eSports agora fazem parte do quadro esportivo do Flamengo

Os tempos definitivamente mudaram. Se antes discutíamos se os eSports poderiam ser considerados esportes, debate este que de fato ainda persiste, hoje vemos quase todos os canais esportivos do Brasil dando grande atenção à modalidade e até franquias da NBA e clubes de futebol estão investindo na criação de equipes para competições digitais.

No Brasil, o último a anunciar que também se aventurará por este caminho foi o Clube de Regatas do Flamengo. Tradicionalmente um clube poliesportivo, no início do mês passado o conselho administrativo do rubro-negro carioca recebeu uma proposta para que os eSports passassem a figurar no quadro da instituição e agora sabemos que ela foi aprovada.

A noticia foi revelada por Daniel Orlean, vice-presidente de marketing do Flamengo, que utilizou sua conta no Twitter para brincar com o assunto e dar um forte indício de que o primeiro game em que as cores do time aparecerá deverá ser o League of Legends.

Sem que maiores informações sobre a investida tenham sido dados, a expectativa é de que o clube faça um anúncio oficial ainda hoje e desta forma os dirigentes deem maiores detalhes sobre como pretende investir na modalidade. Entre as dúvidas estão os games que serão representados e os atletas que farão parte da(s) equipe(s).

Com isso, o Flamengo se une a Santos, Góias e ABC na lista de clubes brasileiros que estão representados nos eSports. O Remo também já esteve neste grupo, mas em abril passado a Brave e-Sports preferiu acabar com a parceria que mantinha com o Leão do Norte, tudo devido a uma insatisfação com a nova diretoria do clube paraense.

Para os mais tradicionalistas, ver o seu clube de coração emprestando o nome para moleques jogarem videogame pode parecer uma heresia, mas essa é uma jogada de marketing que parece dar resultado e por isso tem sido tão normal vermos grandes clubes estrangeiros aparecendo nesse tipo de competição.

Já do ponto de vista do eSports, tais apoios certamente ajudam a impulsionar a modalidade, afinal deve ter muita gente por aí que passou a acompanhar torneios de videogames só para torcer para seus clubes e na minha opinião, esta é uma união em que ambos os lados só tem a ganhar.

Fonte: Torcedores.com.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Anayran Pinheiro

    Sou vascaíno, mas seria de arrepiar ver uma torcida como a do Flamengo empurrando seu time de LOL em um Minor (ou até um major).

    Ver sinalizadores, cantorias, gritos de guerra e tudo mais que as torcidas de clubes podem oferecer iria trazer ao e-Sports o tempero brasileiro em definitivo ao cenário!

    • Carlos Taylor

      Realmente chega a da água na boca.. haha

    • mr_rune

      Realmente, imagina uma torcida organizada promovendo pancadaria e morte em um evento de LoL, uau.

      • DanielBastos

        Se a torcida estiver remota, pode marcar pra se matar … no CS
        Pode ter um lado bom 🙂

      • Anayran Pinheiro

        Você curte futebol? Tipo, curte de verdade? Se sim, sabe que são panacas quem promovem este tipo de coisa. Se não sabe, comece a filtrar melhor o que é torcida, o que é torcida organizada e o que são criminosos.

        • Esses já competem com assalto à distância, fuga com vara e tiro ao alvo….

        • DETURPARAM AS TORCIDAS ORGANIZADAS.
          ou
          ISSO NÃO SÃO AS VERDADEIRAS TORCIDAS ORGANIZADAS.

        • Zalla

          O que interessa é que familia hoje não dá pra ir nos estádios, já que em muito caso a rua vira batalha campal, só vou em estádio quando é time de visitante, bem de longe, classico da cidade nem pensar

      • Ivan

        Bom que esse tipo de coisa vai ficar só no bullying virtual.

    • Sim, de arrepiar de vergonha.

    • Zalla

      Eu preferiria que essas torcidas ficassem longe das competições de e-sports, assim posso continuar levando meu filho…pq junto com essa alegria toda vem o fanatismo, a ignorância, a violência, etc…e o pior, em um ambiente totalmente despreparado para lidar com esses selvagens

    • Mirai Densetsu

      Não acho que sinalizadores rolariam. Até porque esses torneios são feitos em lugares fechados e seria perigoso acendê-los.

      E outra: sinalizadores são proibidos nos estádios. Cada vez que uma torcida usa sinalizadores o time tem de pagar uma multa e sofre outra punição, podendo chegar a ter de jogar com os portões fechados.

  • Ivan

    Falando em ambiente virtual, viu o mais novo imposto sobre propagandas no youtube?

  • Adalio Siqueira

    Tem muita criança hoje em dia que não está mais ligando pra futebol. Ou quando ligam acham que o legal é ficar na modinha do time estrangeiro do momento.
    Com tanta criança que nem joga, fica é “jogando pelo youtube”, ou assistindo torneios na TV, acredito que ter os times BR no negócio, vai impulsionar o contato com os times daqui.

    Ps. eu não me interesso em assistir, nenhum e-sport, mas tem quem goste, então tem campo para investimento.
    Quero que o meu Corinthians invista logo nisso, porque as crianças crescem, e vão se tornar as futuras torcidas.

    • diogo leão

      “Com tanta criança que nem joga, fica é “jogando pelo youtube””

      da mesma forma que tem tanta gente que não joga o futebol mas todo final de semana ta na frente da tv vendo brasileirão ¯_(ツ)_/¯

      • Adalio Siqueira

        não foi bem uma crítica, embora que por cultura BR, é mais comum assistir futebol do que beisebol, ou qqer e-sport

        • diogo leão

          Entendo mas o ponto é quem assisti qualquer competição não necessariamente é praticante da modalidade

  • Pingback: eSports agora fazem parte do quadro esportivo do Flamengo - SDM()

  • Diego Marco Trindade

    Ué… Achei que seria logo de cara no Fifa o primeiro jogo anunciado…

    • Mirai Densetsu

      Mas o Flamengo teria de primeiro assinar com a EA. Afinal, do que adianta os mulambos quererem se promover no FIFA se eles não estão lá?

  • Grêmio, Fluminense e São Paulo poderiam se unir em uma liga de Candy Crush.

  • Melhor time de Counter Strike do mundo é brasileiro e o oitavo melhor também. Os eventos movimentam até 1 milhao de pessoas assistindo (menos que o LoL porém). A visibilidade do time seja no Brasil como no mundo é algo que nao dá pra descartar. Bem vindos ao futuro.

  • Andre

    Isso parece MUITO uma notícia de 1º de abril…

  • Mirai Densetsu

    Se eles não adotarem o modus operandi que adoram usar no futebol (apito amigo, tapetão, etc), talvez seja uma coisa boa para o e-sport. Afinal, isso será coberto à exaustão pela globo, principalmente no mengo esporte Globo Esporte.

  • Pingback: eSports agora fazem parte do quadro esportivo do Flamengo | Notícias Legais()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis