RoboCop — 30 anos de um clássico

ro

Quando entrei no cinema para ver RoboCop não tinha muita informação do que iria assistir. Sabia que tinha robôs e violência, então pra mim já bastava. No final eu saí mais que satisfeito, pois o filme entregou tudo que eu esperava e muito mais.

Sim, há robôs, há violência mas RoboCop é muito mais que isso. Havia algo de especial no filme e era…

dk-facebook

Isso mesmo. RoboCop é um plágio descarado do Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller. O clima das histórias é semelhante, a pontuação de cenas com noticiários de TV é tirado direto da Graphic Novel e há cenas inteiras kibadas, como o Batman/RoboCop furando a parede com o braço e agarrando o bandido que estava ameaçando reféns.

A coisa pegou tão mal que rolou um quase-processo e nas negociações da turma do deixa-disso Frank Miller ganhou o roteiro do RoboCop 2.

Não que o kibe tire o mérito do filme, RoboCop é muito melhor como adaptação de Frank Miller do que os RoboCops que ele tentou fazer. RoboCop transpôs o que era bom de Frank Miller, expandiu a história original e manteve seu tom de farsa.

RoboCop é uma crítica a empresas predadoras sem controle, mas não é maniqueísta, não é um Elysium. Tirando os bandidos bandidos ninguém é malvado só por ser malvado. É um mundo muito familiar onde a TV se divide entre notícias de crime e violência e game shows. Um mundo onde o absurdo faz parte da normalidade, e roubo de carros é impedido com um Magnavolt (eu sei, é do 2 mas reflete totalmente o espirito do 1).


wipeout2x — MagnaVolt Commercial – Lethal Response

O RoboCop foi criado, lembre-se, não para ajudar a polícia mas para substituir os policiais, que não estavam funcionando bem como funcionários semi-informais da OCP. Mesmo assim eles não tem nada contra Murphy. Nem Dick Jones tem. Murphy só deu o azar de estar no lugar errado na hora errada.

Apesar desse objetivo primário, a OCP queria fazer um bom trabalho, tanto que as Diretrizes Básicas do RoboCop (exceto a secreta) eram moralmente puras:

prime_directives

O filme funciona muito bem por vilanizar a OCP, mas não demonizá-la. Não são a Evil Corp do Mr Robot. Uma das principais falhas do remake do Padilha foi justamente fazer a chamada Crítica Social Foda™, de mão pesada. O filme é maniqueísta. A OCP é malvada robôs são malvados e matam pobres escurinhos em países em ruínas, e o RoboCop é uma máquina de matar para ser vendido aos militares para matar mais pobres de todas as cores mas preferencialmente os escurinhos assim não dá plantão na CNN.

O “nosso” RoboCop era um bom policial programado para ser um bom policial, que se descobriu parte de um sistema imperfeito, mas que merecia ser salvo. Murphy busca e reencontra sua identidade enquanto humano, mas sua identidade de policial sempre se manteve.


RED Lion Movie Shorts — RoboCop (1987) – First Mission (1080p) FULL HD

RoboCop funciona até em discussões mais técnicas, sobre como a forma humanóide faz mais sentido pois robôs precisam interagir no nosso mundo com ferramentas criadas para nós, e assim como o R2D2, o ED-209 não desce escadas. Filosoficamente RoboCop não difere de um humano em um controle de telepresença comandando um corpo robótico. A idéia de usar policiais mortos perde o sentido, é mais prático usar policiais aposentados controlando remotamente os robôs.

A maioria dos filmes classifica RoboCop como uma distopia. Eu discordo. Primeiro por partir do princípio errado de que Detroit pode vir a piorar. Segundo, a mensagem de RoboCop é otimista. Mesmo em situações ruins, há quem faça a coisa certa, mesmo diante dos maiores sacrifícios. E pessoas assim inspiram. A polícia, a princípio desconfiada acaba ficando do lado dele.

É um filme exagerado como toda boa sátira, e como todo boa sátira, satiriza sem rancor, sem ódio. Algumas vezes de forma sutil, como no detalhe de todo mundo no filme assistir o mesmo game show na TV, outras vezes é descarado, como nos comerciais.


RkzGalvatron — Robocop Commercials

RoboCop agora com 30 anos é um clássico, que rendeu continuações cada vez piores até culminar com o filme de 2014, claramente feito por um diretor carregado na má-vontade. O original não sofreu com isso, continua um filme excelente de um diretor com assinatura inconfundível.

Um bom conselho diz para nunca reassistir os filmes de sua infância. Eu concordo com ele, mas há exceções e RoboCop é uma delas. Continua um ótimo filme e eu recomendo, embora sempre me deixe triste. O mundo seria muito mais legal se as portas USB fossem iguais às do filme.

robocop_14

Relacionados: , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • 👽 Gliesiano

    Caramba, 30 anos já… O filme é tudo isso e muito mais e ainda tem a fantástica música tema do Basil Poledouris.

    I’d Buy That For a Dollar!

  • Recomendo a edição especial lotada de extras. Desde os cenários feitos com matte painting até uma seção só com os vilões de Detroit, passando pela hilária entrevista com os atores quando eles contam como o Verhoeven falava inglês mal e porcamente e disseram pra ele que “bitch” era sinônimo “meninas”, daí só chamava as atrizes assim, para divertimento geral, além de quando numa das explosões os atores saíram chamuscados e o Verhoeven mandou dar 300 dólares de bônus pra eles.

    Ah, sim. Mais de 5 horas de maquiagem pro Peter Weeler, que quase foi pro hospital por desidratação por causa da roupa de espuma quente bagarai.

    • 11 horas no primeiro dia, ele desistiu do filme todo mundo desistiu do filme foi uma crise geral, tiveram que refazer a roupa num fim de semana.

    • Flávio Pedroza

      https://www.youtube.com/watch?v=31rrZeTH9HI

  • Cocainum

    “O mundo seria muito mais legal se as portas USB fossem iguais às do filme.”

    Mas elas só fariam duplo sentido em um pendrive em forma de mão.

    • Narciso

      Agora RoboCop tem que andar com um adaptador espeto-USB

  • Vagner Da Silva

    lembro que quando era criança depois de ver esse filme (mais depois de ver a paródia de “na mira do tira”) eu queria muito ser ciborgue, sem me tocar que eu teria que cortar fora partes do corpo… Ainda não entendi como o Magna Volt ainda não foi implementado, é a maior revolução “éver” da segurança pessoal.

    • O maU elementaU

      Quem te disse que nao? O:)

      • Vagner Da Silva

        Sei não… na vida real renderia um homicídio doloso

        • Lucas Timm

          Se descobrirem.
          Com as cadeias lotadas, polícia super ocupada, violência escalando números estratosféricos, não duvido que um policial atendendo uma ocorrência dessas fosse reclamar.

          • Vagner Da Silva

            se é pra apelar eu sou mais de partir pro medieval: alçapões com estacas e besouros pra comer os restos…

    • sandrosfc

      Também tinha essa vontade de virar ciborgue,depois passou rsrs

      • Flávio Pedroza

        KKK. Lembrei dessa cena do 2:
        https://www.youtube.com/watch?v=NJIjNs_s2NI

  • Russo

    Bons tempos, quando a minha mãe alugou o VHS e eu tinha uns 5 ou 6 anos, a cena do braço do Murphy sendo estourado pela espingarda me deixou com pesadelo por muuuuito tempo rsrs

    • por isso era censura 18 anos.

    • sandrosfc

      O que me deixou com pesadelos,foi o Emil Antonowsky derretido pelo lixo tóxico kkk

  • Um outro filme que também me remete bastante a esse clima é o “Demolidor” do Stallone. Na época pareceu uma distopia, mas revendo dia desses vi que foi praticamente uma previsão da época atual.

    • Cocainum

      – Uma das melhores coisas do filme é a Sandra Bullock. PQP, muito gata!

      – Peeeee!!! Cocainum foi multado em 10 créditos por violação do instituto de moralidade verbal!

      • Vladimir Moura

        Esse instituto via existe no Twitter kkkkk, e e coordenado pelos politicamente corretos

      • Nossa Sandra Bullock tá deliciosa nesse filme. Acho que por causa desse filme eu tenho uma queda por moças de cabelo Channel.

    • gfg

      Ô, e como…
      https://www.youtube.com/watch?v=bIDim654dQc

      • Vagner Da Silva

        Esse video me deixou arrasado e me fez perceber o quanto a sociedade ficou bugada… um monte de características que eram inaceitáveis nos homens (pelo que me lembro os gays´não eram muito simpatizantes também) se tornaram a regra na sociedade, viramos uma sociedade de fofoca, treta e lacração. Até visualmente esse filme acertou, com os cabelos de boneca, chegamos ao ponto de homens tingirem o couro cabeludo.

    • A parte do sal, por exemplo, eles acertaram em cheio, junto com a Biblioteca Presidencial Arnold Schwarzenegger (ou quase)

      • Alberto Prado

        Ainda tá em tempo… Aguardemos.

        • Cocainum

          Arnold não é americano. Não pode ser presidente. Teriam que mudar a lei.

          • Alberto Prado

            Verdade, esqueci desse PEQUENO detalhe. Mas quem sabe né…

          • “Mas a popularidade dele era tanta que editaram uma lei mudando isso”

          • Cocainum

            Eu lembro disso, mas é no filme. Foi uma piada do próprio Sly sobre a suposta “rivalidade” entre eles. Mas aqui estamos falando da possibilidade real.

          • Eu já fiquei satisfeito com ele sendo governador justamente da Califórnia.
            Acho que quando ele foi eleito eu vi o filme umas 3 vezes e quando ele tomou posse outras 3.

          • Monstro Medieval

            Deve ter sido troco do Stallone por aparecer como ator em “O Último Grande Herói”.

          • Cocainum

            Ou dessa cena do filme Twins…

            https://www.youtube.com/watch?v=-LS9ueAWcWU

          • Dandalo Gabrielli

            Na época acho q o Arnold já flertava com o partido republicano

    • Como que até agora ninguém falou das 3 conchas?

      • Diego Marco Trindade

        Porque todo mundo já sabe como usar.

    • Gesonel o Mestre dos Disfarces

      Na época eu achava o filme muito bom. fui ver esses dias , por acidente… ele definitivamente não sobrevive à regra dos 15 anos.

  • Alvaro

    Carambaaaaa agora que eu finalmente me toquei a ideia do pendrive na mão ser também 🖕🏻

    • Você era um cara de mente pura e ia para o céu… Até agora….

      • Alvaro

        Hahahahah eu havia assistido quando criança e não revi por medo de não,passar na regra dos 15

  • Epaminondas

    RoboCop tem vários marcos. Foi o derradeiro uso de stop motion. Dali em diante, com os Spielbergssauros em CGI, a arte de Ray Harryhausen só veio a ser usada novamente no “A Vida Marinha com Steve Zissou”.

    Outro marco: arcade. O game do filme criado pela Data East (disponível num emulador perto de você) só não é melhor jogo de plataforma que existiu porque os japoneses da SNK criou um certo Metal Slug.

    • EmuManíaco

      Joguei esse game pela primeira vez em um arcade no norte shopping quando tinha meus 8-9 anos… Fiquei abismado como aquele jogo era bonito. Obs: Metal Slug só veio a se tornar um jogo da SNK a partir de Metal Slug 3, antes disso o Game era da Nazca corp. Obs: A serie metal slug é um grande rip-off de dois outros jogos maravilhosos da antiga IREM Gunforce 2 e In the Hunt.

  • RoboCop é um fimão! E assim como uma cebola tem várias camadas. E cada vez que você assiste consegue perceber mais uma. É genial, e consegue ser muito melhor que sei lá, a trilogia Bátima do Nolan.

    • E mesmo sendo um filme B, como eles mesmos confirmaram que era (se puder, veja o blu-ray com os extras. Diversão garantida)

  • Eu tinha um poster de 1 m enquadrado e pendurado na parede do meu quarto.

    https://uploads.disquscdn.com/images/3091f1d0e7218502f2ce8df94d167d906f7c979ff19932603236507ff8fd57e2.jpg

    • Metade homem. Metade máquina. Inteiro Tira.

      • Meio Homem, Meio Máquina. Um tira total.

        • NestorBendo

          Parte homem, parte máquina, totalmente meganha.

          • Mei’moço, mei’trem, z’omi interô.

    • Guilherme

      Este pôster foi bastante popular.

    • EmuManíaco

      Eu tenho devidamente plastificado até hoje. Erá um verdadeiro fanatico pelo filme… Me lembro até hoje de ficar horas e horas revendo o album de figurinha.

      • Fabricio Costa

        Eu tive o album, adorava. Mas… perdi no tempo…

  • cloverfield

    Duas decepções com filmes: Highlander 2 e RoboCop 3.

    • Cocainum

      Não seja tão condescendente com Highlander 2. Aquilo foi uma verdadeira josta.

      • Não existiu outros Highlanders depois do primeiro. Isso foi uma ideia que Don Cobb implantou em várias pessoas.

        • O maU elementaU

          There can be only one…

        • Gesonel o Mestre dos Disfarces

          Subscrevo.

      • EmuManíaco

        Não pior que o 3. O 3 na verdade era um filme tão estranho que antes de sair do cinema já tinha locadora alugando copias. Tudo foi bizarro nesse filme… Desde o ator praticamente cego a distribuição no HUE.

        • Flávio Pedroza

          Ele foi lançando no cinema dois anos depois de concluído.

    • Salles Magalhaes

      Indiana jones 4

    • Que coração peludo pra não gostar de ninjas robôs e aliens imortais.

      • Rodrigo

        https://www.youtube.com/watch?v=s2YFkYqD8r8

  • alvaro lordelo

    “matar escurinhos” seu post me pareceu um pouco racista, cuidado com os militantes esquerdistas do g1/Gizmodo!

    • Volta pro G1, oferenda.

      • alvaro lordelo

        Nunca jamais na história deste país houve um rapaz com tendências tão provocativas ao pessoal da esquerda ultra progressista, as you do.
        Ps: I speak sarcasm as first language.
        Eitha matéria dos meus sonhos! É muita poesia! 🙂

        • Meganegão

          Rapaziada. Na faculdade sempre me consideravam de esquerda porque não concordava com os simplistas de direita, discutia com os esquerdistas por causa das viadagens dos mesmos. Era complicado me situar. Galera hoje e muito polarizada, pensava que sistema binário era só na computação. Essa ideia cristã que tem de que vocêou é por deus ou é pelo demônio irrita.

        • Gesonel o Mestre dos Disfarces

          Sou de esquerda e não acho o Cardoso provocativo. Perspicaz, eu diria.

  • Jonatas

    Num das chamadas do jornal, um dos entrevistados sobre a greve da policia é nada menos que Eddie Van Halen.

  • Samuel

    Não acho nenhum dos RoboCops ruim. Mesmo o do Padilha. Esse, pelo trailer, eu achei que seria um lixo. Mas o filme foi muito melhor que a impressão q tive no trailer.

    Minha única reclamação é a de terem deixado uma mão humana nele. Entendo que é artifício pra humanizar a máquina durante o filme. Mas uma mão exposta daquele jeito iria pro saco rapidinho.

    • A mão parece humana 😉

      • parece e é.

        • EmuManíaco

          Que eu lembre é uma mão bionica com aparencia de humana pra “humanizar” ele perante a população.

          • Cocainum

            Tem até uma cena em que ele pede para mostrar o quanto “sobrou” de orgânico, e as partes mecânicas vão sendo retiradas (incluindo os dois braços). Ficaram só os pulmões e a cabeça.

          • Zaaboo

            E a mão. Ela fica lá também.

          • Maximus_Gambiarra

            Os pulmões, a cabeça e uma mão.
            A mão fica lá pendurada como um acessório.

          • Cocainum

            Realmente, não lembrava da mão. Talvez por não fazer absolutamente NENHUM sentido.

    • EmuManíaco

      Tbm gosto da versão do padilha, mas o PEGI 13 acabou com toda possibilidade criativa.;

    • Meganegão

      Só ficou a mão porque nao teve o bob morton pra falar “corta o braço”.

    • Epaminondas

      Questões estéticas do pipocão. Vide o Batman (que na época, disseram que se inspiraram no design do Robocop): Aquela boca está vulnerável (ninguém entende ele vestir uma armadura para enfrentar o Superman… Deixando a boca de fora).

      Se eu fosse um vilão, adivinhe aonde eu iria mirar?

      • Samuel

        Pois eh. Era só dar um teco no maxilar pra ver ele sair voando igual um pedaço de carne no açougue

    • Toni Filho

      A explicação sobre a mão está numa das cenas excluídas. Deveriam tê-la deixado para fazer sentido.

      • Samuel

        E qual é?

  • D.G.

    Quando tinha uns 5 anos, toda semana ia na locadora alugar um VHS, e toda semana alugava RoboCop.

  • André K

    Além do Demolidor citado pelo pessoal, O Vingador do Futuro também é um excelente filme B. Assistindo hoje, o primeiro Terminator também parece um filme B…

    Eu gostei do RoboCop do Padilha.

    • Vingador do Futuro é um filmão. E cagaram completamente no remake.

      O RoboCop do Padilha pra mim não foi uma cagada completa como o Vingador do Futuro da Kate Beckinsale, foi apenas uma versão pasteurizada, sem glúten e lactose.

      • Meganegão

        Um dos maiores problemas hoje em dia, não queriam que o RoboCop do Padilha fosse +18, e hoje em dia mostrou uma Barbie pelada ou um dedinho sangrando já transforma o filme em +18.

      • Eu fui assistir ao Total Recall novo, achando que ia ser na linha do original, e deturparam tanto, cagaram tanto, mudaram tanto, que eu saí do cinema indignado.

  • Salles Magalhaes

    “Nunca reassistir a um filme da sua infância”: eu reassisto de volta para o futuro é indiana jones pelo menos uma vez por ano

    • EmuManíaco

      Nunca reassista um filme sua infancia sem levar em conta o período histórico que foi feito.

      • Rodrigo M

        Concordo, mas esses dois filmes são atemporais IMO.

  • Zariel Larsen

    RoboCop 1 e 2, os melhores até hoje… (essa semana mesmo, assisti o 2°)… deve ser por causa da censura mínima e a moda dos animatronics e stop motion da época, eram muito bem feitos e manipulados… e claro, roteiros muito bem feitos e progressivos…

    Padilha fez bem em tropa de elite, só que em RoboCop, tornou nosso herói antes clássico, limitado, pesado e resistente (um tanque CiberHumano), agora, em um super ninja cibernético, phodão nos mov’s e melancólico pela sua tragédia e condição 15% humana… as vezes acho que a referência dele, foi somente RoboCop 3!!!

    Falow!!!

    • EmuManíaco

      A referencia dele foram duas. Tecnologias atuais e PEGI 13.
      Ninguem com um minimo de racionalidade entenderia um cyborg com aquela movimentação e lerdeza tento exemplos de robos com movimentação bem mais humana ha pelo menos uns 8 anos.

      • Zariel Larsen

        Sobre a PEGI 13, tudo bem até entendo a censura de hoje, e concordo…mas quanto ele ser um robô, ou no caso um cyborg, não passa essa sensação no filme do Padilha…até mesmos os robôs atuais da Boston Dynamics, ou os robôs japoneses humanóides, são o melhores avanços em tecnologia que temos hoje, mas mesmo assim percebe que não tem movimentação fluida como ao do ser humano…até um ser humano hoje, com prótese mais cara e tecnológica, percebe-se o movimento não tão natural assim, e o Robocop do Padilha, simplesmente transcende a movimentação de um ser humano, chega ser mais rápido que o Bruce Lee nos filmes antigos.

        Sei lá…ainda prefiro os Robocop’s clássicos com o uso de stop motion e animatronics!!!

        Falow!!!

    • O Padilha acertou em Tropa de Elite sem-querer, o Cap Nascimento não era pra ter virado o herói do filme como virou.

      • Quando eu li essa declaração dele de que o Nascimento, em sua cabeça, não deveria ser herói, deixei de respeitar o cara.

      • Até onde eu sei, o primeiro Tropa de Elite foi pensado pra ser uma crítica à violência do BOPE, procede?

  • Excelente texto Cardoso! numa época de tanta polarização é bom ler algo mais sensato.

    Mas do filme de 2014 a coisa mais estranha foi o molequinho ter medo do pai robô. creio eu que qualquer criança iria ficar maravilhada em ter um pai robô, mas enfim…

    Concordo que o filme recente carece das sutilezas que Paul Verhoeven teve ao temperar o filme dele.

    • NÉ? Mas o RoboCop é malvado e precisa ser visto como malvado por todo mundo, na mente do Padilha.

  • major505

    Depois de rever umas 10 vezes reassisti RoboCop na semana retrasada e é um filme muito bem amarrado. E ainda funciona extremamente bem.

    É basicamente a história de Jesus, mas ao invés de pregar pra os pecadores esse Jesus atura em estupradores no pinto.

    Eu gosto que no começo ele é praticamente uma máquina, mas para para ajudar as vitimas depois de parar os crimes. mas ele vai melhorando conforme Murph vai recuperando sua personalidade.

    Não acho que o filme novo seja fruto da má vontade, mas dá para sentir lá a mão do estúdio que não queria controvérsia. A questão é, se vc não quer controvérsia, porque vc contata o diretor que ficou famoso por filmes ultra realistas e violentos? Eu ainda defendo que se for fazer um filme novo do RoboCop, Padilha é o cara a ser chamado, mas tem que deixar o cara trabalhar sem interferência. Dá para ver que ele tentou ao máximo não desrespeitar o legado do original.

    E em um adendo, a Oficial Lewis é uma péssima parceira. Se não tivesse parado para olhar a jibóia do negão que tava mijando, ela não teria sido incapacitada e o Murph morto.

  • Humberto Jorge

    Todos os filmes do Verhoeven (com exceção de Showgirls, que é horrível) mostra pra todo mundo como fazer um filme político bem feito desde a questão belicista (Tropas Estelares, por sinal uma baita adaptação do Heinlein com a delicinha da Denise Richards) até a questão da mulher (com Elle, num dos melhores filmes sobre o estupro ever).

    Tem que tirar o chapéu pra esse cara.

    • Gesonel o Mestre dos Disfarces

      uma única crítica, e nem é ao Verhoeven em si: Em tropas estelares senti falta da outra raça alienígena e dos trajes da infantaria móvel.

  • Henrik Chaves

    A única coisa que envelheceu mal em RoboCop foi foram os efeitos especiais. De resto o filme é sensacional.
    Revi pouco tempo antes da estreia do remake do Padilha, e tinha esquecido do quanto o filme é violento. A cena da execução do Murphy chegou a me fazer sentir mal.

    Bons tempos em que o cinema era mais explícito.

  • pollux_master .

    Prezado Cardoso, respeito muito sua opinião e a minha também é parecida. Porém discordo quanto a dizer que o RoboCop do Padilha foi feito com má vontade, tendo em vista que o próprio diretor escolheu fazer o remake quando questionado pelos donos do estúdio.

    Um grande flop, é verdade, mas acredito que tem seus méritos. O RoboCop 3, com certeza, é muito pior, é conduzido mais por ganância do que por qualquer outra coisa. Seria mais justo dizer que o do Padilha é inspirado no original do que um remake. Assim como foi com “as” Caça-Fantasmas. []’s

  • Reinaldo Matos

    “O mundo seria muito mais legal se as portas USB fossem iguais às do filme.”

    Sem mais…

  • Zaaboo

    Já ouvi chamaram de teste dos 15 anos. Se depois de 15 anos você assistir um filme que achava que era bom e ele continuar te trazendo a mesma alegria, será assim para sempre e ele é certamente um clássico para outras pessoas também.

  • Monstro Medieval

    Se não me engano meu primeiro contato com esse filme foi com uma adaptação em quadrinhos idêntica ao filme.
    Ontem mesmo estava passando na TV, deve ter sido por isso.

  • Othermind

    O melhor que nesse primeiro é q o politicamente correto foi mandado as favas… Se não me engano, a partir do terceiro, ele já “prendia” os bandidos e não distribuía tiro e porrada (e bomba) como no primeirao…

  • Torquato Pit Bull

    Cardoso com esses videos daqui uns dias os “direitos humanos” vão bater na porta dele. rsrs

  • Elmo Brandão

    O que mais me assombrava no primeiro filme era nunca ter a ideia exata da extensão das próteses. O “renascimento” sempre me pareceu mais uma continuação da ultra-violenta cena de fuzilamento pela quadrilha do Boddicker, em que as mutilações prosseguiam enquanto os médicos arrancavam o que era possível do que restava de humano do Murphy.

  • Ao descrever o problema do RoboCop do Padilha, o Cardoso descreveu com grande precisão também o problema da última temporada de Doctor Who. Infelizmente.

  • Germano

    Pensar que assisti o 1º RoboCop mais de uma vez e também li o Cavaleiro das Trevas, e ainda assim só vi as referências quando li este texto. Legal!

    E nunca entendi por que os bandidos nunca miravam na boca o Murphy 🙂

    • Andre

      Eles tentavam, mas não eram muito bons de mira 😀

    • Russo

      Mas se eu não me engano no segundo filme, no início, um bandido diz ao outro para atirar na boca.

  • É um filme que tenho que ter uma cópia em DVD, sim sou antiquado.

    • Já vai é sair o UHD Blu-ray 4K dele. 😛

      • De que adianta comprar isso se não tenho aparelho pra rodar. Sou pai de família e me foco no básico.

  • Diego Marco Trindade

    Só eu que não consigo entender as “críticas sociais fodas” dos filmes? Que só me preocupo em me divertir?

    • Lucas Timm

      É que eles tentam mirar um público cuja diversão é lacrar.
      Isso porque esse público é barulhento, mas bem pequeno em quantidade…

  • Dandalo Gabrielli

    Nessa época se sabia do filme por mídias alternativas!!! Eu fiquei louco querendo ver o filme, pois um colega apareceu na sala, com a blusa do filme.
    Ps: nessa época infelizmente se tinha o curto obrigatório antes do filme. Foi a única fez que gostei do curta. Era o sobre supertição, e toda era de tinha a piada do super Tição, o negão amigo de todos.

  • Fabricio Costa

    Putz, sem saber que estava fazendo 30 anos eu assisti no Netflix nesse fim de semana, eu repetia para minha noiva “esse é o melhor filme que tem” ahuuhahu claro me lembrando quando o assisti pela TV na primeira vez, gravado em VHS e decorado as várias frases hilárias e marcantes do filme. Ainda hoje é um excelente filme sem dúvidas.

  • 🦊 RaposaDoida 🦊

    A violência extrema de Robocop era algo deliciosamente divertida.
    Até hoje eu considero a cena da refinaria de drogas uma das mais violentas e incríveis cenas de ação de todos os tempos.

  • Ah mizerave
  • TaSerto Schmitt

    Isso que é matéria, não aquelas bosta que postam no giz

  • Bruno do Acre – (Etevaldo)

    Faça uma matéria sobre StarShips Troopers tbm Cacá…

  • pablolupercio

    O filme é foda. O problema é o final tosco

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis