Reviver antigas franquias está nos planos da SEGA

Esta semana a SEGA publicou seu relatório anual sobre o desempenho fiscal da empresa e com o título Road to 2020, eles revelaram os planos que pretendem seguir para crescer nos próximos anos. No geral esses documentos não são interessantes para o público, mas quando ele traz a informação sobre o resgate de franquias que marcaram época, a coisa muda de figura.

Embora a empresa não tenha entrado em detalhes sobre quais marcas serão escolhidas, eles afirmam que isso acontecerá para que não dependam tanto da divisão mobile e das suas séries mais fortes do momento, como Yakuza, Total War, Football Manager e Persona.

Ao saber da novidade, a conta no Twitter da Obsidian até brincou com o assunto, dando a entender que o RPG de espionagem Alpha Protocol pode ser um dos títulos que receberá um relançamento ou mesmo uma continuação.

Mas com todo o respeito que tanto esse estúdio quanto sua criação merecem, o que os fãs das antigas querem mesmo são remasterizações de qualidade ou sequências para as muitas franquias que há tempos a SEGA tem feito o esforço de ignorar. Shinobi, Comix Zone, Alex Kidd, Panzer Dragoon, Jet Set Radio, Virtua Cop, Nights, Shinning Force, Altered Beast… A lista é imensa e acho que qualquer uma que for escolhida, tem um grande potencial para fazer sucesso.

Porém, existem duas que considero essenciais neste processo de ressuscitação: a Streets of Rage e a Skies of Arcadia. Enquanto a primeira seria um pouco mais complicada de trazer de volta, a segunda poderia muito bem aparecer no Steam apenas com gráficos um pouco melhores e como se trata de um jogo que só foi lançado para consoles com base instaladas relativamente pequenas (Dreamcast e GameCube), tenho certeza que ele venderia muito.

Vamos torcer então para que independentemente das séries escolhidas e da maneira como a SEGA pretende trazê-las de volta, que o trabalho seja bem feito. Já para aqueles que querem coisas novas, foi dito também que a empresa tentará adquirir novas propriedades intelectuais que conquistem os jogadores europeus e norte-americanos de PC, além de promover o desenvolvimento nos estúdios que já possui ao redor do globo.

Mesmo tendo um pouco de receio de fazer tal afirmação, continuo achando que por mais difícil que fosse acreditar nisso num passado recente, a SEGA parece estar encontrando seu caminho.

Fonte: Videogamer.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis