Fotógrafo sendo fotógrafo em qualquer lugar do mundo

Olha só que história bacana. Eu não tinha ideia disso, mas existe uma fábrica brasileira de roupas para a prática de Yoga chamada Liquido Active. Segundo o site da empresa (em inglês) a coisa toda começou em 2001 com uma pequena loja no Brás e, atualmente, eles são internacionais. Quase toda foto de divulgação das roupas no site são de mulheres belíssimas fazendo Yoga em locais exuberantes, quase sempre em paisagens naturais.

Pois bem, semana passada a marca de roupas se envolveu em um escândalo quando publicou a foto abaixo no seu Instagram. A nova campanha da empresa levou uma equipe de fotografia e modelos para serem fotografadas fazendo Yoga no Hanging Lake no Colorado. E qual o problema disso? Simples, é terminantemente proibido entrar no lago.

O Hanging Lake é um lago de 1,5 acres no Colorado, que foi formado por uma falha geológica, fazendo com que o leito do lago caísse do vale acima. As águas são turquesa brilhante, devido aos minerais de carbonato dissolvidos na água. A borda do lago é construída a partir de carbonatos dissolvidos que são depositados na costa à medida que a água flui. Os óleos corporais na água param esta deposição. Por isso que o local é muito bem sinalizado sobre a proibição de entrar na água.

Depois que a foto foi publicada um turbilhão de reclamações inundaram os comentários da imagem e o Serviço Florestal dos EUA já enquadrou com multas tanto o fotógrafo quanto as modelos. A dona da empresa, Renata Facchini, estava presente durante o ensaio e alegou inocência. Ela afirmou que não viu nenhuma placa de aviso sobre a proibição, tipo essa:

Depois de todo o rolo eles colocaram uma desculpa oficial no Facebook admitindo a culpa e até fazendo uma doação para conservação do local. Já discuti aqui em outras ocasiões sobre a atitude de fotógrafos e videomakers se acharem especiais e poderem romper qualquer regra para realizar o seu trabalho. Infelizmente isso acontece independente da nacionalidade do cidadão.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams “Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio”.

Compartilhar
  • Ivan

    Gente idiota sendo idiota…

  • Rapha™

    Você disse…”fábrica brasileira“?😏

    ________ BR

  • “Vai ali, rapidinho. Ninguém vai ver, qualquer coisa a gente fala que não sabia…”

    • Não faz sentido, pois a foto seria divulgada abertamente. A placa é estranha mesmo. Não enfatiza que entrar na água é proibido.

      • Só nadar, que é algo completamente diferente

        • Othermind

          kkkkkkkkkkk

        • Rodrigo

          Pois é, vai que interpretaram assim “ah, não pode nadar, mas entrar caminhando deve poder”

          • Daniel Belini

            Depois daquela que o cara processou a fábrica de salgadinhos de amendoim por não avisar que os salgadinhos de amendoim continham amendoim e ele era alérgico, não duvido disso.

  • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Vai falir….

  • Sander Manzoli

    Bom, a placa não diz que não podem entrar na água, diz apenas que é proibido pescar e nadar. Qquer advogado anula essa multa, a não ser que tenham fotos que comprovem que estavam nadando. Mesmo que exista OUTRA placa com info mais completa, essa placa da foto já inocenta.

    • Para nadar tem que entrar na água

      • Sander Manzoli

        kkkk, não me diga, Cherloque!
        Agora adivinhe, vc pode entrar na água e não nadar… pode urinar, fazer sexo, se banhar, botar rede e jogar volei e mais mil coisas, sabia? Nadar é apenas UMA das atividades, a placa não deveria proibir UMA das atividades, deveria proibir a entrada na água.

    • Lucas Moretto

      Por favor né… Se você não pode nadar você não pode entrar…
      Tem q estar escrito todas as possibilidades para as pessoas entenderem?
      Não pode cagar na água; não pode estar fora da água e urinar nela; não pode apenas molhar os pés; não pode entrar plantando bananeira.

      O Povo e acha que porque tá escrito não pode nadar se eu fizer qualquer coisas na água q não seja bater os braços eu tô dentro da lei!

      • Paulo de Tarso

        Bastaria dizer que não pode entrar. Isso engloba todas as outras possibilidades. A placa foi mal escrita. Dá entender que pode entrar, molhar os pé, mas não nadar.

        • Sander Manzoli

          Óbvio… e as pessoas não percebem o óbvio ululante de que o texto da placa é extremamente mal pensado.

        • Rodrigo

          Antes de dizer que a placa foi mal escrita, estude inglês, rapaz. O verbo “swim” engloba muito mais além de “nadar” em português.

          • Paulo de Tarso

            Meu caro, fiz meu comentário usando a tradução de outras pessoas deste post.

    • Ou seja: a placa tem que listar todas as atividades possíveis e imagináveis criadas ou a ser criadas pela humanidade já que, o bom senso é subjetivo a cada pessoa.

      Como a placa não diz proibido fazer ioga dentro do lago ou proibido bater foto dentro do lago, então pode.

      E agora eu entendo o porquê da existência destas placas com instruções absurdas:

      https://uploads.disquscdn.com/images/074599ef47274661dd5040479abcf755b848084d74eaf003ebfe31b99c0d9390.gif

      • Desde que eu vi essa placa quando era pequeno, eu tenho pesadelos em que vou pegar um elevador e esse MESMO está no lugar do elevador.

        • Maximus_Gambiarra

          O Mesmo mora no prédio, mas fica parado nos andares, atrás de você.

        • Omena

          sagaz

        • Luiz

          Por isto que eu coloco um risco no elevador, se for o mesmo eu não entro.

      • Sander Manzoli

        Não, vc está errado, pois pensou de forma complicada (sendo gentil agora) assim como o gênio que escreveu a placa.

        Se o objetivo é informar que as pessoas não podem entrar na água, a placa deve simplesmente dizer “Proibido entrar na água” e não “Proibido nadar”, pois vc pode entrar na água e fazer 1000 coisas, e não nadar.

        Esta placa do elevador existe, pq muitas pessoas já morreram, pois a porta se abria por erro e entravam instintivamente, sem se atentar que ali estava o fosso. A placa faz as pessoas se atentarem ao óbvio e não tem nenhuma relação com o texto mal escrito da placa do lago, que dá margem às pessoas tirarem foto lá, e que vc não captou.

        • De forma resumida:

          Swimming entre outras coisas: “(…) immersed in or overflowing with water or some other liquid. (…)”

      • Ariel Souza Rossi

        Pra isso que nós pagamos impostos. E com orgulho.

    • Rin Tezuka

      Esse advogou para os nove dedos.

    • Gilson Lorenti Fotografia
    • Rodrigo

      A questão é que o verbo “swimming” no inglês é bastante abrangente, mais do que o verbo “nadar” no Português. Qualquer coisa que esteja imerso/boiando/dentro de água pode ser dito que está “swimming”.

    • Famoso jeitinho brasileiro…

  • Cocainum

    O bom do fotógrafo é que ele mesmo reúne as provas da acusação.

  • 640k is enough

    Pois então… quando é com eles é aquele escândalo…

    E quando o Justin Bieber vem pichar por aqui?

    E o caso do acidente aéreo no Amazonas em que os causadores americanos estão se lixando em voltar para o Brasil para responder pelo acidente causado por eles?

    Isso é o que eu lembro.

    Para nosso complexo de vira lata, lá temos que pedir desculpa e pagar alguma coisa, quando eles fazem aqui, agradecemos…

    • Bambino VJ

      Que nóia

    • Rafael Rodrigues

      boa. faltou falar dos nadadores gringos que detonaram o banheiro de um posto na olimpíada.

    • Paçaro

      Se a justiça aqui é uma merda e não faz nada em relação à isso, e a população em sua maioria tá pouco se lixando, problema nosso.

      Se o pessoal dos EUA viu algo de errado e foi atras, que bom pra eles.

      • 640k is enough

        Esse é o ponto.

        Geralmente nos países desenvolvidos as coisas funcionam, e rápido.

    • Monstro Medieval

      Mas a crítica do texto é a fotógrafos, não a brasileiros.

      • 640k is enough

        Eu sei…

        Mas não deixam de ser pessoas, capisce?

        • Monstro Medieval

          Então pq falou sobre “nosso complexo de vira-latas”?

  • Pingback: Fotógrafo sendo fotógrafo em qualquer lugar do mundo | Notícias Legais()

  • RôShrek

    Todos os envolvidos nessa história são brasileiros? Se a resposta for sim é melhor mudar o título pra brasileiro sendo brasileiro.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis