Abraão Caldas

    Me desculpa, mas desde o dia 10 de setembro já constava a informação de que filma a [email protected]
    É só olharem no wayback machine pelo link que o gogoni postou.

  • Vagner Da Silva

    Apple essa empresa fantástica e seu não menos fantástico ecossistema… de powerbanks e carregadores.
    O problema real vai ser o tamanho dos arquivos em aparelhos que não tem expansão de memória.

    • DiMais

      meu Z Play também, sem precisar ser um celular grande, pesado ou espesso.. aí vem toda a chateação de otimização de software que reduz consumo: o que mais vejo é dono de iGadgets com power banks ou grudados em tomadas.

      • Eu costumo dizer que o iPhone é o único celular com fio no planeta, porque você não pode desplugá-lo do carregador.

  • DiMais

    o Snap 835 é prometido pra rodar uma versão emulada do Windows 10 (full, não mobile) então não acredito que filmar 4K em 60fps seja um empecilho desde que a Samsung faça um bom trabalho com o software da câmera e otimização do Android para não roubar recursos do processador enquanto estiver sendo usado nesse modo.

    sobre baterias: pff… Z Play com uso entre moderado e intenso é dois dias longe da tomada!

  • Quando o iPhone apareceu com acelerômetro a Nokia entrou num butthurt imenso reclamando que o N95 lançado um ano antes já tinha acelerômetro. problema que o hardware estava lá mas não havia drivers, os desenvolvedores nem sabiam que ele existia.

  • Whirlpool

    Li em algum canto que, apesar de suportar fast charging, esses iPhones novos virão com carregadores normais, e você deve comprar um cabo Lightning/USB-C e o carregador rápido por fora. Confere?

    • Alberto Prado

      Exatamente. Modelo A1540 de 29 watts (R$ 329).

      • Whirlpool

        É muita humilhação…

        Eu acho o hardware da Apple muito bom, mas eles te f***m sem te beijar antes.

  • Yskar

    Pessoalmente acho completamente desnecessário um celular filmar acima de 720P, se a pessoa quer fazer uso de filmagem profissional que compre um equipamento adequado para isso uai.

    • EmuManíaco

      camera do celular esta sempre no seu bolso.

      • Yskar

        Até concordo, mas mesmo assim considero desnecessário passar de 720P.

    • Thiago

      Além do que, você começa a filmar em 4k (que possivelmente você não terá a TV 4k correspondente para assistir em todo o glamour da filmagem ~afinal, quem tem capacidade visual de distinguir num celular a partir do FullHD, não?), o celular começa a fritar na sua mão e a memória interna é devorada pelo vídeo. Ainda vão umas gerações até isso ser efetivamente necessário e/ou útil em um celular.

      • Yskar

        Exatamente!

  • BATERIA!

  • Grade, Tardigrade

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis