ad

Chris Roberts, o Star Citizen e uma montanha de dinheiro

star-citizen

Quase cinco anos (e vários adiamentos) depois de Chris Roberts iniciar o financiamento coletivo do seu novo projeto, o Star Citizen transformou-se no jogo de maior sucesso desse modelo de produção, até o momento tendo arrecadado impressionantes US$ 148 milhões.

Porém, engana-se aqueles que pensam que tanto dinheiro traz apenas felicidade e ao conceder uma entrevista ao New York Times, o game designer revelou que não esperava chegar tão longe e falou um pouco sobre as dificuldades que o desenvolvimento tem enfrentado.

Minha expectativa era de que levantaríamos cerca de US$ 4 milhões,” disse o sujeito que também ajudou a criar clássicos como Ultima V: Warriors of Destiny, Wing Commander e Freelancer. “Eu tinha investidores alinhados para ajudar com o resto, mas a Sandy, minha esposa, disse para não me preocupar com investidores — que chegaríamos a US$ 20 milhões. Disse a ela que estava louca…

Contudo, junto com todo esse dinheiro vieram as cobranças, especialmente daqueles que contribuíram com o financiamento e sentiram-se enganados por ainda não terem recebido a versão final de um jogo que deveria ter sido lançado em 2014. Quanto a isso, Roberts disse que sempre mirou em entregar o melhor jogo possível, mas que algo feito com US$ 140 milhões teria que ser muito diferente de um jogo que tivesse “apenas” US$ 10 milhões à sua disposição.

O medo daqueles que estão aguardando o lançamento do Star Citizen recai sobre a possibilidade do título não ser tão bom quanto gostariam, algo que aconteceu com outros projetos que recorreram ao financiamento coletivo e que também sofreram com adiamentos. Talvez o melhor exemplo neste sentido seja o do Mighty No. 9 e por isso muitos torcem para que Chris Roberts tenha aprendido algo com os erros dos outros.

Mesmo assim, no ano passado a Cloud Imperium Games teve que devolver US$ 2.500 a um investidor que ameaçou acionar o estúdio, tudo porque ele alegou não ter recebido o produto que havia sido prometido e para falar a verdade, não sei como muitas outras pessoas não fizeram o mesmo.

Mas apesar de achar que a produção está demorando demais e  que talvez a montanha de dinheiro esteja fazendo com que a equipe não tenha muita pressa, não nego que tenho muita vontade de jogar esse Star Citizen e que gostaria muito de vê-lo sendo terminado. Quanto ao meu dinheiro, só verão quando isso acontecer.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Jonas Martins

    Paguei 75 dolares (tem direito a starcitizen e squadron 42), e estou tranquilo, o tempo esta no limite de grandes produção.
    O problema é que tem gente sem noção que coloca o dinheiro q não tem, e depois reclama que não vale a pena (não existe jogo que vale 3000 dolares…). Eu soh tenho a agradecer essas pessoas sem noção, pq eles estão pagando pro meu jogo de 75 dolares ficar bem melhor hehehehe.
    E o minimo no momento não é 75 dolares, tem pacotes mais baratos.

  • Gradash

    Na real é fácil saber por que muitos não fizeram o mesmo, por que diferente do Mighty N9, existe algo jogável do SC que vai sendo atualizado com as novas features, o MN9 ninguém sabia porra nenhuma. Além disto o SC está sendo feito exclusivo para PC e o MN9 só faltava ser lançado para calculadores também, e todo mundo que conhece sobre desenvolvimento de jogos sabe como é caro lançar jogos para multiplas plataformas por causa das burocracias sem fim dos consoles, você precisa pagar equipes inteiras só para fazer as burocracias pra o seu jogo passar o “teste de qualidade” que na realidade não passa de uma papelada burocratica que não serve para nada (a não ser arrancar dinheiro dos devellopers) pois jogos quebrados nos consoles estão cada vez mais comuns.

    • Gesonel o Mestre dos Disfarces

      Lembrei do Hyper Light Drifter que iria ser lançado pro WiiU e Vita e acabou não rolando.

    • Well Dias

      “existe algo jogável do SC que vai sendo atualizado com as novas features”. Da para fazer download e jogar?

      • Jonas Martins

        Sim, mas eh um pouco bugado e beeeem mal otimizado ainda.
        Sugiro que fique de olhe em uma free week ou algo do tipo, ai eh soh fazer a conta e baixar pra jogar, sem precisar pagar.
        Obs.: sao varios GB pra baixar e aconselho um bom PC com SSD, e como o updater deles não é muito bom ainda, cada patch vai uns 30GB (baixa quase o jogo todo cada vez que atualiza)

      • Gradash

        Sim, mas precisa de um pacote de jogo, o mais barato custa uns 45 dólares.

        Recomendo ficar de olho para quando sair o patch 3.0 que é para o meio do ano que vai trazer bastante conteúdo pois hoje o conteúdo que tem é só pew pew

    • Tufao

      O algo “jogável” é ma faca de dois gumes, pois manter no mercado um jogo quebrado por muito tempo é um desastre para retenção e percepção do mesmo público para com o jogo.
      Este efeito tem sido visível neste projeto (assim como em outros earlier access e kickstarters da vida). Em que se pese também os approaches de marketings equivocados, desnecessários e insanos que tomaram, e as consequências disso tudo, já sentidas há algum tempo e que só tem piorado.
      Óbvio flop. E Sim, todo flop tem um público que gosta mesmo assim.

  • Pingback: Chris Roberts, o Star Citizen e uma montanha de dinheiro | Notícias Legais()

  • Nicolas Silva de Oliveira

    deveria ter sido lançado em 2014? kkkk game desse tamanho se vir em 2018 eu ja to feliz

    • Felipe Tomaz

      psé anunciaram em 2012 e queriam q o lançamento aconteceria 2 anos depois, a média de jogos AAA é de 6 a 10 anos pra ser produzido

      • Leo-shark

        não exagera. não é a média, está mais para de 3 á 5 anos (como no caso de GTA V)

        • Henrique Vieira Prata

          Na verdade realmente demora esse tempo, e gtav deve ter demorado por isso aí mesmo. A questão é que a proposta inicial de SC era um jogo bem menor, mas com as doações eles ficaram mais ambiciosos.

  • Ivan Quirino

    Chris Roberts agradece o marketing gratuito, falem bem ou falem mal, mas falem de mim!

  • Ricky Silva

    jogo mais enrolado da história, levando em conta o montante de dinheiro pra ser feito poderia contratar muito mais gente pra adiantar o serviço.

    • Abner Oliveira

      Nem sempre (na verdade quase sempre,especialmente em software), mais gente não significar menos tempo.

    • Thiago Cururu

      Nove mulheres não dão a luz a um bebê em um mês

    • Well Dias

      TI não é chão de fábrica, ainda mais um jogo dessa complexidade.

  • Inquisidor

    eu jogo elite dangerous e me interesso muito pelo starcintizen, vi um video esses dias do combate e achei FOD*, mas eu queria jogar esse game la em 2015, hoje eu compraria com 75% de disconto.

  • Bruno Aveiro

    Nenhuma citação ao No Man’s Sky?

    • Vinícius

      Não, e que continue assim.

      • OverlordBR

        Como não… tá implícito ali!

  • abraaocaldas

    “não sei como muitas outras pessoas não fizeram o mesmo.” , porque tem gente que se engana, existem estudos sobre a psicologia do comprador que é quando alguém compra um produto e só para não sair por baixo a pessoa defende com unha e dentes o produto tipo:
    “prefiro demore mas saia”
    “o jogo é enorme, claro que demora”
    “ah mas já tem coisa jogável!”

    Joguei ele na ultima vez que teve um “open beta” e simplesmente o jogo é injogável, seja por estar mal otimizado ou por bugs ridiculos e movimentação travada, o negócio é tão feio que se você correr em direção a uma porta a sua cabeça “passa pela porta”, me desculpa se você gosta disso mas prefiro continuar não sendo masoquista.

  • Jefferson Viana

    Sempre achei o projeto muito ambicioso, se ele conseguir conseguir lançar com 70% do que promete já vai ser um grande jogo.

  • Mario Marques

    Apesar do Star Citizen ter pretendido ser um grande jogo desde o início, a proposta de desenvolvimento era outra. O Chris Roberts pode argumentar o quanto ele quiser que com mais dinheiro ele pode fazer um jogo melhor. Mas a promessa quebrada persiste. As pessoas podem achar que os fins justificam os meios, que quebrar as promessas feitas eram necessárias para fazer um jogo melhor. Mas uma coisa é certa, muitos jogos foram lançados e ficaram bom depois, não precisava ter atrasado tudo para também entregar um jogo melhor. Não existe um caminho só, para o sucesso.

    • Magno

      Concordo em partes. Porém, para os que estão acompanhando, é nítido que estamos numa nova fase. O atraso foi também para que a houve estrutura necessária para suportar o escopo, e percebe-se agora que muita coisa está pronta e bem acelerada e o erro deles foi compensado pela abertura do cronograma geral para a comunidade, que agora é capaz de acompanhar de perto o que está sendo desenvolvido, de forma muito transparente e isto certamente minimiza bastante as frustrações.

    • Estev� Domingues

      “…a proposta de desenvolvimento era outra”

      Fiquei na dúvida, qual era a proposta original?

  • Se o jogo tivesse apenas recebido a meta faria sentido a cobrança, mas com tanto dinheiro o jogo mudou, o objetivo final mudou.
    O jogo já está aí para quem quiser ir jogando e ele não para de crescer e acrescentar em conteúdo e qualidade. Estão fazendo valer o dinheiro, quem realmente comprou a ideia do projeto não tem pressa, quem contribuiu por contribuir que está reclamando, só ver o exemplo da último política que teve com a nãotícia da troca de engine.

    I cara já poderia ter a muito tempo fechado o projeto e ficado com a grana, mas não, ele quer fazer algo melhor e continuará enquanto houver dinheiro.

  • rbsouto

    É um jogo diferente do conceito original. Poh, os caras Incluíram um fps inteiro

  • OverlordBR

    O medo daqueles que estão aguardando o lançamento do Star Citizen
    recai sobre a possibilidade do título não ser tão bom quanto gostariam,
    algo que aconteceu com outros projetos que recorreram ao financiamento
    coletivo e que também sofreram com adiamentos.

    Olha o No Man’s Sky aí, gente! 🙂

  • Tufao

    Este projeto está condenado. A expansão que fizeram para planetas destruiu qualquer chance de conseguirem entregar as promessas originais feitas para sua release.
    O tratamento do jogo pelo seus desenvolvedores foi e é bastante desrespeitosa para com consumidores. Engana-os direto. Faz muitos bait-and-switch e false advertising e deceptive marketing. Desrespeita totalmente também as recomendações da Federal Trade Comission para uso de crowdfunding.

    Alguns acreditam que estão pegando melhor, mas eu creio que estão sofrendo de sunk cost falacy e não estão enxergando um palmo na frente do nariz mais por isso. O jogo não tem nem 0.5% de suas features prometidas lançadas para teste, mesmo após 6 anos de desenvolvimento. E mesmo estas released, são totalmente quebradas, rushadas, incompletas e de design questionável.
    O que o público tem hoje são tech demos que não condizem com o suporte que o jogo realmente deveria ter para todas as features que são até o momento vaporware.
    Vendem naves capitais e naves JPEG a preços extremamente abusivos/absurdos, sem mesmo ter tech alguma para suportá-las. Uma vergonha.

    Não tem a tech para finalizar o jogo e agora, que os jogadores pagaram 20 vezes mais do que pagaram inicialmente, estão desesperados para pegar “qualquer” jogo, pelo menos, e para isso, continuam a dar mais dinheiro ainda. O que é logicamente, o efeito sunk cost falacy que os líderes do projeto/empresa sabem e se aproveitam muito bem para lucrar mais com este flop (por meio de salários altos/bonus, etc). Não faz sentido algum. Só o medo realmente, de se pararem de doar, o Chris Roberts, que não costuma cumprir promessas, e já voltou atrás com suas palavras muitas vezes, voltaria atrás também e sequer entregaria o jogo, mesmo mínimo, por falta de fundos.
    É um projeto fail, que continuará a ser fail.

    Um dos maiores fiascos da história da indústria de jogos certamente.

    • Magno

      Você tem o “jogo”? Pois ele não foi lançado ainda, o que temos é um alfa release de um futuro jogo e você tem acompanhado *realmente* o desenvolvimento e o que foi e está sendo feito? Sabe que tecnologias novas foram e estão sendo criadas apenas para sustentar o escopo pretendido? Você é amigo do Derek Smart? Filho frustado do NMS? Ambos?

      • Tufao

        “Você tem o “jogo”? Pois ele não foi lançado ainda”

        Interessante. Esta não é a resposta que eles dão as autoridades de proteção ao consumidor norte-americanas, quando questionados ou a backers pedindo refund. Eles dizem que o jogo já cumpriu praticamente todas as suas promessas, faltando apenas “algumas” features… sim… eles são cara-de-pau de dizer isso, mesmo tendo um pre-alpha tech demo, chamado de alpha apenas para iludir, após 6 anos de dev e 24 vezes mais dinheiro do que precisavam, com apenans 0.5% de features nele, e tudo sendo over-hypado antes de seu lançamento, apenas para ser lançado totalmente quebrado, incompleto, rushado e bugado. O resto as features… vaporware. Três anos se passaram já do que deveria ser a release do game. Promessas quebradas, argumentos de venda para os backers “aceitarem” mudanças em escopo, contrariadas. Tudo em favor de apelar a umas poucas whales evangelizadas, sofrendo um total caso de sunk cost falacy, e agora, injetando cada vez mais dinheiro na esperança de salvá-lo e conseguir “qualquer coisa”, mesmo que longe do que havia sido prometido inicialmente.

        Criou-se um circo de cash grabbing que a empresa simplesmente não anda sem e influencia todo o projeto negativamente, onde o Chris Roberts mente para o público, enrola seus próprios devs para embelezar assets a níveis impraticáveis, no que diz respeito ao design final que o game deve ter, conforme prometido, para sustentar e promover o plano milaborante de sua esposa e ganhar mais dinheiro, os devs para não serem demitidos (como já aconteceu com vários) “enganam” ele sobre a feasibility das coisas, dizendo que dá, mesmo sabendo que não, pois se dissessem que não, seriam demitidos por não ter a “visão” dele, e os backers (Whales) dão mais e mais dinheiro vivendo o mais perfeito sunk cost falacy.

        Cometeram inúmeros equívocos fatais, sem volta, especialmente no marketing, colocando todo o negócio a mercê de over-hype e até, processos judificais e até, de autoridades.

        Tudo isso pra que? Por que? Por ego, orgulho e ganância. O resultado é um projeto agora totalmente impraticável de ser released, na realidade da tecnologia, mercado e indústria de jogos como um todo. Apenas um qualquer coisa, PIOR a nível de features/design, está sendo trabalhado, e eles estão tentando fazer o SHIFT da consciência geral do que deveria se esperar deste jogo, reescrevendo o passado, tentando fazer esquerem das promessas, dos desafios, e até das ofensas que eles mesmo utilizaram para com a indústria de jogos, para tentar se promoverem como “salvadores”.

        Um fail total. E estas whales são totalmente sem noção, pois, quanto mais dinheiro dão, mais o time foca em obter mais dinheiro deles, do que realmente serem efetivos e realistas quando a feasibility e maintainability do que estão fazendo. O jogo é simplesmente impossível de ser completado agora, conforme prometido.

        Os backers pagaram mais, para ter menos, mais tarde, e bugado. Um resutlado totalmente contrário da propaganda enganosa deles, utilizada durante ANOS, enganação nível recorde neste projeto. Nuinca nenhum projeto teve tanta propaganda enganosa quanto esse (e o detalhe, continua tendo, pois é a base da empresa, impregnada já no seu sangue, mentir, iludir, enganar).

        Fácil enxergar o resultado final disso. Flop e um jogo condenado ao ostracismo, como tantos outros que cometeram 1% dos erros deste projeto, e que só isso, já foi suficiente para floparem, o que dirá agora, este caso. Estão sonhando, viajando na maionese. Se tivessem o MÍNIMO de racionalidade, estes backers já teriam parado de dar dinheiro para eles há anos.

        Star Citien que está nascendo, é “alguma coisa”. O Star Citzien prometido, ao qual pessoas assinaram um acordo envolvendo cláusulas e propaganda, este não existe mais. Vaporware. Como Duike Nuken Forever. Também ficou durante anos sendo conhecido como vaporware. Mesmo tendo “alphas” e “betas” internos disponíveis, para os “investidores” testarem. Mas no geral, era sempre chamado de vaporware e no final, depois de tantos erros de dev, reworks e dinheiro jogado fora, os remendos pagaram seu preço e o projeto foi um fiasco total quando finalmente lançado. E olha que eles ainda não tinham o peso ENORME do marketing que a RSI agressivamente faz, o approach de dev que fazem. E tudo isso, não se engane, é negativo para o todo enquanto agrada apenas há uns poucos. Resumo, é impossível você analisar de outra forma, quando se um dev omete 5 a 10 erros fatais, se dá mal, aí vem a RSI e comete uns 200, e ficar achando que um milagre único acontecerá e que irão se safar e virar o jogo.

        Não. É fail e continuará a sendo. Um jogo sem retenção, sem interesse da maioria, que já há algum tempo, está apenas acompanhando o desfecho visivelmente trágico que isso terá, mesmo que consigam até mesmo lançar o MVP daqui há alguns anos.

  • Luis Fernando

    Enquanto isso, durante esse final de semana no Elite Dangerous, aconteceu um evento para a comunidade (entrega de materiais para que uma facção de jogadores pudesse construir uma mega nave de pesquisa que servirá como estação móvel) com a participação de mais de 10 mil jogadores simultâneos. E isso sem contar com as outras iniciativas formadas pelos próprios jogadores, como as expedições de exploração e mapeamento, “rallies” com o carrinho de reconhecimento, grupos de jogadores dedicados a “trollagem” e aqueles que combatem os primeiros.

    E por fim, ainda existem grupos como os “Fuel Rats”, que viajam vastas distâncias interestelares para salvar jogadores perdidos no meio do nada, com uma organização que não deve nada para o sistema 911 dos Americanos, com direito a site e o carai aquático.

    Me formei na faculdade, fiz outro curso e o Star Citizen ainda continua como Alpha – ou melhor, uma tech demo…

    • Henrique Vieira Prata

      Elite dangerous é muito primitivo comparado com a proposta do star citizen. Na verdade os dois jogos tem mais ou menos a mesma proposta, a diferença é que no elite os desenvolvedores decidiram que irão lançar os novos recursos do jogo ao longo de anos através de dlcs pagas, enquanto SC quer lançar tudo de uma vez com um jogo só, que vc só paga uma vez.

      • Luis Fernando

        Pode ser primitivo, mas “está aí”, com grupos de jogadores interagindo e o mais importante: Se divertindo.

        E quanto aos DLC’s pagos, não vejo problema algum, não conheço ninguém que trabalha de graça. Apesar que a Frontier declarou recentemente que vão mudar o esquema das seasons depois do patch 2.4 que deve sair até o final do ano.

        Estou até tentado em pegar o Star Citizen pra ver como é e ter uma opinião mais embasada, mas tenho outras prioridades no momento…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis