Sony e a “irrelevância”dos indies na E3

Passada a E3 deste ano, algumas pessoas começaram a se perguntar porque a Sony ignorou completamente os jogos independentes na sua conferência, algo que por sinal já havia acontecido na edição passada da feira.

Por se tratar de uma empresa que deu tanta atenção a esse tipo de jogos no início do PlayStation 4, uma mudança tão drástica de comportamento chama a atenção e quem tentou explicar a postura foi Jim Ryan, chefe da divisão europeia da fabricante japonesa.

Uma das coisas que percebemos é que essas colagens de vídeo com dez jogos indies mostrados em um minuto são quase sem sentido. Ninguém consegue aprender nada sobre os jogos neste tempo. É praticamente visto como uma perda de tempo.

Para o executivo, é tudo uma questão de timing. Antes a Sony precisava mostrar que estava dedicada a apoiar os indies, que jogos como o No Man’s Sky precisavam do suporte dele e que o PS4 poderia ser uma boa plataforma para títulos menores. Já hoje eles preferem se dedicar a divulgar novidades como o PlayLink e o Gran Turismo Sport, dando-lhes mais atenção na apresentação.

Porém, Ryan fez questão de afirmar que isso não significa que a empresa não considere a importância dos indies nem que deixaram de se importar com eles, apenas que tais jogos se tornaram menos relevantes e que consideram melhor falar sobre outros assuntos, como por exemplo a realidade virtual.

Tudo bem, talvez a E3 não seja mesmo o local ideal para a Sony divulgar os jogos desenvolvidos independentemente e que a empresa pode fazer isso durante sua apresentação de fim de ano, mas será mesmo que um clipe mostrando alguns indies em que eles acreditam faria tão mal para sua apresentação?

Eu já perdi as contas das vezes que me interessei por um jogo que foi mostrados por apenas alguns segundos neste tipo de vídeo e a apresentação da Microsoft este ano foi uma que fez um bom trabalho ao divulgar títulos como o The Last Night, me fazendo acreditar que os indies estão longe de serem irrelevantes.

Contudo, o que realmente me incomoda é a imagem antipática que a Sony tem se esforçado para criar, especialmente quando se trata das declarações do Sr. Ryan. Lembremos que foi ele quem disse que as pessoas não querem retrocompatibilidade e a resistência as partidas entre plataforma só tem piorado a situação.

É impressionante como a liderança folgada na geração tem feito com que a arrogância por parte da fabricante japonesa escale níveis preocupantes.

Fonte: GamingBolt.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis