Após muitos problemas, Unsung Story muda de desenvolvedora

O mundo do financiamento coletivo está cheio de casos de fracasso, projetos que pareciam muito interessantes, arrecadaram uma boa grana e acabaram nunca sendo terminados. Destes, um dos mais emblemáticos é o do jogo Unsung Story: Tale of the Guardians. Idealizado por Yasumi Matsuno, o mesmo responsável por títulos como Final Fantasy Tactics e Vagrant Story, o game deveria ter sido lançado em 2015 e agora seu desenvolvimento entrará num novo capítulo.

Através da página do jogo no Kickstarter, a Playdek anunciou que não está mais envolvida na criação do Unsung Story, tendo passado a responsabilidade para a Little Orbit. Veja um trecho do comunicado:

… queremos que saibam que o projeto continuará, mas o nosso envolvimento chegou ao fim efetivamente após a editora/desenvolvedora Little Orbit ter assumido todos os direitos e ativos do Unsung Story da Playdek e agora eles são os criadores do projeto. Eles acreditam fortemente que o jogo pode ser um fantástico RPG tático e estão empolgados em seguir adiante e trazer à vida a história de Matsuno.

A nota diz então que em breve os novos responsáveis trarão novidades sobre o desenvolvimento, que vale dizer, será totalmente refeito. A Playdek ainda agradeceu o apoio e pediu desculpas por não ter conseguido terminar o que prometeu, afirmando ainda que o projeto está em boas mãos.

De certa forma essa mudança não chega a ser uma grande surpresa, já que depois de informar que o título perderia sua campanha principal, no ano passo o estúdio avisou que havia parado o desenvolvimento e naquele momento pensava em terceirizar a produção. Talvez o que impressione aqui é sabermos que alguém teve interesse em comprar a propriedade intelectual. Ou seja, além de arrecadar mais de US$ 660 mil da comunidade, Matsuno e sua turma ainda conseguiu lucrar um pouco mais com uma ideia.

Para aqueles que colocaram seu dinheiro no Unsung Story, a boa notícia é que o CEO da Little Orbit, Matthew Scott, disse que após ler cada comentário deixado no Kickstarter e estudar o que havia sido criado, a intenção do seu estúdio é entregar justamente o que Matsuno vendeu, que é um jogo focado na campanha single-player. Além disso, foi feita a promessa de que todos as recompensas serão entregues, sem que os apoiadores precisem gastar um centavo a mais por isso.

Sendo assim, embora eu costume ficar cabreiro quando um jogo muda de desenvolvedora, acredito que neste caso não há como reclamar, mesmo porque não existia mais muita esperança de que um dia veríamos o Unsung Story ser lançado. Só vamos esperar para ver se a Little Orbit conseguirá mesmo dar um fim a esta história.

Relacionados: , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Wall_Kinho

    Too much feel…

  • Felipe Braz

    [off-topic] descobriram uma api restfull dentro do doom original (de 1993), acho que dava um bom artigo aqui no meiobit =)
    http://1amstudios.com/2017/08/01/restful-doom/

    • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Não “descobriram” nada, até porque REST não existia em 1993, o rapaz agora em 2017 enfiou essa API lá pra se divertir… vc leu a matéria que postou aqui?

      Late one night, out of the blue, I had the idea to create an API for Doom, now 24 years old(!), and obviously never designed to have an API. I could have some fun digging around the Doom source code and solve my API problem at the same time!

      • Felipe Braz

        De fato não tinha lido todo todo o artigo, mas http 1.0 é de 1992

        • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

          REST foi definido em 2000 junto com o HTTP 1.1

          • Felipe Braz

            O que não quer dizer que não poderia receber requisições como get ou post, que é do http 1.0

  • Inquisidor

    eu queria jogar isso ai em 2015, agora já não sei se quero pagar por ele.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis