Livros inacabados de Terry Pratchett esmagados por um rolo compressor

e8232cac7fdf204d9f56eb04d0e75048-terry-pratchett-discworld-the-sword

Sir Terry Pratchett é mais conhecido pelos 41 livros da ótima série Discworld, mas seu talento ia muito além. Astrônomo amador, naturalista, gamer, micreiro, roteirista, ele fez de tudo um pouco e tudo muito bem. Infelizmente ele nos deixou em 2015, com apenas 66 anos. Terry sofria de Alzheimer precoce e demência avançada, cruel e irônico fim para uma das mentes mais aguçadas de nosso tempo.

Como todo escritor ele era cheio de manias, mas seguia a linha de Excêntrico do Bem. Uma dessas esquisitices foi forjar a própria espada, com aço feito de meteoritos, para a cerimônia onde foi agraciado com o título de Cavaleiro pela Rainha da Inglaterra.

6mccfsn

Também como todo escritor Sir Terry tinha uma gaveta cheia de histórias inacabadas. Normalmente editores gananciosos e parentes idem vasculham cada cantinho atrás de algo que possam transformar em dinheiro, resultando invariavelmente em livros ruins sujando o nome do autor.

Desta vez isso não vai acontecer. Terry Pratchett decidiu que 70 títulos e 70 milhões de exemplares vendidos eram o bastante, e deixou instruções para que seu material inacabado fosse devidamente destruído por Rob Wilkins, seu assistente.

Terry sendo Terry, ele escolheu um fim bem dramático para o disco rígido que guardava as últimas cópias dos textos.

dieypkvxuamostu

Originalmente ele queria um equipamento monitorando seu coração, e quando parasse de bater, o HD seria apagado. Bem dramático, mas além de ser algo terrivelmente deprimente pra algum maker criar, médicos não gostam de estranhos espetando fios nos pacientes deles.

A segunda opção foi esmagar o HD com um rolo compressor. Deu trabalho mas Rob conseguiu alugar um monstro de 6,7 toneladas, movido a vapor chamado Lord Jericho. O HD foi devidamente esmagado, mas só para garantir depois ele ainda foi colocado em um triturador de pedras:

diegiscxyaaowy6

Foram perdidos para sempre pelo menos 10 livros e incontáveis histórias, mas não podemos ser gananciosos demais. De resto, sempre há a esperança de que o verdadeiro HD esteja guardado em algum lugar. Alguns fãs apontaram pro detalhe do disco ser IDE, muito velho, e Terry era geek micreiro, vivia trocando e atualizando equipamento.

Quem quiser conhecer o trabalho de Terry Pratchett eu recomendo muito, mas muito mesmo Belas Maldições.

a1xohvdihnl

Nesse livro o texto místico de Neil Gaiman se encaixa perfeitamente com o humor de Terry Pratchett: é uma deliciosa história sobre um anjo e um demônio, vivendo confortavelmente na Terra e tendo que lidar com o Apocalipse, que será comandado pelo Anticristo, uma criança que deveria ter sido criado por pais satanistas diplomatas dos EUA, mas sem-querer foi parar com uma família inglesa do interior, perfeitamente normal. Ah sim, tem também uma bruxa medieval que nunca fez sucesso, suas previsões eram precisas e específicas demais, como “não comprarás Betamax”.

Belas Maldições é o livro que mais comprei, e não tenho. Devo ter dado uns 20 exemplares. Até hoje ninguém reclamou.

Onde encontrar: na Amazon, por R$ 32,76 (mas a capa é mais feia).

Relacionados: , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • DanielBastos

    “o livro que mais comprei, e não tenho”

    Entendo muito bem como é. Tenho alguns assim tb.

  • Regis Mayer

    Onde encontrar: na Amazon, por R$ 32,76 (mas a capa é mais feia).
    Feia é um elogio para aquela desgraça de capa, obra de designer de ponte.

    • Ivan

      Nivel wordart

      • Nem Wordart

        “Acho que essa fonte ficará maneira.”

        Tascou, pronto.

    • Vinícius Cordeiro

      É só procurar no site da Estante Virtual a edição da editora Bertrand, essa capa da edição da editora Record é tosca demais.

    • Leandro Medeiros

      Se for e-book da pra usar o Calibri e mudar a capa

  • Narciso

    Que diva

  • Fernando Silva

    Belas Maldiçoes é extraordinário! Junta o humor nonsense de Discworld com o aprofundamento mítico de Sandman. Realmente é um livro obrigatório não só para nerds, mas para todos aqueles que adoram uma boa leitura.

  • cesar m

    Que coisa né! livros de gramática ninguém pede emprestado!

  • Alvaro Carneiro

    – “Foram perdidos para sempre pelo menos 10 livros e incontáveis histórias, mas não podemos ser gananciosos demais.”

    aham.

    E o HD que ele tinha era “incopiável” né?

    Daqui a algumas décadas do “nada” vão aparecer cópias dos trabalhos.

    Me faz lembrar aquela tia que escreve o Harry Potter, um dia anunciou que nunca mais ia escrever nada sobre o assunto, eu falei aqui mesmo que tudo dependia de dinheiro – teve gente me xingando, garantiram que ela nunca mais iria escrever. Resultado? Escreveu.

    • AHSOliveira

      Eu ganhei R$ 10,00 e uma cópia do livro, que por sinal até hoje no li, deveria ter aumentado a aposta.

      • Zalla

        eu ganhei mais que isso…pessoal fica acreditando que o autor vai matar o galinha dos ovos de ouro

  • Sempre quis ler a série Discword, mas os seus 41 livros me amedrontam, comecei a ler a série “A Roda do Tempo” há uma dois anos e ainda dão estou bem perto de acabar, idem para série Wildcards.

    • Gustavo Borges

      Pode ler despreocupado, são no mesmo universo mas cada uma é fechada em si, com personagens diferentes e histórias incríveis! Neste momento estou lendo Pequenos Deuses, obra de arte tal como as demais. Sugiro não começar por Pirâmides, é muito boa mas tem muito foco no subtexto, aproveitei bem mais na segunda leitura.

    • Wild Cards eu ainda tô no quarto livro (numa parte meio chata, inclusive), sei que já saiu até o sexto – ou sétimo, acho – traduzido pro português, mas quando vejo que já saíram 22 livros lá fora eu fico até assustado.

  • Yskar

    Como foi vontade expressa do autor achei justo! Mas agora imagine se Tolkien tivesse feito o mesmo e não tivéssemos o belo “O Silmarillion”, o mundo seria um lugar menos belo sem essa magnífica obra.

    • Daniel Belini

      Nunca consegui terminar de ler esse.

      • Yskar

        Normal, muitos personagens.e o texto de Tolkien nunca é moleza para se terminar de ler, mas ler o Ainulindalë e a saga de Celebrimbor já valem o livro! =D

  • Walmir Werner

    Tá… Sei…. Assistente fidaputa esse. Esmagou um HD IDE já pifado e ficou com o original pra ele…conta outra…. vai é vender o conteúdo isso sim…

  • Jhonathan Vieira

    Lembrando que Belas Maldições terá adaptação em uma minisérie produzida pela Amazon com David Tennant e Michael Sheen, e Neil Gaiman roteirista e Showrunner, uma pena que Terry Pratchet não tenha vivido até aqui pra colaborar e continuar produzindo belas obras.
    http://www.cinemaemserie.com.br/series/serie-baseada-no-livro-belas-maldicoes-tera-david-tennant-e-michael-sheen-no-elenco/

    • Bernardo Coelho

      nossa, fez meu dia, muito obrigado!

  • Não cheguei aos 20 do Cardoso, mas também já andei emprestando e dando de presente algumas cópias de Belas Maldições, até concluir que é provavelmente o livro que mais de deu prazer em ler, reler e recomendar.
    Não é só por ele ter o maior índice de piadas por centímetro quadrado da história da literatura, o que mais me atrai é que a dupla de gênios realmente leva a sério o apocalipse, tipo: “Olha, se a profecia de São João está correta, o mais provável é que a história do Anticristo ocorra assim…”.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis