ad

Supergêmeos, ativar: forma de um porta-aviões de gelo!

habukkukillo

A Guerra gera muitos avanços, mas nem todas as idéias são boas. Algumas são insanas, outras desesperadas, outras megalomaníacas demais. De todas talvez a mais ousada foi o Habbakuk, um mega power porta-aviões, com números que humilhariam até o porta-aviões da SHIELD.

A Inglaterra estava ilhada, não tinha recursos para produzir número suficiente de navios, e isso deixou os comboios do Atlântico desprotegidos. Havia um espaço no meio da rota onde os aviões de patrulha não chegavam, e os navios ficavam à mercê dos submarinos alemães. O ideal seria manter porta-aviões de prontidão, com vôos de patrulha, mas os ingleses não tinham como construir um, aço era escasso.

Ressurgiu então uma velha idéia, proposta inicialmente por um alemão em 1930: construir uma ilha de gelo. Sim, é uma idéia que soa ridícula e todas as vezes que foi redescoberta a recepção foi a mesma: zoação, exceto que agora o bicho estava pegando e toda idéia era avaliada seriamente.

Isso quase acabou com o projeto. Gelo se mostrou frágil, um iceberg artificial não seria estável e as ondas do Atlântico Norte acabariam com ele. Torpedos e canhões inimigos também estilhaçariam a estrutura. Ao contrário de 1912, os navios levavam a melhor sobre o iceberg.

Entra na história um inventor levemente insano chamado Geoffrey Pyke. Ele foi correspondente durante a Primeira Guerra, espionou a Alemanha nazista, e pipocou de feitos memoráveis seu currículo, mas ficará para sempre na História por sua invenção, o pykreto.

O Almirantado inglês estava a ponto de abandonar a idéia de um barco de gelo, quando Pyke foi chamado para opinar sobre o projeto. Imediatamente ele se lembrou de experimentos onde seus assistentes relataram que uma mistura de serragem e água produzia gelo com integridade estrutural excelente.

Os Mythbusters fizeram um programa sobre o pykreto. Uma placa de gelo quebrou sob o peso de 18 kg de chumbo. A placa de pikreto do mesmo tamanho suportou 138 kg e só não foi mais porque ficaram sem pesos na oficina.


Justin Bozeman — Ice vs Pykrete vs Newspaper Pykrete

O pykreto também era à prova de balas. Podia ser consertado com um simples trabalho de pedreiro e levava muito mais tempo para derreter do que gelo convencional.

Um projeto-piloto foi encomendado e a construção começou no Lago Louise, em Alberta, Canadá. Longe dos olhos dos espiões nazistas e com o clima frio ideal. O modelo teria 1.000 toneladas, 18 metros de comprimento e 9 metros de largura. Era refrigerado por um motor de 1 hp, com canos percorrendo as paredes.

Para confundir espiões os trabalhadores foram informados de que estariam construindo um protótipo de casa ou prédio, e a presença de um telhado confirmava isso:

habbakuk-now

Pyke entretanto não teve muita sorte. Ele bateu de frente com muita gente, e acabou sendo removido do projeto, em parte para dar mais espaço para os americanos. Mesmo assim o sucesso da demonstração fez com que um navio de verdade fosse encomendado, e aí surgiram os problemas.

Da mesma forma que Ruby, pykreto não escala. O custo de materiais seria imenso. Só de aço seriam 10 mil toneladas, 35 toneladas de madeira, 300 mil toneladas de polpa mas ao menos a água era de graça.

À medida que os cálculos eram feitos o sistema de refrigeração foi ficando mais e mais complexo. Aparentemente os projetistas exageraram na megalomania.

O Habbakuk seria um monstro. Aqui, comparado com um porta-aviões moderno, Classe Nimitz:

habakkuk-wielkosc-c40b4f3aec095675047000

Seriam mais de 600 metros de comprimento. O casco teria 12 metros de espessura, torpedos não fariam nem cócegas. Ele teria capacidade de suportar bombardeiros pesados. O deslocamento seria de 1 milhão e 800 mil toneladas.

Também estava nos planos o Habbakuk 2 — A Missão, que teria 1.200 metros de comprimento.

Infelizmente como todo projeto de engenharia a Realidade atrapalhou, os custos foram se acumulando e no final a idéia não fazia mais sentido. Os EUA estavam produzindo navios de escolta em número suficiente, Alan Turing estava decifrando as comunicações nazistas e apontando a localização dos comboios e aviões agora tinham autonomia para cobrir o espaço antes desprotegido.

O Habbakuk foi cancelado, não por ser uma idéia ruim ou por custar caro demais, ele apenas não era mais necessário. Geoffrey Pike morreu em 1948, orgulhoso de sua invenção. O seu barco de pykreto, abandonado em um lago canadense levou três longos anos para derreter completamente.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Taí uma boa sugestão de material para uma colônia em Marte.

    • Quero ver achar a serragem.

      • É só levar para lá, não?

        • K9s10

          Se levaram batatas, logo…

        • 35 Fucking Ton de serragem para um navio (para comparação)

          Aprox. 15 mil dólares por quilo só para colocar na órbita, desconsiderando os custos da viagem até Marte.

          Quer mais?

          • Esse pessoal de Humanas é triste. 😉

      • Reinaldo Matos

        Se Matt Damon já plantou batatas em marte, que plante pinheiros agora…

        • Rennan Lemos da Vinci

          Mas vai ter que produzir muita [email protected] pra poder sustentar esses pinheuros, viu?

          • Reinaldo Matos

            Acredito que o povo tenha captado que falei de plantar pinheiros de zoeira.

            MAS…

            Em relação a parte da merda, se não me falha memória, o livro mencionava que a merda era só pra adubar inicialmente o solo, com o tempo e os cuidados necessários, a colônia de microrganismos se multiplicava.
            Se essa multiplicação seria suficiente para a plantação de pinheiros… Isso eu não sei… E usei pinheiros como exemplo porque aquilo cresce rápido que nem mato.

      • Ivan

        e agua

      • Jorge Dondeo

        kkkkkkkkkkkkkkkkk

    • gfg

      Melhor, vamos fazer um mega-foguete disso.

      • Victor

        no quase zero negativo do espaço, nem precisa de sistema de resfriamento!

        • Ótimo lugar pra ter servers…..

        • zero negativo… hummm

          • Sabe, é zero, mas só um pouquinho menos que isso. Talvez problemas de arredondamento de casa.

        • Reinaldo Matos

          Não querendo ser chato, mas…
          Em computação eu sei que existe o conceito do zero negativo, mas acho que neste caso, você quis dizer zero absoluto né?

          • Victor

            puta merda, era isso q tava pensando, mas escrevi outra coisa kkk
            q gafe!

    • Está em estudo usar pó lunar pra fabricar “tijolo”, podem usar o solo de Marte também…

  • Reinaldo Matos

    Os ecochatos devem adorar… Um navio Biodegradável.

    • Zalla

      totalmente… Só de aço seriam 10 mil toneladas

  • Mr. President

    Que bela historia!

  • Juaum

    “Geoffrey Pike morreu em 1948, orgulhoso de sua invenção. O seu barco de pykreto, abandonado em um lago canadense levou três longos anos para derreter completamente.”

    Simplesmente, incrível para à época e por que não, para dias atuais.

    • Theuer

      Por isso que continuamos usando, apenas trocamos a serragem por alguma fibra e a água por resina.

      • Eduardo Alvim

        Continuamos usando o cérebro, você diz, né? Misturar materiais até minha avó fazia na cozinha.

        • E pela seu avatar devia lhe bater com eles… xD

        • Theuer

          Claro, fazer um bolo é exatamente mesma coisa que os compostos usados e aperfeiçoados pela indústria até hoje.

          • Eduardo Alvim

            Isso mesmo, pequeno gafanhoto.

  • Ed. Blake

    Como se pronuncia Pykreto: ‘Paikrêto’, ‘Pikréto’, ‘Paikréto’ ou ‘picrêto’?
    Desde que assisti na TV esse episódio de Mithbusters eu digo Paicriti(do inglês Pykrete).

    • achsanos

      No dia em que vender tanto quanto o náilon, talvez alguém aportuguese pra paicreto.

  • ²He

    Visitei o Lake Lousie, não sabia que tinha uma história legal dessas por la ;D

  • Marcelo Santos

    Então o Sr. Geoffrey Pike não era um pikereta.

  • LV

    Pykreto eh o Grafeno da década de 40

  • Jacqueed

    Ruby eu captei a mensagem…….

  • Reinaldo Matos

    Apenas por curiosidade…
    Um sujeito fez uma espada tosca de Pykrete

    https://www.youtube.com/watch?v=S7ju8iKex9o

  • Leiner Vitor

    Ai fica a duvida, se era tão caro produzir desse tamanho, pq não produziram um menor?

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis