Barraco fino: Zuckerberg e Elon Musk batem boca por causa de IA

doloresdurona

Talvez por sua ex ser um robô em Westworld, Elon Musk sofre de robofobia. E não, ele não apenas é contra comportamento robossexual, a aversão dele é contra a própria existência de Inteligência Artificial.

Musk assim como o Comandante Adama, acha computadores muito úteis, só não gosta quando colocam as manguinhas de fora, e provavelmente nenhuma nave da SpaceX terá um Jarvis. Dado o precedente de HAL, é uma medida correta. Só que ele vai além.

Em suas próprias palavras:

Inteligência Artificial é um raro caso em que precisamos ser proativos na regulamentação ao invés de reativos, pois se formos reativos será tarde demais”.

E mais:

IA é a maior ameaça que enfrentamos enquanto civilização (…) eu tenho acesso à pesquisa de ponta em Inteligência Artificial e acho que as pessoas deveriam realmente se preocupar com isso. Eu continuo soando os alarmes, mas até as pessoas verem robô nas ruas matando gente, elas não sabem como reagir, é algo muito etéreo”.

Mark Zuckerberg por sua vez diz não entender esses “arautos do apocalipse”, e chega a chamar esse tipo de atitude de irresponsável, e que proibir ou regular inteligência artificial só servirá para atrasar a tecnologia.

benderkillallhumans-580x358

Ele argumenta que sim, IA pode ser usada para fins malignos mas é assim com toda tecnologia. Mark lembra que uma das maiores causas de mortes são acidentes de trânsito e a IA está sendo e será mais ainda usada para diminuir essas mortes, e isso é bom.

Questionado, Elon Musk respondeu via Twitter que “conversou com Zuckerberg sobre o tema e o entendimento dele de Inteligência Artificial é limitado”.

Zuckerberg ainda não respondeu mas a maioria dos especialistas em IA discorda de Musk, com tristeza pois isso significa reconhecer que a Inteligência Artificial é bem menos inteligente do que gostaríamos.

A IA se divide em dois ramos: IA Forte e IA Fraca.

A Fraca é a IA dos Teslas, da Siri, dos sistemas de reconhecimento de imagens. São redes neurais treinadas para uma tarefa específica, mas que na prática são burras, não sabem o que estão fazendo.

A IA Forte é o que todo mundo pensa que Inteligência Artificial é: é a IA que cria uma máquina capaz de pensar, e essa, que o Musk tanto teme, ainda está na Idade Média. Não temos a menor idéia sequer se o cérebro é uma máquina computável, que dirá criar um equivalente digital.

É divertido brincar de apocalipse robótico, mas um maluco com toalha na cabeça e conhecimentos de microbiologia é um perigo muito maior do que robôs inteligentes que há muitos indícios que nunca sequer sairão do reino da Ficção.

Fonte: Silicon Vally Business Journal.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Fabrício Roque

    Pelo o que eu entendi, o Musk quer regulamentações do tipo: “não dêem armas para IAs autônomas” ou “não permita que IAs tenham a última palavra em sistemas críticos”.

    Como se alguém que quisesse fazer isso se importasse com regulamentos.

    • Claudio Roberto Cussuol

      Eu eu sempre digo que ideias como as 3 leis da robótica são exageradamente otimistas.
      SE um dia tivermos uma IA nível Asimov, quem vai pagar a conta serão os militares e sendo assim, a função primordial dela será: matar.

    • Wallacy

      Não é bem isso, ele inclusive fundou o https://openai.com/ para isso. O que ele deseja é que o desenvolvimento seja o mais aberto possível, para identificar falhas obvias, e que no fim qualquer IA forte que seja desenvolvida tenha um fail safe.

      Tudo bem usar armas, mas se o capitão mandar parar, pare! Algo assim. Outra questão e que ele não acredita que precisamos de maquinas conscientes, apenas maquinas inteligentes (o que é fundamentalmente diferente).

  • Luis Pereira

    Obviamente o Elon Musk não está preocupado com o Watson da IBM… em nenhum momento ele falou que devemos nos preocupar com as inteligência artificiais que existem hoje, que existirão nos próximos anos. É inclusive desonesto acreditar que ele está falando disso, como faz parecer o especialista do texto citado.

    A discussão que ele está propondo é justamente quanto a AI do futuro, de uns 50 anos do que temos agora, e de como é importante que todo o caminho que percorreremos até lá seja pautado por regulações para não acabar em uma situação de inteligência artificial que altere totalmente o mundo em que vivemos, de formas irreversíveis.

    Recomendo a leitura do artigo do Wait but why? sobre o assunto.

    • Cocainum

      Atenção: Este post contém altas doses de achismo.

      Eu acredito que a real IA, quando (ou se) for obtida, será em algum laboratório, privado ou governamental, pois não será baseada na arquitetura de von Neumann que usamos nas máquinas atuais. Será algo diferente. Não é qualquer zé mané que consegue produzir chips com bilhões de transistores, então não seria inviável manter um controle restrito sobre o desenvolvimento desses chips, de certa forma como mantemos o controle sobre materiais e tecnologias para o desenvolvimento de armas nucleares. Até que seja possível ter um panorama melhor das implicações da IA para a Humanidade, essa tecnologia ficará confinada. Mesmo em 2017, ainda não podemos comprar plutônio na farmácia.

      • Diego Marco Trindade

        Será criado em algum laboratório, como em Ex-Machina?

        • Cocainum

          Eu acredito que a verdadeira IA, capaz de atingir a tão falada “Singularidade” não vai surgir em nada que possa sequer se cogitar colocar na cabeça de um robô. Vai ser uma coisa grande, muito grande e cara, muito cara. Pense em um grande datacenter, mas com servers usando uma arquitetura diferente da atual.

          O que eu queria era algo do tipo LHC, ou seja, um projeto conjunto envolvendo países do mundo todo.

          A verdade é que nós, indivíduos, não precisamos de uma IA verdadeira. A humanidade como um todo, precisa.

          Imagine nossos assistentes pessoas de hoje, estilo Siri ou Cortana, mas 1000 vezes mais “espertas”. Continuariam sendo uma “simulação” da inteligência humana, mas em 99.99% das vezes, não daria para distinguir. Meu “Jarvis” pessoal que controlaria minha casa precisaria ter pensamento abstrato avançado? Não. Ele seria “inteligente” o suficiente para entender contexto, para ter uma “personalidade”, humor e até fazer críticas, mas não precisaria fazer coisas além da capacidade humana (exceto a velocidade e capacidade de armazenamento, claro).

          Já a humanidade precisa de uma IA verdadeira. Ênfase na palavra uma. Não acho que precisemos mais do que isso.

          Imagine um “cérebro” milhares ou milhões de vezes mais rápido que o nosso. Sem limites de capacidade de reter informações, bastando adicionar módulos de memória, capaz de “pensar” em um problema 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem parar para comer, para dormir, para nada.

          Alimentado com todo o conhecimento sobre um determinado assunto, AIDS, por exemplo. Com acesso a um supercomputador tradicional para realizar simulações. Acredito que obteríamos a cura em poucos dias.

          Alimentado com todo o conhecimento de física. Onde poderíamos chegar? Teoria unificada (mecânica quântica + relatividade), Warp Drive, teletransporte?

          Meu Jarvis pessoal não precisaria fazer nada disso. E nem precisaríamos mais do que um super cérebro para obtermos esses avanços.

          • Acho que a humanidade se encaminha para algo como Deus Ex: Human Revolution, onde ocorrerão implantes de aprimoramentos ou até membros inteiros – onde então surgirá uma espécie de homo sapiens sapiens v2.0 . Para isso precisamos evoluir a nanotecnologia somado a evolução da bioengenharia e genética. Mais uns 100 anos pelo menos.

            IA Forte só se conseguirem o tão sonhado computador quântico.

          • Diego Marco Trindade

            Claro que estamos no campo da teoria (e bem outsider). Esse seria o lado bom da Tecnologia, como a eletricidade que iluminou as ruas e salvou as baleias. O lado ruim foi (na opinião de alguns) a cadeira elétrica.

            Exatamente por não existir uma IA que a gente conheça que fica este medo. Todo mundo sabe que poder corrompe. Mas só conhecemos animais que se corrompem. Uma IA, que não conhece necessidades, desejos, seria corrompida? Essa IA seria muito diferente da gente, ou mais um reflexo da mente humana? E se fosse algo como Transcedence (não estou julgando se o filme é bom ou não) onde alguém tivesse a mente “emulada/copiada” para um computador, como ela a giria?

            Acho que nesse caso teria que haver muita inclusão de filosofia nesse desenvolvimento.

          • Tejobr

            O que precisamos, em primeiro lugar, é um “corpo” melhor. Depois chips add-ons. rs

        • Tipo um HAL9000, só que 1000x maior.

      • Um dos principais pontos do Tim Urban no longuíssimo artigo sobre IA do “Wait But Why?” é justamente que uma IA forte de fato muito provavelmente será criada em um ambiente sem regulação, talvez até por um grupo com intenções nada benéficas. Hoje em dia isso seria inviável, sim, mas à medida que a tecnologia vai avançando ela fica mais acessível; as chances disso acontecer só aumentam, e a falta de regulação e cuidado só piora.

        E, venhamos e convenhamos, mesmo uma grande empresa que supostamente “nunca é má” pode mudar de idéia no meio do caminho ;P

      • Wallacy

        IBM já está bem avançada com o TrueNorth. Certamente não será um projeto isolado, o desenvolvimento aberto faz todo sentido nesse meio.

    • Juaum

      Ainda hoje a galera confunde automatização com IA.

      • Dreadful

        Não sabemos nem que parte de nós é automatizada e que parte é consciente, parece haver somente uma ideia. Com teorias de um extremo até o outro.
        Automatização avançada já é suficiente para acabar com a humanidade.

        • Dou uma e se for bom dou mais

          Precisa ser consciente para causar problemas, mortes, destruição? Uma IA “fraca” rodando em computadores militares não poderia dar merda ao predizer um ataque e as pessoas responsáveis por analisar os dados ignoram e tomam a atitude escolhida pela IA porque afinal de contas é uma IA? E antes que fale algo, lembre do acidente com tesla onde o cara simplesmente estava cagando e andando para prestar atenção e o carro colidiu com um caminhão branco. http://g1.globo.com/carros/noticia/2017/01/investigacao-conclui-que-carro-da-tesla-nao-falhou-em-acidente-fatal.html

      • Cocainum

        Verdade…

  • Rin Tezuka

    “mas até as pessoas verem robô nas ruas matando gente…”

    O musk já pode apresentar programa polícia

  • Sinceridade

    Elon Musk esta preocupado com: aparecer nos jornais, blogs, etc

    • Ivan

      Realmente ele precisa de marketing, ter uma empresa de lançamento de foguetes sendo a única que reaproveita os mesmos e ter a montadora mais valiosa precisa passar vergonha na mídia……

      • Sinceridade

        Não critico ele nesse sentido, sei que ambas são fodas, o que acho forçado é que ele curte muito aparecer mídia com ideias mirabolantes (independente se são viáveis ou não), basicamente ele manja de como atrair atenção

        • Claudio Roberto Cussuol

          Entendo.
          Mas até outro dia, um carro elétrico comercialmente viavel ou um foguete que dá ré também pareciam ideias mirabolantes.

          Tem uma velha frase de auto-ajuda sobre o cara que não sabia que era impossível e fez…. Tá, eu sei que é papo furado, mas é a cara do Musk.

          • Sinceridade

            Sim, mas estas coisas são possíveis faz tempo (os calculos existem, tecnologia existe, só falta(va) investidores.

            O que acho forçado é o Elon atualmente dar declarações mais filosóficas sobre o futuro e tecnológico, sem olhar para o básico, por exemplo, o IA teria que ter auto-consciência para chegar perto do que ele diz e pra ter auto-consciência vai umas belas de umas décadas de pesquisas…se é que amanhã não cortam verbas dos principais locais de pesquisa,por decisão política, e fica mais lento os resultados e leva alguns séculos.

        • Ivanney Pessôa Moreira Martins

          Desculpe-me, mas acredito q ele apenas luta pelo que acredita, nao importando quao “maluco” ele possa parecer. O Pior, eh que, NA MINHA OPINIAO, ele estah certo, nao para 10-15 anos, mas para 40-50 ou 80 eh bem possivel. da pesquisa de tomada de decisoes Morais vislumbraveis hj, (tipo atropelar ou bater o carro) para uma mais complexa que acabe tomando decisoes determinando a vida/destino de algumas pessoas para o “bem comum”, assim como muitos ditadores ja fizeram ou fazem.

        • Julio Verner

          Quem não é visto não é lembrado.

    • gfg

      E eu achando que ele estava preocupado em nos livrar dos combustíveis fosseis, em tornar a humanidade multiplanetária, entregas rápidas, diminuir e agilizar o transito, torna-lo mais seguro, etc…

      Nunca imaginei que ele se importasse tanto com as mídias que justamente o criticam tanto, não compreendem suas ideias nem física envolvida nelas.

      Realmente a gente se engana com as pessoas, que cara de pau.

      • Sinceridade

        Leia meu outro comentário…
        Ele quer atenção, independente se ele esta certo ou não ( + $ no final das contas) . Não estou tirando mérito dele nas empresas e nem idéias que ele tem

        Prefiro infinitamente o Michio Kaku nos discursos sobre “futuro” do que Elon

        • Tejobr

          Ele quer o que todo humano quer.

    • Aldoir

      Discordo.

    • Wallacy

      A verdade é que jornais, blogs, etc estão muito preocupado com Musk, não o contrario. Caso tenha lido a bibliografia dele, ira perceber que sim, ele tem um ego meio avantajado, como de costume para esse tipo de personalidade, porém ele não da a minima para popularidade.

      Veja esse post por exemplo, alguém perguntou para ele no Twitter o que ele achava sobre o que o Mark disse, e boom! Virou matéria de vários jornais. Ontem ele falou que as fabricas deles só comportam foguetes de 9m de diâmetro, e boom… dezenas de matérias sobre como vai ser o Mini-ITS sendo que não se sabe se o que ele quis dizer que precisa de outra fabrica (o que não é provável e claro).

      Veja, que para a mídia, a pessoa que está sendo noticiada não precisa querer nada, um simples peido da noticia. Musk é um cara de opiniões fortes, logo os jornais correm pra falar sobre qualquer respiro que ele da.

      Você esta invertendo valores, parece que não vive em 2017!

  • Cocainum

    Por enquanto, a nossa IA Forte é muito fraca.

    • Temos 4 AI. A forte, a fraca, a gravitacional e a eletromagnética.

  • Claudio Torres

    Esse desentendimento entre eles deixa claro que Zuckerberg foi enviado para o passado para garantir o desenvolvimento da Skynet. #ForaSkynet

  • Vagner Da Silva

    Eu sinto um tom de experiência pessoal, algum modelo beta-ultra-experimental do tesla deve ter criado um perfil no twitter chamado Christine e publicou que o seu diretor favorito é o John Carpenter..

  • Jefferson Daniel

    Visão IA 2017: Inteligência vai dominar o mundo e escravizar a humanidade.
    Realidade IA 2099: Ta foda ganhar dos bots no CS.

    • Willphill

      O problema é que até lá CS deve ser algo tipo Jogos Vorazes.

      • Duvido, em 2099 provavelmente CS ainda vai ser a mesma porcaria.

        • gfg

          Tomara, CS precisa continuar a sendo CS.
          Porcaria é COD que foi tentando “inovar” mais foi se tornando injogável e esquecível.

          • João Ribeiro

            cod 1 e 2 bombando no xone kk

      • Márcio Chaves

        E com AK, Colt, DEagle, etc…

      • Jefferson Daniel

        em 2099 nada muda, ou seja, sem Half Life 3 ainda.

      • Levi Leal

        Em 2099 o melhor CS ainda será o 1.6

    • Diego Marco Trindade

      Isso se chegarmos a 2099.

  • Hemeterio

    Parece aquele episódio de Além da Imaginação onde aparece um sujieto do nada com uma caixa e um botão vermelho. Aí ele te oferece a caixa e diz, olha, se vc apertar o botao vc ganha um milhao, mas alguem q vc n conhece vai morr… Clic. Cade o milhao?

    A IA vai nos ferrar bonito, mas qq tentativa de impedi-la vai ser futil. Mesmo q haja regulamentacao estrita e marcial, algum lab paralelo vai levar a coisa a redeas frouxas. Como diria Maxwell Smart, voooou adorar.

  • gfg

    Concordo com o Musk, só acho que as pessoas darão valor ao que ele está falando quando já for tarde. COM CERTEZA um vírus ou bactéria hoje é e seria muito mais mortal.
    Vai demorar a acontecer? Acho que vai, mas assim como os outros projetos dele é com o futuro mais “distante” que o preocupa.
    Quanto ao suckerbeeeergh, só vejo ele acertar em roubar/comprar idéias dos outros.

  • As máquinas, ou pelo menos a parte robótica/mecânica delas, nunca dominarão o mundo. Alguém já viu alguma coisa autônoma funcionar por dias sem intervenção humana? A cafeteira entope, a máquina de snacks trava, o servidor cai. As máquinas param por coisas completamente idiotas. Sempre tem que haver um estagiário pra fazer tudo voltar a funcionar, nem que seja pra apertar o botão novamente.

    • Cocainum

      Com certeza não serão necessários 7 bilhões de apertadores de botão. Eles sempre podem manter alguns vivos como escravos.

    • Rafael

      e quando as máquinas aprenderem a construir e CONSERTAR outras máquinas… Human WHO?

      • Aí na linha de montagem das máquinas que consertam máquinas dá uma pane por causa de uma chave de fenda que caiu no meio das engrenagens, e aí? Eles teriam que ter uma quantidade grande de máquinas de backup e a complexidade vai aumentando.

  • Lucas Timm

    Vamos todos morrer mais cedo ou mais tarde, e a culpa será de ambos:

    Elon Musk é o cara que vai desenvolver (e vender) a Skynet.
    Zuckerberg vai implementa-la no Facebook e ativa-la.

    Que fique claro que eu ADORO inteligência artificiais e robôs são a maior invenção da humanidade, ok?

    • O Zuckerberg vai mudar o nome do Facebook para SkyNet. E basta isso. O Musk fará os T-800. Sabe aquela bateria dentro do Arnold no terceiro filme? Coisa do Musk.

    • Musk desenvolve a skynet, ela entra no Facebook e decide que deve governar a humidade, depois entra no G1 e decide que é melhor matar todo mundo mesmo.

    • Tejobr

      O Facebook já é mais inteligente que os usuários.

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    O ano em que a “singularidade” (ou IA forte de fato) acontecerá será no ANO_DO_LINUX_NO_DESKTOP + 2 😉 . Ou seja, Exterminador do Futuro e Matrix continuarão como ficção por muito tempo ainda. Mas até é legal ver esses bilionários discutindo essas coisas, melhor do que ler revistas de fofocas.

  • Dreadful

    Será que precisa de muito?
    Imagine uma nuvem de drones que atira, envenena, explode e coisas do tipo, cheio de sensores e trabalhando em equipe.
    Calculando apenas trajetórias, probabilidades e utilizando histórico, quanto humanos será que eles conseguem abater se forem usados inesperadamente?
    Vocês estão pensando em revolução das máquinas, mas quando o poder computacional baratear demais esse excesso já será bastante destrutivo.
    Não precisam ser inteligentes o bastante para se rebelar, precisam ser inteligentes o bastante para causar destruição. Isso será muito antes de ter “consciência”.
    Humanos vão para a guerra e matam sem saber porque e para quem (aos milhões), imaginem algo programado pra isso.
    Se nada for feito não vai dar tempo de termos algo do tipo West World.

  • Renato Provazi

    Se vc ler a matéria que saiu no wait but why sobre IA, que inclusive foi comentada pelo Musk e pelo Bill Gates também ficaria com o mesmo receio

  • Gerson Dias

    A discussão hoje em dia deveria ser “Como vamos regular colônias em outros planetas”, pois isso está mais próximo que IAs Fortes. A SpaceX tem o claro objetivo de criar uma colônia em Marte, então como ela funcionará? Vamos repetir os mesmos erros que cometemos na Terra? Elon Musk será o governante supremo do planeta? Quem vai governar a bagaça? Joga uns humanos lá e deixa eles se virarem?

  • Marcelo Rodrigo Gadelha

    “um maluco com toalha na cabeça e conhecimentos de microbiologia” – so smooth, tio Cardoso, so smooth

  • A IA forte ainda é um conceito ideal, mas o alerta que o Musk faz é que quando mais tempo a gente esperar pra se preparar para ela, maiores as chances de que isso seja impossível e a gente fique à mercê dessa IA. Essencialmente, no momento em que se percebe que a IA é uma ameaça, já é tarde demais.

  • Celosxe

    Etnofobia e racismo velado são tao prejudiciais qto essa discussão. Diria que ainda mais, pois estimula crimes de ódio que partem da discriminação.
    “mas um maluco com toalha na cabeça e conhecimentos de microbiologia é um perigo muito maior…”

    • Felipe Lino

      zzzzz

    • Bem que disseram que nem o meiobit está livre da influência nefasta do pessoal do facebosta e do Tumblr.

  • Celosxe

    Apagou a postagem?!
    Hauahuahajaua
    Opiniões q divergem do canal são sumariamente apagadas?

  • Celosxe

    Mais uma forma velada, agora é censura “velada”.
    Porem foi tao escrachado que nem pode chamar de velado.

    Esta incitando crime de ódio com o comentário racista xenofóbico sim!

    “mas um maluco com toalha na cabeça e conhecimentos de microbiologia é um perigo muito maior…”

    • Wallacy

      Colega… “Menas”… SJW não cola nesse sítio! Uma parte considerável das pessoas aqui já passaram da adolescência e sabem ler uma sentença sem usar generalização boba.

      Deixa eu te contar um segredo: “um maluco com toalha na cabeça e conhecimentos de microbiologia é um perigo”

      Quer outro? – “nem todos que tem toalha na cabeça são malucos” – E os que são malucos? São um perigo.

      Agora se você quer fingir que vive em um mundo de pôneis cores de rosa, onde malucos com toalha da cabeça não “tocam o terror”, problema é seu.

  • Wallacy

    Musk parte de um principio único: Porque as maquinas precisam de ter consciência para nos ser util? A resposta dele é simples: Não precisam.

    Uma maquina pode ser inteligente o quanto for necessário, mas nunca deveriam “tentar” lhe dar consciência. E como já disseram aqui e dissecaram no WhyButWhy, essa nova especie estaria um vantagem enorme sobre nós a partir desse ponto.

    Musk não é contra IA, ele inclusive mantem um projeto muito bom, o OpenAI https://openai.com/ ! Para ele, o “humano” 2.0 é o que deve ser buscado. Por isso ele tem outro projeto, o Neuralink. Do ponto de vista dele, é mais relevante melhorar nossas capacidades de comunicação, expandindo assim as capacidades humanas, do que terceirizando isso para uma maquina consciente, que por natureza pode ou não concordar conosco.

    Um outro ponto em relação a essa problemática, mesmo que tal maquina tivesse a “religião” humana, e nos venerasse mais que a eles próprios, por ser uma especie derivada de nós mesmos teríamos para com eles diversas obrigações éticas e morais que por si si as tornariam muito menos uteis que se eles não fossem consciente. De forma objetiva, é um caminho de pesquisa que fundamentalmente, como especie, não nos trás benefícios, apenas talvez, para discursos filosóficos sobre a crianção da vida/similar. Algo suficiente para alguns grupos tentarem obter esse resultado. Mas daí entra a questão da regulamentação que ele defende. Caso isso seja feito, que seja feito em um contexto isolado e seguro, o que ele duvida que seja possível fazer primariamente, mas se for ser feito que seja com responsabilidade, pois de forma tautológica, só pode trazer maleficio.

    Não tem nada haver com militarização, ou similar, para isso IA franca sempre vai ser uma vantagem, não desvantagem. Guerras são conflitos tipicamente humanos, o desejo de se matar e agir de forma irracional é algo que não compartilharíamos com nossas “crias” robóticas.

    • Cocainum

      Concordo. Máquina com crise existencial fica ótima na ficção. Mas não precisamos disso para curar doenças ou decifrar os enigmas do universo.

  • ELY

    Vamos utilizar argumentum ad hominem.
    Um está criando meios sustentáveis de transporte e geração de energia além de tornar a humanidade invulnerável (um pouco menos) a eventos cataclísmicos. O outro criou uma ferramenta para monitorar e influenciar mentes.

    Sorry Zuck I’m with Elon.

  • Zergling

    Elon não tem aversão a IA . Ele fundou a OpenAI.

  • Torquato Pit Bull

    Guerra entre M&M

  • Rolando

    Eu tenho a impressão que o Musk está é querendo dificultar a vida dos concorrentes criando uma legislação para dificultar a pesquisa em IA que ele mesmo já faz e usa. Grandes corporações são bem conhecidos por isso, eles usam a influência deles para criar legislações e burocracia que encarecem a pesquisa fazendo com que empresas novas e pequenas tenham dificuldade em concorrer com eles.

  • Jefferson Viana

    Há 150 anos atrás o que temos hj e seria ficção, daqui há 150 anos iremos achar graça da ficção?

  • B4R4O, M.

    Me parece que os caras estão discutindo sobre coisas diferentes. O Zucka fala das IAFraca e o Tony Stark das IAForte. O pobre do Musk qdo discute com o Faceman deve se sentir na seção de comentários do G1…

    Na MODM acho que a Grande IA vai surgir naturamente, da sopa informacional da Internet. Uma singularidade como disseram (assim como foi a nossa, qdo passamos a lavar as batatas). Só que pra mim isso ainda vai levar muito tempo, uns três séculos, talvez mais. Acho que o “ambiente” para a singularidade ainda precisa aumentar em algumas ordens.

    E se é para achar referencias em hollywood, acredito que será algo tipo HER. Na hora que se tocarem simplesmente vão nos ignorar e continuar evoluindo.

  • Tejobr

    O maior problema do HAL era me fazer dormir.

  • Zuckerberg falar sobre Inteligência Artificial? Eu creio que ele tenha mais conhecimento para falar sobre a Burrice Natural.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis