Consumer Reports remove Microsoft Surface da sua lista de recomendações

Por essa a Microsoft não esperava: a Consumer Reports, uma organização norte-americana que testa e avalia produtos dos mais diversos fins e é considerada referência na hora de separar o joio do trigo removeu de sua lista todos os modelos da linha Surface, após uma pesquisa junto ao público revelar que eles não seriam tão confiáveis a longo prazo.

A Consumer Reports costuma publicar relatórios periódicos informando quais produtos foram dignos de entrar em sua lista de recomendados, quais foram chutados e quais permanecem na mesma. Ela confere selos de confiabilidade àqueles que passam nos testes e apresentam boa aceitação pelo público, como era o caso até então de duas versões do Surface Book e duas do Surface Laptop. Porém todas perderam o status e a CR não vai recomendar nenhum outro produto da Microsoft da categoria.

De acordo com o instituto, que realizou uma pesquisa com 90 mil donos dos aparelhos Surface comprados entre 2014 e 2017, 25% apresentam uma série de problemas e defeitos nos primeiros dois anos de uso. Os bugs variam de congelamentos, desligamentos involuntários, problemas no display touch e resultados baixos nos testes de resiliência, algo que deve ser levado em conta ao se tratar de produtos portáteis.

Piora: em entrevista à Reuters o CEO da Consumer Reports Jerry Beilinson cravou a faca e girou, ao dizer que se o usuário se preocupa com quanto seus gadgets duram “é melhor que ele procure uma marca com altos índices de confiabilidade”, como… a Apple. Na visão do executivo a maçã é “referência no mercado” e recentemente a opinião do CR em relação ao novo MacBook Pro mudou, e ele agora possui o selo de recomendação.

A Microsoft obviamente não gostou nem um pouco disso: o chefe da divisão Surface Panos Panay não aceita a avaliação da Consumer Reports e afirma que os modelos Surface Book e Surface Pro 4 possuem uma taxa de defeito bem abaixo dos 25% constatados. No entanto, considerando que a pesquisa foi feita com produtos introduzidos no mercado a partir de 2014 o mais provável é que modelos como os Surface 2 e Pro 2 sejam os mais problemáticos, o que levou o instituto a banir a linha toda pelo conjunto da obra. O Surface Laptop também recebeu críticas, sendo dito que a taxa de defeito dele é maior do que de notebooks concorrentes; vale lembrar que o iFixit também não gostou dele e lhe deu uma enorme nota zero, já que não dá para abri-lo sem destrui-lo.

Segundo a CR, a falta de experiência da Microsoft nesse ramo de hardware é sua maior fraqueza, o que leva a uma menor durabilidade de seus produtos. A companhia vai continuar contestando mas o fato é que o estrago já foi feito, e resta apenas fazerem a lição de casa e capricharem mais nos próximos lançamentos.

É isso ou continuar perdendo mercado para Apple, Dell, Lenovo e cia.

Fontes: Consumer Reports e Reuters.

Relacionados: , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Bruno Costa

    Desde que o ifixit deu zero para os Surfaces já dava pra imaginar que uma hora o CR ia seguir essa mesma linha… Estranho a MS tentar negar ao invés de simplesmente corrigir na próxima versão e segue o jogo.

    • Vinicius Zucareli

      Se nota baixa no ifixit tivesse influência, a Apple jamais seria recomendada.

      • Dou uma e se for bom dou mais

        AGORA… depois de ANOS de reclamações de clientes que tinham que comprar aparelhos novos por causa de um controladorzinho qualquer e que a apple dizia que só trocando toda placa e notas baixas no ifixit.

  • jairo

    Bem, o choro dos fãs da MS é livre -)

  • Li isso na Cult of Mac (recebi no Flipboard, não freqüento locais tão sujos assim…) e achei meio exagero…. MAS….

    • Ednei Monteiro

      Eu tive um Surface RT e dois Pro (Uma Pro 1 e um Pro 3). Nenhum dos três apresentou qualquer problema. MAS infelizmente a mesma felicidade não foi possível com o Surface Book. Assim que chegou apresentou manchas na tela quando aquecia. A Microsoft trocou. A unidade seguinte já chegou com um ruído alto das ventoinhas. Trocaram novamente. A terceira unidade travava de tempos em tempos. Vendi para um colega que mora nos EUA e pode ficar indo e vindo da Microsoft Store. Não deu outra, passou a travar o teclado. Ele recebeu um novo. Esse último finalmente parece que estabilizou.

    • Paul

      ”…não freqüento locais tão sujos assim…”
      Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Cocainum

    A obsolescência programada está passando dos limites. Esses equipamentos novos onde tudo é colado e soldado, onde não dá pra consertar nada, não dá pra fazer upgrade de nada, Arghh!

    • Whirlpool

      É foda, né. Eu tento escapar muito disso, olhando iFixit, CR e outros antes de comprar um treco que espero que dure mais de 2 anos na minha mão.

    • Wallacy

      Se isso viesse com uma redução drástica de custo beleza… O problema e que vem ainda mais caro!

    • Brancaleone

      Por isso não abro mão do meu bom e velho gabinete, cuidadosamente montado com componentes escolhidos a dedo.

      • rbsouto

        + por ser da tribo PC Frank!

    • Dou uma e se for bom dou mais

      Povo paga muito mais caro por obsolescência programada e AMAM ter que pagar mais por isso… (vide minha discussão sobre smart tvs em outro tópico desse site). Portanto esse é o futuro meu amigo. E como diz o velho sábio Motumbo, se o estupro é inevitável relaxe e goze.

  • Guilherme

    Tenho um Surface pro a mais de 2 anos e nunca tive problemas, enquanto meu notebook hp envy 3 fritou a bateria e o HD em pouco mais de 1 ano.
    Pode ser que tenha tido sorte com um e azar com outro, mas minha impressão é que o Surface tem excelente qualidade.

    • Considerando que o índice de defeitos é de 25%, você tem 3 chances em 4 de não ter defeitos, o que não invalida o alto índice identificado.

    • Ednei Monteiro

      Guilherme, eu tive um Surface RT e dois Pro (Uma Pro 1 e um Pro 3). Nenhum dos três apresentou qualquer problema. MAS infelizmente a mesma felicidade não foi possível com o Surface Book. Assim que chegou apresentou manchas na tela quando aquecia. A Microsoft trocou. A unidade seguinte já chegou com um ruído alto das ventoinhas. Trocaram novamente. A terceira unidade travava de tempos em tempos. Vendi para um colega que mora nos EUA e pode ficar indo e vindo da Microsoft Store. Não deu outra, passou a travar o teclado. Ele recebeu um novo. Esse último finalmente parece que estabilizou.

      A máquina era linda e um foguete, mas passei o primeiro ano com ela indo e vindo dos EUA.

  • Leonam Ramos Folí

    as vezes desconfio dessa “propaganda” “gratuita” da apple na declaração do cara!

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis