Resenha: The Orville — a melhor Star Trek desde Star Trek

vlcsnap-error363

Seth MacFarlane é uma figura polarizadora. Quem não gosta de Family Guy odeia o sujeito. O que é uma pena. Não reconhece que por trás das piadas sujas (e ótimas) ele é um geek incurável que usa seu trabalho para se aproximar de seus ídolos. Não é à toa que Patrick Stewart é voz fixa em American Dad, e graças a Seth tivemos o excelente Cosmos com o famoso astro… — digo, Neil DeGrasse Tyson.

Ele ama Star Trek, isso é evidente em seus trabalhos, e como todo mundo sentia falta de uma Star Trek de raiz, uma Star Trek moleque, de várzea, otimista até o osso, com todos os seus exageros. E na falta dessa Star Trek, Seth criou sua própria.

The Orville não é o festival de comédia pastelão que os trailers passam. Sim, há bastante piadas, mas não é uma paródia de Star Trek. É basicamente Galaxy Quest: uma declaração de amor à Série Clássica.

O episódio, dirigido por Jon Fraveau, começa em 2418. Não há mais pobreza, guerras, fome mas há cornos. Ed Mercer (Seth MacFarlane) chega em casa só para descobrir sua esposa, Kelly Grayson, na cama com um alienígena azul. Ele entra em crise e sua carreira promissora vai para o ralo.

Um ano depois ele é convocado por um almirante e ganha um comando, por pura falta de opções. Ainda na primeira missão ele descobre que Kelly, a ex-esposa é a primeira-oficial da nave. Sim, puro climão.

vlcsnap-error654

Eles seguem em uma missão de rotina, apenas para descobrir que os cientistas de um posto avançado desenvolveram uma tecnologia que seria terrível na mão dos Krills, os inimigos-padrão da série. Os Krills claro aparecem e só depois de muito custo a Orville derrota a nave inimiga e todos voltam para casa. A primeira-oficial salvou o dia, e o capitão acaba pedindo que ela fique na nave.

Como episódio é bem mediano, mas é como aquele bombom velho que você acha no fundo da mochila quando está morrendo de fome: é delicioso. É a Star Trek que a gente sentia falta desde a Nova Geração. É a Star Trek do Q, É a Star Trek de Harry Mudd.

Em muitas partes você acha que está vendo Star Trek, depois reclama que não está. Eles não têm teletransporte, usam shuttles o tempo todo. A terminologia também é toda “errada”. A gente QUER que seja Star Trek.

Algumas cenas são referências diretas:

vlcsnap-error458

vlcsnap-error111

vlcsnap-error429

Sim, tem a clássica cena do capitão indo a bordo em um shuttle, a diferença é que Gordon, o timoneiro da Orville está tomando uma cerveja.

vlcsnap-error945

Para quem está com medo de a nova série de Star Trek ir lacradora, Orville é o antídoto. Assim como a boa e velha Star Trek, a tripulação é multiétnica multigênero e multirracial, mas não faz disso uma bandeira. Orville não tem ranço e sinto que teremos ótimas cenas com Isaac, uma forma de vida cibernética de uma espécie “legendariamente racista”, que considera todas as formas de vida biológicas inferiores.

Visualmente Orville se esforça para se distanciar de Star Trek. Ou seja: não são preguiçosos. Fazem as homenagens e referências mas no resto das cenas buscam identidades próprias. Eles têm até cintos de segurança!

vlcsnap-error543

Por causa disso a movimentação das naves é estranha: é muito mais fluída do que o normal.

Os 44 minutos do primeiro episódio passam voando, não há enrolação. Nos primeiros 7 minutos o capitão já está na nave, a impressão é que como todos conhecemos as tropes envolvidas, não perderam tempo explicando nada. E funcionou.


FilmTrailerZone — THE ORVILLE Comic-Con Trailer 2 (2017) Seth MacFarlane Comedy Series HD

Conclusão

The Orville não é zoeira com Star Trek, não é comédia pastelão e não é Family Guy. Orville é uma série inteira só dos episódios mais engraçados de Star Trek. Se você gostou de Kirk (e Sisko) enrolados com Pingos, se gosta do Q aporrinhando o Picard, se gosta de Tom Paris vivendo no Holodeck da Voyager uma aventura em preto-e-branco estilo Flash Gordon, vai amar The Orville.

Por outro lado, se ficção científica pra você tem que ter muito comentário social, se você achou Perdido em Marte muito bobo e acha que toda série tem que ser igual a Battlestar Galactica, não perca seu tempo.

The Orville passa aos domingos na FOX da civilização, e aqui na locadora do Paulo Coelho.


Leia também:

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Guilherme Araujo

    Foda, já tenho umas 8 séries que estou assistindo e por sua culpa vou começar mais uma…

  • Kirk

    Scotty, manda um balde de pipoca aqui para meu quarto.

  • Valeu, vou zóiar aqui!

  • Guilherme

    Faltou a nota. Algo tipo 4,5 Patrick Stewarts, ou coisa mais criativa.

  • As imagens para ilustrar o post foram retiradas de fontes completamente confiáveis, só faltou o link…

    😉

    …bem, procurarei Na Locadora™

  • Jalper

    Já acompanho este site há algum tempo mas acho que cheguei depois da criação do termo “locadora do Paulo Coelho”… Sei o que é, mas de onde veio isso?

    • Tide “pepe” Hunter

      Veio depois do Paulo Coelho lançar um livro pelo ‘The Pirate Bay’.

      • Cristiano.ferr

        se não me engano, veio de um entrevista com o Jovem Nerd onde ele falou que pegava filmes na ‘locadora’. Ai eles popularizaram o termo.

  • Jader Pereira

    Eu amo jornada nas estrelas da classica a nova geraçao eu quero garrar nesta tambem me parece muito boa!!!

  • Grade, Tardigrade

    Foda é essas séries sempre criarem a velha (e tediosa, maçante, chata pra caralho) briguinha de casais.
    Já foi a primeira coisa que li e me fez perder todo o interesse.

  • Tide “pepe” Hunter

    Estou na 2ª temporada de ‘Star Trek Voyager’ e gostando bastante.

    • Fernando R Sousa

      Na minha opinião, é o melhor star trek, pois ela vai fundo no desconhecido, DS9 é novela no espaço, estou ficando velho e não quero saber de novelas mais kkkkkkkkkk

      • Paulo Costa

        Que pena,
        então você realmente não assistiu DS9,
        é a mais complexa da franquia, não depende de fasers e batalhas homéricas para se justificar, embora as tenha, e paradoxalmente, quando era o caso, produziu as melhores cenas de combates da franquia.

        Em tempo:
        Quando eu tinha meus vinte anos, também desisti de assistir DS9 porque achava que era muita conversa e pouca ação, o tempo me mostrou que na época não tinha capacidade de discernimento para compreender a riqueza da trama.

        • DS9 de diferente de StarTrek anteriores possui cenas gays, cisco pagando propina, federação abrindo mão de suas diretrizes, inimigos melhores estrategistas que os humanos, muita religiosidade…ou seja, é uma degeneração da perfeição ou idealismo iniciado pelas franquias anteriores.
          Nem todos vão gostar de DS9, tem episódios inteligentes que valem a pena assistir, mas muitos episódios são puro tedio.

          • Vila Jr

            DS9 só fica boa mesmo depois da terceira. Antes disso é muita enrolação

      • Zalla

        DS9 é maravilhosa, tem episodios emocionantes, outros com batalhas, enfim…é muito boa…eu gosto de todas as series nao saberia dizer qual a melhor, mas DS9 é uma seria candidata

      • Cassio Eskelsen

        DS9 é muito legal, o que estraga é o ator do Cisco atuando como se estivesse em um festival de teatro universitário.

    • A 1a de Voyager é bem irregular, mas eles se acertam na segunda e daí só melhora.

      • Diria que a segunda melhora um pouco. A série só engrena a partir da quarta.

        • Vila Jr

          Exato. Quando entram no espaço borg a série fica excelente

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Mas antes disso tem episódios fantásticos como The Thaw. Não importa o quanto eu assista ele, sempre termino me arrepiando.

          • Vila Jr

            Tem alguns sim. Mas a série como um todo melhora bastante…

    • Terminei a maratona essa semana, acho que nem levei 6 meses. Mas valeu a pena. Como toda série, tem episódios ruins e fodas, os fodas compensam!

  • Fernando R Sousa

    A Raça dos Q’s são os melhores

  • Giuliano

    Foi somente eu que passou o mouse sorrateiramente na palavra “aqui” da frase “, e aqui na locadora do Paulo Coelho.” ???

    Decepcionado quando não vi um hiperlink…

    • Dou uma e se for bom dou mais

      Então vai se decepcionar sempre… Esse não é um site com material de locadora.

  • Wagner Felix

    “Star Trek de várzea” eu só consigo lembrar daquela lutinha ridícula, que é tão ridícula que nem virou meme, hahah.

  • “Em muitas partes você acha que está vendo Star Trek, depois reclama que não está. Eles não têm teletransporte, usam shuttles o tempo todo. A terminologia também é toda “errada”. A gente QUER que seja Star Trek.”

    Isso que me deixou com uma sensação estranha. Tem menos humor do que aparenta, especialmente se você esperava algo pastelão (praticamente todas piadas estão no trailer) e tem similaridade DEMAIS com Star Trek, a ponto de estranhar coisas bobas como a terminologia estranha e detalhes como o cinto de segurança no shuttle. Meio que caiu no vale da estranheza pra mim.

    Mas estou curioso pra ver onde ele quer chegar com essa série, como fã de Family Guy/American Dad!.

    PS: Sinto falta de uma série com a pegada de Battlestar Galactica. The Expanse me decepcionou.

    • Vila Jr

      Já eu achei The Expanse sensacional. Inclusive parti para os livros. Já li todos os 6 e estou ansioso aguardando o sétimo

  • Dou uma e se for bom dou mais

    E então eu vi Adrianne Palicki…

  • Lunaltico.

    Pra mim The Orville já ganha de Discovery por se passar no futuro e não no pasado.

    • Vedek Pedro

      Discovery é no passado do futuro. kkk

  • José Carvalho

    Logo agora que eu cancelei a TV a cabo.. uahsuhahshushaushaus

  • Que conste nos autos que eu não odeio Seth McFarlane, ok? 😛

    Mas valeu a dica – estou terminando Arquivo X e vai ficar sobrando um espacinho na grade…

  • David Emanuel De Souza Coelho

    Vai passar quando na Fox brasileira?

  • Matheus

    A série me surpreendeu e muito, jurava que seria uma comédia pastelão, mas foi bem diferente, a série teve um ótimo início e soube desenvolver bem os personagens nesse primeiro ep. Outra coisa surpreendente foi o visual da série, achei simplesmente fantástico, eles investiram pesado em cada detalhe.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis