RoboCop — 30 anos de um clássico

ro

Quando entrei no cinema para ver RoboCop não tinha muita informação do que iria assistir. Sabia que tinha robôs e violência, então pra mim já bastava. No final eu saí mais que satisfeito, pois o filme entregou tudo que eu esperava e muito mais.

Sim, há robôs, há violência mas RoboCop é muito mais que isso. Havia algo de especial no filme e era…

dk-facebook

Isso mesmo. RoboCop é um plágio descarado do Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller. O clima das histórias é semelhante, a pontuação de cenas com noticiários de TV é tirado direto da Graphic Novel e há cenas inteiras kibadas, como o Batman/RoboCop furando a parede com o braço e agarrando o bandido que estava ameaçando reféns.

A coisa pegou tão mal que rolou um quase-processo e nas negociações da turma do deixa-disso Frank Miller ganhou o roteiro do RoboCop 2.

Não que o kibe tire o mérito do filme, RoboCop é muito melhor como adaptação de Frank Miller do que os RoboCops que ele tentou fazer. RoboCop transpôs o que era bom de Frank Miller, expandiu a história original e manteve seu tom de farsa.

RoboCop é uma crítica a empresas predadoras sem controle, mas não é maniqueísta, não é um Elysium. Tirando os bandidos bandidos ninguém é malvado só por ser malvado. É um mundo muito familiar onde a TV se divide entre notícias de crime e violência e game shows. Um mundo onde o absurdo faz parte da normalidade, e roubo de carros é impedido com um Magnavolt (eu sei, é do 2 mas reflete totalmente o espirito do 1).


wipeout2x — MagnaVolt Commercial – Lethal Response

O RoboCop foi criado, lembre-se, não para ajudar a polícia mas para substituir os policiais, que não estavam funcionando bem como funcionários semi-informais da OCP. Mesmo assim eles não tem nada contra Murphy. Nem Dick Jones tem. Murphy só deu o azar de estar no lugar errado na hora errada.

Apesar desse objetivo primário, a OCP queria fazer um bom trabalho, tanto que as Diretrizes Básicas do RoboCop (exceto a secreta) eram moralmente puras:

prime_directives

O filme funciona muito bem por vilanizar a OCP, mas não demonizá-la. Não são a Evil Corp do Mr Robot. Uma das principais falhas do remake do Padilha foi justamente fazer a chamada Crítica Social Foda™, de mão pesada. O filme é maniqueísta. A OCP é malvada robôs são malvados e matam pobres escurinhos em países em ruínas, e o RoboCop é uma máquina de matar para ser vendido aos militares para matar mais pobres de todas as cores mas preferencialmente os escurinhos assim não dá plantão na CNN.

O “nosso” RoboCop era um bom policial programado para ser um bom policial, que se descobriu parte de um sistema imperfeito, mas que merecia ser salvo. Murphy busca e reencontra sua identidade enquanto humano, mas sua identidade de policial sempre se manteve.


RED Lion Movie Shorts — RoboCop (1987) – First Mission (1080p) FULL HD

RoboCop funciona até em discussões mais técnicas, sobre como a forma humanóide faz mais sentido pois robôs precisam interagir no nosso mundo com ferramentas criadas para nós, e assim como o R2D2, o ED-209 não desce escadas. Filosoficamente RoboCop não difere de um humano em um controle de telepresença comandando um corpo robótico. A idéia de usar policiais mortos perde o sentido, é mais prático usar policiais aposentados controlando remotamente os robôs.

A maioria dos filmes classifica RoboCop como uma distopia. Eu discordo. Primeiro por partir do princípio errado de que Detroit pode vir a piorar. Segundo, a mensagem de RoboCop é otimista. Mesmo em situações ruins, há quem faça a coisa certa, mesmo diante dos maiores sacrifícios. E pessoas assim inspiram. A polícia, a princípio desconfiada acaba ficando do lado dele.

É um filme exagerado como toda boa sátira, e como todo boa sátira, satiriza sem rancor, sem ódio. Algumas vezes de forma sutil, como no detalhe de todo mundo no filme assistir o mesmo game show na TV, outras vezes é descarado, como nos comerciais.


RkzGalvatron — Robocop Commercials

RoboCop agora com 30 anos é um clássico, que rendeu continuações cada vez piores até culminar com o filme de 2014, claramente feito por um diretor carregado na má-vontade. O original não sofreu com isso, continua um filme excelente de um diretor com assinatura inconfundível.

Um bom conselho diz para nunca reassistir os filmes de sua infância. Eu concordo com ele, mas há exceções e RoboCop é uma delas. Continua um ótimo filme e eu recomendo, embora sempre me deixe triste. O mundo seria muito mais legal se as portas USB fossem iguais às do filme.

robocop_14

Relacionados: , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis