Aconteceu: a Adobe vai FINALMENTE matar o Flash em 2020

die-flash-die

E eis que o dia chegou. A Adobe finalmente reconheceu que no mundo de hoje o Flash mais atrapalha do que ajuda e por causa disso decidiu descontinuar o plugin de vez. Ele será mantido até 2020, mas depois disso seu destino estará selado.

Através de uma publicação em seu blog oficial, a Adobe esclarece que o Flash não é mais necessário numa realidade em que padrões abertos como HTML5, WebGL e WebAssembly suprem a maior parte das funcionalidades que os plugins desempenhavam, permitindo que sites e desenvolvedores não mais precisem fazer uso de tecnologias arcaicas e que evoluíram muito pouco mais de duas décadas (essa parte é acréscimo meu).

Companhias como Apple, Google, Microsoft, Mozilla e Facebook ajudarão na transição de modo a dar suporte àqueles que ainda utilizam o Flash em suas soluções, orientando sites e profissionais a migrarem para formatos mais atuais e leves nos próximos três anos. Só então a tomada do plugin será puxada, no fim de 2020 com o fim da distribuição e suporte.

O Flash foi introduzido em 1996 pela FutureWave como uma plataforma multimídia de gráficos vetoriais, voltada para a criação de animações e suporte a reprodução de vídeos, e por muito tempo foi a mola motriz da internet. No mesmo ano a pequena companhia foi comprada pela Macromedia, que manteve a distribuição do plugin até ser adquirida em 2005 pela Adobe, e nesse meio tempo ele pouco evoluiu. Na posição confortável de suprir tecnologia para quase a totalidade dos players de vídeo e banners em sites, ninguém nunca se importou com o quão pesado ele era e com suas inúmeras brechas de segurança, e nos anos que se passaram ele foi alvo de vários ataques; alguns bem sérios.

A maré de sorte do Flash acabou em abril de 2010, quando Steve Jobs publicou a famosa carta aberta em que descia a lenha no plugin e abria caminho para os novos padrões como o HTML5, promovendo-os como seus sucessores lógicos e cravou a faca ao apontar o óbvio: o Flash era inviável numa realidade mobile por comprometer e muito a autonomia de bateria de smartphones e tablets. Esse foi o principal motivo que o levou a não adota-lo no iOS desde o início.


iphoneblog — D8 Video: Steve Jobs on Flash 2010

Ao contrário de muitas decisões da Apple que parecem estranhas a princípio mas todo mundo segue depois, a grande maioria dos profissionais fechou com Jobs no ato: o Flash era uma tecnologia obsoleta, lenta, pesada, devoradora de recursos e insegura que precisava evoluir ou morrer. Como a Adobe se recusou por anos a assumir o compromisso de tornar seu plugin mais utilizável o pessoal correu atrás, abraçando principalmente o HTML5 que passou a ser o motor principal de sites antes considerados vitrines da Adobe, como o YouTube.

Não ajudou também o fato de os poucos aliados que insistiram no Flash terem feito burrada atrás de burrada.

Hoje o Flash vem embutido em certos navegadores como o Chrome (porém desabilitado por padrão) e ainda funciona em pelo menos um bilhão de dispositivos conectados, mas a verdade é que ele se tornou um peso desnecessário para a internet, que já conta com mais e melhores ferramentas que fazem o seu trabalho. Ainda teremos que aturá-lo por mais três anos, mas como consequência teremos uma rede mais rápida e leve.

Portanto descanse em paz, Flash. Não sentiremos sua falta.

Fonte: Adobe.

Relacionados: , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Alice Woodstock

    Eu espero que isso finalmente convença o crunchyroll a abandonar o flash na página desktop.

    • José Marcelo

      Eles começaram a testar um player com html5 tem alguns meses, logo abandonam o flash.

  • É possível que liberem-no com licença livre, como ocorre com boa parte dos softwares-pegasus quando perdem as asas.

    • Yskar

      Assim quem sabe ele evolua para algo que preste, mas pessoalmente duvido muito.
      Ao menos uma alternativa livre não perderíamos alguns bons jogos em flash.

    • O fantástico senhor raposo

      Vai acontecer a mesma coisa que aconteceu com o flex

  • Grandes merdas. E o Java?

    • Claudionor Buzzo Raymundo

      Esse é mais difícil, tem uma grande comunidade dev e outros aspectos relacionados à portabilidade, os quais acho que ainda manterão o Java por um bom tempo.

      • Ainda vai ter muita gente programando em java, mas como plugin de navegador ele também já era. Chrome e firefox já bloquearam, não duvido que o IE acabe fazendo isso também. Falhas de segurança são constantes no plugin do java. Pena pra quem tem que lidar com repartições publicas no brasil que usam amplamente java, e ainda é preciso ter uma versão defasada do jre pra funcionar.

        • Navegador E plug in defasados, no caso da justiça eletronica

        • Dou uma e se for bom dou mais

          IE já foi abandonado até pela MS. Agora é o EDGE.

      • Eduardo Copelo

        Java como plugin deve morrer muito em breve, só tá faltando a pá de cal! Agora como plataforma de desenvolvimento ainda tem muito a oferecer!

        • Avelino De Almeida Bego

          Muito. E do lado server. O pessoal ainda tem mentalidade aplicações de desktop.

      • Dou uma e se for bom dou mais

        O detalhe não é java morrer e sim o PLUGIN java morrer. Java como linguagem usa quem quer. Aqui na empresa usam um sistema de licitações em java, abre via um arquivinho do webstart e pronto.

        • Avelino De Almeida Bego

          O Java é usado e muito no servidor. Não tem o porquê da linguagem morrer. O pessoal tem uma visão muito desktop ainda. Informática pra muitos é a tela do computador.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            PLUGIN JAVA e LINGUAGEM JAVA são duas coisas muito diferentes. Plugin java é UMA MERDA e ponto final. Não existe discussão não tem porém nem mas… Linguagem JAVA tem sua utilidade graças a uma mínima portabilidade por ser linguagem interpretada. Mas isso o Basic também é e ninguem usa.

    • A maioria dos navegadores já o abandonou também, só os bancos e sites de governo/justiça tupiniquins que ainda teimam em usar, junto com o GBP e Warsaw (Spywares pra acessar banco)

      • É bem essa ferida que eu queria botar o dedo

        • Só quem trabalha com suporte sabe o parto que é fazer funcionar os certificados digitais do TRJ e outros nessa jossa de plugin, ainda mais com as Autoridades certificadoras que nosso ilustre governo utiliza, que só é reconhecida por eles mesmos.
          Instala plugin de java versão antiga, instala firefox antigo, ou usa ie8 mesmo, muda segurança em painel de controle…

          É um Cadastro Único

          • Meu pai precisa acessar esses sistemas. É um porre.

          • Eu presto serviço para alguns advogados, e cada vez que eles me ligam já me dá um frio na barriga… kkk

          • Glauber Santos

            Advogado quando formata a maquina é o inferno na terra. E pra baixar TODOS os browers possíveis nas versões antigas? Que parto.

          • Nem me fale

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Experimente o firefox ESR. Tirando as “atualizações silenciosas” dos plugins tenho usado ele para todos os bancos que permitem navegador no linux.

          • Fabrício Roque

            Isso me leva à triste constatação de que mesmo que o Java como plugin morra, nós ainda teremos que conviver com essa desgraça por um bom tempo.

          • No que tange ao governo brasileiro e todo bloqueio que eles tem por tecnologia, não me admira se o java como linguagem de programação morrer e ainda estarmos utilizando os maldito do plugin usando a versão 6 do java… kkk

          • adriano marcos

            passo por isso diariamente, vários advogados da empresa acessando tribunais diferentes, alguns destes só funfam no IE, outros só no Firefox e com versões antigas do Java.

          • Até nisso o Brasil tem que impor burocracia

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Experimente usar o firefox ESR, é um firefox com atualizações apenas de segurança e que ficou travado no pré fim do npapi.

          • adriano marcos

            sim, o Firefox ESR é o que utilizamos, mas mesmo assim o Java complica

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Aí é como eu costumo dizer, enfia um dedo de cada lado e rasga até a boca… É complicado quando temos que ter algo que atenda cada frescurite e vagabundagem de programador que existe por ai.

          • Dou uma e se for bom dou mais

            Isso sem falar que eles adoram atualizações silenciosas que nunca funcionam no linux e que constantemente me causa problemas com os chefes.

    • nayara

      O plugin também foi descontinuado.

  • Sinceramente, pra mim tirando os banners de ads, não tem nada que eu acesse que peça pra habilitar o flash. Pra mim já morreu faz tempo.

  • Cocainum

    Mas terá reboot?

    • Pedro

      Talvez, em um universo paralelo onde o flash é leve e eficaz

    • Flávio Pedroza

      Sendo curto e breve: Não.
      Resposta mais longa e elaborada:nnnnnnnnããããããããããããããããããããããããããããããããããããããããããoooooooooooooo

  • Anayran Pinheiro

    Essa praga ainda não vai morrer até 2020… Vão dar um jeito de estender a vida dessa desgraça porque ainda é utilizado em sistemas CRM que são horríveis e geram uma grana absurda (estou olhando pra você, Remedy).

    • nayara

      Os dois maiores sistemas médicos também utilizam Flash. E se não me engano existe um grande ERP financeiro que também o utiliza.

  • Próximo passo: Java, aquele maldito. Jesus mandou explodir o Krakatoa para ver se se livrava deste câncer.

    • Espero ansiosamente pelo fim do Java!

      • nayara

        O plugin já foi anuciado que iria acabar a partir da versão 10.

      • Avelino De Almeida Bego

        Você está ansioso pelo fim dos plugins do Java, os applets.
        Java roda (e muito) nos servidores.

    • Christiano Nascimento Amorim

      guardião de banco. GAS tech

      • José Carvalho

        Se acabarem com o Java, é bem provável que a GAS desenvolva seu “plugin de segurança” em PEDRA, se não pesa em memória, pesa fisicamente

    • Outra plataforma que deveria ser enterrada junto com o Flash.
      Nada consegue ser mais problemático que os “programinhas do governo”.

    • nayara

      Está desinformado, a Oracle já anunciou o fim do plugin Java faz mais de ano e faz muito mais tempo que isso que vem orientando os desenvolvedores a utilizarem HTML 5 ou outras tecnologias. No Java 9 o plugin virá desabilitado por padrão e a partir do 10 deixará de existir.

      • Sério? Então por que eu tenho que instalar esta merda para poder usar Itaú, Banco do Brasil e o programa do Imposto de Renda, hein, espertão? Manda um email pro governo federal, pois eles ainda não sabem desse fim que você, como bom acionista da Oracle, apregoou.

        • Bob

          Itaú tem já faz um tempo um “aplicativo” (que não passa de um browser em sandbox que só acessa o site do Itaú) que elimina a necessidade de instalar o plugin.

          https://www.itau.com.br/computador/

        • nayara

          Porque a versão 9 ainda não foi lançada, estamos na 8. Da mesma forma que 2020 ainda não chegou.

          Repetindo: está desinformado. E mais: tem problemas de interpretação de textos rsrsrs

  • OverlordBR

    Pobre imperador Ming…

  • Francisco Marques

    Curto e grosso:
    NÃO
    NÃO DEIXEM O FLASH MORRER
    TEM MUITA SÉRIE QUE EU VEJO QUE USA, E O TOON BOOM ANIMATOR É MAIS DE TREZENTOS REAIS

  • Melhor enterrar de bruços, só pro caso dele querer voltar…

  • JAVAi tarde!

  • Avelino De Almeida Bego

    Tá na hora de acabar com todos os plugins: dos applets Java ao Flash.
    Aliás, o que são aqueles applets do Banco do Brasil? Aquilo é impraticável.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis