Sobre PewDiePie, YouTube, direitos autorais e Uso Aceitável

pewdiepie

Felix “PewDiePie” Kjellberg fez de novo e isso nem é novidade. O YouTuber mais famoso e rico do mundo se envolveu em outro rolo ao insultar um jogador de forma racista em uma transmissão ao vivo, mas a reação foi um tanto inesperada e levantou uma discussão e tanto: a Campo Santo derrubou o gameplay de Firewatch publicado pelo criador de conteúdo, que não era o game em questão utilizando a Digital Millenial Copyright Act (DMCA), sob a acusação de infração de direitos autorais.

O ato se deu durante uma transmissão de PewDiePie de uma partida de Playerunknown’s Battlegrounds, o game da Bluehole Studio que virou uma sensação nos últimos tempos. Durante o vídeo, que foi transmitido para seus espectadores Kjellberg chamou um adversário de “nigger”, o que ele prontamente se desculpou. Posteriormente ele disse que ao pensar na palavra mais ofensiva para usar no momento, a tal foi a primeira que lhe veio à cabeça e saiu no automático, o que não é desculpa para a besteira que falou.

A resposta da comunidade foi imediata, com muita gente pegando tochas e ancinhos para perseguir PewDiePie mais uma vez e visto que ele recentemente não só perdeu o contrato com a Disney e privilégios de produtor premium de conteúdo junto ao YouTube, passando a ser um comum que não tem mais acesso a campanhas por conta de sua língua solta e ações imbecis eu duvido que o próprio tenha se surpreendido ou que se emende no futuro. Apesar dos pesares, Kjellberg ainda é o YouTuber com o maior número de visualizações e mesmo que monetize seus vídeos apenas com anúncios, ele ainda faz muita grana.

Só que Sean Vanaman, co-fundador da Campo Santo e diretor de Firewatch tomou uma decisão inusitada:

O estúdio indie abriu uma ação via DMCA clamando infração de direitos autorais contra um gameplay de PewDiePie jogando seu game, que foi inevitavelmente derrubado 90 minutos depois. O desenvolvedor deu seus motivos para tal ação, dizendo que não deseja endossar as atitudes do YouTuber permitindo que ele ganhe dinheiro e visualizações com as obras de seu estúdio, e a ordem se estenderá a todos os seus lançamentos posteriores. Vanaman inclusive diz que recomendará outras desenvolvedoras a fazer o mesmo, mas este não é o ponto que quero abordar.

O que pega nesse caso foi a forma de ação da Campo Santo. Vanaman fez uso de uma medida truculenta e incontestável, clamando direitos de transmissão de Firewatch para si enquanto taxou PewDiePie como infrator por apenas publicar um gameplay. Vários usuários o acusaram de hipócrita, tanto pela Campo Santo endossar a produção de vídeos como por ter ignorado o entendimento de Uso Aceitável, defendido pelo YouTube.

Só que o desenvolvedor foi bem claro sobre como a Lei funciona:

Ao comprar um game você adquire uma licença de uso pessoal e exclusiva para si e tão somente, e dessa forma segundo a lei de direitos autorais o usuário não possui direitos que lhe permitam realizar a transmissão pública de seu conteúdo (nem emprestar, alugar, trocar, etc. É a mesma coisa para filmes). Vanaman deixou bem claro que os estúdios em geral vêem os streamings e vídeos no YouTube, Twitch e outras plataformas como “caridade”, uma forma de atrair mais consumidores para suas mídias mas no frigir dos ovos, os direitos de transmissão e monetização pertencem única e exclusivamente aos donos das marcas.

É o entendimento da Nintendo, quando ela proibiu a monetização de vídeos de seus games a menos que os YouTubers façam parte de seu programa de afiliados, que divide a grana com ela, o Google e o produtor do vídeo. Foi o mesmo entendimento que Phil Fish externou, quando chamou todos os YouTubers gamers de piratas ao dizer que aqueles que faziam transmissões de Fez lhe deviam dinheiro, sem exceções.

Vanaman reconhece que a Campo Santo fez caixa com as mais de 5,7 milhões de visualizações que o gameplay de Firewatch publicado por PewDiePie possuía, mas em última análise ele prefere não compactuar com alguém que não suporta a fingir que não viu e embolsar a grana, só que tal ação é preocupante: nada protege um YouTuber de uma mudança de planos dos estúdios e desenvolvedoras e o vídeo que está bombando hoje pode desaparecer amanhã, porque alguém decidiu que não quer mais a divulgação deste ou daquele produtor de conteúdo.

Basicamente é isso aqui:


EchoFox — I Am Altering The Deal

A menos que hajam contratos claros sobre direitos de uso (não foi o caso), o usuário sequer pode apelar para o processinho clamando Uso Aceitável porque ele não tinha direitos de transmissão para começar. E o YouTube, que outrora disse que protegeria os YouTubers na prática obra e se locomove, derrubando qualquer coisa que receba notificação via DMCA ou Content ID sem sequer checar quem é dono do quê.

O fato é que esse episódio serviu para ilustrar o quão fácil é para os detentores de direitos autorais derrubarem qualquer vídeo no YouTube, basta uma mudança de humor e não há muita coisa que o YouTuber possa fazer para evitar ou se defender, já que a plataforma anda de mãos dadas com a indústria do copyright principalmente agora.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Victor

    todo esse burburinho por causa do nigger? sei la, penso q ele disse no calor do momento, q nem quando eu solto um “filha da p**” num jogo

    • leoncral

      O melhor de tudo é o autor do texto crucificado o cara. Isso aqui virou G1? Estadão? Folha se São Paulo? LUL

      • EmuManíaco

        padrao do ronnie. nem esquento mais.

        • Lucas Timm

          O mais legal de ter opinião própria é que tu lê umas diarréias SJW e só ri do texto e fica com pena da pessoa. E ok, próximo texto, e segue o baile, como dizemos aqui no RS.

      • José Carvalho

        Primeiro, realmente o MeioBit tá perdendo MUITO qualidade e o única brisa fresca no verão tem sido o Cardoso postar algo eventualmente.
        Segundo, não vi onde o Gogoni possa ter crucificado o PPD, foi um relato relativamente isento que está DENTRO da proposta do MeioBit que é apresentar a notícia COM a opinião do autor, normalmente sem prejudicar o conteudo….
        Terceiro, @disqus_Sf9yP9ORxp:disqus , o burburinho é pq este é o youtuber mais famoso, influente e Cyrus do mundo, a percepção global do que esse asno faz é gigantesca.
        Quinto, com relação ao xingamento utilizado, é extremamente ofensivo para os Americanos. Dependendo do lado em que você esteja, ela pode ser um cumprimento ou uma espada enfiada no estômago. Apesar de eu achar a visão estúpida, é da cultura deles e não dá pra desrespeitar.

        • José Antonio

          É isso, de fato a palavra utilizada na contexto norte americano é bastante ofensiva.

        • Neto

          Sorte que ele não é americano.
          Imagine se alguém no youtube ofendesse um islâmico, ou alguém que usa turbante por ser chamado de terrorista. Sorte que ninguém faz isso né.

          • José Carvalho

            Isso é o Reality Show na era pós TV, essa discussão se tornou apenas isso, fofoca de intenet

        • leoncral

          Ele não mora nos EUA. Ele não é americano, ele não deve nada a eles.

          • E ele só fala em inglês pra ter alcance, pois nem é o idioma nativo dele

          • José Carvalho

            Quem não deve nada aos americanos? O youtuber deve sim, é só parar pra pensar, nada impede que pessoas de outras culturas se identifiquem com a “causa”.

          • leoncral

            Não falei nesse sentido. Acho q me expressei errado. Tentei falar no sentido de ofender diretamente. Tipo, ele n é nativo de la, não vive nessa cultura então n tem obrigação de entender contexto histórico e social de uma palavra e pior, analisar isso durante uma partida. Eu achei aleatório a palavra e n vi nada de mais nisso.

      • Thiago

        Gogoni sempre foi SJW aqui no Meiobit… Você se habitua.
        Interessante mesmo ver esse povo que jogando numa soltou aquele palavrão que a mãe gritou da cozinha falando que ia lavar a boca com sabão… “Aiiiinnnn mas ele tem que saber que estava online mimimimi” O cérebro entra no automático, mentiroso quem diz que dá pra filtrar tudo o que fala.

    • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Não é racista, a não ser que a mãe do player xingado seja mesmo uma “mulher da vida”…. aí ele pode se doer…

      • Victor

        alguem SEMPRE vai se sentir ofendido. a questão nos dias atuais é quem grita mais

    • Diego

      Os americanos têm essa de “expressões proibidas independente de contexto”. Ok, aqui o PewDiePie a usou com o intuito de ofender, mas lembro de um jornal americano onde um comentarista convidado reclamou que uma pessoa utilizou a palavra “nigger” em alguma ocasião, e todos os presentes no estúdio congelaram por uns momentos, até que começaram a xingar o comentarista, que estava justamente reclamando do uso dessa palavra. Coisa de doido.
      (Mas lembro que o autor da “blasfêmia” era da turma que defendia o politicamente correto, então que se divirta com os corvos que criou).

    • Othermind

      Essa palavra nos EUA soa mais ofensiva do que parece…

    • Luiz H. P. Godinho

      Acho que nos EUA, nigger é pior que fdp, ACHO.

      • Victor

        eles mesmo fazem piadas com isso. lembro de um show do Chris Rock q ele brinca com isso. é mais ou menos assim: se vc é branco, vc não pode falar nigger. só pode falar se um negro “deixar”. tosco isso né?

        • SomeReader

          Eu acho uma completa falta de coerência. Quem é “oprimido”, por ser xingado de “nigger”, é extremamente racista considerando que a interpretação da palavra varia conforme a cor de pele da pessoa. ‘-‘

    • EmuManíaco

      nigger sendo nigger e gente chata sendo gente chata.

  • Claudionor Buzzo Raymundo

    Hipocrisia come solta. Sem defender o rapaz PiuPiuPiu, mas devem haver centenas de gameplays nos quais o povo se xinga o tempo todo e fica por isso mesmo, e fica fácil após a divulgação de um caboclo com essa quantidade de seguidores e viewers no Youtube simplesmente derrubar o vídeo. A divulgação gratuita já pingou nessa hora.

    • PiuPiuPiu euhuhasuhauh

      Pior que a pronúncia consegue ser pior que a escrita: piuripai!

    • Dou uma e se for bom dou mais

      Xingar é uma coisa, usar um termo de definição de raça e colocar ele em uma situação pejorativa é outra bem diferente. Eu posso te chamar de zé negão porque você é preto, só que eu falar “só podia ser preto mesmo” em um momento de raiva é racismo!
      Povo brasileiro tá ficando completamente burro com essas divisões todas, até computador mesmo sendo binário pode calcular meio-termos e porcentagens. O povo virou binário mesmo e qualquer coisa que não se encaixar em sua concepção só pode ser o contrario…

      • “até computador mesmo sendo binário pode calcular meio-termos e porcentagens.”
        Que analogia IMBECIL.

        • Dou uma e se for bom dou mais

          E com isso eu provo o que eu disse. Muito obrigado.

          • Se depender da analogia, só mostra que não faz ideia do que tá falando. Era essa a ideia que você queria passar? Se sim, parabéns, funcionou mesmo.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            E novamente continuo provando. Sério cara tu é o perfeito exemplo do que eu falo.

          • Ah é? O que, eu tô sendo analogiofóbico? Sou Analozista agora?

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Estão vendo o que eu falo? Depois povo não acredita.

          • OverlordBR

            Mas a analogia continua sendo imbecil!

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Obrigado. Adoro quando as pessoas provam que estou certo.

          • Cássio Amaral

            Prova mesmo, que sua analogia foi imbecil.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Nas verdade estou provando duas coisa, que estou 100% certo em tudo que eu falei e que tem muita gente que acabou o toddynho em casa.

        • Jose Stangarlin

          Meu a analogia e o de menos. favor opinar sobre o comentário como um todo e não esquarteja-lo e postar o que somente voçe não gostou.

          • Que raio de opressão é essa? Me obrigando a fazer o que você quer? Seu comentáriozista.

          • José Carvalho

            Galera do G1 encontrou outro portal pra comentar ou o Gogoni está atingindo seus maléficos objetivos. Hoje, os posts do Gogoni devem ter mais comentários que os do Cardoso

          • Tem 70 anos que o gogoni tá aqui no meiobit e ele ainda não superou que ele não é o cardoso.

            Minha consciência tá tranquila, eu reclamo disso desde o segundo post.

      • José Carvalho

        Sua analogia foi estúpida, mas a conclusão está correta.
        Sobre xingar… Eu xingava pra caralho, mas depois que aprendi a dar valor a respeito e educação, parei. EUA é o país mais rico do mundo, rico em termos de culturas e tudo mais, o que impede aquele lugar de ser o paraíso é o mesmo que impede o Brasil e faz tanta gente ir pra Europa, educação. Preparar as pessoas para o Mercado, mas não para a vida e o convívio social. A questão do nigga tem muitas nuances, a termos lógicos e opinativos, é difícil interpreter bem sendo 8 ou 80, esquerda ou direita. A ação da empresa foi correta dissociando sua imagem do PPD, mas a forma como ela levou a cabo tem cara de que foi ordem do marketing para o jurídico sem passar por alguém que tivesse bom senso de ver que daria merda… DCMA é uma merda, acordo estúpido de empresarios estupidos, tomando atitudes estupidas para agradar investidores estupidos, que para os estupidos clientes diz que é pra porteger o direito dos autores, que estupidamente acreditam e levam o mundo estupido a discutir coisas estupidas e esqueça tudo que eu escrevi depois de DCMA pq eu to fingindo que to escrevendo um longo email aqui no trabalho e eu tenho que ficar escrevendo algo e isso é estupido, desculpem o spam e quando meu chefe viara eu carrego em publicar e depois eu edito

        • Dou uma e se for bom dou mais

          Então você simplesmente provou minha analogia mas diz que foi estúpida… ou seja ser do contra apenas para ser do contra porque sou do contra… Quando você for capaz de explicar porque é imbecil ou estúpida dai sim pode ter uma discussão saudável. Até lá pra mim é só mais um querendo atenção.

          • José Carvalho

            Em primeiro, já te tranquilizo ao informar que sua atenção não é alvo do meu querer, se fosse, seria eu o primeiro a pedir uma eutanásia. Tenho interesse na relação social coletiva de todo o grupo de leitores, sem, no entanto, buscar atenção especial. Isto posto, segue uma informação, sua interpretação de que todo mundo prova sua “analogia”, me indica que o senhor é o tipo que está certo enquanto tooooodo mundo está errado, o que me tira qualquer esperança de uma discussão saudável sobre qualquer coisa contigo, espero que me prove que estou errado.
            Sua analogia carece de uma série de elementos que a caracteriza, principalmente, contextualização. Uma analogia deve ser contextualizada, seja pelo meio em que ela é propagada, uma condição comum (de ausência ou presença de elementos) para que seja feita a conversão do texto e seu análogo. A falta de lógica fica evidente pelo grande espaço entre um elemento e seu consequente, você precisaria identificar os elementos com seus análogos para superar a generalidade que foi comparar o que acontece em níveis tão diferentes de execução de um cálculo. Pedras não são digitais ou analógicas,, mas podem ser usadas para calcular o ponto indicado sem dificuldades. Sendo fora do contexto social, não identificada com nenhum elemento e sem especificidade nenhuma, a analogia falhou drasticamente. Pode fazer sentido lógico pra você, mas pra qualquer um que tenha feito arquitetura de computadores, sua analogia falha. A sociedade está passando por uma série de processos que vão construir como ela reage aos eventos no futuro, ela está mesmo polarizada e tem dificuldades de perceber nuances. Ela sempre foi assim, mas pelo fato de nós sermos indivíduos com identidade cada vez mais forte, queremos que ela perceba, como um todo que as coisas podem ser cozidas, fritas, cruas… Nem sempre assim ou assadas.
            Quer que eu explique mais? Ainda cabe mais explicações fora do contexto da língua, mas dentro da questão lógica, mas só vou poder escrever mais tarde.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Quando tirar um texto do gerador de lero lero é bom ter menos parágrafos. Fica mais compreensivo assim.
            Edit: tirei um tempo pra ver se em todo esse lero lero você foi capaz de refutar algo do que eu disse, apenas para não ser injusto.
            E não, continua provando que eu estou certo. E não é o mundo que está errado e sim você que continua provando que EU estou certo e VOCÊ está errado.

          • José Carvalho

            Eu ia me dar o trabalho de levar o texto para uma professora do primário me ajudar a adaptar para o seu entendimento, mas tempo meu tempo de vida está agora alocado a curtir momentos de sol. Se você teve dificuldades de entender o que está escrito, ok! Vida que segue.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Claro, pois afinal qualquer professor de primário recém saído desses cursos de pedagogia paulo freire entendem muito bem de lero-lero.
            Desculpe se estou seguindo a lei da vaca para sua auto-masturbação mental. Mas é que diferente do grupinho que não sai do porão e copiam textos de gerador de lero-lero eu vivo no mundo real e preciso lidar com pessoas reais e não com grupinho de interpretação de gerador de lero-lero.

          • José Carvalho

            Sua insistente mania em rotular as pessoas mostra que claramente nem você compreendeu o significado do que criticou. grupinho, gerador de lero-lero, eu to ERRADO e você tá CERTO… Você lida sim, com pessoas reais, mas usando provavelmente uma mascara de pessoa inteligente e compreensiva. Você não está a suportar críticas e qualquer coisa que ultrapasse seu nível intellectual recebe imediatamente uma pedrada… Este é meu ultimo comentário, não tenho nada a adicionar ao que já foi dito além de: Seu respeito por educadores diz muito sobre sua cultura.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            E mais um para provar que estou certo.

          • José Carvalho

            Sobre o gerador de lero lero, se tens dificuldade de se manter focado em um grande fluxo de palavras, vai pro Twitter.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Quando uma pessoa se enrodilha em questão filosófica pra explicar um texto de poucas linhas mas sem em nenhum momento explicar o seu ponto de vista não merece que eu perca muito tempo lendo.

          • Nilton Pedrett Neto

            Concordo com seu argumento e concordo com as premissas que motivaram a analogia (que é ruim mesmo). Talvez ele tenha aprendido a fazer analogias lendo O Princípio Dilbert…

      • Meganegão

        Caraca gente, vão jogar videogame, ler um livro, bater punheta. Cruzes!

  • Youtube provando cada vez mais ser uma plataforma frágil, e isso é terrível para quem produz.

  • Esses “gameplays” no youtube são a versão 2.0 dos “detonados” das revistas de games dos anos 80/90?

    • DumbSloth87

      Não, as pessoas estão interessadas nos jogadores, na personalidade deles, nas piadinhas que saem, no humor envolvido, o jogo é a última coisa que importa pra quem assiste gameplays regularmente.

      • Cocainum

        Posso ser minoria, mas EU assisto gameplay por causa do jogo. Para saber se a história é legal, se a jogabilidade é boa, se vai rodar direito na minha máquina, se é bugado ou não e se vale a pena comprar. Óbvio que tenho meus youtubers “favoritos” para isso, mas só porque eles são bons jogadores.

        • E entendo este ponto de vista muito bem. Mas também entendo o público que busca assistir youtubers (no qual eu mesmo posso me incluir): eles não assistem pelo game. Se estivessem interessados, eles mesmos iriam atrás de jogar o game por conta própria. O foco nos vídeos é de fato o jogador, e o game é um mero palco!
          Isso ironicamente está fazendo muito game indie se torne popular, na mesma logica de um produto ficar bem sucedido porque teve um comercial com celebridades. Minecraft e Yandere Simulator que o digam.

          • Cocainum

            Se estivessem interessados, eles mesmos iriam atrás de jogar o game por conta própria.

            Se não tiver versão demo, como os jogadores poderiam fazer isso legalmente? Algumas lojas tem política de reembolso, mas de qualquer forma, é preciso GASTAR o valor do jogo, mesmo que seja possível receber o dinheiro de volta em alguns dias.

          • Isso me faz complementar um péssimo hábito que venho notando: com o advento de plataformas de games mais acessíveis (não necessariamente no preço) e de divulgações como esta de youtubers, o público hoje em dia anda comprando games guiados mais por hype do que por teste! Se gostou, joga, se não gostou, fica lá esquecido na sua biblioteca digital, e tem vezes que o pessoal sequer joga, comprando compulsivamente.

            Isso não seria um problema em si (somente uma picuinha), se isto não estivesse incentivando muitas das práticas nefastas que a gente anda vendo em jogos, como redução de controle de qualidade e afins…

    • Diogo

      Tem uns até que são (5% eu diria), mas a maior parte (95%) é apenas pra ver/mostrar a reação de quem está jogando.

    • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Pra detonados é mais fácil ver os guias que o povo posta no Steam por exemplo.

  • Julio da Gaita ✔

    Sinceramente, se o cara em questão tivesse derrubado o primeiro gameplay ou video do jogo, tudo bem. Mas agora depois de um bom tempo fazer isso…

    mas em última análise ele prefere não compactuar com alguém que não suporta a fingir que não viu e embolsar a grana,

    Ele continua embolsando a grana do mesmo jeito, but whatever?!

  • leoncral

    O choro se estendeu até onde eu menos imaginava, MeioBit.

    • Triste.

    • Pessoal toma as dores muito fácil.

      • Yskar

        Falta galopante do que fazer.

    • SomeReader

      Acho engraçado: xingar de: filho da puta, lazarento, imbecil, debiloide, irresponsável (?), noob, [insira sua lista de xingamentos muito pesados aqui]. Tudo bem! Sem problema algum. 🙂

  • Theuer

    “Nigger’, sério?!
    Que merda de mundo chato do caramba.
    No mais… Youtubers tem mais mesmo!

    • Mirai Densetsu

      O mundo sempre foi chato. A diferença é que, ao falar essa palavra, você provavelmente levaria um pedala do negão mais próximo.

      Hoje o máximo que acontece são sjw enchendo a sua timeline de xingamentos, por mais que você ainda mereça o pedala.

      • Você nunca viu Os Trapalhões, né?

        • Mirai Densetsu

          Você pertence a alguma das minorias que os trapalhões zoavam?

          • Não me lembro de nenhum nordestino ofendido naquela época. Nem negros. Nem carecas. Nem ninguém. Sabe por que? Porque elas estavam ocupadas se divertindo com as piadas ao invés de terem chiliques. Atualmente existe uma geração de frescos.

          • Robert Melo

            Esse argumento de que é culpa de uma geração de frescos é só um argumento para apontar o risco de controle excessivo de se expressar, mas é fato que naquela época se importarem menos com esse tipo de piada não justifica que quem se sente ofendido, esteja errado. Existem sim contextos que não ofendem, mas alguém que busca ofender pode buscar esse argumento para praticar algo cruel/humilhante sem ser impedido. Imagina um sujeito que claramente não gosta de outro, faz uma piada dessa com entonação de piada, mas reafirmando que a piada retrata sim a realidade, por exemplo inferiorizando essa pessoa que ele não gosta. Assim pode acontecer o assédio moral e o bullying.

          • Mirai Densetsu

            E não é porque você não viu pessoas se ofenderem que não teve quem estava profundamente ofendido com os estereótipos. Eu já vi, por exemplo, cearenses que apelavam quando falavam das piadas sobre o Didi pra ele.

            Geração de frescos eu concordo. Até porque essa galera não aguenta uma crítica ou opinião desfavorável que já ficam se doendo todos. Não pode falar um A que já vem o cara reclamando de “politicamente correto”, mesmo quando o que ele disse foi escrotíssimo.

            É tão difícil assim respeitar o outro? Sério?

          • seu comentário me ofendeu. Apaga.

          • Mirai Densetsu

            Ofendeu por quê?

          • Esta sua pergunta também me ofendeu. Apaga.

          • Lucas Timm

            Tem quantos planetas orbitando em volta do teu umbigo pra tu se levar tão a sério assim?

          • Mirai Densetsu

            A mesma pergunta vale para você.

          • Heisenbeck

            Talvez porque não havia internet para facilmente tomar nota de reclamações alheias…

      • EmuManíaco

        vc esqueceu que nigger só é ofensivo nos eua.

        • Mirai Densetsu

          Estranho… Pois essa palavra ser ofensiva parece ser consenso na comunidade de pessoas que falam inglês. E o youtuber usou o termo pra ofender mesmo.

          O que me parece é que você apóia atos racistas e está tentando justificar o injustificável.

          • EmuManíaco

            Sou negro flor. Outros países falantes da lingua apenas estão sendo politicamente corretos.

          • CALE-SE! O Grande Salvador Branco disse que você tem que se ofender.

          • EmuManíaco

            no caso deve ser amarelo kkk

          • Duvido: acuso apropriação cultural XD

          • EmuManíaco

            então é só narutard?

          • Considerando que “Mirai no Densetsu” se traduz em algo como “Lenda do Futuro”, sim 😁

          • Mirai Densetsu

            Do mesmo jeito que está sendo os EUA, de um jeito hipócrita.

          • Lucas Timm

            Se chamassem ele de Nazi seria racismo reverso?
            Ah não, as of late 2017, nazi é o xingamento da moda.

          • Mirai Densetsu

            Ué, mas se ele usou saudação nazista, fez declarações antissemitas, chegou ao cúmulo de se vestir de soldado nazista pra assistir a um vídeo do Hitler e agora vem com xilique racista. Por que seria “racismo” chamá-lo de nazista, se ele está se esforçando tanto para se parecer com um?

            Racismo seria chamar um alemão de nazista só porque ele é alemão.

            Aprenda o que as palavras significam antes de tentar discutir, OK?

          • Yskar

            Você sabe que ele fez isso de forma a criticar de forma irônica exatamente isso não é? A coisa foi tirada de contexto.

  • Felipe Lino

    Pelo alarde eu achava que ele tinha feito uma jogatina no GTA só matando negros e vestido de Ku Klux Klan.

    • Mirai Densetsu

      Falar o que ele falou, no contexto que falou e ainda com a intenção que teve, é equivalente a fazer o que você falou.

      • Cássio Amaral

        Pronto, lá vem mimimi vitimista do vermelhinho politicamente correto defensor do Estado lindo e maravilhoso, estava demorando.

        • Mirai Densetsu

          Defender uma posição de justiça social não é crime. Racismo é.

          Aprenda a diferença.

          • Ronaldo Klais

            Denuncie! Na delegacia, por favor. Aqui nem comente, obrigado.

          • Cássio Amaral

            “Justiça social” não é a que você define como bem lhe convém. Aprenda a diferença.

        • Nilton Pedrett Neto

          Tem horas que é melhor ficar quieto pra não falar besteira, moço.

          • Cássio Amaral

            Pois você acabou de dar o exemplo.

      • Renato Provazi

        não é não

    • O que impressiona é que ninguém entendeu o texto, eu deixei bem claro estar mais preocupado com a atitude do Vanaman virar regra (donos de IPs decidirem derrubar vídeos com DMCA de acordo com o humor do dia) pro que o PewDiePie falou ou deixou de falar.

      • Felipe Lino

        Sim eu entendi o texto, mas quando disse “alarde”, não foi para o seu texto em especifico, foi pra toda a mídia e tb pro desenvolvedor que aproveitou a chance de fazer um marketing desonesto.

  • By the way…

    Eu fui nas configurações do YouTube e mudei a região. Não aguentava mais ver a cara daqueles irmãos Mocorongos (aka irmãos netos) com aqueles vídeos idiotas. Também estava cansado daqueles vídeos do tipo: Trollei minha mãe e todo mundo sabe que é fake e veja no que deu.

    Até minhas sugestões de vídeo melhoraram substancialmente.

    • Well Dias

      Fiz isso a pelo menos 2 anos. Também prefiro assim. Não que na gringa não tenho vídeos inúteis, mas as opções de vídeos com outros temas são infinitamente superiores.

      • Cara as thumbs no Brasil são uma vergonha!

        O trending topico do Brasil é assim:
        FACA QUENTE (Substitua pela tendência do momento);
        Trollei *alguém* e veja no que deu;
        Veja a minha reação ao ver *uma idiotice qualquer*;
        CORTEI MEU CABELO? (Thumb com o cara com cabelo cortado e uma seta apontando pra cabeça);
        *Alguma coisa* mal assombrada / espírito / demônios e afins;
        *BOMBA* + *Algum famoso* + Thumb Falsa.

      • Lucas Timm

        Não assisto os gameplays do PewDiePie. Aliás, não assisto de ninguém. Mas, tirando os gameplays, os vídeos dele são interessantes. Justamente por esculachar as retardadices de celebridades em geral.

        Quase tive um treco ele falando da Kate Perry com “is math related to science?”

    • Lucas Timm

      Nunca recebi recomendações dos irmãos Neto. Aliás, só soube que o Felipe tinha um irmão mais gordo há uns dois meses atrás (e juro que preferia não ter ficado sabendo).

      Também não tenho recomendações de Porta dos Fundos (sempre achei idiota). Até esses dias não sabia quem era o tal do Pablo Vitar. E quando me falaram que o Cauê Moura foi eleito o youtuber do ano, acho que lá por 2012, tentei assistir um vídeo e não consegui passar dos 30 segundos. Eu realmente não entendo como as pessoas acham engraçado essas “celebridades” BR, acho que tenho sorte de não conhecer ninguém.

      Assim, nunca pude reclamar das recomendações do YT. Pra mim sempre vem Canal Acelerados, Aviões e Músicas (que eu acompanho desde 2009 quando o foco do Lito ainda era o blog), Belotti, Real Engineering, Iberê Tenório…

      • Eu NUNCA (juro!) assisti vídeos de Minecraft, repito NUNCA!

        E adivinha a desgraça que o YouTube me recomenda? Esse algoritmo deve ter sérios problemas, acho que é a única explicação possível.

        • Rin Tezuka

          É só logar e ir marcando “não tenho interesse” em algum momento só vai aparecer o q vc vê

          • Daniel

            No inicio aparecia essas porqueiras pra mim também, quando comecei a passar o rodo marcando “não tenho interesse” melhorou muito.

      • OverlordBR

        99% das coisas citadas por ti no comentário, eu desconheço.

        Acho que não estou perdendo nada.

        • Lucas Timm

          Não está perdendo nada, mesmo.
          Se eu te contasse tudo o que eu vi, você ficaria enojado.

      • Inquisidor

        eu recebo todo dia e todo dia eu marco como sem interesse , olha é foda, o caue tmb, mas parou recentemente de aparecer.

      • Anayran Pinheiro

        Real Engineering, RealLifeLore e Wendover Productions pra mim é a melhor tríade de aprendizado do YouTube! Os canais são feras, e pra quem não conhece recomendo assistir.

        Ah, um que é bem divertido também e entrou no meu radar é o Geography Now, divertido e bem informativo, hahaha!

        • Obrigado pelas sugestões, é desse tipo de conteúdo que o YouTube BR precisa!

          Deixo aqui meus dois centavos de contribuição:
          Life Where I’m From (destaca a vida no oriente de maneira divertida);
          AsapSCIENCE (Ciência e conhecimento geral);
          Tech Insider (Ciência e tecnologia);
          Kurzgesagt (Dispensa apresentações);
          Canguro English (for those who are interested to improve your habilities);
          Diário do Curioso (Canal BR muitooo bem editado sobre curiosidades).

          • Heisenbeck

            Valeu pelas dicas! Não tenho muita paciência para Youtube mas sempre gostei dos vídeos do Nerdologia..

          • Nerdologia é muito bom também, esqueci de citá-lo.

    • Gradash

      Só para avisar, o youtube te mostra estes vídeos por que é o que você consome. Para mim não aparece isto NÃO! Na real o que mais aparece para mim é música ;P

      • Não é só como recomendação (que acredito que ele utilize metadados da rede WiFi) mas também nos TT do YouTube.

      • Lucas Timm

        Aqui o meu maior câncer é da rede do trabalho.
        Na minha casa, todo mundo tem senso crítico e não suporta essa idiotice.

    • Fiz exatamente isso, incluindo o Twitter, todos na região japonesa. As bizarrices niponicas são bem melhores.

    • Matheus O.P.

      Nem sabia que isso era possível. Muito obrigado pela informação!

  • Unfear

    Tem gente achando que o que ele falou foi pouco, só sei que estou cansado desta galera racista e essa mesta está inserido culturalmente nas pessoas, para arrancar isso temos que ser radiciais.

    • Mas as pessoas não estão dispostas para tal, e o motivo seria justamente um contexto social: até umas décadas atrás, qualquer tipo de ofensa era sim incomoda, mas ao contrário de hoje, aonde as pessoas já esbravejam se sentindo feridas, na época isso era absorvido e transformado em resistência ou indiferença.
      Por isso que muitas gente é contra essa onda politicamente correta por aqui: pois a vida é importante demais pra você se ofender com ofensas vindas de gente que você sequer conhece, e quando você priva as pessoas disto, você na verdade está as enfraquecendo.

      Basicamente, é um “No Pain, No Gain Social” que muita gente não quer abrir mão.

      • Unfear

        As pessoa antigamente não se ofendiam? De que mundo que você veio? No pain no gain enquanto não é com você, sofri muito bullying na infância e tenho problemas com isso até hoje, estou farto deste tipo de preconceito, isso é primitivo e estupido.

        • Macedo

          hm, sofri MUITO bullying na minha infância e isto me fez muito mais resiliente e crítico… esse é o ponto que o rapaz aí tentou passar…

        • Pelo menos não do mundo das pessoas que defendem isso pelo menos. Eu nasci no início da década de 90 e convivi com esse tipo de gente. Mesmo não compactuando com isso, sei muito bem do que se trata.
          As pessoas esperam que você pegue a dor e se você se torne resiliente e critico, assim como eles. O problema é que não é uma regra. Como você mesmo citou, você sofreu com isso, então você sabe muito bem que estas pessoas tendem a ver gente como você como um estorvo (e isso é um problema sério).

  • Othermind

    “O fato é que esse episódio serviu para ilustrar o quão fácil é para os detentores de direitos autorais derrubarem qualquer vídeo no YouTube”

    E isso é ótimo… Eles tem que ter controle TOTAL mesmo… São os detentores do direito.. E os Youtubers tem que entender isso… Se hoje usam os videos é pq o detentores “dão um boi” pq isso acaba divulgando o jogo…

    • Marcelo Paz

      Tem que acabar com os direitos autorais.

      • EmuManíaco

        tu tem que parar de receber seu salario

        • Marcelo Paz

          Se tu inventar uma maneira de copiar meu salário sem que eu perca minha parte estará de parabéns.

      • Eu também acho. Aí poderei copiar todos os artigos do Meio Bit pro meu site.

        • Marcelo Paz

          Quem copia multiplica.

    • EmuManíaco

      Eu acho correto ter o direito. Mas a partir do momento que permite uns e outros não esta errado.

  • Zalla

    e o produtor está certo, a obra é dele, ele deixa se quiser que o pessoal faça gameplay

  • Eric Alvaro

    As leis de copyright precisam urgentemente ser revista (por casos como esses e outros).

    • Sim, é uma piada. aliás o Torvalds no livro dele dá uma boa raciocinada em cima disso.

  • Gradash

    Uma simples e muito comum ação Autoritária, beirando (se não for) o fascismo. Bem, como sou completamente contra o fascismo / autoritarismo, não o defendido por aquele bando de imbecis que nem sabe o que é fascismo e ficam te chamando de fascista por descordar deles. Nunca comprarei produtos deste desenvolvedor. E antes que falem qualquer coisa, não gosto dos vídeos do PewDiePie e MUITO MENOS aceito as merdas que ele fala, mas não pode haver um peso com duas medidas diferentes.

    • Macedo

      “um peso com duas medidas” é a especialidade da extrema direita, da extrema esquerda e da esquerda…

      • Gradash

        exatamente

  • Mirai Densetsu

    Pew Die Pie mostrando seu preconceito no YouTube, SJW’s se manifestam no vídeo e os comentaristas do meio bit apóiam o cara sendo racista.

    Depois reclamam que a esquerda tenha o monopólio sobre a virtude. Porque será?

    • Dou uma e se for bom dou mais

      Mas ele foi racista ué? Se um cara corta minha passagem e eu falo “só podia ser preto mesmo” isso é o que? Uma afirmação categórica da capacidade que pessoas negras tem de passar a minha frente no trânsito? É racismo porra! Nigga é uma forma pejorativa e usada na situação foi mais pejorativa ainda.

      Acho que você precisa aprender a ser menos binário e aprender em que nível algo é aceitável ou não.

      • Mirai Densetsu

        Ele foi racista e mereceu a censura. E nem pode alegar que foi sem querer, porque não foi a primeira vez.

        O problema que apontei é que os comentaristas daqui – que tendem à direita – costumam criticar qualquer pessoa que critique atitudes como a do Pew Die Pie. É como se o cara pudesse ser racista o quanto for e ninguém tem “direito” de ter uma opinião contra o racista em questão ou ficar do lado da vítima.

        E, convenhamos, apoiar um preconceito que até hoje limita as oportunidades de uma parcela significativa da população não é o que pode ser chamado de “virtude”.

        • Dou uma e se for bom dou mais

          Mas eu tendo a direita e acho completamente errado esse tipo de atitude. Será que você não está deixando o binarismo social te atingir e dividindo as pessoas em castas ao invés de apenas entender que pessoas são pessoas?

          • Mirai Densetsu

            É raro um direitista brasileiro condenar esse tipo de atitude. Muito raro mesmo.

            E não se engane: há muito preconceito e discriminação na esquerda. Entre as minorias mesmo.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Pelo contrário. Não é nem um pouco raro alguém da direita condenar atos ilícitos. Novamente você se deixa levar pelo binarismo. O que acontece é que tem um grupinho de pseudo-liberais-anarcocapitalistas mas que na verdade nem aprenderam a usar o piniquinho mas querem apitar sobre liberdade de expressão… Sendo assim pedem liberdade de expressão como a esquerda (ou esqueceu do Santander?) mas querem bancar os capitalistas de direita.

          • Mirai Densetsu

            Depende do ilícito. Sonegação fiscal, por exemplo, é crime, mas liberais vêem com bons olhos. A não ser que se tenha uma noção mais particular do que seja “ilícito”.

            E sobre os pseudo-liberais que você dissesse, eles são a maioria dos liberais. Mesmo o MBL, com os seus milhões de seguidores, deu sua crise de autoritarismo. E não vi até o momento alguma organização liberal condenar o fechamento da exposição em Porto Alegre. Note que só falei dos liberais porque eles condenariam isso se fossem realmente liberais.

            Como não ver consenso na direita brasileira?

          • Dou uma e se for bom dou mais

            E liberal é de direita? Ou é de esquerda? Ou é mais uma ligação binária retardada que permeia em todo canto? Liberal é liberal e ponto final, o que os caras querem é um anarco-capitalismo que assim como toda UTOPIA, não funciona. Conservadores são conservadores, equalistas são equalistas, pessoas centradas são pessoas centradas. Idiotas que acreditam em utopias são idiotas que acreditam em utopias.
            Eu não acredito em utopia, ser humano não duraria um ano em uma utopia e já acharia que está tudo errado. Prefiro simplesmente ser realista, algo moralmente errado é algo moralmente errado, algo moralmente certo é algo moralmente certo temos uma reta entre esses dois pontos e nela podemos dizer que algo está muito certo, muito errado ou algo entre esses dois. Diferente do binarismo idiota dou graças a Deus de enxergar 50 tons de cinza.
            “E não vi até o momento alguma organização liberal condenar o fechamento da exposição em Porto Alegre.”. Nossa e por isso os caras são de direita? Saiba que eles não condenaram (pelas palavras do Kim e do Arthur) por que eles são a favor da liberdade de expressão, eles só quiseram o fim porque era moralmente errado uma exposição com apelo sexual permitir entrada de crianças e adolescentes e o uso de dinheiro público por UM BANCO. (o que são motivos pelo qual eu também condenei pois acredito que até um retardado tem direito de se expressar desde que ele respeite o direito dos outros de achar que ele está errado).
            Vamos mais longe, eu acredito que devemos ter um estado forte protegendo o cidadão porque as empresas não respeitam e sem o estado seríamos esmagados pelo monopolismo (e variantes já que nem sempre apenas uma empresa domina o mercado, muitas vezes juntam várias empresas agindo em conjunto). Por causa disso sou esquerdista? Só que condeno o vitimismo e protecionismo do estado, por isso sou de direita?
            Quando você trocar seu monitor preto e branco por um colorido talvez entenda melhor.

          • Mirai Densetsu

            E liberal é de direita? Ou é de esquerda?

            Liberais normalmente se definem como “a” direita, por mais que existam estadistas de direita (nacionalistas, por exemplo).

            Anarco capitalistas também se definem como direita. E mesmo tatcheristas (ou neoliberais, como a esquerda os chama) se definem direitistas.

            Mas o que você entende como “direita” e “esquerda”?

            Ou é mais uma ligação binária retardada que permeia em todo canto? Liberal é liberal e ponto final, o que os caras querem é um anarco-capitalismo que assim como toda UTOPIA, não funciona.

            Longe disso. Talvez mais uma generalização mesmo. Igual a que você usou.

            Você sabe que existem liberais que defendem o estado mínimo, os que são conservadores nos costumes (como o MBL) e os ancaps. Sem falar dos fãs da escola austríaca, os tatcheristas, etc.

            Nossa e por isso os caras são de direita?

            Óbvio que não. Mas é interessante notar que os think tanks mais famosos que pregam o liberalismo econômico se definem como direita. Se eles dizem isso, não sou eu quem vai refutar.

            E isso chega a ser engraçado, pois até mesmo sindicatos (e sindicalistas) de direita existem.

            Saiba que eles não condenaram (pelas palavras do Kim e do Arthur) por que eles são a favor da liberdade de expressão, eles só quiseram o fim porque era moralmente errado uma exposição com apelo sexual permitir entrada de crianças e adolescentes e o uso de dinheiro público por UM BANCO. (o que são motivos pelo qual eu também condenei pois acredito que até um retardado tem direito de se expressar desde que ele respeite o direito dos outros de achar que ele está errado).

            Uma instituição que sobrevive à base de dinheiro público tem quanta moral para criticar a exposição organizada por um banco PRIVADO?

            Quanto ao outro problema, não era só colocar um limite mínimo de idade?

            Ou será que eles estão tentando impor outra moral? Divago…

            Vamos mais longe, eu acredito que devemos ter um estado forte protegendo o cidadão porque as empresas não respeitam e sem o estado seríamos esmagados pelo monopolismo (e variantes já que nem sempre apenas uma empresa domina o mercado, muitas vezes juntam várias empresas agindo em conjunto). Por causa disso sou esquerdista?

            Não. Você pode muito bem ser, por exemplo, um nacionalista de direita.

            Mais uma vez, você precisa definir o que é direita e esquerda.

            Quando você trocar seu monitor preto e branco por um colorido talvez entenda melhor.

            O que você não parece entender é que existe um padrão entre pessoas que se dizem de direita e de esquerda.

            Por exemplo, pessoas que defendem a justiça social tendem a ser de esquerda. Assim como aquelas que defendem a meritocracia com base apenas no desempenho individual tende a ser de direita.

  • Márcio Chaves

    Foi uma boa jogada de marketing desse cara, aproveitando a popularidade do pewpew

  • Anayran Pinheiro

    Lembrando que a linha entre zoeira e ofensa é muito tênue. E no caso dele, ele pendeu totalmente para a ofensa, tanto que até pediu desculpas depois por ter visto a merda que fez.

    Não tentem relativizar o racismo. Isso é intolerância, e intolerância é combatida com intolerância pessoal… D=

    • EmuManíaco

      quem é o intolerante? quem ofende e segundos depois se arrepende e pede desculpas ou quem destroi a vida alheia por uma pisada de bola?

      • Anayran Pinheiro

        A falta de empatia com o outro me assusta… Não é porque “nigger” é só mais um xingamento para nós que deve ser tratado assim para tudo… Essa expressão é mais ou menos o equivalente a uma pessoa imitar um macaco e jogar uma banana na frente de um negro, só pra tentar traçar um paralelo. Fazer isto e depois pedir desculpas pode não apagar da mente de uma criança ou adolescente (que é o público ao qual o Piudipai se dirige principalmente) que sabe o que esta palavra significa como ele ofende o próximo. Ou, em caso mais provável, pode estar influenciando outros adolescentes, e não adianta falar que adolescente sabe o que faz, nem todos são assim.

        Então, indiretamente ele pode estar sim destruindo a vida alheia por uma pisada de bola também.

        • EmuManíaco

          Sou negro (tenho que avisar senão nego chama de racista) e minha percepção hoje de racismo é bem diferente da maioria dos negros. Pra mim só se ofende quem quer se sentir ofendido e com isso a coisa sempre se retroalimenta.

          • Anayran Pinheiro

            Cara, ser negro não nos isenta de sabermos o contexto do negro em outras culturas. Não é questão de ficar com a bunda doída ou querer que nos paguem uma dívida histórica (até por isso ser meio que lorota), e ser empático com a cultura externa. O negro no Brasil é muito mais cabeça certa que em outros cantos, porém nos recusamos a entender o porquê de algumas coisas serem muito mais ofensivas que outras para a nossa cor (raça somente a humana) em outros cantos!

          • EmuManíaco

            Aí que tá. Em alguns lugares vc consegue entender o contexto. Mas hoje aqui no brasil não vejo nada alem de um chilique generalizado.

        • Yskar

          “A falta de empatia com o outro me assusta.”
          Ter falta de empatia com gente fresca que se ofende com palavras não é mais que a obrigação de uma pessoa sensata.
          Se a pessoa é de vidro que se endureça pois o mundo é recheado de martelos, a vida é dura mas meu pau é mais!

          • hahahahaha

          • Isso me lembra de algo que citei em um certo artigo que não me recordo no momento:
            Empatia é boa, empatia é legal, mas ela nunca foi e nunca será obrigatória com aquele que você claramente não se dá bem.
            Claro, isso não é pretexto para eu sair por aí sendo um escroto completo, mas eu não consigo deixar de notar que estão tentando fazer o mundo como a música “Imagine” do John Lennon, só que ignorando o fato que isso é utopia.
            A empatia está virando o novo dogma, e isso sinceramente me incomoda.

          • Yskar

            Excelente colocação.

  • gfg

    Um cara que ninguém nunca ouviu falar, dono de uma empresa que ninguém nunca ouviu falar, proibindo o “”MAIOR”” youtuber de jogar gamers que NINGUÉM NUNCA OUVIU FALAR.

    Provavelmente a jogada de marketing do ano.

    • Lucas Timm

      A Zero Hora, o Estadão e outros estavam desesperados pela manchete: “Youtuber com mais inscritos no mundo comete ato de racismo ao vivo na internet”.

      Afinal, vamos tentar causar polêmica com um cara que 97% dos nossos leitores não sabem quem é.

  • gfg

    O pewpewpew podia ter soltado tranquilamente um “Não sou racista, racismo da cadeia e cadeia é lugar de preto.”

    • Cássio Amaral

      lol

  • Inquisidor

    não gosto do pewdiepie, acho ele irritante, chato e lixo, ou seja, um felipe neto dos eua, quanto ao fato dele falar algo racista nem me surpreende, ele é burro mesmo.
    quanto ao estudio do jogo, eu seila, to cagando.

  • Na moral;
    O merdista do PiuMorraPie mereceu o esporro. O cara que manipular o hype, mas não pode ser burro.
    Xingar o coleguinha com termo racista só provou o quão escroto ele é. Querer apostar quando que o PPP vai fazer um textão-in-video mimizando a atitude da produtora? Resultado, muitos irão apoiar o PPP mesmo errado, sabe porque Ele tem o que muitos políticos e YouTubers BR modinha tem, carisma.

    Agora me desculpas, eu e a Miku estamos rindo litros do povo tomando as dores e fazendo analogias análogas do analógico aqui nos comentários huauhahua.

  • André Pessimista

    Certo dia estava comendo uma banana, e me ocorreu de oferecer uma ao meu colega de trabalho negro. Me deu um click sombrio e achei melhor não, por medo dele me acusar de algo.

    • da próxima vez ofereça uma melancia.

      • Lucas Timm

        LOL

  • “OH MEU DEUS! PEWDIEPIE FALOU NIGGER!!! OH MEU DEUS!!!”

    Na BOA. Imaginem se esse pessoal visse o Mussum ser chamado de “Grande Pássaro” e o Didi de “Cabeça Chata”.

    E tenho certeza que todos os integrantes daqui , ao jogar, xingam dizendo “pulha” ou “biltre”.

    • Alex J.

      Não tenha dúvidas! Quando tô no BF e alguém me mata praticando em seguida um t-bag, de imediato eu desaprovo a atitude: “nobre cavalheiro, sua atitude foi deveras deselegante. Exijo retratação imediata, ou o perseguirei por todo o restante deste distinto jogo”.

      • O maU elementaU

        O que e t-bag?

        • Teabag é o ato de se agachar rapidamente em cima do adversário que você derrotou (geralmente em FPSs). Como isso se assemelha a você literalmente esfregar seu saco escrotal na cara do derrotado, isso tende a ser visto como um ato de humilhação e afronta.

    • O maU elementaU

      Galinha do ar…

  • Marcelo Paz

    Um absurdo um branco usar a palavra “nigger”. Só os afrodescendentes têm esse direito. Está na hora de certas etnias serem proibidas por leis de usarem determinadas palavras.

    • Rodrigo A. Sena Pereira

      A animação Zootopia têm uma crítica social sutil neste contexto dos coelhos ou lebres e somente eles se chamarem de “fofo ou fofinhos”!!
      Conheço vários negros e negras que se chamam por apelidos que se for um “branco” que diga a mesma coisa acabaria em cadeia ou morte!!!
      Excelente e preciso teu apontamento!!

    • Então, a filha do Richard Dawkins pode falar “nigger”, já que o pai dela nasceu no Quênia.

  • Marcelo Eiras

    Geração mimimillenials. Com aval do meio bit.

    • Lucas Timm

      Gogoni. Não finja surpresa, eu sempre te vejo por aqui. 😛

  • Bodybuilder troslador

    “Sup, niggers!”

    Sempre comprimento os meus amiguinhos assim. Rimos muito juntos.

    • Yskar

      Imagine se as pessoas começassem a se ofender com um “falaê viado!”

  • É lamentável um console permitir compartilhar vídeos no Youtube apenas para que eles sejam derrubados alguns minutos depois.

    Já compartilhei vídeo do Fifa que foi suspenso por causa de música dos menus. Já compartilhei vídeo do F1 2017 e foi derrubado no mundo inteiro por causa de uma vinhetinha da Formula 1.

  • Fernando Silva

    Nao deixam de estar certos, apesar de serem hipócritas. Pelo que eu saiba (e eu posso estar imensamente errado) tirando telejornais e programas de fofoca, tudo que passa na TV e que foi produzido por outra mídia tem que pagar direitos autorais. O Youtube é uma grande zona cinza, mas a empresa que desenvolveu e produziu algo tem todo e qualquer direito sobre o produto. O consumidor comprou para consumo pessoal, isso é bem claro nas caixas de jogos/filmes desde a época do VHS. É pura hipocrisia dos dois lados, mas também nao devemos criar um alarde que nao existe, onde as empresas podem a qualquer momento mudar de ideia, sim ela podem e tem o direito, pois os youtubers estao trabalhando com conteúdo que noa foi criado por eles e ponto. O direito nao é deles e ponto.

  • Na boa? Aí já é perseguição ao cara. Ele cometeu um erro? Sim. Mas NO ATO identificou, se desculpou e disse que não é algo que se faça. Ele não foi “babaca”, foi só humano. Deslizes cometemos todos, nobre é reconhecer quando erramos.

  • SomeReader

    Acho meio hipocresia isto… ok, o comentário é entendido como racista, e isto é ruim. ok.

    Mas em jogos online não é raro ser extremamente hostil, pessoal se xingando o tempo todo. Ou mudou desde quando eu jogava para cá? Imagino aquele jogo de CS cheio de moleques de 16 a 18 anos… vixi, deve ser um insulto atrás do outro.

    • Mas aí eu acho uma questão de inviabilidade do que hipocrisia: uma coisa é você esculachar uma figura pública que comete uma mancada dessas. Mas tente tomar ações com todo escrotinho que aparece no seu dia-a-dia de jogatina, que utiliza do seu anonimato para esbravejar tudo quanto é merda?

  • O cara falou merda e pediu desculpa logo em seguida?

    Nossa, que monstro ele…

    • Lucas Timm

      MICROAGRESSION, haha

  • Abner Oliveira

    Na boa, se você anda se ofendendo por palavras.. as palavras não são o problema, VOCÊ é o problema.

  • Renato Provazi

    bom artigo!, sobre o game, quem liga pra Firewatch? no twich não tem ninguém fazendo stream, simplesmente a relevância é zero

  • Matheus Frantz de Faria

    Será que a rockstar vai retirar o último nerdplayer de gta V do jovem nerd ?

  • Esse PewDiePie além de jogar nada, fala muita merd. Tem quem gosta.

  • Ronaldo Klais

    Se eu fosse o inventor da Energia Elétrica, eu também pediria minha parte nos lucros.

  • Jefferson Viana

    Uma vez vi um documentário uma frase que não me esqueço: Sabe.por que negros,mulheres, nordestinos e outras minorias não se “incomodavam” com certas piadas, cantadas e outras coisas mais há 20 ,30 anos atrás? Por que naquela época eles “sabiam” qual era seu lugar na sociedade, e não podiam reclamar, tinham que viver com aquilo.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis