SpaceX prestes a completar 3 lançamentos em 9 dias

bulgaria

Dessa vez quase que não foi, e quase que não foi duas vezes. A SpaceX resolveu recuperar o tempo perdido e esta lançando foguetes quase em salvas. Em 2017 já foram nove, todos bem-sucedidos. Há mais 17 lançamentos planejados, inclusive do Falcon Heavy.

No dia 23 foi lançado da Flórida o BulgariaSat-1, com 3,6 toneladas de peso, exigiu muito do Falcon 9 e ele teve que pousar na balsa, fazendo uma manobra em alta velocidade usando três motores em vez de um. Elon Musk avisou que havia boas chances de não dar certo, e o bicho realmente veio com tudo.

Uma rajada de vento tirou o Falcon de rota perto do final da descida, se fossem capazes os programas de navegação arrancariam cabelos gritando desesperados enquanto usavam jatos de N2, o propulsor manobrável e as X-Wings para manter o curso. Ele chamuscou a lateral da balsa, pousou fora de centro, mas pousou:


VideoFromSpace — Reused SpaceX Rocket Lands on Drone Ship After BulgariaSat-1 Launch

Foi complicado, segundo Musk ele usou quase todo o amortecedor de emergência, uma peça em colméia dentro dos trens de pouso, que se compacta, deforma e absorve a energia do pouso, como último recurso.

Dois dias depois foi a vez de uma constelação de 10 satélites da Iridium, decolando da Base Aérea de Vandenberg, na Califórnia. 9,6 toneladas de satélites, o tempo estava BEM ruim, mar agitado, ninguém botou fé, até os programas de navegação foram embora e deixaram o Pac-Man tomando conta, mas eis que…


Space Videos — SpaceX Land 13th Falcon 9 First Stage after Iridium NEXT Flight 2 Mission

ESSE eu não acreditava que conseguiria, o mar estava bem feio e a balsa balançava mais de um metro na vertical, isso é… ruim. Significa que seu foguete cairá de 1 m de altura OU acertará a balsa 1 metro antes de desligar os motores. Não bom.

Agora a SpaceX fará OUTRO lançamento: o satélite Intelsat 35e, com 6 toneladas e como vai para órbita geoestacionária, precisa de mais velocidade, o que significa que não sobrará nada nos tanques, então esse Falcon 9 será perdido caindo no mar.

Sim, eu sei, é estranho e parece errado, mas lembre-se: essa é a REGRA, fora a SpaceX todo e qualquer foguete do planeta é perdido após a primeira e única viagem. Elon Musk é que nos acostumou mal.

O lançamento será domingo, dia 2/7 às 21:36, como sempre o streaming via YouTube pode ser achado no site da SpaceX.

A equipe do Fantástico já está de prontidão caso Elon deseje pedir música.

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • gfg

    Quando ele anunciou no twitter que em breve não daria nem tempo de repintar os foguetes, não imaginei que seria tão rápido.

    No mais, eles já haviam realizado pousos de foguetes que iam pra geoestacionária né?
    Porque pararam? 5s de queima do primeiro estágio faz tanta diferença assim?

    OFF:
    Já saiu o laudo daquele foguete que explodiu?

    • Manoel Jorge Ribeiro Neto

      Acredito que os satélites geoestacionários anteriores fossem mais leves. Logo, menos combustível foi utilizado, dando folga para realizar os pousos.

      • Daniel

        tambem pensei isso quando lí 6 toneladas.

      • gfg

        Darr, claro que é o peso, amnésia da idade chegando kkk
        https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Falcon_9_and_Falcon_Heavy_launches#First_landings_on_drone_ship
        Eles realizam pousos de carga abaixo dos 5,300kg, acima disso descartam o foguete.

    • Acho que nunca se conseguiu pousar vindo de uma GTO não. É velocidade demais. Por isso tentam no mar, porque quase que certamente vai dar em acidente.

      • gfg

        https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Falcon_9_and_Falcon_Heavy_launches#First_landings_on_drone_ship

    • DumbSloth87

      Todos esses lançamentos foram/serão com primeiros estágios diferentes. O plano do Musk é usar o mesmo primeiro estágio em 48 horas, hj esse prazo é de 6 meses.

      • Artur Ferreira

        mas o primeiro dessa “série” foi já estava no segundo vôo

        • DumbSloth87

          Sim, como eu disse, 6 meses pra deixar pronto, o que levou o BulgariaSat-1 tinha levado a primeira leva de Iridium-NEXTs em janeiro.

    • Rolando

      De tudo isso o que eu me pergunto é porque diabos a balsa é tão pequena? Sobraram o quê fora do centro? 1,5 metros? Eu acho que isso indica que errar o alvo nunca foi realmente o problema (o Musk poderia facilmente construir uma balsa muito mais larga na qual errar o alvo significaria estar a uns 20 metros da borda de cada lado) e o problema de estabilização em um mar agitado que era o problema de verdade acabou de ser resolvido.

    • Carl Segão

      No mais, eles já haviam realizado pousos de foguetes que iam pra geoestacionária né?

      Sim.

      Porque pararam? 5s de queima do primeiro estágio faz tanta diferença assim?

      Depende do peso do(s) satélite(s). Tem lançamento GTO que volta, outros, não.

      OFF:
      Já saiu o laudo daquele foguete que explodiu?

      Qual deles, o da plataforma? De qualquer forma sim, todos os foguetes da SpaceX que explodiram tiveram suas causas identificadas.

      • gfg

        Desse:
        http://meiobit.com/350769/breaking-news-spacex-manda-satelite-de-usdollar200-milhoes-pro-espaco/
        Eles publicaram o parecer ?

        • Carl Segão

          Sim. Aqui:

          http://www.spacex.com/news/2016/09/01/anomaly-updates

          😉

          • gfg

            Tanks, eu tinha pesquisado, pelo visto não foi o bastante.

  • Esperando ansiosamente que a “inteligência” desses softwares de controle sejam incorporadas nos Tesla…

    • Carlos Taylor

      Olha que a Nvidia ta loucona nesse negócio de carros autônomos, então não eu duvido que algo assim aconteça.. rsrs

      • Alexandre Salau

        O tesla usa um conjunto de GPUs NVidia para fazer a navegação autônoma.

      • gfg

        Tipo esse algo aqui?
        https://www.youtube.com/watch?v=GeyH734JQD0

        • Carlos Taylor

          Esse “algo” também serve como exemplo.. rsrs. Mas eu quis dizer tipo pegar tecnologia espacial mesmo (se bem que já deve ter alguma nesse aglomerado de IA..)

    • Daniel Belusso

      Mas dificilmente alguém vai usar um tesla pra lançar um satélite e depois estacionar numa balsa, mas seria legal..

      • Você nunca viu a Delen estacionar…

      • Não subestime meu sonho de transformar um Model X num Delorean Time Machine.

  • Diego

    Gosto muito do assunto mas confesso que não entendo plenamente a física envolvida, a pergunta é: o silêncio de rádio ainda existe na reentrada? Pergunto, pois, nos lançamentos atualmente temos inumeras cameras de alta resolução transmitindo imagens em tempo real e não há corte.

    • Claudionor Buzzo Raymundo

      God save the satellites…

    • Rômulo Catão

      de acordo com minhas experiencias no kerbal isso só acontece na reentrada, com a geração do plasma em função do contato com a atmosfera em alta velocidade, quando é lançado a aceleração maior ocorre fora da atmosfera.

    • Carl Segão

      Existe, dependendo da velocidade da reentrada.

  • Inquisidor

    e tem criaturas que falam que a terra é plana.

  • Leonardo Alves Araujo

    O Musk já falou o custo de colocar um Falcon em operação novamente depois de um pouso?

    • E tenho curiosidade de saber como é o processo de reparação para reutilizar os foguetes. Me parece que tem fuligem pra caramba pra limpar…

    • Rodrigo Primon Savazzi

      Hoje em dia deve ser bem caro. Eles devem fazer uma revisão tão minuciosa (até mesmo para entender melhor como é o desgaste das peças em condições reais) que o preço deve ser próximo de um foguete novo. Ainda assim, noticiou-se que a SpaceX deu um desconto de 30% no preço do lançamento para quem topou usar um foguete de segunda mão.
      Com o tempo e a melhor compreensão do que precisa ser revisado/trocado/verificado ou modificado, o Elon Musk já disse que eles esperam ser capazes de relançar um foguete em 24 horas com redução de custo de uma ordem de magnitude.

  • cesar m

    Isso deve ser humilhante para os datilógrafos ao redor do mundo, passaram a vida pedindo mais e mais recursos, valorizavam tanto o negócio é no fim nunca via-mos resultado, aí chega um Musk da vida e além de subir e por o satelite ainda volta e estaciona o trem. Tem datilógrafo torcendo pra o Musk não inventar de fazer sub nuclear kkkkk

    • O (ex)Datilógrafo da AEB

      Nem fala.

  • Artur Ferreira

    não ficarei nem um pouco surpreso se as manchetes do dia seguinte forem “empresa falha em promessa de recuperação de foguete e põe em xeque o futuro da exploração espacial”.

    • CtbaBr©

      A equipe do SpaceX trabalha no limite do possível,
      Sendo assim é bem provável que algo de errado algum dia, como nesses últimos “quase”!
      Ou seja, são “xeques” constantes, mas não vejo um mate!

      • Daniel Belini

        Acho que você não entendeu o que o Artur quis dizer.
        A imprensa não vai noticiar que lançaram 14852639 vezes o mesmo foguete, mas que vão abandona-lo porque não vai sobrar combustível depois dessa viagem.

        • CtbaBr©

          É possível…

        • SIm, a mídia trataria como fracasso e fim da empresa sendo que mesmo que a SpaceX perdesse TODOS os foguetes no pouso, continuaria sendo mais barata e funcionando exatamente igual à qualquer outra empresa do ramo.

        • Artur Ferreira

          é… exatamente.

  • leoncral

    Não tem a mesma graça ver o lançamento se não tem o pouso.

    • Maximus_Gambiarra

      Não tem mais graça ver o lançamento se não tem o pouso.

  • Chega a ser engraçado como o foco da atenção do público mudou do lançamento para o retorno do foguete. Fica a impressão de que até a equipe da SpaceX fica só esperando o pouso e nem dá muito bola para o que eles estão mandando para o espaço mesmo. 😛

    • Kimzark

      O pouso é a melhor parte.

    • Reinaldo Matos

      De fato… Eu não me canso de ver os foguetes pousando… Ainda olhando parece coisa de outro mundo, os lançamentos estão parecendo triviais de mais…

      É… Realmente estamos muito mal acostumados.

    • José Carvalho

      Curioso, com o tempo a confiabilidade da entrega da carga aumentou muito, mas chegar ao ponto de se esperar apenas o retorno do foguete e não mais SE ele vai deixar a carga no local certo é impressionante.

    • rbsouto

      Imagine os retornos do Falcon Heavy: serão 3 pousos. Vai ser um espetáculo.

  • Leonardo

    notícia após o lançamento do Falcon 9 do satélite geoestacionário:
    “Empresa particular lança satélite mas foguete é descartado gerando lixo ambiental.”

  • Jorge Dondeo

    Deus abençoe essa galera da space x!

    • Carl Segão

      Ramén!

  • Xultz

    Eu fico lazarenteado da cara quando vejo esses pousos bem-sucedidos, os caras fazem isso tudo e eu aqui me batendo prá resolver equações diferenciais de segunda ordem, das mais simples…

  • Tom

    Num provável futuro (próximo?) aonde o pouso do foguete foi aperfeiçoado e é 98% seguro, existe algum empecilho para pousar em terra e não numa balsa que chacoalha horrores?

    • Rômulo Catão

      eles já pousam na terra, nesse caso foi na balsa em função da carga que era maior, então não havia combustivel pra voltar a area de lançamento.

    • Carl Segão

      Sim. Combustível. Quanto mais rápido (e mais longe, e mais pesado for o satélite), mais combustível é necessário, fazendo com que sobre menos para chegar em terra. Por isso os pousos nas barcaças. Quando a carga é mais leve ou a órbita é mais baixa, já pousam em terra de boas. Se não me engano já foram 5 pousos no continente, contra 8 ou 9 na barcaça.

      • Tom

        Então o esquema é mais combustível que segurança, achava que era meio que proibição por medo de explosões

        • Claudio Roberto Cussuol

          Como diz o Lito, “Ninguém leva combustível pra passear”
          Cada quilo de combustível embarcado é mais um quilo pra tirar do chão. Então é natural que eles façam as contas pra chegar só no cheirinho da “gasolina”.

          • Tom

            Faz sentido, só que seria prático teoricamente pousar em terra firme aonde não existe um Δy de 1m

          • Claudio Roberto Cussuol

            Concordo totalmente.
            Mas vou partir do principio que os caras lá são mais inteligentes que eu. Se eles optaram por isso, provavelmente, essa é a melhor opção.

          • Tom

            Com certeza é a melhor opção, é que eu não tinha relacionado o fato de ele “cair” no mar economizar combustível

      • Rodrigo Primon Savazzi

        Inclusive, o primeiro pouso bem sucedido da SpaceX foi em solo.

  • Bruno Aveiro

    Esse foguete que eles lançaram da Califórnia foi em órbita contrária (de Leste para Oeste e não de Oeste para Leste)?

    • Rodrigo Primon Savazzi

      Se não me engano, foi lançado em órbita polar.

    • Não.

  • Michel Souza

    Todos preocupados com o foguete, mas ninguém percebeu que “quase que” não foi duas vezes. Caro professor/escritor/entusiasta, juro que procurei antes de postar aqui. Nao achei um exemplo sequer do uso da palavra “quase” acompanhado pela palavra “que”. Portanto, na minha singela e humilde opinião , sua matéria QUASE FICOU perfeita, ao invés de QUASE QUE FICOU.

    • elielcezar

      vc deve ser novo aqui

    • cesar m

      A matéria ficou perfeita sim, já que “a matéria” é o conteúdo, já o “erro” que você apontou é quanto à gramática, certo?
      Assim, seu comentário “quase ficou” perfeito, errou mais por excesso de preciosismo.

      • Michel Souza

        Isso!!! Continuemos prestigiando o descaso com a nossa língua. Afinal, notícia tem que “se” informal mesmo, pra ser nivelada por baixo para os leitores interessados em notícias relacionadas a pesquisa espacial e o futuro da humanidade. Sejamos todos incultos mesmo, só precisamos “se reproduzi” e “continua” povoando a Terra e Marte e Europa e o que quer que seja. Um brinde ao português errado, pessoal. “Quase que” me deixou com raiva, amigo.

        • Meu, tu é chato, heim?

          • Michel Souza

            Podia apenas aceitar minha OPINIÃO PESSOAL ao invés de postar a sua. Ganharia mais com isso. Parabéns pelo artigo, por sinal. Não faço parte do seu público mesmo. Não faço diferença alguma aqui. “Quase que” não existo, “heim”?. Beijo pra você, amigo. Sucesso.

          • Marombert Einstein

            Mas, mas…Toda opinião não é pessoal? Não seria pleonasmo, de acordo com a última flor do Lácio, aquela mesma, a inculta e bela, tuba de alto clangor, a lira singela, que tem o trom e o silvo da procela?

          • Michel Souza

            Obrigado, amigo. Tem razão. Não sou perfeito, mas aceito de bom grado porque quero ser melhor não só pra mim. Vou me policiar pra não cometer mais esse erro. Outros virão. Eles sempre acontecem. Mas esse pode ter certeza que não ocorrerá novamente.

          • Deixa ver se entendi… VOCÊ pode postar a SUA opinião pessoal e eu não posso?

          • José Carvalho

            Pode jogar amendoim para os (nos) trolls?

          • cesar m

            Calma amigo, é que seu comentário soou grosseiro, desproporcional. Matérias de qualidade escritas com esmero e inteligência são raras e costumam ser pagas. Aqui ninguém defende o Cardoso, ninguém liga pra esse cara estranho kkkkk, mas, se você mexer com o “escritor Cardoso” aí todo mundo se dói, justamente porque ele tem o dom de criar matérias bacanas e “de grátis”. De qualquer forma, passado o mal estar, seja bem vindo Michel.

          • Thiago Bachi Rehbein

            Meu amigo, que eu saiba ninguém é obrigado à aceitar opinião pessoal de ninguém e se o AUTOR do texto tem uma visão e opinião diferentes da sua, ele tem o total e pleno direito de postar a opinião dele.

            No mais, belo texto Cardoso, continue assim com conteúdo de qualidade!!!

    • José Carvalho

      Gramaticamente está correto… Quase que forma um cacófato, mas não é. Além disso, o senhor pesquisou igual sua cara, eu pesquisei e já encontrei a resposta, que não postarei, já que isto pode servir como um bom exercício de português e de pesquisa no Google.

      • Michel Souza

        Que bom que estou errado. Afinal , nao sou professor ou alguma ferramenta de pesquisa, na qual pelo visto também sou ineficiente. Mas ao menos o exercício serviu pra colocar um monte de gente pra pensar e buscar a resposta, não é mesmo? Bom saber que tem gente aqui que, como eu, é chato. Obrigado pelo toque amigo. E viva a língua que é considerada uma das mais difíceis do nosso mundo. Um abraço e sucesso pra todos vocês.

  • Pingback: SpaceX prestes a completar 3 lançamentos em 9 dias | Notícias Legais()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis