Kaspersky processa Microsoft por desabilitar seu antivírus no Windows 10

A Kaspersky Lab não anda nada contente com a Microsoft. A companhia russa de segurança alega que o Windows 10 deliberadamente desativa suas soluções de antivírus nos computadores dos usuários, alegando incompatibilidade e substituindo-o pelo Defender, seu software proprietário. Isso levou a empresa a entrar com um processo antitruste no Serviço Federal Antimonopólio da Rússia e agora, estendeu suas queixas à Comissão Europeia e o Bundeskartellamt alemão.

O motivo da bronca da Kaspersky é bem simples: desde a introdução do Windows 10 a Microsoft está promovendo seu Defender ferozmente em detrimento das soluções de segurança de outras companhias, com a desculpa de que “preza pela segurança” de seus usuários. Na prática as restrições do sistema operacional teriam sido bastante elevadas, com prazo para adequação dos critérios de compatibilidade reduzidos de meses para semanas.

Basicamente o Windows 10, por questões de segurança desativa o Kaspersky Antivirus à força cada vez que o Windows Update atualiza o sistema, ativando o Defender em seu lugar alegando comprometimento do sistema. A companhia russa alega que o procedimento é deveras conveniente para Redmond, caracterizando concorrência desleal por promover sua própria solução em detrimento de outras fazendo uso de sua posição dominante no cenário de sistemas operacionais. Eugene Kaspersky, co-fundador da empresa ainda acrescentou que o Defender é inferior ao seu produto, o que em tese prejudicaria o usuário ao deixa-lo mais exposto a vírus e invasões.

Não obstante o Windows Update não só trata de desativar o Kaspersky, segundo a denúncia o sistema deleta arquivos essenciais para evitar que o usuário o reative manualmente, sendo obrigado a reinstalar tudo de novo; é uma estratégia para vencer pelo cansaço, onde o dono do computador desistiria dessa corrida de gato e rato e manteria apenas o Defender para evitar encheção de saco.

O processo estava restrito apenas à Rússia, mas ao dar entrada na Comissão Europeia para a Competição e no órgão antitruste da Alemanha o cenário é outro: em ambos os casos o apreço por monopólios é mínimo, vide o Google que está comendo o pão que o diabo amassou nas mãos da comissária Margrethe Vestager; a Apple também tem seus problemas com a Comissão e a Microsoft também não possui um histórico muito bom por lá, embora a decisão de forçar o Windows a sugerir uma escolha de navegador no ato da primeira execução tenha surtido pouco resultado.

Em nota a Microsoft alega que seus recursos seguem as leis de concorrência e que seu objetivo principal é manter os usuários protegidos; é provável que tal desculpa não cole, portanto é bom acompanhar como essa história vai se desenrolar daqui para a frente.

Fonte: Kaspersky Lab.

Relacionados: , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Jonas S. Marques

    A MS forçar o Windows Defender é de uma sacanagem sem tamanho. A detecção dele é pífia, e pro usuário comum que curte baixar umas coisas mas que não sabe o que está fazendo ele é simplesmente inútil.
    Pelo jeito a MS perdeu esse aí, o problema é que os clientes que desistiram não voltarão pra Kaspersky.

    • Rapaz, não tem essa não. O cara pode ter o melhor antivírus do mundo, mas nada o salva se ele for um imbecil.
      Há casos em que os donos de sites “pedem” pra desativar o antivírus ou pior… alerta que o antivírus irá chiar, mas que tudo bem, já era previsto.

      Continuo acreditando que o melhor antivírus é a consciência do usuário.

      • Jonas S. Marques

        Concordo contigo.
        Só que o usuário comum não é o cara que baixa torrent, é o cara que abre os ppt maluco que recebe por e-mail, que recebe o arquivo com crack de um amigo, que navega por aí feito louco.
        E se tu visse o quão fácil é pra qualquer malware desabilitar o Windows Defender entenderia o meu ponto

      • Pois é, minha cunhada que o diga quando clicou num anexo suspeito de um e-mail sem querer enquanto operava o notebook do trabalho.

      • Torquato Pit Bull

        Mas esse não é pensamento dos clientes da Kaspersky Lab.

      • Alvaro Carneiro

        kkk verdade. Eu vejo os cracks para jogos de windows tudo assim:

        1) rode o crack na pasta /crack
        2) o seu anti-virus poderá FALSAMENTE acusar virus, se isso ocorrer, desative o anti-virus

        kkk

        Tenho um amigo que se fufu lindo nisso: ele instala uma pá de coisa com cracks no mesmo PC onde ele trabalha, e é claro nao tem backup de nada. Um dia apareceu um ransomware bem tosco, travou tudo – e ele descobriu uma ferramenta que removia pela quantia módica de 50 euros.

        Mas tá lá o danado: crack crack crack crack até hoje.

      • leleskt

        nem todo mundo é conhecedor de tecnologia, e muitos desses talvez saibam fazer alguma coisa que outros não sabem. Eu ja usei vários antivírus e hj nenhum, mas tem muitos que precisam disso.

      • Se eu não usasse antivírus (por sinal, esse da notícia) estaria fuuu agora. Minha esposa recebe cada tranqueira das colegas dela da pós que eu fico impressionado!
        E é obrigado a receber, como desenvolver o trabalho sem aqueles arquivos?
        Não dá para obrigar todo mundo a estudar segurança digital então é contornar com essas ferramentas.

        • ochateador

          Tem que ensinar sua esposa a suar máquina virtual, porque na hora que “ferrar o pc” só ferra o PC virtual que basta apenas deletar e subir outro no lugar 😀

    • jairo

      Enquanto a suíte Baidu não estiver sendo bloqueada está tudo bem.para mim , além do ask logico-)

      • Gabuncle

        O baidu só deixa o computador mais vulnerável ainda. Além de oferecer propagandas que enganam o consumidor leigo. Muito parecido com o psafe

        • Maximus_Gambiarra

          Hehehe! Os desenvolvedores deles são bons no que se propõem.

  • Isaias Freitas

    Gostaria de saber se o defender seria algo que realmente poderia ser o antivírus Principal da maquina ou não.

    • Alexandre

      Uso o defender como unico antivírus há alguns anos. Nunca tive problemas.

      • Vandrey Trindade

        Eu também.

      • Isaias Freitas

        Poiseh. Peguei um caso num cliente que tinha um vírus que nem aquela ferramenta da KasperRemovalTool conseguiu detestar, mas o Windows defender do W7 pegou.
        Complicado isso.

        • Marcogro®

          Tá explicado: O KasperRemovalTool não o “detestou”, por isso não o removeu… Rsrs se tornaram abiguinhos.

    • Marcogro®

      Acredito que sim. O Defender, assim como qualquer antivírus, não pode ser a tábua de salvação para um usuário sem noção que enche o PC de programas crackeados e navega como um alucinado por sites suspeitos e assiste vídeos XXX bizarros e doentios. Mas a associação do UAC + Defender + Smart screen e bom senso é mais do que suficiente.

      • Rodrigo Arnoud

        Lembrando de não trabalhar no Windows no como Administrador.

      • Isaias Freitas

        Sim. Ate pq nenhum eh 100%.

    • Desde muito tempo uso o Defender como único antivírus. Suficientemente leve para não pesar no SDD e razoavelmente esperto. Mas claro, tenho bastante bom senso.

    • Ricardo

      Não recomendo, tanto no Av-comparatives quanto no Av-test o AV da microsoft sempre fica em último na detecção, se for para usar o defender vá logo sem antivírus como o povo do “Não preciso de AV.” , de resto o Avira tem sempre colocação muito boa, com o Avast logo atrás, se você procura AVs gratuítos, abraços.

      • Isaias Freitas

        Blz. Obrigado.

  • Pingback: Kaspersky processa Microsoft por desabilitar seu antivírus no Windows 10 | Notícias Legais()

  • Zalla

    não uso antivirus a anos….basta não cair em pishing…e tomar cuidado com o que baixa

  • Rin Tezuka

    Próximo passo colocar o IE como navegador principal.

    • Gustavo Bandoni

      Ele meio que faz isso com o edge ja

    • jairo

      Mas o IE é o Edge são os melhores Chrome downloader do mercado, estes podem continuar pré instalados-)

    • O Edge depois do Creator Update está bem satisfatório mesmo. Até deixei o Vivaldi e Firefox de lado.

  • Vandrey Trindade

    Pelo que entendi, o Windows Defender só entra em ação quando a assinatura do Kaspersky vence… Seria só uma forma de manter o usuário protegido quando o Kaspersky não está mais ativo no sistema.

    • Jonas S. Marques

      Nope, entra também quando rola uma atualização do Windows, seja um KB ou atualização de versão.

      • Vandrey Trindade

        https://uploads.disquscdn.com/images/3ced8cfded1ae64374e8148e9f82dcb91b0fac12a28f703d11b68050eb461514.png

        E mesmo assim a Microsoft já respondeu:

        “Microsoft’s primary objective is to keep customers protected and we are
        confident that the security features of Windows 10 comply with
        competition laws. We’re always interested in feedback from other
        companies and we engage deeply with antimalware vendors and have taken a
        number of steps to address their feedback. We reached out directly to
        Kaspersky a number of months ago offering to meet directly at an
        executive level to better understand their concerns, but that meeting
        has not yet taken place.”

        • Jonas S. Marques

          Da uma lida no Comunicado da Kaspersky, lá tem

          Ou mesmo muita coisa importante, por exemplo:

          for three days after the expiry of a license for our security solution and the turning off of protection, we are forbidden – through our own notification system – from informing the user that it might be a good idea to extend the license so that protection could get back up and running. Instead of that, we’re obliged to use Microsoft’s own notification system – now called ‘Action Center’ – to which many users pay little attention.
          The weird thing is… such restriction is applied only to antiviruses – with which Microsoft has been trying to compete (and not doing very well at) for years. But in previous (pre-10) versions of Windows there were no such special measures. Thus, it looks like, after years with no success (in competing with other antiviruses), Microsoft has resorted to the use of alternative, OS-empowered (in our view – underhand) tactics.
          Another unpleasant problem our users have come up against is the mysterious disappearance of our security software when upgrading to Windows 10. It goes like this:
          You’re updating your OS, and while doing so are informed assuredly that all your data and programs will remain intact and safe, there are no incompatible programs, and all is fine and dandy, so you just take it easy while your OS gets updated.
          But then, in many cases, while the update is still ongoing – perhaps due to those same underhand tactics again – Windows decides that your existing security solution is, after all, incompatible with Windows 10, deletes its drivers (leaving a bunch of useless files (the solution won’t work without the drivers)), and in its place switches on its own solution.
          Windows does this without the explicit consent of users, and also with barely any warning: the notification displays on the screen literally for just a few seconds. Moreover, while this notification states in bold ‘We turned on Windows Defender’, the fact that your existing security solution was removed is in small, non-bold print:

          Ou mesmo

          Btw, compare the modest message with the alarming window of Microsoft’s own solution
          What’s even more… interesting, is how after the independent protection is deleted, it stays in the list of installed programs! So, if users miss the fleeting ‘notification’ about Microsoft’s protection being turned on, and/or didn’t have time to work out that this means their existing self-chosen security solution has been deleted, they might not understand straight away what’s actually happened. That is, users think their chosen security solution is working (why wouldn’t they? It’s there in the list of installed programs; even the icon on the desktop’s still there) when in fact it’s been deleted.

          Anota aí, esse processo já tá ganho.

          • Vandrey Trindade

            Bom, teria que ver quem usa Kaspersky pra ver como está sendo isso…
            Mas beleza, que eles se resolvam da melhor forma que beneficie o usuário.

          • PAULO GOULART

            Eu tenho a licença total da Kaspersky e o Win 10 atualizado…meu Kaspersky está rodando normalmente e cá entre nós, é o melhor antivírus que já usei! Além de muito eficiente, não fica dando falsos alertas como os gratuitos…

          • Vandrey Trindade

            Valeu pela resposta!

      • Mauricio Bonini

        Tenho o Windows 10 e o Kaspersky no PC de casa e nunca tive problema, inclusive renovei por mais 3 anos. Na empresa tenho vários equipamentos e também não tivemos problemas.

  • O meu Avira nunca teve esses problemas, eu até olho pra ver se realmente ele está sendo executado por preocupação com essa peleja da Kaspersky

  • Luiz Gustavo

    Eu usei ele por um tempo, mas desanimei, ele deixa passar muita coisa. Eu uso o kasper no meu note e desde o creators update, as atualizações do windows desabilitam ele, e não é desabilitar somente, tiram ele do inicio automático, mesmo que eu coloque ele pra iniciar, o windows simplesmente não deixa. Tive que fazer uma maracutaia pra iniciar sempre. E outra, não é só com o kasper que isso acontece, eu uso o Trendmicro Business aqui na empresa e desde o creators eu passo raiva pra iniciar ele, ou o update desabilita ele como faz com o kasper, ou simplesmente não me deixa instalar, dizendo que a versão é incompatível com o windows 10.

    • Vandrey Trindade

      Pelo menos com o McAfee não tive problemas aqui na empresa, desde a primeira versão do Windows 10.

  • Quem vigia os vigilantes

    Karpesky faz vírus que os outros antivirus não pegam por um tempo…
    Avira faz virus que os outros antivirus não pegam por um tempo…
    E assim vai com todas as fabricantes de antivirus que continuam desenvolvendo suas “soluções” para suas próprias ameaças mantendo o ciclo infinito. Claro que no meio disso tem os lobos solitários que fazem virus, mas isso é mínimo. Os maiores fazedores de virus são as próprias empresas de antivirus…

    Microsoft oferece uma solução que foge desse ciclo e taca o foda-se pra esses picaretas desde sempre…

    Vamos abrir os olhos né…

    • ricms

      Estava demorando para vir alguma teoria da conspiração illuminati reptiliana massonica ateia satanista….😒

  • Vagner Da Silva

    Será que corro risco de ser processado? Eu já desinstalei essa porcaria de tantos computadores que nem lembro mais.

  • Lo mejor antivirus soy yo
    Windows Defender está desativado por padrão e assim será.

  • SacoCheio

    Kaspersky: Abre o olho Microsoft!
    VOU BOTAR NO SEU BUNDESKARTELLAMT!!!

  • Ruan H. S. Galli

    Só a Microsoft tentando dominar o mundo. Normal.

  • Marcus P

    Se é aqui no Brasil essa M$, o tio Bill já estaria preso preventivamente em Curitiba por umas 3 décadas. Sem direito a habeas-corpus, mas como é nestes paizinhos USA e RÚSSIA dai não dá em nada, se paga uma grana e segue empregando e crescendo.

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    Essa Kaspersky só não faliu ainda porque muitos ainda não se ligaram que o melhor antivírus é o próprio usuário! Já faz uns 10 anos que não uso antivírus de terceiros (apenas esse Windows Defender da Microsoft, que já vem com o Windows), e nunca tive problemas.

  • Somerandonguy1

    Por isso não atualizei pro Win 10, saquei logo nos primeiros relatos e reviews desse OS que ele é restritivos e rouba seus dados sem que você saiba, prefiro o Win 8, e no dia que for obrigatório atualizar pro 10 juros que prefiro deixar o Linux do que esse lixo restrito

  • O melhor antivírus que existe é aquele que não está instalado no computador. E FUD. FUD funciona muito bem também.

    Depois que eu vi um “vírus”, que vinha através de script “.js” zipado e que desabilitava, num tapa só, AVG, Avast, Kaspersky e Windows Defender (tinha mais um, mas não lembro agora), vejo o quão palhaçada é essa de “pensando na segurança do usuário”.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis