Abaixo-assinado exige cancelamento do Far Cry 5

far-cry-5

Quando a Ubisoft anunciou que o novo capítulo da série Far Cry se passaria no estado de Montana, ficou claro que a editora estava prestes a entrar num terreno delicado. Oras, uma coisa é você colocar as pessoas para explorarem distantes ilhas paradisíacas, savanas ou a pré-história, mas outra bastante diferente é fazer com que os tiroteios aconteçam no quintal de boa parte dos seus consumidores.

A impressão inicial era de que o jogo nos colocaria no meio de uma população extremista no interior dos Estados Unidos e quando o primeiro trailer foi publicado, tivemos a confirmação de que o Far Cry 5 giraria em torno de um culto cristão que decidiu se rebelar contra o governo local. Como muitos já esperavam, o pavio do barril de pólvora havia sido aceso.

Num mundo onde tudo parece ser motivo para as pessoas se atacarem e onde a internet funciona como um catalisador perfeito, mesmo sem saber ao certo o que será abordado no jogo e com o seu lançamento ainda estando a meses de acontecer, um grupo que se autointitula Gamers United criou um abaixo-assinado exigindo que a obra seja alterada ou profundamente modificada. Veja o que diz um trecho da carta publicada por eles:

Os gamers americanos tiveram que encarar muita porcaria ao longo dos últimos anos. O assédio dirigido pela grande imprensa através do Gamergate, o terrível lançamento e as mentiras de jogos altamente esperados, a censura absoluta da arte através das políticas e ‘localização’, a contínua rejeição de parceiros românticos quando descobrem nosso hobby, a apropriação da nossa cultura pelos chamados ‘gamers’ no Twitter. CHEGA!

 

Passamos por suas palestras multiculturais e jogos de pregação voltados para degenerados e miscigenadores. Toleramos isso em nome da jogabilidade e da inovação. Mas chega! O Far Cry 5 é um insulto à sua base de fãs, americanos que compõem a maioria dos seus consumidores e está na hora de vocês acordarem para este fato. Mudem isso ou cancele o jogo.

De acordo com quem criou o abaixo-assinado, o jogo estaria repleto de personagens clichês, de servir como propaganda contra os cristão e contra os brancos. Para eles, o correto seria que os vilões do Far Cry 5 fossem mais “realistas”, sendo representados por exemplos como muçulmanos ou membros de gangues de cidades do interior. Em determinado trecho é dito inclusive que os membros da tal seita deveriam ter uma maior variedade racial, o que provavelmente fez com que a Ubisoft divulgasse a imagem abaixo, que é uma versão ampliada do que tínhamos visto inicialmente.

far-cry-5-wide2

De tão absurdo, o abaixo-assinado logo começou a ser tratado como uma brincadeira criada por algum engraçadinho e até mesmo como uma tentativa da própria Ubisoft de chamar a atenção. Porém, não demorou para que as mil assinaturas colocadas como meta fossem atingidas, nem para que pessoas com alguma influência usassem as redes sociais para criticar o jogo.

Mesmo achando que tais ameaças não passam de palavras proferidas por algum moleque covarde, um trecho do abaixo-assinado diz que “hoje em dia, vocês precisam entender que pode ocorrer alguma repercussão violenta se decidirem seguir com suas críticas inúteis.” Ou seja, pelo jeito a polêmica em torno do jogo está apenas começando e a minha curiosidade é saber até onde a Ubisoft está disposta a ir para sustentar sua liberdade criativa.


Ubisoft Brasil — Far Cry 5: Trailer de Anúncio

Fonte: Destructoid.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Tom

    Muslim terrorists who explode nail bombs? ISIS who burn people alive? Nope. Christians.

    O cara só finge esquecer o quanto o cristianismo já matou em nome de deus, bobeia que passa até o score do ISIS

    • Nenhuma religião matou mais que o cristianismo. E sobre cristãos fundamentalistas radicais, parece que o bando de chorões esqueceu de Jim Jones e tantos outros.

      • Tom

        Eu tava olhando o twitter desse cara e só tem asneira, pra ter uma base:
        https://twitter.com/ramzpaul/status/869658692777541632

        • Inquisidor

          hueheueu, esses dias no youtube achei alguns “documentarios” falando que a terra é plana, é uma seita essa porra, vc tem que ver as explicações que os caras dão, é de dar autismo em qualquer um com o minimo de conhecimento, eu já joguei hate nos comentarios e tem varios me atacando lá kkkkk, delicioso.

          • Tom

            o que busco no guia (google) para rir disso também?

          • Inquisidor

            Pesquisa no YouTube” 30 pruebas de que la tierra es plana” esse não é documentario mas na aba de vídeos sugeridos já vai aparecer, prefiro esses em espanhol pois sao mais doentios , e quando vc mete o pau eles tentam contra argumentar, no vídeos brasileiros os caras já vem com palavrões e perde a graça

          • Inquisidor

            Tinha um muito “bom” mas não consegui achar no histórico, era um em que o cara misturava terra plana, governo americano escondendo evidências, terra oca, viagem astral, aliens falando com ele na viagem astral e criaturas de outras dimensões falando pra ele que a terra era plana, inclusive o cara deu um argumento muito bom para terra ser plana , era porque o nome era “plane”ta e não globeta /redondeta /circuleta kkkkkkkk porra , era um documentário , eu passei mal de tanta hate que eu tomei jaiansikkzdksks.

          • Gui

            Normalmente é comum que a pessoa que subscreva alguma ideia nada ortodoxa passe a acumular várias outras crenças igualmente estranhas, mesmo que algumas delas sejam contradizentes entre si. Tal fenômeno leva o nome de magnetismo de manivela.

            Agora sobre a Terra Plana, é possível que dentre aqueles que acreditam piamente na ideia há uns que não acreditam no que dizem e só o fazem por perceber que é um nicho que dá retorno, seja por monetização de vídeos ou venda de livros. Mas a maioria dos caras que vi defendendo a “teoria” são uma espécie de literalistas mais radicais.

            À respeito do abordado no meu primeiro parágrafo, segue o link:

            http://rationalwiki.org/wiki/Crank_magnet

          • Tom

            ASUDHUSAHDUHS valeu, hoje vai ter show de stand-up kkkk

          • Inquisidor

            Bom apetite, sorva a rage e lágrimas deles kkkkk

          • Diogo

            Sobre isso… bem…

            https://contraditorium.com/2017/04/20/terra-plana-fenomeno-dos-trolls-coxinhas/

      • Gui

        “Passamos por suas palestras multiculturais e jogos de pregação voltados para degenerados e miscigenadores”

        Parece que os caras são supremacistas raciais também.

        • Samuel Madeira

          Porque os estudios de games tem dinheiro de sobra apenas para fazer jogos pra divulgação de ideologia, OBVIAMENTE o lucro é algo que não interessa.

          Tem gente que realmente acredita que existem empresas capitalistas tendo filantropia como sua principal atividade aehueuaeuhaeae

        • Ou seja, são exatamente o tipo de gente que a Ubisoft está ridicularizando. A carapuça serviu.

      • Michel Santos

        nao amigo..vcs confundem as seitas e a igreja catolica romana e sua inquisiçao e suas cruzadas com a mensagem de Cristo..se vc ler os evangelhos(e o incetivo a fazer isso)..vera que em nenhum momento ele ordena mortes e assassinatos…ensinou a amar o proximo..ajudar os cativos e doentes..ate mesmo amar os inimigos:
        Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente.
        Eu, porém, vos digo que não resistais ao mau; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra; (dificil isso,nao?)
        Mateus 5:38,39

        Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.
        Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus (incrivel,.. nao..no mundo de hj isso soa ate como loucura…ele ensinando a amar e nao odiar)
        Mateus 5:43,44

        Ensinou a buscarmos a paz “Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus”
        Mateus 5:9
        enfim…muitos outros ensinos..leia as fontes nos evangelhos…eu sou fa de Far Cry e nao ligo com o tema..afinal vivemos em um mundo que nao tem nada de maravilhoso….a humanidade ta ai…totalmennte sem rumo..entao heresias, seitas e religioes extremistas é normal q existam..algumas ate matam em nome de Deus:

        Eles vos expulsarão das sinagogas; e mais: chegará o tempo quando quem vos matar pensará que está prestando um culto a Deus. João 16:2 ( a milhares de anos, Ele proprio ja previa essas heresias)

        abraços…

        • Cocainum

          Ninguém está acusando Jesus, mas os que atuam em seu nome. As religiões, sejam elas quais forem, sempre foram usadas como pretexto para violência e barbárie, mesmo que nos seus ensinamentos isso seja condenado. Os problemas estão nas ações, não nos ensinamentos

          • worldchanger

            Nas religiões judaico-cristãs a violência não é condenada. O problema está, sim, nos ensinamentos.

          • Tom

            Eu não condeno quem se taca de uma ponte, nem por isso recomendo fazê-lo.
            Novamente, é triste ver que parte da nossa raça precisa de uma “ordem superior” para ser boa ao próximo

          • Cocainum

            Pois é. Eu sou ateu, mas não condeno quem segue alguma religião (desde que seja de forma positiva). Alguns ateus são tão intolerantes quanto os fanáticos religiosos.

            Eu prefiro seguir a máxima de não fazer aos outros aquilo que eu não gostaria que fizessem comigo, sem precisar da promessa de um paraíso no futuro, caso eu seja “bonzinho”.

          • EmuManíaco

            “Eu prefiro seguir a máxima de não fazer aos outros aquilo que eu não gostaria que fizessem comigo, sem precisar da promessa de um paraíso no futuro, caso eu seja “bonzinho”.”

            Somos 2, mas não sou ateu e sim agnóstico.

            Não tenho problemas com a fé pessoal da pessoa. Mas a partir do momento que se reúnem em grupos formando uma religião com textos padrões e toda lavagem cerebral a coisa muda. Pra mim religião já foi necessária como medida de controle em seculos passados. Hoje? Apenas uma forma de bovinos perseguirem outros bovinos.

          • Tom

            Exatamente, concordo com essa de não precisar de uma entidade divina mirando um raio em mim porque eu matei, pra não matar alguém, agir certo porque tem medo de retaliação, acaba que não é tão certo.

          • Maom

            Eu penso igual mas já parei pra pensar que se esse “caráter” e bom comportamento ou mero resquício de uma educação cristã que eu recebi na infância.
            Meio complexo no meio de uma discussão já em andamento aqui conseguir os 5 segundos de filosofia necessário para pensar nisso:
            Pq vc não trapaceia, rouba, mata ou faz mal à alguém se não existe um deus, um paraíso ou até uma sociedade te olhando para te punir? Se não existe punição, pq eu insisto em seguir as regras até mesmo quando não tem ninguém olhando? Racionalmente estou sendo burro e ineficiente certo?
            Engraçado isso né? kkkk A doutrina cristã é bem enraizada na nossa educação infantil. Mesmo que seus pais sejam tb ateus, os filmes, a escola, a história e tudo mais moldam nosso caráter de maneira cristã.

          • Cocainum

            Mas e as outras culturas? A partir do século 20, ficou muito fácil a disseminação de mensagens entre os povos, inclusive religiosas, mas antes disso, não. Culturas orientais não tinham mensagens cristãs, e nem todo mundo era ladrão ou assassino. Acho que existe um fator moral anterior a educação religiosa que você possa ter recebido na infância.

          • Tom

            o próprio “fazer o bem ao próximo” não foi inventado por jeez, o ser humano até que tenta ser humano as vezes. (RÁ, TROCADILHOS)

          • Cocainum

            “Animais também são seres humanos”, hehehe. Entre uma mesma espécie, eles se ajudam, porque instintivamente sabem que se ficarem ferrando uns aos outros, a manada desaparece.

            Claro que na época do acasalamento essa regra ganha certa flexibilidade, hehehe.

          • Maom

            Como falei aí pro Maester Alex.
            Agimos de maneira correta, independente de fé mas pq fomos criados por essa doutrina. Toda civilização, até a oriental sem um deus punitivo e vigilante como o cristão, age de maneira correta e ética pq desde pequenos foram ensinados a agir assim para evitar alguma consequência. ALgum karma ou algo do gênero. É simplesmente ilógico o ser humano ser correto sem nenhuma punição. A punição pode ser moral através de lavagem cerebral da sociedade tb. Mas existe sim um medo de uma punição.
            Instintivamente nós queremos levar vantagem, mas racionalmente medimos as consequências dos nossos atos. E essa razão tem alguma fonte.
            É impossível acreditar que qualquer ser humano seria honesto/bonzinho se fosse um super homem com poderes titânicos pra poder fazer o quiser com a sociedade e tb ateu.
            Preciso beber algo… To sóbrio a muito tempo e isso faz mal pra cabeça. kkkk

          • Cocainum

            Se as pessoas não se ajudassem, não seria possível a vida em sociedade. Golfinhos pescam em conjunto, leões caçam em conjunto quando atacam uma manada ou presas grandes e assim por diante. A colaboração entre indivíduos para um objetivo maior é um instinto. Claro que o leão mais forte pode ficar com todo o resultado da caça, depois de ter usado a ajuda dos outros. Mas na próxima vez que ele quiser caçar, vai fazer isso sozinho. Então, o fato de levar vantagem uma vez, não garante que vá levar vantagem sempre. Até os bichos sabem disso.

          • Maom

            Mas então… Vc está mostrando que o ser humano ajuda o outro apenas para levar vantagem. Caçar junto vai te ajudar. Mas ética, caráter ,sei lá é aquilo que vc faz puramente por altruísmo.
            Viver em sociedade é conveniente ao ser humano, é um comportamento lógico, eu te ajudo e vc me ajuda. Mas não passar a perna no outro ser humano de uma maneira que ninguém vai saber e deixar de ganhar uma vantagem não é lógico. Pq fazemos, ou melhor, pq alguns fazem isso? Mesmo nós que somos ateus e não acreditamos em nenhuma forma de recompensa por agir assim? Lavagem cerebral do coletivo talvez.
            Até mesmo um político desses mais sujo que o tietê nessas denúncias da lava jato deve, em algum momento da vida ter avisado a tia da limpeza que derrubou sem querer do bolso 50 reais no chão. O cara rouba bilhões do povo, mas na hora ali foi bonzinho e ajudou outro. Ser humano é o animal que não deu certo. kkkk

          • Cocainum

            Quem nunca foi tentado? Eu já fui inúmeras vezes. Mas que eu saiba, fora os integrantes do judiciário brasileiro, mais ninguém é onisciente. Como você pode ter certeza total e absoluta que se você passar a perna em alguém, isso não trará consequências negativas para você ou a sua família? Talvez não hoje. Talvez não semana que vem. Mas você sabe se nunca vai dar ruim? Ninguém sabe. Eu já pensei nisso em momentos de “tentação”.

          • Maom

            Sim mas aí então se vc não faz por medo de um dia ser descoberto, vc não faz por bondade ou bom caratismo. Faz por medo mesmo, por sobrevivência. E é aí que estou falando não é lógico o ser humano ser bom sem nada em troca. Ser humano é bom? Sem um deus ou uma sociedade pra te condenar depois, seriamos oq?
            Sou ateu, mas acho que a religião coloca alguns trilhos na sociedade principalmente nos lugares onde a lei não alcança. Nos dois aqui batendo a mão no peito afirmando que temos boa índole, caráter, etc e a troco de nada. Fica difícil de explicar pra mim mesmo pq tento ser correto sempre mesmo quando a lei não está olhando. Acredito que seja por conta da minha criação/educação com bases religiosas em que um deus tá vendo. Mesmo não acreditando mais nisso desde adolescente o meu modus operandi já foi moldado na infância temendo essa figura mistica.

          • Cocainum

            Eu listei diversos fatores:

            1 – O instinto, que evita que passemos a perna nos outros, pois nós somos animais sociais, que precisam uns dos outros (assim como diversos outros animais)
            2 – O receio da punição, não divina, mas local
            3 – O fato de não sabermos todas as consequências de nossos atos. Mesmo que não gere uma punição formal, podemos fazer uma coisa hoje que traga consequências negativas no futuro.

            Temos também a empatia. Existe a inclinação a ajuda, não apenas em uma atividade em grupo (que foi o meu exemplo do item 1), mas porque, pelo menos alguns, se sentem mal ao presenciarem o sofrimento alheio e sentem um efeito positivo quando ajudam alguém. Isso não se restringe ao mesmo grupo ou espécie. Podemos nos comover ao presenciarmos um animal sendo mal tratado, por exemplo. Assim como todas as regras, também existem exceções. Tem gente que sente prazer praticando o mal… ¯ _ (ツ) _ / ¯

          • OverlordBR

            É simplesmente ilógico o ser humano ser correto sem nenhuma punição.

            Concordo, mas adiciono uma exceção.
            A exceção são os bebês e crianças bem pequenas, que não possuem consciência do meio em que vive, das pessoas que os rodeiam e das consequências de seus atos.

          • Maom

            Como exceção? E os bebes agem como?
            Não entendi sua exceção, parece que vc não completou o raciocínio ou eu realmente não entendi.

          • Meganegão

            E o contrato social.

          • Maester Alex

            Você acha que o pessoal viviam tudo se matando e roubando antes do Cristianismo? Se fosse assim, nem sequer existiria cidades. Gregos já possuíam uma filosofia sofisticada, Romanos já tinha desenvolvido seu Direito, além de várias outras civilizações. Sem contar países que não são de maioria cristã até hoje.

          • Maom

            A religião nasceu com o homem, não com Cristo. E sim, antes das civilizações e suas leis, o homem mais forte fazia oq queria sem o menor peso na consciência e sem o moralismo dos outros eu medo de um Deus Sol ou coisa parecida.
            E já falei, é uma discussão filosófica. Não estou debatendo fatos nem verdades. Não sei se consegue entrar na mesma vibe que eu no momento. kkkk
            Mas vc consegue entender que não faz sentido algum, racionalmente falando, vc ser honesto se não acredita em punição astral, karma, religiosa, etc ?
            Pq eu não acho no meio do caminho uma velhinha desmaiada com 1 milhão de reais na mão e não pego pra mim o dinheiro se não tem ninguém olhando? Eu vou ajudar a velhinha e até proteger ela enquanto chega ajuda. Mas, pq? Entende?
            Complexo.
            Vou ajudar pq vi filmes da Diney onde o cara bom sempre vence no final? Vou ajudar pq tinha que fazer o certo pra papai noel aparecer pra mim no dia 25?
            Primitivamente o ser humano quer apenas levar vantagem para sobreviver. A lavagem cerebral da sociedade e preceitos religiosos que moldam o nosso caráter.

          • Maester Alex

            Sim, mas repito, antes do cristianismo, judaísmo e qualquer outra religião atual, já haviam Sociedades. A forma como os homens interagiam antes das Sociedades é puro achismo, como não temos qualquer registro antes da escrita, então só podemos supor como seria.
            E ser uma discussão filosófica não impede usar fatos conhecidos.
            Claro que o ser humano tem um instinto egoísta para sobreviver, mas vivemos em sociedade e não agimos puramente por instinto, senão eu não estaria conversando aqui, mas sim só me preocupando em comer, beber e dormir.
            E uma vez que passamos a viver em sociedade, naturalmente começaram a surgir regras e leis (tanto morais, tanto no sentido estrito da lei). Você acha que é possível uma sociedade… melhor! um grupo pequeno, existir por muito tempo sem qualquer regra? Um grupo onde um possa matar o outro nenhuma consequência?
            Se você estiver no meio da selva com um grupo, e um dos membros começar a matar todos os outros, mesmo que você não tenha qualquer ideia do que seja certo ou errado, você naturalmente vai ficar assustado e reunir os outros e falar: “vamos ter que matar esse cara, antes que nós sejamos os próximos”. E logo vai surgir a regra “não mate” (ou “não mate sem justificativa”). Esse grupo naturalmente vai passar essa lei para seus descendentes, até a regra virar uma lei formal.

          • Gesonel o Mestre dos Disfarces

            Entendo sua lógica, mas se pegarmos a questão pela raiz, temos que lembrar que o ser humano é um ser social. isso significa que devemos ser bonzinhos? não. mas poucos sobrevivem completamente sozinhos, e quando conseguem a qualidade de vida é uma merda. há uma vantagem em formar grupos com interesses – e regras – em comum, e um bom exemplo são os antagonistas do jogo.

          • Diego Marco Trindade

            Acho que isso se resume ao que inconscientemente sentimos de não fazer algo a alguém que não gostariamos que fizessem a nós. E também na própria evolução humana, onde era mais vantajoso cooperar com os outros do que tentar explorar os outros. Provavelmente quem tentava explorar os outros gerava tanta inimizade que não convivia em grupo, não se procriava e este gene foi ficando cada vez mais recessivo.

          • Sophos Nsm

            pois é. quando eu li que o cristianismo são os que mais mataram lá atras eu fiquei pensando em mao tse tung e stalin e falei bem se temos o primeiro lugar (cristianismo) então temos o segundo honroso.

          • worldchanger

            mas quem é que falou que precisa? Precisa, sim, de educação. Eu não roubo porque sei que é errado, não porque tenho medo de ir pro inferno.

          • Tom

            Desculpe, fiz uma coisa que eu odeio que façam, generalizei, vou corrigir lá AGORA.
            EDIT: é justamente isso que eu digo, ninguém deveria precisar de ameaças pra fazer o certo

          • Cocainum

            “Judaico-cristãs”, bom termo para juntar antigo e novo testamento. Como estamos falando de cristianismo, apenas o novo testamento se aplica, onde predominantemente a mensagem é de tolerância e não-violência.

            PS: Especialmente quando são citados de forma literal os ensinamentos de Jesus. Não que os apóstolos deixassem de ter, de vez em quando, suas “ideias próprias”.

          • worldchanger

            “Como estamos falando de cristianismo, apenas o novo testamento se aplica”. Fonte: Águas de Lindóia.

            Mas, se tivesse lido a bíblia, saberia que isso não é verdade:

            “Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido.” (Mt 5,18)

            E, aqui, uma msg de amor do JC:

            “Quanto a esses meus inimigos, que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e executai-os na minha presença.” (Lc 19, 27)

          • Cocainum

            Outra das tantas contradições da bíblia. Todos conhecem o caso do apedrejamento da adúltera, onde Jesus diz para atirar a primeira pedra aquele que nunca pecou. Não diz nada disso na lei antiga. É só tacar pedra e pronto. Veja que ele não cumpriu AO PÉ DA LETRA o que dizia lei, e com isso poupou uma vida.

          • Samuel Santiago

            não quero entrar em um combate de escrituras, mas como adendo..

            a lei de moises mandava apedrejar o casal adutero, foi apresentada apenas a mulher. outro detalhe, os romanos dominavam os judeus na época, e era comum ao povo dominado por romanos poder manter sua cultura, leis etc, exceto a pena capital ( morte ) que era delegada apenas aos tribunais romanos. por isso cristo foi levado a pilatos para ser morto, mesmo tendo passado umas 15 horas em poder do sinedrio judeu.

            No caso Jesus mandar apedrejar a mulher não cumpriria lei nenhuma, e ainda iria contra a lei romana.

          • Cocainum

            Mas Jesus não mandou apedrejar. Quem já estava prestes a fazer isso por conta própria era a multidão. Ele impediu, usando um argumento bem inteligente. Se ele dissesse simplesmente que “é contra a lei romana”, talvez quem levasse pedradas era ele, hehehe.

          • Samuel Santiago

            sim sim, não me atendo ao mérito da resposta dele, mas ao fato que mandar apedrejar não cumpriria a lei, como citado ali em cima em outro comentário. ele não quebrou a lei ao não mandar apedrejar a mulher, já que o CASAL precisaria ser apedrejado, os acusadores da mulher começaram o “julgamento” já contra a lei….

          • Maester Alex

            ” Como estamos falando de cristianismo, apenas o novo testamento se aplica”
            Não é assim não! O NT predomina sobre o VT, e em caso de contradição, o que se considera é o NT, porém isso não invalida todo o Velho Testamento, senão nem teria motivo para ele ser lido e a Bíblia dos Cristão seria apenas o NT.

          • Cocainum

            Então, quando Jesus diz “dê a outra face”, você escolhe o “olho por olho, dente por dente”? Isso explica muita coisa.

          • Maester Alex

            Pra você ter tido essa interpretação com base no meu comentário pra mim ficou claro que você tem sérios problemas de leitura ou vai tentar mudar de assunto por falta de argumento.

          • Cocainum

            Você disse que “vale a lei antiga” quando existe contradição. Não vejo como pode existir alguma confusão relacionada ao meu comentário. A não ser que você (assim como eu), prefira ser “fora da lei”.

          • Maester Alex

            ” NT predomina sobre o VT, e em caso de contradição, o que se considera é o NT, ”
            Não sei se você entendeu, mas NT é Novo Testamento. VT é Velho Testamento.

          • Cocainum

            Ah! Olhei errado, hehehe. Mas fui induzido ao erro justamente por você DISCORDAR do meu comentário, e em seguida argumentar exatamente o que eu disse: VALE O NOVO TESTAMENTO. Obviamente, se um assunto não está contemplado no NT (como você usou), deve-se buscar outra fonte, que seria então o VT.

          • Sophos Nsm

            infelizmente tme muita gente que escolhe o dente por dente que podia fazer sentido lá na epoca do moises mas não fazia sentido nem na epoca de Cristo, quanto mais hoje

          • Gesonel o Mestre dos Disfarces

            Engraçado que temos esse argumento de que “o que vale é o novo testamento”, mas direto usam trechos do antigo pra justificarem qualquer coisa.

          • ricms

            “Jesus foi um cara legal. O problema é seu fã clube.”

          • Cocainum

            Mais ou menos isso. Veja que estou, de certa forma, “defendendo” a figura de Jesus, tal como é conhecida. Isso não significa que tenha absoluta certeza de que ele sequer existiu, pelo menos da forma e no tempo que consta na bíblia, já que existem histórias ainda mais antigas de “profetas” com características semelhantes.

          • Gesonel o Mestre dos Disfarces

            Jesus era um cara bacana. inventou o Open Bar. #ChupaOdin

          • Sophos Nsm

            cara ta certo. mas tb tudo é usado como motivo né. tem gente se matando por causa de clube de futebol, por causa de musica e por causa de ideoologia

        • Alvaro Carneiro

          cada um lê a parte da biblia que gosta né? e interpreta da forma que deseja né?

          dependendo da religião certas partes da biblia são ignoradas né? fingem que são cegos.

          depois dizem que é preciso “interpretar” e “saber o contexto”.

          • Raul Joaquim de Santana

            A Bíblia já foi tão mudada no decorrer da história que mais mil anos prá frente talvez nós já não a reconheceríamos mais

        • Tom

          Meu querido, matar em nome de deus, acontece, e acontece na Igreja católica TAMBÉM, aconteceu antes das cruzadas, durante e depois, e ainda hoje tem fanático que mata “em nome de deus”
          EDIT: a propósito, não ache que Alá, Javé, Jeová, Krishna, Jah ou qualquer divindade de outra crença não pregava paz e respeito, só acho horrível pra nossa raça precisar de uma divindade pra ter que respeitar alguém

          • OverlordBR

            só acho horrível pra nossa raça precisar de uma divindade pra ter que respeitar alguém

            Sem mais.

        • Erick Grazina

          Mateus 10:34-35 Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não
          vim trazer paz, mas espada; Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu
          pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra.

          Lucas 19:27 Quanto, porém, a esses meus inimigos, que não
          quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e executai-os na minha
          presença.

          Lucas 14:26 Se alguém vem a mim e não odiar (na certa vc falará
          que não é odiar, mas aborrecer, só que o original em grego é misei e misei
          significa “odiar” mesmo) a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e
          irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo.

          E a minha preferida:

          Mateus 5:17-18:Não pensem que vim abolir a Lei ou os
          Profetas; não vim abolir, mas cumprir. Digo a verdade: Enquanto existirem céus
          e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço,
          até que tudo se cumpra. – Ou seja, matar homossexuais, matar quem reza para outro deus dentre outras coisas ainda tá valendo…

          • Cocainum

            “Mateus 5:17-18:Não pensem que vim abolir a Lei ou os
            Profetas; não vim abolir, mas cumprir. Digo a verdade: Enquanto existirem céus
            e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço,
            até que tudo se cumpra”

            Cada um interpreta como quiser. Mas como ele colocou um limite temporal na frase (“até que tudo se cumpra”), acredito que se refira muito mais às profecias da Bíblia (até por mencionar os profetas) do que a lei propriamente dita. Até porque, ficaria muito estranho dizer que a lei vale até o último homossexual ser morto ou a última adúltera ser apedrejada.

          • Erick Grazina

            Não é interpretação, que alias, a bíblia também proíbe(1 Coríntios 4:6 – E eu, irmãos, apliquei estas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós; para que em nós aprendais A NÃO IR ALÉM DO QUE ESTÁ ESCRITO). Ele estava falando especificamente das leis Mosaicas ou Torá, que são não dez, mas 613! “…acredito que se refira muito mais às profecias da Bíblia (até por mencionar os profetas) do que a lei propriamente dita…” SUA interpretação, que esta errada pois como demonstrei a bíblia não pode ser interpretada. “…ficaria muito estranho dizer que a lei vale até o último homossexual ser morto ou a última adúltera ser apedrejada….” não ficaria: jesus é quem não seguia a Torá, apesar de ter dito que seguia…

          • Cocainum

            Se estivéssemos falando de um documento talhado na pedra, seis mil anos atrás e nunca alterado… Como ele foi modificado pelos concílios sem o uso de interpretação, eu não sei.

          • Erick Grazina

            Mas filhota, quem diz isso são as ovelhinhas, esta no livro delas! Eu apenas uso o livro para faze-los passar vergonha. Curioso que apesar de você ter declarado ser ateu em outro post, parece bastante incomodado por eu estar mostrando que o livrinho mágico é uma colcha de retalhos sem sentido…

          • Cocainum

            Quem adere a mudança de gênero com intenção ofensiva é que parece estar incomodado. Eu estou numa boa. O fato do livro ser mesmo um monte de histórias, que foram incluídas, retiradas e editadas ao longo do tempo, com um bocado de contradições entre elas, não interfere na mensagem geral, nem altera o fato dessa mensagem ter ficado bem mais pacífica e solidária com o novo testamento, em relação ao antigo.

            As ações de Jesus descritas no novo testamento demonstram um claro “abrandamento” da interpretação da lei. Isso é um fato que não muda uma vírgula se considerarmos se ele existiu ou não. Os que usam a bíblia para justificar seus preconceitos, suas barbaridades, raramente o fazem citando passagens do novo testamento, mas sim do velho. O que originou essa discussão toda é se os “cristãos”, que deveriam seguir a palavra de cristo, quando cometem violências em nome dele, estão realmente seguindo seus ensinamentos, o “espírito” do que está no novo testamento, ou estão fazendo isso por conta própria, usando passagens da bíblia (como eu disse, quase sempre da lei antiga) como “muleta” para justificar seus atos?

            Resumindo: Jesus, se realmente existiu, e se pudesse presenciar hoje (ou nas cruzadas, ou na inquisição), o que fazem/faziam “em seu nome”, aprovaria?

          • gfg

            “O que originou essa discussão toda é se os “cristãos”, que deveriam seguir a palavra de cristo, quando cometem violências em nome dele, estão realmente seguindo seus ensinamentos, o “espírito” do que está no novo testamento, ou estão fazendo isso por conta própria…”

            Já que o manolo ali embaixo pediu arrego, tentarei continuar aqui.
            Se a “palavra de cristo” está explicitamente transcrita na bíblia, e a mesma tem passagem que remetem violência, como pode querer tratar todos os casos de morte aos infiéis como fatos isolados?
            Estavam usando em sua conveniência? provavelmente.
            Mas novamente, quem é que escolhe quais ensinamentos são validos ou não, e quando?

          • Cocainum

            Tire a média, hahaha! Veja quantos ensinamentos são pacíficos e quantos são violentos. Aí você descobre…

            Falando sério agora, você pode seguir o exemplo. Fora quando ficou puto e expulsou os comerciantes do templo, quantas ações de Jesus descritas na bíblia podem ser consideradas violentas, ou preconceituosas, ou malignas? Alguém disse que o que faz um homem são as suas ações. Então acho que foi respondido.

          • gfg

            Se você está tratando a bíblia como um menu, não vem colocar a culpa no homem, pois as ações de quem escolhe um trecho de paz e amor, e de quem escolhe violência tem a mesma fonte, respaldo e peso.

          • Cocainum

            Estou falando para olhar as ações descritas, como coisas que aconteceram, não aquilo que eventualmente “botaram na boca dele” ou aquilo que os apóstolos falam ou acham. Assim você já vai ter uma direção geral a seguir.

            Se um valentão vier provocando você para briga, você não vai pedir um minutinho para tentar achar um trecho na bíblia que descreva uma situação parecida para ver como Jesus agiu. Dá para ter uma ideia sozinho. Jesus era um guerreiro ou um pacifista? Assim você já sabe a resposta.

          • gfg

            Aham, então me diz ai, quais as partes “ACONTECERAM”, e quais os apóstolos botaram na boca dele.

          • Cocainum

            É tão difícil assim identificar a descrição de um acontecimento? Quando
            protegeu a adúltera de ser apedrejada, era uma história sobre terceiros,
            um ensinamento teórico ou a narrativa de um acontecimento?

          • gfg

            Ah, então só é acontecimento quando é conveniente?
            Todos os evangelhos foram escritos pós morte e só as ações que você gosta pelo visto foram, “reais”.

          • Cocainum

            Sério que precisa explicar? “Ele disse que ia matar fulano”, “Eu acho que ele queria matar fulano” e “Ele vi ele matar fulano” são tão parecidos assim?

          • gfg

            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
            Okay, agora pra tornar qualquer estória real é só usar o pronome certo.
            Massa heim

          • Cocainum

            Real? Quem falou em real? Só estou dizendo para diferenciar o que é a descrição de uma ação do que não é.

          • gfg

            E voltamos pra parte de: quais as partes “ACONTECERAM”, e quais os apóstolos botaram na boca dele.
            Sendo que TODAS são DESCRIÇÕES de apóstolos transcritas MUITO TEMPO depois.

          • Cocainum

            TODAS as descrições escritas acontecem a posteriori. Não muda o fato de existirem diversos tipos de descrições. Em direito, a diferença entre “ouvir dizer”, “achar” e “testemunhar” é bem importante.

            Também pode seguir a sugestão que dei antes, em tom de brincadeira, mas que não deixa de ser válida. Existem meia dúzia de passagens no novo testamento que sustentam suas “dúvidas” sobre a validade dos ensinamentos e existem milhares de passagens que confirmam o caráter positivo deles. Então, não é realmente algo tão complicado de se decidir.

          • gfg

            Pode ter milhares de passagens positivas, ainda assim tem duzias contradizendo,QUEM É QUE vai definir quais são os validos? Se eu contar narrar uma estória de 10 paginas e no final dizer que é mentira, vais mesmo decidir por quantidade?
            O novo testamento tem passagem violentas e o antigo da suporte a elas.
            Então não adianta tentar exaurir a culpa do cristianismo, quando ele tem um grande defeito.
            O mesmo acontece com o islã hoje. Não são SÓ algum extremistas que interpretaram mal as escrituras, mais de 50% apoiam a Sharia.
            Da mesma forma que e os cristãos a 500 anos atrás apoiavam a queima de pessoas e se alistavam para combater infiéis.

          • Cocainum

            Como já respondi para o Erick, a posição oficial é a de que vale o que está no novo testamento. Valem as passagens que falam de paz e tolerância, como sendo os ensinamentos de Jesus. Essa é a mensagem passada pelo atual Papa, que faz sua divulgação até com mais ênfase que seus antecessores, então não sei como pode haver dúvida sobre qual o “espírito” da bíblia que se deve seguir.

          • gfg

            “posição oficial é a de que vale o que está no novo testamento”
            QUEM DISSE?
            Official DESDE QUANDO?
            Essa é a sua iterpretação de agora. Nãos das pessoas a 500 anos.

          • Cocainum

            Posição do Vaticano. Basta ouvir o que o Papa Francisco diz.

            E eu vivo agora, não 500 anos atrás.

          • gfg

            “O que originou essa discussão toda é se os “cristãos”, que deveriam seguir a palavra de cristo, quando cometem violências em nome dele, estão realmente seguindo seus ensinamento….”
            Sim estavam e estão. The end.

          • Cocainum

            Hehehe. Ok. Meus argumentos foram apresentados. Você aceita se quiser. Bom dia.

          • Erick Grazina

            “…Quem adere a mudança de gênero com intenção ofensiva é que parece estar incomodado…” – Falácia do “Olha o Avião”. “… não interfere na mensagem geral, nem altera o fato dessa mensagem ter ficado bem mais pacífica e solidária com o novo testamento, em
            relação ao antigo.As ações de Jesus descritas no novo testamento demonstram um claro “abrandamento” da interpretação da lei….” – Você sabe que os versículos que eu postei são do novo Testamento não sabe? “Abrandamento”… tipo odiar os pais e matar quem não o seguir? “…Os que usam a bíblia para justificar seus preconceitos, suas barbaridades, raramente o fazem citando passagens do novo testamento, mas sim do velho…” Vide resposta anterior. Para um ateu você é um excelente crente…

          • Cocainum

            Faltou comentar o último parágrafo, acho que o mais fácil para você entender.

            Se considerar que um livro (especialmente o “segundo episódio”) tem uma mensagem positiva (apesar das edições), então eu sou um “crente”…

          • Erick Grazina

            “…Faltou comentar o último parágrafo, acho que o mais fácil para você entender….” – Diz o sujeito que IGNOROU todos os versículos que coloquei demonstrando que: 1 – O “príncipe da paz” não era, afinal… da paz. 2 – Que esse mesmo príncipe da paz não veio mudar NENHUMA lei da Torá(Mateus 5:17-18). “…Se considerar que um livro (especialmente o “segundo episódio”) tem uma mensagem positiva…” – Odiar os pais, matar que não o seguir… Pronto, agora pode postar outra resposta fingindo que eu não mencionei tudo isso…

          • Cocainum

            Hehehe. Eu realmente não entendi onde vocês querem chegar.

            Vai ignorar que a mensagem geral, tanto de Jesus quanto do novo testamento é pacífica e de tolerância? Vai ignorar que as passagens DE LONGE mais conhecidas pregam isso?

            Esse é o meu argumento. A mensagem geral é positiva. 99,9% das passagens do novo testamento tem lições positivas e vocês se apegam ao 0,1% que não é.

            Eu considero escrotas as pessoas que catam esses 0,1% (quando catam, pois em geram citam o velho testamento) para justificar suas ações belicosas e preconceituosas.

            Agora, não sei se vocês estão querendo justificar a escrotice dessas pessoas, mostrando que realmente tem 0,1% e que se você procurar bem, pode justificar o que elas fazem, dizendo que “está escrito”.

            É mais ou menos como descobrir que Nelson Mandela colou na escola algumas vezes: “Ele morreu pra mim!”. Todo o resto deixa de importar.

          • Erick Grazina

            Você tem sérios problemas de interpretação de texto. A todo momento estou demonstrando que o seu jesus (sim, seu, pois a esta altura eu tenho certeza que você não passa de um crentinho) não veio mudar NENHUMA das leis mosaicas e isto esta escrito na porra do livro que você esta defendendo com tanto afinco.O único que parece querer justificar a escrotice bíblica, como você disse, é …você.

          • Cocainum

            Nada como uma pequena discussão para fazer aflorar o “melhor” das pessoas, hehehe.

          • Erick Grazina

            Nada como argumentos para desmascarar um troll…

          • Cocainum

            Verdade… (“filhota”, “crentinho”, “porra do livro”) 😀

          • Erick Grazina

            Teria escutado uma refutação aos meus argumentos?! Não! Foi apenas o seu choro de sempre…

          • Cocainum

            Por que você não manda seus argumentos para o Vaticano? Diga ao Papa Francisco que ele deve pregar o “olho por olho, dente por dente” e não a mensagem de tolerância trazida por Jesus. Diga pra ele que é a “lei que está valendo”. Quem sabe com ele você tenha mais poder de convencimento.

          • Erick Grazina

            “…Por que você não manda seus argumentos para o Vaticano?…” Isso é uma confissão de que você é incapaz de refuta-los?

          • Cocainum

            Nem preciso. Se o Big Boss do cristianismo não dá bola para eles, por que eu daria?

          • Erick Grazina

            Isso mesmo crentinho, sai correndo!

          • Cocainum

            KKKK. O consenso entre os 2,4 bilhões de cristãos é que valem os ensinamentos de Jesus. A mensagem de paz e tolerância tem precedência sobre os ensinamentos violentos e preconceituosos do velho testamento. Essa é a posição oficial do Vaticano inclusive.

            Só os que ficam catando os 0,1% no texto para justificar seus atos são aqueles escrotos que mencionei. Ah! E os malucos da internet, claro… 😀

          • Erick Grazina

            Não perguntei sobre o que o gado cristão acha, até porque sei muito bem o que eles acham. Estou perguntando para você meu caro ateu fake…

          • Cocainum

            Eu sigo a posição oficial. O que os “bovinos” do Vaticano acham, por mim está bom, hahaha!

            Incrível como você se importa com a opinião de quem nem acredita no que está escrito lá. O que de forma alguma, desmerece a mensagem. O filme “A Cor Púrpura” (baseado no livro homônimo) é uma ficção, mas eu choro toda vez que assisto, solidário com o sofrimento da protagonista e com a mensagem contra o preconceito racial. Não precisa ser “baseado em fatos reais” para passar uma mensagem, uma lição, um ensinamento.

          • Erick Grazina

            A ultima vez que eu vi não havia nenhuma bancada de A Cor Púrpura no Congresso Nacional tentando transformar em lei as mensagens o filme…

          • Cocainum

            E o nosso congresso não tem uma profusão de escrotos, como aqueles que mencionei? Não podemos culpar o livro por causa disso, certo?

          • Erick Grazina

            Errado. Bíblia determina toda religião cristã (é a base dela). Cristãos = bancada evangélica. Você realmente não é ateu, não é?

          • Cocainum

            “Cristãos = Bancada Evangélica”. Sério? Evangélicos que vendem terreno no céu, devem estar seguindo a bíblia também? Só não sei qual a passagem que discorre sobre isso.

          • Erick Grazina

            Entendi: eles não são cristãos “de verdade”… Não acredito que você vai apelar para a batidíssima Falácia do Escocês. Esperava mais de você crentinho. Você é patético..

          • Cocainum

            E você usa um silogismo tão válido quanto uma nota de três:

            A bancada evangélica no congresso é composta de cristãos.
            Logo, todos os cristãos são como a bancada evangélica.

          • Erick Grazina

            Não coloque palavra em minha boca meu pobre analfabeto funcional. Apenas refutei sua falácia de dizer que os cristãos da bancada evangélica não são cristãos “de verdade”. Já mencionei que você é patético?

          • Cocainum

            O que é um cristão “de verdade”? É aquele que segue os ensinamentos de cristo? Aqueles que só existem no novo testamento, já que no velho não havia Jesus? Aquele que segue os preceitos atualizados do Vaticano, do Papa?

            Se for isso, não sei se resta muita dúvida quanto a condição da tal “bancada evangélica”.

            Jesus, quando perguntado se queria ser rei, respondeu que seu reino não era deste mundo. Então fica bem claro que ele não pretendia misturar estado e religião. Os que fazem isso são aqueles escrotos que já mencionei tantas vezes.

            Ah! Patético mesmo é quem precisa partir para as ofensas, quando seus argumentos não tem validade. Já pedi pra você apresentá-los ao Papa? Pra dizer pra ele que é a lei antiga que vale? Pois é. Aqui nós temos alguém que se acha uma autoridade no assunto maior do que o líder da igreja. Isso sim é patético.

          • Erick Grazina

            Agora entendi: você não é apenas crente, é um crente comedor de hóstias. Estava achando estranho esta insistência sua para eu “levar meus argumentos ao Vaticano”. Imagino que na sua opinião a ICAR é a única denominação cristã válida não é? A mesma ICAR das Cruzadas, Noite de São Bartolomeu, Inquisição. Dizer que você é patético, troll, falacioso e mentiroso(tentou se passar por um ateu) não é ofensa: são fatos meu caro coroinha…

          • Cocainum

            Hahaha. Valeu! A cada ofensa, você fica cada vez mais “correto”.

          • Erick Grazina

            E a cada desvio de assunto você fica mais patético, coroinha…

        • Só em Josué te dou a queda de Jericó e a batalha nas águas de Merom.

          Sobre os evangelhos, vejamos…

          “Eu não vim trazer a paz, mas a espada”. (Mt 10, 34)
          “Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido.” (Mt 5,18)
          “Quanto a esses meus inimigos, que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e executai-os na minha presença.” (Lc 19, 27)

          E se deu mal tentando ensinar um cara que quase foi padre a ler a Bíblia. Tente de novo.

          • Samuel

            Leu mas não entendeu em Gogoni

          • WesleyF.

            Que interpretação em? Desse jeito vc confunde aliena qualquer ateu. Primeiro:
            MT 10,34 – Jesus estava prevendo as caçadas anti-cristas que iriam acontecer depois de sua morte, mais a frente antes dele ser preso ele cita que quem não tiver uma espada deve vender sua capa e comprar uma. Isso se da para proteção, os cristãos foram duramente caçados pelos sacerdotes de Jerusalém e por outros.
            MT 5,18 – Jesus veio para cumprir tudo que foi dito sobre ele no velho testamento. Em Isaias foi profetizado que nasceria um rei da descendencia de Davi que seria humilhado, injustiçado e morto sem direito a se defender. Jesus veio e tudo isso se cumpriu.
            LC 19,27 – Isso e uma parábola. A Biblia nunca escondeu o destino daqueles que não servem a Deus e a Luz, mas tudo isso se confirma em apocalipse no dia do julgamento, nunca foi dito que seria pelas mãos de homens.
            Foi essas interpretações altamente Insanas que fizeram a Igreja Católica provocar guerras e chacinas em nome de Jesus. Através de parabolas Jesus fala que nem mesmo a igreja seria livre da punição, então cara, para de alienar as pessoas. Tá muito ralo essa sua leitura, quem le a Biblia com coração fechado da nisso. Se nem mesmo os Fariseus que conheciam o VT de cabo a rabo conseguiram perceber que todas as professias se cumpriam em Jesus vc vai conseguir interpretar essas coisas com o coração fechado desse geito?

        • Luiz

          Pensei que fosse justificar dizendo que a ICAR era o praticamente o que equivale a um Governo e por isto ela podia matar.

      • Luiz

        Cristãos fundamentalistas radicais são mais perigosos que o ISIS nos Eua. terrorismo domestico é prontamente ignorado pois quase ninguem morre e não movimenta a industria belica.

        • Gui

          Se não me engano, nas décadas de 1980 até o início dos anos 2000 tinham grupos atuantes que colocavam bombas nas portas de clínicas de aborto ou em casos ainda mais extremos matar médicos que faziam abortos.

      • Samuel

        Fontes?

      • Jorge Dondeo

        O cara se baseia em livros de história de segundo grau, ai fala esse monte de merdas, faça me o favor Ronaldo!?!?!

      • OverlordBR

        Vero.

        Acho que o Islamismo também tá querendo atingir este achievement do Cristianismo!

      • Sophos Nsm

        nenhuma religião mata. quem mata são degenerados que usam a religião ou qualquer outra coisa (como o comunismo ou o genero) pra matar.

    • Junior

      Cite fontes. Mas fontes fidedignas.

      • Maom

        Fonte: Livros de história.
        Distribuídos em qualquer escola “cristã” ocidental. Imagina nas escolas muçulmanas orientais.

        • Junior

          Deve ser porque o Cristianismo, que molda a cultura ocidental, dá a todos o direito ao contraditório e liberdade de expressão, algo impensável no islamismo. Alias, a comparação é tão imbecil, tão ignóbil, que nem perco mais tempo aqui. Pior que islamista, só os ateus progressistas. é tipo discutir filosofia com macaco, jogar xadrez com pombo.

          • Tom

            é, realmente, super melhor ter liberdade e morrer do que não ter liberdade e morrer, entre ambos, eu prefiro continuar agnóstico, livre, vivo e mente aberta.|
            A propósito, já conversou com um islamita? assim como tem católico descente tem muito islamita firmeza, e tem islamita como você colega

          • Nilton Pedrett Neto

            comedor de hóstia vir invocar a metáfora do xadrez com pombo. obvio que é fake, rs, onde já se viu um cristianita tão educado assim?

          • worldchanger

            liberdade de expressão hahha o personagem deus mandou uma ursa matar 42 crianças só porque tiraram sarro de um careca. Como não dizer que isso é liberdade de expressão, não é mesmo?

          • worldchanger

            Lembrando que mulheres não podem se manifestar em templos religiosos. Liberdade de expressão para todos, yay!

          • Maom

            A Inquisição dava muita liberdade de expressão mesmo. Não fosse a revolução francesa impulsionando a democracia, o cristianismo estaria até hj jogando pessoas vivas na fogueira. Deve mesmo ser difícil pra vcs religiosos discutir com pessoas munidas de fatos históricos. Afinal, esses malditos fatos históricos sismam em bater de frente com a “verdade” de seus pastores e padres.

          • ricms

            A base do que você diz tem origem na Grécia. E não na Galiléia.

          • Cristiano.ferr

            É mesmo cara? Liberdade de expressão você diz?
            Essa é a mesma religião que criou o Index Librorum Prohibitorum?
            Liberdade de expressão? rá, conta outra.

          • Maester Alex

            Liberdade de expressão no ocidente foi conquistada com muita luta e mortes. Queria ver essa tal liberdade expressão na Europa da Idade Moderna.

        • ricms

          Midira. Livros de estoria foram mudados nos últimos governos satanistas esquerdistas comunistas.

      • Tom

        Eu até podia citar mais fontes ainda, mas como o @disqus_I1r0v5DK2T:disqus disse, é fato histórico, e mais fundamentado que a “teoria” da terra geóide

    • Nilton Pedrett Neto

      oxi… o ISIS tem um score baixíssimo, menor que ETA, que IRA, menor que os terroristas cristãos (católicos e protestantes) da Irlanda, menor que a KKK ou a polícia (cristã) americana, que “sem querer” só mata preto. O ISIS, comparado à PM do Huezil é o Exército da Salvação.

      • Tom

        Só falei do isis porque ele citou, mas na real sei que é mínimo perto do cristianismo, aliás até o que hitler fez (questão de números) é brincadeira perto do cristianismo causou

        • Luiz

          Mas a ICAR pediu desculpa, então tudo bem, o Hitler se matou.
          Pior é que alguem veio me dizer que a ICAR era o equivalente ao governo e por isto podia matar, o que é bem diferente do que o Hitler fez, só que não né.

          • Tom

            Beleza, considere o supositório fato de que eu matei um cara, ele derrubou cerveja em mim, eu estava locão e desci a porrada nele até que ele não respirou mais, eu me arrependi, e pedi desculpa.
            mas adivinha, não adiantou.

      • EmuManíaco

        Policia americana mata mais pretos simplesmente pq pretos são os que cometem mais crimes. Matemática básica. E não os muçulmanos estão em guerra entre eles mesmos e outros povos tem muito tempo.

        • Rodrigo

          Não sabia que a polícia nos EUA tinha poderes de judiciário e executor de sentença. Juiz Dredd.

          • EmuManíaco

            não pode atirar em bandido ou em suspeitos armados com acoes suspeitas?

          • Rodrigo

            Eles estão atirando nos policiais?

          • EmuManíaco

            entao tem que esperar atirar?

          • Rodrigo

            Uso de arma de fogo por policiais é para defesa, nunca ataque. Não há necessariamente que esperar o fulano atirar. Tá armado e fugindo? A regra diz para não atirar. Inclusive a própria polícia. Tá armado e o policial teme que o cidadão vá atirar ou é um risco para sua vida ou de terceiros? É justificado o uso da arma de fogo.

            É claro que os instantes de segundos ficam difíceis de julgar tudo isso.

        • Cristiano.ferr

          pois é, tipo aquele cara que foi morto mesmo estando desarmado e imobilizado no chão. Maldito!

          • EmuManíaco

            Uau vamos pegar uma exceção e tornar algo do cotidiano…

          • Cristiano.ferr

            e aquele cara que foi imobilizado, gritando ‘can´t breath’ até morrer?

        • Cocainum

          O racismo nos EUA não é ficção. A questão matemática existe, claro, e por sua vez, é causada por outras questões sociais, mas o racismo também é algo latente na sociedade americana e isso leva a diferenças de tratamento. Impossível não enxergar isso.

    • L L

      Eu vim aqui comentar bem isto, mas vc me fez o favor de dizer o mesmo. Leu meus pensamentos! Hipocrisia norte americana, dominando o mundo.

      • Tom

        Nosso “colega” junior aqui em baixo diz que não devemos esquecer que não é só os eua que são hipócritas

    • Samuel

      Quem te falou isso?

      • Tom

        isso o que? o quote é de um tweet do texto

        • Samuel

          Que cristianismo matou assim para, se bobear, passar os números do ISIS

          • Tom

            Ata é que o quote é mais desconhecido, um exemplo clássico foram as cruzadas que levaram muita gente pra “outro plano”

    • Daniel

      Cruzadas foram há mil anos atrás. Hoje os países de maioria cristã são secularizados ao contrário dos de maioria islâmica. Queria ver esse povo da lacração numa sociedade onde a sharia é aplicada.

      • Tom

        Segundo a bíblia, os judeus perseguiram os cristãos perto de 20dc, mas o padre fala sobre isso toda missa de páscoa (no tempo que eu ia falava), porque devemos esquecer algo que aconteceu a menos da metade do tempo?
        lembre que a função da história é não nos deixar cometer o mesmo erro duas vezes

        • Maester Alex

          20dc nem Cristo tinha começado sua pregação. Tem algo meio errado ai.

          • Tom

            tá bom, que seja, 100 dc, sou horrível com linhas do tempo

    • Matheus Yamanishi

      Na verdade o que está em questão não é a religião em si e sim o radicalismo/extremismo que pode ocorrer com qualquer grupo religioso que tenha interpretado mal as doutrinas de seu meio Lembrando que esse tipo de comportamento não se limita apenas a religião em si… As guerras entre torcidas organizadas estão ai pra provar que esse tipo de comportamento se estende ao infinto e além!

      • Tom

        Aí que tá, o jogo não vai sair pra falar mal do padre de cidade pequena que não fez nada de errado, vai justamente retratar esse extremismo e mostrar o quanto esse exagero faz mal.

  • Gui

    Sinto cheiro de treta neste post.

  • Diego Diego

    O que mais me espanta nesses manés ofendidos profissionais é que na versão de mundo deles um jogo de videogame é confundido com a realidade (quando convém, obviamente).
    Será que eles já viram rodando alguns dos GTA’s ?

    Espero realmente que a Ubisoft dê um peido e um arroto pra esses vermes e publique o jogo conforme foi planejado.
    Manda o bom senso que não amplifiquemos a voz dos imbecis. Esse abaixo assinado deve ser tratado pelas pessoas como o que ele realmente é: uma piada.
    Só pra constar, no passado a galera do Zumbi da tolerância e do amor matou um numero incalculável de “infiéis”. Mas eles te amam 😉

    • Tom

      Dá até vontade de comprar o jogo só pra ajudar nas vendas

  • “a apropriação da nossa cultura pelos chamados ‘gamers’ no Twitter.”

    Apropriação cultural no dos outros é refresco, né? 😉

    • Tom

      Apropriação cultural é a maior asneira que já ouvi falar, mesmo os casos graves nos EUA (musicas feitas por negros sendo tocadas por brancos aonde os criadores não recebiam nada) são mais bem representados por preconceito que por apropriação cultural.

      • Adir Carvalho da Silva

        E isto, concordo com vc, Tom, cultura não deve ter dono!
        Direitos autorais sim devem ser pagos….

      • Rodrigo

        Pessoal, cancelem o termo apropriação cultura porque o Tom não concorda! Parem as máquinas!

        • Tom

          Meu, já ouviu falar de opinião? só porque eu tenho uma não quer dizer que você precisa ter a mesma amiguinho, por isso se chama opinião e não verdade universal

          • Rodrigo

            Acho engraçado o tanto de estudioso e cientista se debruçando sobre o tema pro comentarista de portal dizer “acho asneira! é minha opinião!” sem ao menos entender a diferença entre opinião e teoria.

            Edit: Não é porque o termo é utilizado de forma indiscriminada por todos é que ele deixa de ser válido, beleza?

          • Tom

            tinha escrito um textão lindo pra explicar bem, mas ele foi passear, então queria que você me citasse um exemplo de apropriação cultural para eu mudar de opinião, porque sinceramente eu não achei

          • Rodrigo

            Cara, melhor que um exemplo, te passo esse texto aqui:

            http://thomasvconti.com.br/2017/apropriacao-cultural-uma-historia-bibliografica/

            Dá uma lida, depois nas referências, se quiser, e depois dá uma opinião embasada. É um tema complexo para validar apenas com exemplos.

            Apropriação cultural não se resume a usar ou não turbante, cocar ou não, etc. E muito do que se diz que é, não é, e muito do que a gente faz hoje de boas, foi objeto de apropriação cultural no passado, quando nem se discutia esse tema.

            Tampouco confundir apropriação cultural com intercâmbio cultural.

          • Tom

            Sinceramente não gostei do estilo de escrita do cara, apesar de bem escrito tem muita referência no meio e link demais, achei pesado de ler, masss, agora ao assunto principal entendo o que significa, mas não consigo achar apropriação cultural ruim, magina que droga seria se não tivesséssemos rock porque é cultura estadunidense ou vodca porque não somos russos.

          • Rodrigo

            Como falei acima, é comum a confusão entre apropriação cultural com intercâmbio/troca/interação cultural ou até imposição cultural. A apropriação ocorre quando você utiliza um símbolo e esvazia seus significados. E normalmente isso ocorre com culturas que já são ou foram marginalizadas, cuja cultura nunca foi enfatizada e, quando ocorre a apropriação, não é a cultura que está sendo valorizada, mas apenas o símbolo. E normalmente envolve exploração econômica pura e simples.

            O caso do rock, não foram apenas os símbolos do rock que vieram pra cá, mas toda a cultura e o significado daquilo, toda a “filosofia” por trás do rock. Entendeu?

            Para ficar no exemplo do rock, o que seria mais próximo de apropriação seria uma banda de cabeludos, todos vestidos de preto com guitarras etc tocando… forró… sertanejo universitário. Uma analogia bem tosca, mas pra tentar mostrar algumas diferenças.

            Na verdade toda essa discussão parte do princípio do que é cultura e o que caracteriza uma cultura. Sem esse embasamento fica tudo no campo das opiniões e achismos.

            Veja que não estou avaliando se os chorões desse post realmente foram vítimas de apropriação cultural. Sinceramente nem li a declaração deles.

            E também acho que meu primeiro comentário foi muito ácido e se ficou ofendido, peço desculpas.

          • Tom

            Moça que troca serviços sexuais por dinheiro que me deu a luz
            Até que enfim uma explicação decente do que diabos é apropriação cultural, eu juro que procurei mas li tanta caca que acho que travei, mas enfim não acha que “esvaziação cultural” seria um termo melhor? porque desde o princípio (apesar de não deixar claro) apesar de não encontrar um exemplo realmente bom, não era contra a ideia, era contra o termo “apropriação” pois o valor não muda de “dono”
            É muito, MUITO, bom ter uma conversa civilizada e aprender algo em campos de comentário, é pra isso que eu venho aqui.
            (sobre os primeiros comentários, sem problema, eu dou umas passadas no adrenaline, já vi hate muito pior lá, o teu foi mais ironia mesmo)

          • Rodrigo

            Sobre o termo, creio que as primeiras menções a ele foram em inglês e/ou francês e, ao menos no inglês, o termo appropriation tem vários significados do que apenas o relativo a posse física. Inclusive, um deles é o de uso não autorizado que, embora tenha relação à posse, fica mais no campo intelectual, digamos. Daí foi cunhado o termo “cultural appropriation”. Já em português os significados mais utilizados de “apropriação” são ou no sentido de posse ou no sentido de adequado.

            Um exemplo:
            Esse brinquedo não é apropriado para crianças. Esse “apropriado” poderia muito bem ser substituído por “adequado”.

            O importante de salientar é que muitas vezes aquilo que é “roubado” não necessariamente deixa de existir na outra ponta. Um exemplo é quando alguém se apropria da ideia de outra pessoa. Ela continua existindo na mente das duas pessoas, entende? Ou quando você se apropria de uma música e a utiliza em seu filme sem pagar os direitos autorais.

            Muita gente cria ojeriza à apropriação cultural porque está aparecendo muito e, em muitos casos, penso que exageradamente. E aí ocorre o que está ocorrendo: banalização. Muito na onda dos SJW que produzem muito ruído mas pouco contribuem para a transformação da realidade.

            A verdade é que de duas situações idênticas, uma pode ser caracterizada como apropriação cultural e a outra não.

            Existem duas pessoas brancas na rua usando um turbante. Uma delas usa porque viu na Renner e a outra porque segue uma religião de matriz africana, ou o hinduísmo, sei lá.

            No mais, estamos tão acostumados a lidar com pessoas com muitas certezas que às vezes a gente já parte para o ataque sem nem ao menos dar a chance da pessoa explicar melhor o seu posicionamento e dessa forma, nos tornarmos as pessoas cheias de certeza dando continuidade ao círculo vicioso.

  • Esse poster como a ultima ceia é fantástico. Os extremistas não vao conseguir lidar com as críticas de qualquer jeito, mas quem tem um pouco de bom senso vai ver a genialidade que é esse enredo.

    • Nilton Pedrett Neto

      Achei o poster um absurdo. Como assim rednecks fundamentalistas cristãos se sentam com um afro-americano?

      • советский медведь

        O que realmente não faz sentido é ter que ter uma mesa gigante porque todo mundo ao quer sentar do mesmo lado…

  • CHOLA MAIS!

    • Gui

      Terão que mudar o nome do jogo para “Gonna Cry?”.

    • Inquisidor

      VaiCry 5

    • Genival Júnior

      Queria uma versão sua desse texto kkkkkkkkkkkkkkkk’

    • Diego Marco Trindade

      Chora longe 5.

    • Ricardo

      Esse FarCry novo tem claramente influência de preacher, se for metade da obra que estou esperando compro logo depois do lançamento.
      Sim, deixei de confiar em desenvolvedoras depois de tanto hype não cumprido 🙁

  • Reinaldo Matos

    Aquela boa e velha máxima do Cardoso… Quem chilica não consome…

    Eu pessoalmente não tinha intenção de comprar, mas agora, acho que vou comprar só de birra…

  • abraaocaldas

    Se uma pessoa reclama então quer dizer que 1 milhão de pessoas estão chateadas, então se 1000 pessoas reclamaram…

    • Gabriel Nunes

      Na internet essa regra não procede muito. Tá mais pra se 1 pessoa reclama, é porque ela é chata pra cacete mesmo 1 milhão de pessoas não se importam e/ou não tem acesso aos canais públicos de reclamação.

  • Nilton Pedrett Neto

    Parece EXATAMENTE igual à Farcry 4, com uma skin de meio-oeste americano. Os caras de Montreal resolveram vingar-se de south Park!? 😀

    • tuneman

      mas todo far cry não é assim? hehehe

  • Cocainum

    Esses bolivianos… Não, pera…

  • Inquisidor

    fazer jogos que só mostram o brasil com osendo uam selva/favela ? pode, fazer jogos mostrando russos como inimigos malignos? pode, fazer jogos mostrando todos os muçulmanos como bombas ambulantes? pode, fazer jogos mostrando o estados unidos como mocinho e todo resto como merda/vilão? pode, parece aquelas feministas falando que todos os homens são estupradores, homem tem que ser castrado,homens tem que ser abortados etc, mas quando alguem fala que feministas são intolerantes e ficam julgando pela raça e sexo elas ficam doidas kkkkkkkkkk.
    no dos outros sempre é colirio . tem que lançar só para eu me alimentar das lagrimas.

  • Marcogro®
  • Levi Leal

    Só pra calar a boca dos “Os cristãos mataram milhões de pessoas… bla bla bla”
    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/e-os-milhoes-mortos-pela-santa-inquisicao-perguntam-e-eu-respondo/

    E sim, acho q tem q fazer jogo dos culto cristão matando povo, porque alguns cristãos fizeram isso.
    Mas acho errado os mongós ateus toddynhos falaram mal do cristianismo baseados em contos não provados.

  • Ricardo Moro

    “hoje em dia, vocês precisam entender que pode ocorrer alguma repercussão violenta se decidirem seguir com suas críticas inúteis.”

    Ou seja, não lancem um jogo que retrata cristãos extremistas violentos senão cristãos extremistas serão violentos. Só pode ser sacanagem…

  • Bruno

    “hoje em dia, vocês precisam entender que pode ocorrer alguma repercussão violenta se decidirem seguir com suas críticas inúteis.

    Então eles não querem um jogo que mostrem que eles são violentes fazendo ameaças de… repercusões violentas.

  • Acho que optar pelo cristianismo foi uma consequência à escolha da localidade. Fazer o jogo se passar no interior dos EUA é inovador. Seria estranho se fossem todos xintoístas.

  • Bruno França

    Os cristãos já esqueceram de Jim Jones ou da epoca que queimavam pessoas vivas e apedrejavam mulheres em nosso do cristianismo….apesar de achar que esse baixo assinado é uma trollagem é interessante ver como alguns cristãos realmente estão ofendidos e mais engraçado ainda é eles dizendo que deveriam mostrar os Judeus ao invés deles hahaha Judeu pode então neh sr. certo?

    • Tom

      Isso é mentira, somente outras religiões matam, o cristianismo é alvo de perseguição porque é o caminho, a verdade e a vida.
      (aqui acaba meu discurso irônico de hoje).

    • worldchanger

      lógico, eles têm até uma parte da bíblia só para eles, mas que os cristãos não precisam seguir, porque são bonzinhos (ironia, óbvio).

  • Don Scopel

    “que pode ocorrer alguma repercussão violenta”
    E vc ganhou uma visita do FBI

  • Luciano Jesus Lima

    Max Payne 3 o cara atravessa uma favela aqui no Brasil cheia de bandidos. Sem mimimi. Ghost Recon Wildlands se passa na bolívia e é OK entrar lá e matar pessoas. Bioshock 3 pega EXATAMENTE esse tema e o povo branco e seu fanatismo religioso. Nada.

    Bem vindo Far Cry 5. Mais um motivo para comprar o game: ajudar a acabar com uma seita de fanáticos religiosos. Gostei muito da história.

    • Sem mimimi nada, muita gente xingou a “caracterização estereotipada” do Brasil. Até eu jogar o game e ver que é exatamente daquele jeito.

    • Rodrigo

      Pois é, cara, eu tava pensando, parece muito o BioShock Infinite.

  • Miudo

    colocou “apropriação cultural” no texto, perdeu a razão

  • Luiz

    É exatamente por isto que eles tem que publicar, eu compraria imediatamente. Bando de coxinhas sociais choronas.

  • Taylo Henrique

    Só queria ver God of War no cristianismo

  • Diogo

    Interessante como o povo aqui nos comentários facilmente deduz que:

    Religião = Instituição ‘oficial’ = Movimentos ortodoxos = Organizações extremistas = Pessoas extremistas

    Porque se alguém matou em nome de Deus, ah põe na conta do cristianismo que tá tudo certo.

    Em tempo: antes que digam o contrário, não, não sou a favor desse abaixo assinado e nem dessa tentativa de censura prévia. Porém, isso não invalida as pessoas de serem contrárias à temática do jogo. Certo?

    • gfg

      Aé? e vai botar na conta de quem? Do xintoísmo?

      Todos os padres, bispos e papas que ao longo do seculo incitaram morte aos infiéis estavam lendo o livro errado?

      • Diogo

        Hann…. deixa eu ver…. a culpa não seria…. das próprias pessoas?

        Pessoas fazem merda o tempo todo, e devem ser julgadas e punidas por isso. A religião é só mais um instrumento pra justificar o porquê delas fazerem o que fazem. Você botar a culpa na religião é o mesmo que um ignorante extremista faz pra justificar suas próprias ações. Percebe?

        • gfg

          É? E o livro é sagrado ou não?
          É ou não uma representação das vontades de deus?
          Ou é só um gibi de ficção escrito por algumas pessoas?

          • Diogo

            Sim, a bíblia é um livro sagrado, porém há muitos ensinamentos lá que só valeram pra época em que foram escritos, outros valem até hoje. Qualquer teólogo sabe muito bem disso.

            Aí vem o cara bitolado que não tem formação nenhuma abre uma página qualquer da bíblia e decide o que vale e o que não vale. Acredite, acontece isso muito hoje em dia (igrejas protestantes/evangélicas/pentecostais). E aí vem pessoas como você e põem a culpa na religião inteira.

            Da mesma forma, um islã extremista, que nada tem a ver com o movimento original, abre uma página do Alcorão e lê: “se você matar um infiel, você vai ter 72 virgens no céu”. “Mas aí a culpa não é do islamismo, é apenas de alguns movimentos extremistas”, dizem alguns.

          • gfg

            Uhum, e quem decide quando esses ensinamentos param de valer? Você? O padre? O papa?
            Edit:
            E melhor, quem decide QUAIS ensinamentos valem?

          • ricms

            Resumindo. Quando me convém é literal. Quando não é uma alegoria.

          • Diogo

            A fé não é uma ciência exata, mas existem pessoas que teimam em tratar como se fosse ou 8 ou 80. Paciência…

            PS: impressionante como esse pensamento “irredutível” sobre a bíblia que os ateus tem também é uma característica dos religiosos extremistas. E eles nem se tocam sobre isso.

          • Rodrigo

            Se deus fosse tão onipotente e onipresente e isso tudo, a noção de tempo não faria a menor diferença pra ele, então porque diabos ele não escreveu uma bíblia com informações universais que não dependem do contexto cultural?

            Será que era o plano de deus mesmo criar um livro sagrado? Será que não era a ideia de que o conhecimento fosse passado oralmente e, senso assim, sendo adaptado à medida que a sociedade vai mudando?

            Ou, porque não talhou isso em pedra, papel sei lá o que diretamente, e mandou alguém achar esse trem?

            Quem fez a curadoria de quais textos entrariam na bíblia e em qual ordem?

          • Maester Alex

            “Ou, porque não talhou isso em pedra, papel sei lá o que diretamente, e mandou alguém achar esse trem?”
            E assim surgiu a Bíblia de Mórmon. hahaha

          • Rodrigo

            Mas aí ainda foi traduzido pelo picareta e ninguém, convenientemente, podia ver antes da tradução. E nem depois. Esse deus adorava um mistério e uma centralização do poder, né? Auditoria era um conceito desconhecido, pelo visto. Já acho que Lucífer foi o primeiro a querer fazer uma auditoria no céu e deu no que deu.

            Por que não fez várias placas em vários idiomas e dialetos e espalhou pelo mundo? Se o interesse dele é salvar a raça humana, porque não faz uma impressão no cérebro de todo mundo que nasce?

    • Maester Alex

      O jogo nem saiu ainda, e ao que tudo indica o jogo critica grupos cristãos extremistas, não o cristianismo como religião em si. E uma coisa é ser contra a temática do jogo, outra é fazer ameaças e comentários racistas para que ele não seja lançado.

      • Diogo

        Concordo plenamente.

  • Raul Joaquim de Santana

    Dá até vergonha de tanto mimimi

  • Rolando

    Não é por nada não mas uma empresa ofender a sua maior fonte de renda e esperar que eles aceitem calados e ainda continuem a comprar é a coisa mais idiota que eu já vi.

    • EmuManíaco

      Crianças não se ofendem tão facilmente. Apenas velhos idiotas e esses geralmente são irrelevantes.

    • Gabriel Nunes

      Duvido muito que a maior fonte de renda deles sejam esses “white trash” que se ofenderam com isso. Podem ser os mais barulhentos, mas se o jogo for bom, vai vender bem no mundo todo, e só meia dúzia de gatos pingados racistas ofendidos que não vão comprar.

  • ricms

    Depois só a esquerda que é alienada.

  • Samuel

    Gente falando de religião aqui igual quem fala de guerra pq jogou Call of Dutty, de ciência pq leu Super Interessante. Continuem que tá bacana

  • tadinhos dos brancos cristãos Rednecks…. tão oprimidinhos, eles só querem o direito de continuar jogando e consumindo produtos onde só negros e hispânicos são vilões e podem levar tiro… não pode nem mais ser racista em paz nos dias de hoje

  • Maester Alex

    ” a continua rejeição de parceiros românticos quando descobrem nosso hobby”
    Além de tudo são virjões. hahahaha
    Não, vocês não são rejeitados por serem gamers, vocês são rejeitados por serem babacas escrotos e chorões.

  • Vinícius Santos

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH me mijo de rir com a hipocrisia de algumas pessoas por aí. O vilão é sempre o outro, o inimigo é sempre o outro, esfregou uma verdade inconveniente na cara de alguns e pronto, PERA LÁ NÃO É BEM ASSIM kkkkkkkkkk essa gente nem mesmo disfarça que a carapuça serviu neles kkkkkkk quero mais é ver o circo pegar fogo, gosto assim! Dá neles Ubisoft!

  • Jorge Dondeo

    Mais anti cristão/católico que AC, esse povo ta atrasado.

  • Rodrigo Dias Javornik

    ” a censura absoluta da arte através das políticas e ‘localização’ ”
    e isso é o que?

  • Chama o estado no game de Nontama e tá resolvido…

    Próximooooo

  • Estolano

    1500 pessoas são a meta? Pirataria dá mais prejuízo.

  • Jefferson Viana
  • Yskar

    Nem tinha dado atenção a esse jogo, só agora que soube o tema e ME FEZ COM MAIS VONTADE DE COMPRAR, mas sem mudar ABSOLUTAMENTE NADA!

  • Renato Provazi

    é óbvio que eles nunca farão criticando o islam,e o medo? uwhuwheheuue criticar cristão é fácil

    • Jefferson Viana

      Medalha de honra

  • OverlordBR

    MAS MAS MAS CADÊ A TAL LIBERDADE DE EXPRESSÃO DA GRANDE AMÉRICA DEMOCRÁTICA?

    Dane-se a Primeira Emenda, né?

    Acho que a Ubisoft deveria jogar mais lenha na fogueira e dizer que o jogo, na verdade, será ambientado na zona oeste de Topeka, Kansas e o tal culto possui as iniciais WBC.

  • Takao do Stranger Things

    Vai ser melhor que esse

    http://i.imgur.com/zAiPSfV.jpg

  • Dan_Marx

    Mais de 200 comentários, quase 50 versículos citados, o início de uma nova cruzada de agnósticos Vs. ateus e só uma conclusão: É uma obra de ficção poha!!

  • Malditos americanos, explodir meu regime, digo minha democracia.. pode!

  • SNU-SNU

    ISIS do cristianismo?

  • Henrik Chaves

    Como disse o Clarion: Conheçam a PROBLEMATIZAÇÃO REVERSA!

  • Alessandro Ostetto

    nossa senhora.. falar de todo pode. Dar um peteleco nos hipócritas não. aí as loca pira…..

  • Hugo Rocha

    Seria bom uma matéria mais longa abordando os dois lados dessa historia. Muita, mas MUITA gente dentro da comunidade gamer ta odiando a empresa. Os motivos são a baixa qualidade dos seus jogos. Tem muita gente que diz que isso se deve a mudança no time de developers(foto logo abaixo). A empresa vem a um bom tempo aderindo a “diversidade” no seu quadro de empregados. Contratando funcionários com base na diversidade cultural em detrimento do currículo. Isso, segundo muitos gamers, resulta em jogos de baixa qualidade (todos os assassins creeds mais recentes, por exemplo) e com cunho politico de esquerda liberal. Dai, quando surge um novo Far Cry com um enrendo desses toda a comunidade que acompanha a Ubisoft de perto começa a achar que o jogo é mais uma especie de protesto politico feito por feministas. O que resulta em vários nerds putos da vida fazendo abaixo assinado de uma forma muito semelhante as feministas mais exaltadas. https://uploads.disquscdn.com/images/bc4141cd926af8745e6b822a461397b1117ff01fc44d6755b9b6a89051d8254f.jpg

  • Jhonn550

    tem que mandar esses cara tudo tomar naquele lugar, que não satisfeito não jogue mais a ubisoft não obriga ninguém a jogar

  • André Pessimista

    Mas é um carvalho mesmo essa hipocrisia. Vai lá no youtube e posta um vídeo de jesus fazendo uma piada, e depois vai lá e faz de um igual com maomé. Os adoradores do deus dos camelos são mais violentos SIM. Saco. Esse politicamente correto enche o saco.

  • Deivid

    Pior é os “conhecedores” ficarem questionando porque Deus isso, porque Deus aquilo. Como diria o Vegeta, vermes malditos, kkkk.

  • Gutemberg

    Só mais uma ação da galera do /pol/ 4chan, tenho certeza.

  • Victor Sizenando Fortili

    mano isso de cancelar o jogo é mta sacanagem,velho se os cristãos querem cancelar pq eles acham que ofende o cristianismo então façam um abaixo assinado contra os filmes que tenho senas eróticas como 50 tons de cinza ou até grande franquias como O Poderoso Chefão,007 etc,pq nesse filmes contem senas eróticas e mentiras.Então peço pra vcs que se consideram cristãos abaixem a bola,pq vcs n tem direito nenhum de nos privar de jogar um jogo mto foda por causa desse seu abuso de poder que vcs n tem,então pensem mais de 2 vezes antes de tentar mudar algo

  • Gesonel o Mestre dos Disfarces

    Acho que o nome do jogo, visto é é no “quintal”do público alvo, devia ser NEARCRY.

  • Daniel Mietto

    Agora sim, com mais vontade ainda de comprar o jogo.

  • Matheus Yamanishi

    O jogo mostra extremistas religiosos assassinos e os trata como vilões, ou seja, o problema é o extremismo em si e não a religião ou seja qual for sua motivação, qual o problema ou a novidade nisso? Então se fossem os muçulmanos estava tudo certo, agora o cristianismo não? Chororô patético! Espero que a UBISOFT não altere um bit desse jogo e que ele seja tão bom quanto parece!

    PS: Sou cristão desde que me conheço por gente.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis