ad

Facebook está testando integração com o Stories do Instagram

facebook-instagram

Nem tudo o que reluz é ouro, e nem toda cópia de um recurso rival dará certo de primeira. Embora o Facebook tenha replicado o Stories do Snapchat em todas as suas plataformas, nem todas foram bem-aceitas pelo público. A função em sua rede social principal é a menos utilizada, raras foram as vezes em que vi algum contato disponibilizar um Story por ali.

O Instagram Stories por outro lado deu muito certo, hoje ele conta com 250 milhões de usuários e é mais utilizado para tal fim que o próprio Snapchat, logo por que não descartar o que fracassou e focar no que fez sucesso? Pois é exatamente isso que pode acontecer.

Alguns usuários relatam que uma nova opção de compartilhamento apareceu no Instagram, a de republicar seus Stories também no Facebook. Dessa forma, ao criar aquele slide de fotos ou um vídeo engraçadinho você poderá em breve, se desejar economizar etapas e atualizar ambas redes com o mesmo conteúdo ao mesmo tempo. Isso é bem interessante para quem mantém páginas oficiais e precisa realmente gerar conteúdo para manter seus seguidores engajados.

Em comunicado um porta-voz do Instagram confirmou os testes mas não deu maiores detalhes; ele se limitou a dizer apenas que a rede social “está sempre testando meios de melhorar sua experiência de uso e tornar mais fácil o ato de compartilhar qualquer momento com as pessoas com as quais você se importa”. Não há informações sobre quando a funcionalidade estará disponível para todos.

Vamos recapitular: de todas as plataformas do Facebook em que o Stories está presente o do app principal é o que menos teve adesão. O Status do WhatsApp teve uma boa adesão e mesmo o Messenger Day, um app dedicado (e irritante) apenas para Stories tem sua gama de usuários. O Facebook está empurrando as imagens efêmeras até no desktop, e não é preciso pensar muito para entender por quê:

O Stories é uma excelente plataforma para anúncios.

Com 250 milhões de usuários diários no Instagram, faz muito mais sentido abandonar o compartilhamento nativo e importar o do app de fotos para que usuários vejam não só as fotos e vídeos de seus amigos, bem como se sintam incentivados a experimentar o Instagram (caso não sejam usuários) e claro, possam consumir anúncios e postagens patrocinadas que se revertem em dinheiro para os parceiros e o Facebook. O WhatsApp não corre esse risco, já que ele será monetizado de outra forma.

Claro que é muito mais intuitivo consumir os Stories num smartphone e o Facebook sabe disso: 87% de sua receita com anúncios vêm de dispositivos móveis, e com a ferramenta sendo uma plataforma de grande apelo ao público é inviável deixar uma versão fraca e subutilizada no ar. Logo o Facebook continuará tentando de tudo para que ele vingue e obviamente, renda muita grana.

Fonte: Mashable.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • José Carvalho

    Na fumacenta redação do MeioBit o clima está normal, é uma Sexta-Feira tranquila, nenhuma tragédia ou comoção agita as prensas, Gogoni estava com aquele chapéu clássico, com os pés na mesa de madeira, falando ao telefone com uma fonte importante de uma matéria digna do Pulitzer… Os passos pesados rangem o chão desde o longe até a porta do escritório, cada impacto faz os copos e garrafas baterem, Gogoni olha para a bandeja e os uísques importados, e a medida que os passos se afastam da porta na mesma velocidade em que lá chegaram ele pensa na garrafa do uisque barato que ele realmente gosta está a bater levemente no 38 guardado na gaveta e o som chega a ser interessante, diferente dos vidros batendo, distinto do som das janelas tremendo nos quadros… Que raiva é essa que quase afunda o chão a cada passo?.. PAAAAAAA!!! A porta se abre com um impacto firme balançando todas as janelas e garrafas e fazendo pular a maquina de escrever que repousava ao lado dos pés de Gogoni na mesa que mal tiveram tempo de descer dela com o susto, e antes que pudesse adaptar seus olhos ao brilho que entrava pela porta e o corpo que formava uma indistinguivel silhueta pudesse ser identificado, com a inércia de um rinoceronte a figura joga Gogoni ao chão, com mãos molhadas agarradas a seu colarinho a voz assustadora entra em seus ouvidos a gritar impetuosamente, não se vê a face do algoz, só a voz desconhecida ecoa na sua mente fazendo o estômago, coração e intestinos de Gogoni se fundirem em uma pedra de gelo: – MAIS MATÉRIAS GOGONI – MAIS MATÉRIAS – RÁPIDO… A figura simpática e sempre apta ao diálogo ácido com o contraditório do Cardoso fita Gogoni com espanto ao tentar levantá-lo da cadeira,
    – Puta tombo, cara! Tá tudo bem?
    – Me assustei quando você entrou, tava preparando uma maté…
    – Olha, desculpa a interrupção, temos tido poucas matérias,…
    – Eu sei, mas é que pra fazer boas matérias, precisamos de tempo para confirmar fontes, revis…
    – Gogoni, aqui não é o Contraditórium, aqui ganhamos dinheiro com publicidade… Copia de outros portais, pega a matéria da pqp, dá teu toque e publica…
    – Mas, Cardoso, os leitores do MeioBit estão acostu…
    – Gogoni, qualidade eu quero na minha conta! Tenho que tirar férias, quero ir pra Vegas. Não quero te pressionar mas, vamos fazer assim, esquece verificação, esquece revisão… Ninguém mais liga pra isso, olha a porcaria do G1…! Eles é que fazem grana, e não tem um Pulitzer!
    – Tem razão, vou fazer assim…

    Quando a sufocante figura larga seu colarinho e o odor a velho cigarro e uisque impregnado nas roupas afasta-se, Gogoni sabe que terá apenas um trabalho daqui para frente…

    • PabloEscobar

      Deem um prêmio pra esse cara. hahahaha
      P.s: me irrita pra caralho que esses filhos da puta não revisam a porra do texto nem depois de publicado. Cada erro que nem minha avó analfabeta cometeria. Um conteúdo tão bom (na maioria das vezes), custa revisar?

      • José Carvalho

        . Comentário acidental

      • José Carvalho

        O que nos atrai no MeioBit é justamente a qualidade do material publicado, recentemente parece que é tudo feito nas coxas, sem esmero… Não tenho críticas pessoais a ninguém daqui, erros todo mundo comete, mas ao final tentamos limpar a confusão

        • Todos sabemos que o Gogoni é o elo fraco do MeioBit

          • José Carvalho

            Se acontece em todos os portais, não posso bem culpar, ou melhor, bem-culpar o Gogoni… Até o Cardoso escorrega nesta questão, mas como é conteudo próprio e com uma qualidade excepcional, relevamos. Poderiamos relevar também os erros do Gogoni, mas precisa dar uma melhorada na qualidade. Poderiam dar uma vista de olhos no Word, deixá-lo corrigir o texto. O que me parece aqui, é que alguns artigos são escritos no smartphone ou tablet, os erros são muito parecidos com os induzidos pelo corretor ortográfico do Android

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis