Dom Pedro II — o primeiro sintetizador de voz

voder

Hoje em dia qualquer porcaria fala. Tablets, celulares, calculadoras, todos possuem sintetizadores de voz. Daqui a pouco até comentaristas de portal estarão falando. É algo natural, normal. Mas nem sempre foi assim. Sintetizar voz humana é algo notoriamente difícil, são milhares de variáveis e nem nós conseguimos falar corretamente fonemas que não estamos acostumados. Brasileiros por exemplo se entregam no “th” dos americanos. Nossos sons nasais são um terror pra eles.

Embora haja relatos de que uma máquina totalmente mecânica conseguiu sintetizar voz humana na metade do século XIX, o primeiro equipamento documentado a fazer isso o fez na Feira Mundial de Nova York, em 1939. Foi um monstro mecânico chamado… Pedro.

O nome foi uma homenagem a uma peça fundamental na popularização do telefone: Dom Pedro II que, durante uma feira de tecnologia na Filadélfia, em 1876 foi convidado a fazer parte de um juri que avaliaria os projetos exibidos.

Entre eles, Alexander Graham Bell e seu telefone, na época envolvido em disputas de patentes e ceticismo por parte das empresas de telégrafo. Ao experimentar o telefone o Imperador Nerd teria exclamado, com a mesma surpresa de um usuário da TELERJ: MEU DEUS! ISSO FALA!

Pedro foi o nome escolhido por Homer Dudley, cientista e engenheiro acústico dos Laboratórios Bell para batizar o VODER — Voice Operating Demonstrator:

vode2
pedro_0

Lembre-se, isso é 1939, a tecnologia da época era basicamente barro fofo e pedra lascada. Além de criar um modelo fonético da voz humana, Homer tinha que simplificar esse modelo até ele ser tecnicamente viável. E operável por um humano, não adiantaria levar 10 horas programando um equipamento para dizer “hello, world”.

Um dos usos propostos do Voder era em centrais de atendimento, pois os clientes muitas vezes se recusavam a falar com mulheres, já uma voz masculina era percebida como autoridade. Ironicamente todos os operadores do Voder eram mulheres, e a principal, Helen Harper, treinou todas as outras operadores e era melhor na máquina do que seu criador.

Para os padrões de hoje o Voder não é grande coisa, mas seu teclado e pedais conseguiam variar até a inflexão da voz gerada em tempo real.

the-voder-1939

Uma operadora treinada conseguia fazer o Voder produzir até sotaques, mas mesmo assim o Voder nunca se tornou um produto. Ele era complicado demais e a demanda não existia. Usar uma máquina pra simular uma voz perde o sentido se você gasta um humano pra isso, por mais que a cultura sexista reclame que esse humano é mulher. Fora o preço, não há informações mas barato não era.

Do ponto de vista tecnológico o Voder era uma maravilha, Dom Pedro ficaria impressionado, se não assustado, como muita gente que considerou ofensivo e perturbador algo “miraculoso” como a voz humana ser produzida por uma máquina sem alma.

E sim, temos gravações do Voder em ação, escute: é melhor do que você imagina.


MonoThyratron — The Voder – Homer Dudley (Bell Labs) 1939

Relacionados: , , , , , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • ricms

    Telerj? Rua da Assembléia n° 10?

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    Esse Voder tem a voz fina, ele é viado?

  • Atrollando Natuacara

    Tecnicamente esse VODER é o pai do sintetizador usado pelo VADER…

  • Cocainum

    …não adiantaria levar 10 horas programando um equipamento para dizer “hello, world”

    Ou seja, nada de Java.

    • Não entendo essas piadas com Java. Java nunca foi lento para desenvolver algo.

      • Cocainum

        Eu programo em Java e gosto muito. Mas aqui a gente perde o patrocínio da Oracle, mas não perde a piada, hehehe.

      • Well Dias

        Para desenvolver Java é bem produtivo. O problema é na hora de executar o que foi desenvolvido. 😛

        • Gustavo Rotondo

          não se voce tiver 64 fucking gigas de ram

          • Isso já foi verdade em outros tempos. Hoje em dia eu rodo JVM em instância de 512 MB de RAM na Amazon AWS e não engasga nem um pouco.

      • Rafael Rodrigues

        Eu programo em Java C# e outras cositas más.

        Java não é lento, mas tem muita coisa que é sim mais rápido e produtivo que o Java.

        Fora que Java é um INFERNO com recursos de hardware até hoje.

        • Concordo em partes. Realmente já foi um inferno, ainda não está excelente, mas já consideraria “bom” (de 0 a 10 daria 7).

    • Mirai Densetsu

      Plone, então, nem pensar!

  • [ OFF TOPIC ]
    Descobri hoje que me tataravô era cocheiro do Dom Pedro II.
    Segundo a matéria, ele também levava Pedro para dar aquela passeada buena para ver as “amigas” nas “Casa de Família”

    • Se fosse hoje então, seria o motorista do Temer?

      • Diogo

        Seria o Bessias.

        • Higor Queiroz

          ele levava o papel pra pedro II em caso de emergencia na moita

    • anonMS

      que legal cara,amei saber isso,saber que existem pessoas que tenham vivido a época do império.

  • Lucas Timm

    Fala melhor que muito “estrangeiro” com quem eu converso diariamente

  • Márcio Chaves

    Não implementaram senso humor nele pela risada em 1:53…

  • Rolando

    A qualidade do som realmente é muito boa.

  • Diogo

    Se Dom Pedro II visse esse equipamento, ele poderia ter dito: “MEU DEUS! ISSO É DE VODER!”

    • Carlos Wagner

      Se essa máquina fosse capaz de cantar, cantaria VODER taxi.

      • Diogo

        HAHAHAHAHA Boa!

        • Julio da Gaita ✔

          até ficou com inveja da piadinha né…rs

      • Julio da Gaita ✔

        10/10

    • Julio da Gaita ✔

      6,5/10

  • “É melhor do que você imagina”

    É, não. não era, desculpa.

  • Alvaro Carneiro

    foi do Voder que nasceu a Vodafone, pesquisem aí e vão ver que eu tô falando merda.

    • Não vem disso não, abiguinho:

      “O nome Vodafone provém de VOice-DAta-FONE (telecomunicações de voz e de dados), nome escolhido pelo fundador, homem de negócios inglês com uma grande visão do futuro, pensando já desde esses anos que os dados seriam um dos elementos-chave do futuro das telecomunicações.” Wikipedia

      • Thiago Cururu

        “…pesquisem aí e vão ver que eu tô falando merda.”

        • Alberto Prado

          Quando não pega ar com as piadas de Java, não percebe as outras. Acho que alguém tá precisando de férias. Hahahahaha

        • Putz, eu li errado, eu li “e vão ver SE eu tô falando merda”… foi mal.

  • Então vejam a história do Vocoder:

    https://www.youtube.com/watch?v=OvR4qK0B--w

  • Inquisidor

    a qualidade do som é excelente considerando a falta de tecnologia , parece mais humano que a voz do celular

  • Imagino o Dom Pedro II caindo da cadeira, ao ver um sintetizador cantando, dançando e fazendo dinheiro fácil lá na civilização.

    • Julio da Gaita ✔

      westworld?!

  • Hemeterio

    Fascinante. Kraftwerk iria adorar.

  • Higor Queiroz

    que voz viadinha

  • Pedro 2, a Missão, investiu em muita ciência e tecnologia. Se ele tivesse investido AQUI, talvez não tivesse perdido o trono. Ainda mais porque no 15 de novembro, ele estava fazendo o que mais sabia fazer: com o rabo na França.

    • Pablo Lukan

      Acredito que a queda dele se deu mais por conta da abolição. Já que os únicos que apoiaram a queda do imperador foram os fazendeiro escravagistas e do exercito.

    • Eduardo da Silva

      Dom Pedro II estava no Brasil quando foi deposto e o velhote só começou a viajar mesmo quando era mais idoso.

      • Verdade. Me enganei. Ele estava em Petrópolis. Ele não estava no Brasil quando a Princesa Isabel foi forçada a assinar a Lei Áurea

  • Primeira vez que vi um computador falar, ele disse ‘heil hitler’. Depois, a segunda vez foi ‘ohh shit’. Parece que quando ensinamos algo pro computador, estravasamos.

  • Nilton Pedrett Neto

    Antepassado de Darth Voder?

  • Carlos José Da Costa

    Mulher mais habilidosa na articulação da fala do que homem… que novidade. hahaha

  • Pablo Lukan

    Dom Pedro II foi, talvez, o governante mais mente aberta, altruísta, progressista e de políticas modernas que o pais já teve. Às vezes me pergunto se a restauração da Monarquia não seria algo positivo pro pais.

    • Gui

      O parque da Tijuca foi ideia dele. Na época, o Rio de Janeiro estava passando por uma crise hídrica ocasionada pelo esgotamento das fontes que abasteciam a cidade. Daí eles constataram que precisariam recuperar as nascentes, o que foi prosseguido por estudos e desapropriação das fazendas para a recuperação da área, surgindo assim a floresta da Tijuca.

      • Pablo Lukan

        justamente por conta dessas informações que penso isso!

    • Carlos Vitoriano

      h t t p s : / / y o u t u . b e / W_Oda9aSwK4

    • Eduardo da Silva

      Eu não sou monarquista, mas leio bastante sobre o período. Penso que se o Brasil tivesse governantes com o pensamento do Dom Pedro II, talvez esse país não fosse essa joça!

      • anonMS

        se o império não acabasse por uma briga dois homens por uma mulher esse país não estaria assim.

    • Rodrigo

      O problema não está no sistema político, meu caro, e sim na população que quer encontrar um salvador da pátria e se abster das decisões. Dessa forma em qualquer sistema político dá merda.

      • Margareth Ana Specialski

        Pior que não, e nem adianta pensar assim. Dá para trocar o povo? Não dá. Dá para educar politicamente um povo que não tem nem o básico? Difícil. Mas é possível trocar o sistema e a forma de governo. É aí que entra a Monarquia Parlamentarista, que não é uma solução instantânea, mas serve para que tenhamos um Parlamentarismo fiscalizado, de modo que os políticos e seus partidos não sejam os mandatários quase intocáveis, como acontece hoje. Um bom exemplo que venha de cima, e um bom sistema de governo, farão o eleitor brasileiro evoluir.

        • Rodrigo

          Aí, ó, és um caso que confirma meu pensamento: o povo quer um salvador da pátria, no seu caso seria o imperador.

          • anonMS

            exatamente o que precisamos um salvador,um líder de verdade,coisa que o Brasil não tem desde o 15 de novembro.

          • Rodrigo

            Não. Precisamos de um povo ativo. Melhor do que aceitar um monarca goela abaixo é o povo escolher. Se o povo escolhe errado, paciência, é o preço de fazer o próprio destino.

  • Glauber Silva

    Homer Dudley é um nome muito legal, e ele chama o negócio de Pedro ??

  • “Usar uma máquina pra simular uma voz perde o sentido se você gasta um humano pra isso…”

    Ganha todo o sentido se a maquina não usar maldito gerúndio… >=D

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis