PlayerUnknown’s Battlegrounds se torna o game mais jogado do Steam

playerunknowns-battlegrounds

De tempos em tempos a indústria de games é surpreendida por um grande sucesso, um jogo que chega sem uma grande campanha de divulgação por trás, mas que rapidamente cai no gosto do público. O título da vez é o PlayerUnknown’s Battlegrounds, ou como muitos tem chamado carinhosamente, PUBG.

Idealizado por Brendan Greene, um sujeito que antes vinha criando mods baseados em filmes como Batalha Real e Jogos Vorazes, o jogo chegou ao Steam em março deste ano e embora ainda se encontre como em Acesso Antecipado, já vendeu mais de 8 milhões de cópias. O número já seria digno de deixar qualquer editora/desenvolvedora morrendo de inveja, ainda mais se pensarmos que em breve o PUBG será lançado para Xbox One e possivelmente para PlayStation 4. Porém, parece que o jogo ainda tem muito a alcançar.

No último final de semana por exemplo o título da Bluehole conseguiu a incrível façanha de se tornar o game mais jogado do Steam, conquistando assim o posto que há muito tempo vinha sendo ocupado pelo Dota 2. No ápice o PUBG registrou impressionantes 877.844 jogadores simultâneos, 40 mil a mais do que o MOBA da Valve e ainda precisamos considerar que este é um jogo gratuito que está há bastante tempo no mercado.

Tudo bem que logo depois o Dota 2 recuperou a primeira posição e que o recorde geral ainda continua sendo dele, quando mais de um milhão de pessoas foram vistas jogando ao mesmo tempo. Mas ainda assim o desempenho do PlayerUnknown’s Battlegrounds é algo para ser respeitado.

Com o jogo estando perto de receber um novo mapa, com o apoio que eles receberão da Microsoft Studios e com a eventual saída do Early Access, a tendência é que a popularidade do PUBG se torne cada vez maior, com potencial para se tornar um dos maiores fenômenos da indústria. Se as coisas continuarem acontecendo neste ritmo, acho que logo poderemos começar a tratá-lo como o novo Minecraft.

O que fico me perguntando é quanto tempo demorará até alguma grande empresa comprar a Bluehole. Há alguns dia eles até negaram os rumores de que a Tencent investiria no estúdio, mas todos nós sabemos que sempre existe uma oferta que as pessoas são incapazes de recusar.

Fonte: GameInformer.

Relacionados: , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Cortana ✔

    “Com o apoio que eles receberão da Microsoft Studios…”
    Talvez nem saia para PS4.

    • Já deixaram no ar que existe essa possibilidade.

      • MasterShake

        sem duvida q sai para ps4, mas 1 ano depois do xone

      • Cortana ✔

        Sim, está dependendo das negociações $$$ nos bastidores.

    • Rafael Carvalho

      Se fosse o inverso, também acharia, mas a Microsoft é mais relax com essa história de exclusivos.

  • Dou uma e se for bom dou mais

    E enquanto isso a varejista Target pode ter vazado a nova velha IP da Bethesda. Game of Thrones (que como sabemos por frescura dos produtores do show acabou virando Skyrim), pelo jeito o sucesso estrondoso de vendas de Skyrim e F4 e um carrilhão de grana devem ter feito eles mudarem de idéia.

    • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      F4?

      • Kirk

        Deve ser Fallout 4.

      • Dou uma e se for bom dou mais

        Fallout 4.

    • André Luiz

      Acabou virando Skyrim?

      • Dou uma e se for bom dou mais

        Originalmente Skyrim seria o Game of Thrones. Só que por política do Show (ou do escritor, não me lembro direito da história) acabou não sendo, virou TESV-skyrim e foi um sucesso do mesmo jeito. Só que agora pelo jeito voltou a mesa de negociação um jogo do Game of Thrones e a Target andou abrindo o bico sobre isso.

        • Teria a fonte desta informação? Nunca ouvi falar disso.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Tentei achar, era uma notícia velha pra diabo (da época do lançamento original)… A única coisa que eu achei foi uma de 2011 que troca um pouco as bolas, dizendo que foi a Bethesda que tinha desistido do GOT por causa do Skyrim. http://www.escapistmagazine.com/news/view/113050-Bethesda-We-Said-No-to-Game-of-Thrones. Bem das duas uma, ou sumiu mesmo a notícia ou eu tou ficando gaga de vez…

          • André Luiz

            Até porque a região de skyrim e a mitologia própria já existiam no universo de The Elder Scrolls.

            O que o amigo deu a entender foi que ” A gente tem aqui um jogo de um lugar frio com dragões mas muda o nome que deu merda na negociação “

  • Diogo

    Há alguns dia eles até negaram os rumores de que a Tencent investiria no estúdio, mas todos nós sabemos que sempre existe uma oferta que as pessoas são incapazes de recusar.

    Ou você “morre” sendo comprado por outra empresa, ou vive o suficiente para ser esmagado por uma cópia do seu game feito por um concorrente…

  • Dou uma e se for bom dou mais

    E o escritor de Half Life 2 largou no blog um fanfic de como seria o HLEP3. Depois de um tapa na mão da valve os nomes foram mudados… muito cara de pau mas divertido do mesmo jeito. http://www.marclaidlaw.com/epistle-3/

    • SacoCheio

      Fantástico!!!

  • EmuManíaco

    Sou old school. Multiplayer pra mim era lado a lado. Hoje em dia sou 95% single player e 5% multiplayer.

    • Whirlpool

      Ping nunca foi problema… Bons tempos de Quake 3 com os colegas.

      • EmuManíaco

        Fliperama e muito duke e quake em lan. Esses jogos hoje pra mim são voltados pra galera meio “bichinha” que nao desce pro play por medo de se machucar.

        • Gabriel Negrisiolo Righi

          TA NGM LIGA

  • Neto

    A unica coisa que me incomoda em jogo de tiro é a visão em terceira pessoa. Antes de você entrar na porta, você da uma olhada girando a visão em terceira pessoa, você consegue ver alem do seu alcance de visão. Isso acho muito podre.

    • Jorge Dondeo

      Eu curto.

    • Só tenho jogando nos servidores de primeira pessoa (apenas US e EU por enquanto). Em breve deve sair para o resto do mundo também.

      • Neto

        Meee.. não sabia desse pequeno grande detalhe. Muito obrigado pela informação, agora pretendo adquirir. 🙂

  • Dandão

    Por que gostam tanto deste jogo o que ele oferece?

    • É 100 jogadores se pegando no pau para ver quem sobrevive. Pense em Unreal Tournament / Quake e semelhantes no modo Last Man Standing…onde ganha o ultimo sobrevivente. O jogo é como Jogos Vorazes. Um bando de gente pula de avião em algum lugar da ilha, que vai reduzindo o espaço em que você pode ficar, até só sobrar uma pequena área onde o mais forte/esperto/malandro sobrevive.

      Morreu? Vamos de novo….

      • Dandão

        a só beleza valeu

  • Humberto Jorge

    Por favor, Valve compre a Bluehole, não deixe a Tencent comprar, por favor. O sistema de balanceamento dos jogos da Tencent (LOL e Clash Royale) são as piores formas que já vi na minha vida

  • Nícolas Wildner

    To mais por fora que cotovelo de caminhoneiro. Nem sabia que o PUBG era da bluehole.

    Joguei bastante o Tera Online desta empresa. Era um baita jogo, mas como todo MMORPG, caiu no “mais do mesmo”. Mas pra época, o estilo Action MMO era uma inovação. Não tinha mais o estilo “WOW” de se jogar, que bastava clicar e ficar spamando skill feito louco. Era mirar, atacar, desviar e bloquear ou , DOWN dependendo do mob que se combatia.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis